Organização social e política do antigo oriente

1,187 views

Published on

Apresentação sobre a Organização social e política do Antigo Oriente feita pela professora Tânia Almeida, do Ginásio Experimental Olímpico em 2013.

2 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • E qual a principal atividade econômica da civilização mesopotâmica, além da agricultura?
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Queria saber qual civilização da antiguidade oriental produziu o ''Código de leis''? Eram os Babilônios?? Preciso dessa resposta hoje por que amanhã tenho prova!!!
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
1,187
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
101
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Organização social e política do antigo oriente

  1. 1. Pirâmide Hierárquica das funçõesna Mesopotâmiawww.tempushumanus.blogspot.com
  2. 2. Pirâmide Hierárquica das funçõesna MesopotâmiaLogo após o rei e seus familiares, a pirâmide social dospovos mesopotâmicos contava com uma classe intermediáriaintegrada por nobres, guerreiros, funcionários públicos esacerdotes que desempenhavam importantes funçõespróximas à manutenção do Estado. A grande maioria dapopulação era pertencente a uma classe de camponeses etrabalhadores que prestavam serviço à comunidade. Dessamaneira, essas sociedades eram majoritariamente sustentadaspor uma ampla classe de homens livres.www.pt.wikipedia.org
  3. 3. Pirâmide Hierárquica das funçõesna MesopotâmiaEntretanto, em algumas sociedades de caráteriminentemente militarista, como no caso dos assírios, havia apresença de uma classe de escravos.http://pesquisasmari.blogspot.com.br/2008/12/povos-da-mesopotmia.html
  4. 4. A agricultura no Antigo OrienteNa época das cheias os rios Tigre e Eufrates,transbordavam e provocavam enchentes emsua planície. Quando as águas retornavam aoleito normal, uma rica camada de "húmus”(matéria orgânica que se origina dadecomposição de restos de animais evegetais), ficava depositada sobre a terratornando-a fértil e própria para o cultivo.Irrigado e fertilizado pelas enchentes, o solomesopotâmico possibilitava a produção degrande parte dos legumes e grãos.www.historianointerior.blogspot.com
  5. 5. A agricultura no Antigo OrienteO bom aproveitamento dessas vantagens naturais dependia, entretantodo trabalho e do planejamento dos homens, com o esforço coletivo dosmembros da comunidade.http://www.ebah.com.br
  6. 6. A agricultura no Antigo OrienteNa foto anterior, estava retratada a forma como os agricultoresmesopotâmicos mediam o campo pra a agricultura.O trabalho do controle das cheias do Tigre e Eufrates e de construção desistemas de irrigação era fundamental para a sobrevivência das populações daregião e gerando essa necessidade de uma organização coletiva.Essas atividades eram exercidas por homens livres e por escravos que tinhamalguns direitos definidos por lei.Todo este esforço coletivo para o abastecimento de água visava aodesenvolvimento da agricultura (cevada, trigo, legumes, árvores frutíferas),principal atividade econômica da região.
  7. 7. A agricultura no Antigo OrientePara o desenvolvimento da agricultura e das cidades, foi necessária a construção dediques (construção sólida utilizada para represar águas correntes), para conter asviolentas enchentes, além de canais de irrigação para levar a água dos rios às terrasdistantes.www.feitodehistoria.blogspot.com
  8. 8. A agricultura no Antigo OrienteO tipo de agricultura utilizado no Antigo Oriente visava oabastecimento de quem planta, e não sua comercialização.Isto é chamado de Agricultura de Subsistência.
  9. 9. A organização de uma cidadena Mesopotâmiahttp://ligadosnahistoria.blogspot.com.br/2010_04_01_archive.html
  10. 10. A organização de uma cidadena Mesopotâmiahttp://ligadosnahistoria.blogspot.com.br/2010_04_01_archive.html
  11. 11. A organização de uma cidadena MesopotâmiaNa habitação, havia simplicidade. Às vezes a casa era um simples cubo detijolos crus, revestidos de barro. O telhado era plano e feito com troncos depalmeiras e argila comprimida. Esse tipo de telhado tinha a desvantagem dedeixar passar a água nas chuvas mais torrenciais, mas em tempos normais erausado como terraço.As casas não tinham janelas e à noite eram iluminadas por lampiões deóleo de gergelim. Os insetos eram abundantes nas moradias.Os ricos se alimentavam melhor e moravam em casas mais confortáveisque os pobres. Mesmo assim, quando as epidemias se abatiam sobre ascidades, a mortalidade era a mesma em todas as camadas sociais.
  12. 12. O Código de HamurabiNa Mesopotâmia, buscando garantir o exercício de seu poder no ricoterritório mesopotâmico, um monarca decidiu empreender uma reformajurídica que fixou uma série de importantes transformações. Até o seugoverno, as leis que regulamentavam os direitos e deveres dos babilônicoseram transmitidas por meio da oralidade. Ou seja, toda a lei que partia daautoridade real ou traçava as tradições jurídicas da população erarepassada de boca em boca.O rei Hamurábi ordenou a criação de um código de leis composto poraproximadamente 280 artigos devidamente registrados em um imensomonólito, que levava em seu topo um relevo com a imagem do próprio rei.Dessa forma, nascia um dos mais antigos códices de leis escrito em todahistória humana.
  13. 13. O Código de HamurabiHoje em dia, o Código de Hamurabi está exposto no Museu do Louvre, em Paris.http://gdpfazendohistoria.blogspot.com.br/2010/07/codigo-de-hamurabi.html
  14. 14. Referências bibliográficas0 http://www.brasilescola.com/historiag/mesopotamia-sociedade-cultura.htm0 http://www.ebah.com.br/content/ABAAAfIaYAJ/a-mesopotamia-seus-povos0 www.sohistoria.com.br0 gdpfazendohistoria.blogspot.com.br0 http://www.brasilescola.com/historiag/codigo-hamurabi.htm

×