MKT Direto - Salvador Arena 2006

813 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
813
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

MKT Direto - Salvador Arena 2006

  1. 1. Marketing DiretoCampanhas Massivas Tana Bassi (11) 9166.1333 tanabassi@terra.com.br 1 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br
  2. 2. Marketing Social No 3º. Setor, muitos são os questionamentos sobre a utilização do marketing, alegando que “uma causa não se vende”. Porem, ao saírem para captar recursos estão nada mais nada menos do que “vendendo uma idéia ou uma causa”.Ref: Luiz Carlos Murakami 2 / 99 tanabassi@terra.com.br
  3. 3. Marketing e Marketing Social Marketing Marketing Social Produto Serviço Variável conforme a prestação Preço do serviço Comunicação: Sistem atização de dados Divulgação Promoção Relações P úblicas Assessoria de I m prensa P ublicidade Praça Contexto social / sociedadeRef: Sylvia Bojunga Meneghetti 3 / 99 tanabassi@terra.com.br
  4. 4. Marketing e Marketing Social Marketing Marketing Social Tem alcance massivo, Comunicar diretamente ao através de meios massivos colaborador Personalizar as Campanha impessoal comunicações Programas promocionais Programas promocionais visíveis ou relativamente muito aparentes invisíveis Uso de variáveis indiretas para valorizar a efetividade: Existe um controle de conhecimento da marca e mensagens compraRef:: Daniel Yoffe 4 / 99 tanabassi@terra.com.br
  5. 5. Marketing Social Marketing Social é o Marketing com o objetivo de mudar comportamentos, atitudes e opiniões, transformando uma sociedade. Os 4 "P" do Marketing mercado produto preço promoção praça sistema usado meio utilizado para serviço quanto para que este informar este cliente / que custa o serviço seja cliente da sujeito prestam serviço disponível a existência deste a ele este cliente produto 3o. Setor é a causa nível de na qual o doação forma de meio utilizado para doador doador possível arrecadar esta informar este precisa para este doação doador acreditar doadorRef: Luiz Carlos Murakami 5 / 99 tanabassi@terra.com.br
  6. 6. Marketing Social Marketing não existe sem relação de troca. Maximizar as relações de troca é a principal função do marketing. Voluntário Doadores Clientes satisfação e reconhecimento e serviços prestados reconhecimento emsatisfação em troca por satisfação e troca de trabalho de doação reconhecimento 6 / 99 tanabassi@terra.com.br
  7. 7. Marketing e Comunicação O Marketing é a base, a parte que não aparece, mas que sustenta a comunicação em suas diversas formas. É o conjunto de ferramentas utilizadas para chamar a atenção para uma marca/produto. Comunicação = ponto de vista Marketing = base de sustentaçãoRef: Sylvia Bojuga Meneguetti 7 / 99 tanabassi@terra.com.br
  8. 8. Marketing no Terceiro Setor“O êxito das atividades de marketing e comunicação estádiretamente relacionado à capacidade de conhecer asm otivações e os objetivos dos agentes sociais, paraenvolvê-los efetivamente com o projeto de transformaçãosocial”. Sylvia Bojunga M eneghetti 8 / 99 tanabassi@terra.com.br
  9. 9. Marketing no Terceiro SetorNovos desafios:  A crescente competição por recursos e fundos.  Mudanças nas relações intersetoriais: empresas que passam a atuar na área social e organizações do terceiro setor que adotam posturas comerciais.  Existência de concepções distintas do que é o “bem comum”.  Quanto maior a diversificação de atividades por parte de uma organizações, maior será a dificuldade de criar uma identidade.  A crescente profissionalização da gestão e a necessidade de se fixar em metas e objetivos.Fonte: Weinberg e Ritchie, 1999 9 / 99 tanabassi@terra.com.br
  10. 10. Marketing no Terceiro Setor “As em presas tem de ter em consideração que as ações de responsabilidade social com eçam por ações de cidadania e que o m ark eting é apenas sua base de sustentação. O m ark eting é um a conseqüência da responsabilidade social”.Fonte: Instituto ETHOS 10 / 99 tanabassi@terra.com.br
  11. 11. Marketing e Comunicação “Você nunca terá um a segunda chance para causar um a boa prim eira im pressão”Ref: dito popular 11 / 99 tanabassi@terra.com.br
  12. 12. Comunicação nas OrganizaçõesO papel fundamental da comunicação nas organizações é de:  I dentificar  I nform ar  Envolver 12 / 99 tanabassi@terra.com.br
  13. 13. Para que Comunicar ? Para fortalecer a imagem da instituição, gerando identificação com a causa, credibilidade, transparência, fidelização e sinergia. Para dar visibilidade à missão, à causa, aos objetivos, aos projetos da organização. Na construção de vínculos emocionais entre os diferentes públicos internos e externos. 13 / 99 tanabassi@terra.com.br
  14. 14. Para que Comunicar ? Pertencerem a uma “rede de informações” entre organizações que tenham objetivos próximos, para troca de aprendizados, conhecimentos e experiências. Auxiliar na busca de associados, voluntários, conselhos, parceiros...... Auxiliar na captação de recursos. 14 / 99 tanabassi@terra.com.br
  15. 15. Comunicação nas OrganizaçõesA comunicação em uma organização deve estar presenteem todas as ações desenvolvidas, sejam elas internas ouexternas. Por isso, é importante identificar o tipo depúblico que a comunicação deseja atingir.  Com unicação I nterna  Com unicação Externa 15 / 99 tanabassi@terra.com.br
  16. 16. Comunicação nas OrganizaçõesComunicação Interna:Essencial para que haja sinergia entre os dirigentes daorganização, as equipes de trabalho, os voluntários... reuniões inform ativos palestras / com unicados sem inários Endomarketing: ação voltada para a satisfação do publico interno com o intuito de melhor se comunicarem com o publico externo 16 / 99 tanabassi@terra.com.br
  17. 17. Comunicação nas Organizações Comunicação Externa: Essencial para a divulgação das atividades da organização, seja para a comunicando atendida, os familiares, os beneficiários, os doadores....eventos entre telem arketing m ala direta internet m ídia am igos 17 / 99 tanabassi@terra.com.br
  18. 18. Planejamento da Comunicação Importante:* As m ensagens elaboradas, devem ser transm itidas com clareza, utilizando-se de palavras certas, coerentes aos conceitos, lógicas e ética da organização e correspondente a cada grupo que receberá a informação.* Sempre analisar os resultados de cada comunicação realizada, para que possam orientar nas futuras ações.* Criar e m anter uma base de dados. 18 / 99 tanabassi@terra.com.br
  19. 19. Identidade de uma ONG Identidade Institucional Nome da instituição Imagem entre Imagem entre Imagem entre Imagem entre o público a comunidade funcionários / parceiros / beneficiário voluntários doadores Reputação InstitucionalFonte: Adaptado de Fombrum, 1996 19 / 99 tanabassi@terra.com.br
  20. 20. Identidade de uma ONG Credibilidade Missão / Valores Reputação da InstituiçãoTransparência Ética 20 / 99 tanabassi@terra.com.br
  21. 21. Planejamento da Comunicação Identificação dos objetivosEtapas: Segmentação do Público Identificação da mensagem Escolha das ferramentas/canais Elaboração de Cronograma de ação ( diário / semanal / mensal ) AvaliaçãoRef: Silvia Bojunga Meneguetti 21 / 99 tanabassi@terra.com.br
  22. 22. Ferramentas de ComunicaçãoO que é uma Ferramentas de Comunicação:São procedimentos e/ou elementos que ajudarão nacomunicação da organização.  1 - Identidade visual.  2 - Material institucional / Informativos.  3 - Eventos.  4 - Relatórios. 22 / 99 tanabassi@terra.com.br
  23. 23. Planejamento da Comunicação Estabilidade em um processo de mobilização social Informativo Comportamental Estratégico AfetivoDesejo de que as Que os É o processo de É o sinônimopessoas formem integrantes da mobilização. qualitativo das opiniões mobilização Todos os relações e laçospróprias, que se sejam capazes gestores e inter-pessoaissintam donos da de transpor, para integrantes, compartilhados informação, suas próprias cumpridores de entre os repassem-na e vidas, a idéia e o funções técnicas, integrantes do se tornem a comportamento devem faze-lo da processo.própria fonte de intrínseco à melhor forma novas causa definida. possível, a fim de informações. que as metas e objetivos possam ser alcançados. 23 / 99 tanabassi@terra.com.br
  24. 24. 3º. Setor e as Mídias Publicidade: Técnica de promoção e produtos ou serviços. Promoção no âmbito dos meios de comunicação de massa. Propaganda: Veiculação de idéias e valores. Informar e seduzir por uma causa ou comportamento social. 24 / 99 tanabassi@terra.com.br
  25. 25. 3º. Setor e as Mídias Campanhas Institucionais: Difundi a informação e promove programas sociais ou instituições que realizam ações sociais. Comunicação Estratégica: Gera adoção de comportamentos para efetiva implementação de políticas publicas, melhorando condições de saúde, educação, de direitos de segmentos populacionais menos favorecidos. 25 / 99 tanabassi@terra.com.br
  26. 26. 3º. Setor e as Mídias A m ídia ajudando a m ultiplicar as ações no 3º. Setor.“Precisamos agir no atacado e não no varejo. O desafio épôr na equação da qualidade também na quantidade.Alem de fazer, temos de influir para que outros tambémfaçam” Viviane Senna - I AS 26 / 99 tanabassi@terra.com.br
  27. 27. Marketing Direto Marketing Direto MarketingComunicação de Dirigida Relacionamento = Marketing One-To-One 27 / 99 tanabassi@terra.com.br
  28. 28. Ações de MarketingMarketing DiretoTradicionalmente, utiliza-se essa expressão para atividadesmais ligadas às ações de vendas ou captação. Diagnóstico Planejamento Implementação Gestão Marketing de Relacionamento E a expressão usada para ações mais ligadas aos programas de relacionamento ou fidelização. * Na realidade, todas estas expressões estão intrinsecamente ligadas ao Marketing Direto. 28 / 99 tanabassi@terra.com.br
  29. 29. Marketing DiretoPorque ? Realizar uma comunicação direta com o publico desejado. Ampliar e diversificar as fontes de financiamento. Recuperar antigos colaboradores ( reter / fidelizar ) Ampliar base de dados. Monitorar e avaliar os resultados.Quando ? Os indivíduos estão mais sensibilizados e solidários, mais propensos a colaborarem com o projeto. 29 / 99 tanabassi@terra.com.br
  30. 30. Marketing Direto1 - Mala Direta ( divulgação / captação )2 - Internet ( sites / e-mails )3 - MRC4 - TV 30 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br
  31. 31. O Marketing Direto 1 - Mala Direta (divulgação) 31 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br
  32. 32. Mala DiretaConceito:  Identificar e DivulgarImportância:  Desenvolver a curto prazo novas fontes de financiamento.  Identificar o perfil do doador.  Sustentar e desenvolver a relação com os doadoresBenefícios:  É mundialmente reconhecido como o melhor meio de conseguir novos doadores.  Estratégia sólida de mobilização de recursos. 32 / 99 tanabassi@terra.com.br
  33. 33. Expedição Vaga Lume e Citibank Parceria: Citibank Publico: Associados do cartão Citibank Tema: Aniversario do associado Ação: No dia do aniversario de cada associado o Citibank estará fazendo uma doação para a ONG Expedição Vaga Lume. Material: Cartão Postal e folder Frase de impacto: “Uma idéia brilhante apoiada pelo Citibank graças a você.” 33 / 99 tanabassi@terra.com.br
  34. 34. Expedição Vaga Lume e Citibank 34 / 99 tanabassi@terra.com.br
  35. 35. Doutores da Alegria e CitibankParceria: CitibankPublico: Clientes do CitibankTema: Aniversario do clienteAção: No dia do aniversario de cada cliente o Citibank estará fazendo uma doação para a ONG Doutores da Alegria.Material: Folder e CertificadoFrase de impacto: “ Certificado Riso 9000” 35 / 99 tanabassi@terra.com.br
  36. 36. Doutores da Alegria e Citibank 36 / 99 tanabassi@terra.com.br
  37. 37. Casa Hope e KopenhagenParceria: KopenhagenPublico: Clientes das lojasTema: Agora a Kopenhagen tem um novo ingrediente: “Solidariedade”.Ação: Na compra de produtos Kopenhagen no valor superior a R$ 50,00, com mais R$ 10,00 o cliente leva uma camiseta.Material: Folder e Cartazes nas lojasFrase de impacto: “ Escolha como você quer vestir esta causa” 37 / 99 tanabassi@terra.com.br
  38. 38. Casa Hope e Kopenhagen 38 / 99 tanabassi@terra.com.br
  39. 39. WWF e EletropauloParceria: EletropauloPublico: ConsumidoresTema: Faça uma doação. A Amazônia faz parte da sua vida.Ação: Divulgar campanha de mobilização de recursos na conta do consumo de energia.Material: Boleto de PagamentoFrase de impacto: “Opiniões erradas também derrubam a floresta.” 39 / 99 tanabassi@terra.com.br
  40. 40. WWF e Eletropaulo 40 / 99 tanabassi@terra.com.br
  41. 41. O Marketing Direto 1 - Mala Direta (captação) 41 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br
  42. 42. Fazenda EsperançaPublico: Mailling especialTema: Mês de AlegriaAção: Boletim sobre a entidadeMaterial: Jornal e boleto bancárioFrase de impacto: “ O que fazer ? Desistir ? Não !” 42 / 99 tanabassi@terra.com.br
  43. 43. Fazenda Esperança 43 / 99 tanabassi@terra.com.br
  44. 44. Fazenda Esperança 44 / 99 tanabassi@terra.com.br
  45. 45. AACDPublico: Mailling especialTema: MantenedorMensagem: Contribua com o próximo passo. Torne-se um mantenedor da AACDMaterial: Folder com carta respostaFrase de impacto: “ Você tem milhares de motivos para pensar no futuro” 45 / 99 tanabassi@terra.com.br
  46. 46. 46 / 99 tanabassi@terra.com.br
  47. 47. 47 / 99 tanabassi@terra.com.br
  48. 48. Fundo de Assistência à CriançaPublico: Mailling especialTema: Câncer infantilMensagem: Criança com câncer, uma dura realidadeMaterial: Cartas, folheto, formulário de doação, envelope e etiquetas personalizadas.Frase de impacto: “ Juntos contra o câncer infantil” 48 / 99 tanabassi@terra.com.br
  49. 49. Fundo de Assistência à Criança 49 / 99 tanabassi@terra.com.br
  50. 50. Fundo de Assistência à Criança 50 / 99 tanabassi@terra.com.br
  51. 51. Médicos Sem FronteirasPublico: Mailling especialTema: Crianças desnutridasMensagem: Sua ajuda pode fazer a diferença entre a vida e a morteMaterial: Cartas, jornal,cupom de apoio, envelope, fita de medição.Frase de impacto: “ No mundo, a cada 5 segundos, uma criança morre de desnutrição.” 51 / 99 tanabassi@terra.com.br
  52. 52. Médicos Sem Fronteiras 52 / 99 tanabassi@terra.com.br
  53. 53. Médicos Sem Fronteiras 53 / 99 tanabassi@terra.com.br
  54. 54. O Marketing Direto 2 - Internet 54 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br
  55. 55. SitesConceito:  Transparência e agilidadeImportância:  Visual atrativo  Navegação fácil  Informações atualizadas  Clareza nas informaçõesBenefícios:  Canal de informação e comunicação  Canal de relacionamento  Canal de mobilização 55 / 99 tanabassi@terra.com.br
  56. 56. www.expedicaovagalume.org.br 56 / 99 tanabassi@terra.com.br
  57. 57. www.doutoresdaalegria.org.br 57 / 99 tanabassi@terra.com.br
  58. 58. www.wwf.org.br 58 / 99 tanabassi@terra.com.br
  59. 59. www.socioambiental.org.br 59 / 99 tanabassi@terra.com.br
  60. 60. www.avape.org.br 60 / 99 tanabassi@terra.com.br
  61. 61. www.medicosemfronteira.org.br 61 / 99 tanabassi@terra.com.br
  62. 62. www.medicosemfronteira.org.br 62 / 99 tanabassi@terra.com.br
  63. 63. www.unicef.org.br 63 / 99 tanabassi@terra.com.br
  64. 64. E-Mail Marketing Conceito:  Importante ferramenta para geração de informação e relacionamentos. Importância:  Agilidade  Interatividade:  Alta taxa de resposta: 64 / 99 tanabassi@terra.com.br
  65. 65. E-Mail Marketing 65 / 99 tanabassi@terra.com.br
  66. 66. E-Mail Marketing 66 / 99 tanabassi@terra.com.br
  67. 67. O Marketing Direto 3 - Parcerias “Marketing Relacionado a Causa” 67 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br
  68. 68. Marketing Relacionado a Causa “Atividade na qual empresas e ONGs e/oucausas formam uma parceria paracomercializar uma imagem, um produto ouserviço” 68 / 99 tanabassi@terra.com.br
  69. 69. Marketing Relacionado a CausaEstratégia: Utiliza a transparência como forma de divulgarsuas ações sociais.Ação: Publicação do Balanço Social“O banco é bastante conservador nesse sentido. Como MRC,usamos instrumentos mais robustos como o Balanço SocialCorporativo ( mundial) que expõe a organização, seusprocessos e sua inter-relação com os públicos e comunidadesonde atuamos”. Ana Paula Gum y - HSBC 69 / 99 tanabassi@terra.com.br
  70. 70. Marketing Relacionado a Causa Estratégia: Através de uma parceria com a Ação Cidadania, desenvolveu a campanha “Revisão Solidária”.Mecânica:O cliente vai até uma concessionária VW, doa 1k de alimento nãoperecível e ganha gratuitamente a revisão de 27 itens do seu carro.Alem disso , a cada quilo doado, a Fundação VW doa outro quilo dealimento.Resultado:2001 - arrecadou 100 toneladas de alimentos2002 – arrecadou 202 toneladas de alimentos* houve um aum ento no volum e de vendas dos serviços de12,8% alem de um forte ganho de im agem corporativa. 70 / 99 tanabassi@terra.com.br
  71. 71. Marketing Relacionado a Causa Estratégia: Por estar constantemente em alerta, com vazamentos de óleo e problemas em suas plataformas, a Petrobrás acaba se cercando por meio de um escudo socialmente responsável.Ação: Apoio ao Programa Fone ZeroInvestimento: mais de R$ 300 milhões, em ações culturais esociais.“Ela está sujeita a grandes rombos financeiros. Por isso, precisafortalecer sempre a sua imagem frente ao publico consumidor” João Francisco Santos – The K ey 71 / 99 tanabassi@terra.com.br
  72. 72. Marketing Relacionado a CausaPesquisa BiTC ( Inglaterra, 2001 ) 96% dos diretores de marketing e relações comunitárias concordam que estratégias de MRC contribuem para atingirem os objetivos de negócios e questões sociais ao mesmo tempo. 81% dos consumidores, são mais propensos a comprar produtos ou serviços associados com uma causa relevante, quando preços e qualidade são iguais.Pesquisa Instituto Ethos ( Brasil, 2002 ) 44% dos consumidores se declaram motivados a comprar mais produtos e recomendarem para amigos se a empresa colaborar com escolas, postos de saúde e entidades sociais da comunidade.Cenário Brasileiro de MRC ( 2005 )Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS* / Full Jazz Comunidade* IDIS – Instituto de Desenvolvimento do Investimento Social. 72 / 99 tanabassi@terra.com.br
  73. 73. Marketing Relacionado a Causa Entre os 27% que realizam ou realizaram atividades com MRC:  80% faz parte da visão de responsabilidade social da empresa.  20% benefícios próprios, como exemplo agravar valor da marca e associar ação social ao planejamento estratégico da empresa.  90% escolhem a causa por motivo muito importante. 32% que nunca realizaram MRC:  65% não definiram tema e publico  30% já definiram o foco mais ainda não tem um plano elaborado.Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 73 / 99 tanabassi@terra.com.br
  74. 74. Marketing Relacionado a Causa 5% Nunca realizou mas talvez realize 25% Realiza31% Nunca realizou 2% Realizoumas pretende realizar 36% Nunca realizou e não pretende realizar Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 74 / 99 tanabassi@terra.com.br
  75. 75. Marketing Relacionado a CausaDas 36% empresas que nunca realizaram e não pretendemrealizar MRC:  49% são contra a ferramenta  22% demonstram desinteresse em ralação a este tipo de ação.Temas de preferência do publico:  27% saúde  23% apoio à crianças e adolescentes ( 70% em crianças e adolescentes - 17% população de baixa renda – 13% idosos – 10% deficientes )  20% ecologia e meio ambientePesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 75 / 99 tanabassi@terra.com.br
  76. 76. Pesquisa ENFOQUE / IDIS Compram produtos que apóiam causas sociais 38 % 58% Oportunidades de contribuir com causas sociais 35% Para ajudar uma causa específica 16% Para prestigiar a marca que apóia causas sociais Nunca compraram produtos que apóiam alguma causa 44 % 53% Não conhecem produtos de interesse que apóie causas sociais 42% Não conhecem nenhuma empresa que apóie causas sociais 9% comprou mas não pela causa 7% não comprou por desconfiança do MRCPesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 76 / 99 tanabassi@terra.com.br
  77. 77. Pesquisa ENFOQUE / IDIS Lembrança Lembrança espontânea estimulada 27% 60% 73% 40% Lembrou Não lembrou de alguma empresa de nenhuma empresaPesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 77 / 99 tanabassi@terra.com.br
  78. 78. Pesquisa ENFOQUE / IDIS Causas apoiadas pelas Causas que osempresas praticantes de consumidores gostariam MRC (2003) que fossem apoiadas Meio Saúde Ambiente EducaçãoCrianças e Combate IdososAdolescentes à Fome 78 / 99 tanabassi@terra.com.br
  79. 79. Pesquisa ENFOQUE / IDIS Performance dos setoresIndustria Bancos Industria Têxtil Industria AlimentíciaTabagista Instituições / Empresas Petroleiras Indústria Financeiras Empresas de Bens de / Alta Tecnologia Industria Consumo Empresas de / Mineradora Empresas de / Computação Telecomunicações Industria Farmacêutica Industria Automobilística Muito Abaixo Na média Acima da média abaixo da média da média 79 / 99 tanabassi@terra.com.br
  80. 80. Pesquisa TREVISAN Principais Fontes de Recursos 62% doação mensais de empresas 7% campanhas de captação 7% comercialização de material com a marca da organização 7% vendas de artigos ou atividades geradas por sua atuação 7% possuem um único mantenedor ( empresas / pessoa física ) 2% doações esporádicas 4% colaborações mensais de pessoa física 4% outras fontes de recursosPesquisa: Júnior Trevisan Consultores 80 / 99 tanabassi@terra.com.br
  81. 81. Caso 1- Havaianas e IPÊPesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 81 / 99 tanabassi@terra.com.br
  82. 82. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 82 / 99 tanabassi@terra.com.br
  83. 83. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 83 / 99 tanabassi@terra.com.br
  84. 84. Informativo sobre a parceria/ TransparênciaPesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 84 / 99 tanabassi@terra.com.br
  85. 85. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 85 / 99 tanabassi@terra.com.br
  86. 86. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 86 / 99 tanabassi@terra.com.br
  87. 87. Retorno financeiroPesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 87 / 99 tanabassi@terra.com.br
  88. 88. Caso 2 – Avon e Instituto AvonAVON Instituto Avon / Campanha de Câncer de mamaPesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 88 / 99 tanabassi@terra.com.br
  89. 89. Caso 2 – Avon e Instituto Avon Problema: Alto índice mundial de mortalidade por câncer de mama. Necessidade: Prevenir, informar e apoiar. Estratégias: - Ações de mobilização ( % nos produtos ). - Cartilhas e folhetos educativas e informativas. - Oficinas de orientação e suporte. - Exames preventivos ( mamógrafos ). - Eventos diversos ( caminhadas, corridas, simpósios internacionais... ).Fonte: IDIS 89 / 99 tanabassi@terra.com.br
  90. 90. Caso 2 – Avon e Instituto Avon Investimento: - em 2002 - 05 mamógrafos só em São Paulo - de 2002 a 2005 - R$ 7 milhões ( 43 projetos ) - só em 2005 – R$ 3 milhões ( 18 projetos ) Resultado: 400 milhões de mulheres beneficiadasFonte: IDIS 90 / 99 tanabassi@terra.com.br
  91. 91. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 91 / 99 tanabassi@terra.com.br
  92. 92. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 92 / 99 tanabassi@terra.com.br
  93. 93. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 93 / 99 tanabassi@terra.com.br
  94. 94. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 94 / 99 tanabassi@terra.com.br
  95. 95. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 95 / 99 tanabassi@terra.com.br
  96. 96. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 96 / 99 tanabassi@terra.com.br
  97. 97. Pesquisa: Enfoque Pesquisa e Mkt / IDIS / Full Jazz Comunidade 97 / 99 tanabassi@terra.com.br
  98. 98. Marketing Relacionado a Causa“Um programa de sucesso de MRC deve incorporar a visão deresponsabilidade social da empresa, possuir objetivosclaros, ser ética e transparente, contar com ocomprometimento da alta gerencia da empresa e daOrganização e vislumbrar um parceria de longo prazo entre aempresa e a causa”. IDIS “O MRC é uma forma inovadora de apoiar causas sociais e promover a justiça social, em que todos têm a ganhar”. M árcia W oods 98 / 99 tanabassi@terra.com.br
  99. 99. O Marketing Direto 4 - TV “AACD - Teleton” 99 / 99 tanabassi@terra.com.br tanabassi@terra.com.br

×