Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ciclo de vida das organizações

  • Login to see the comments

Ciclo de vida das organizações

  1. 1. Sanmya F. Tajra Ciclo de Vida das Organizações sanmya@tajratecnologias.com.br www.tajratecnologias.com.br
  2. 2. Organizações = Seres Vivos Interdependência Objetivo Identidade Entropia Morfogênese Homeostase Limites
  3. 3. Plenitude EnvelhecimentoCrescimento Flexibilidade Controle Alta Baixa NATUREZA DO CRESCIMENTO E DO ENVELHECIMENTO
  4. 4. • As organizações quando jovens são bastante flexíveis, mas nem sempre são controláveis. A controlabilidade aumenta e a flexibilidade diminui. • Tamanho e tempo não são causas de crescimento e envelhecimento
  5. 5. Velhas • Possui seu comportamento controlável, ela é inflexível, com pouco propensão à mudança • Organização é capaz de mudar com relativa facilidade, ainda que, devido ao seu baixo nível de controle, seja relativamente imprevisível o que poderá fazer. Jovens Quando uma organização é ao mesmo tempo flexível e controlável, ela nem é jovem nem velha. Ela possui vantagens da juventude e da Maturidade. Esse estágio é denominado Plenitude.
  6. 6. • Crescer: capacidade de lidar com problemas maiores e mais complexos. • Envelhecer: diminuição da capacidade de enfrentar problemas Chave do sucesso empresarial concentração nos problemas pertinentes ao estágio atual da organização.
  7. 7. Quando a organização está na Plenitude, a chave do sucesso é lidar com as causas do envelhecimento para que ela não envelheça. Para permanecer na Plenitude: rejuvenescimento constante. Resolver problemas sem que surjam outros problemas novos e mais complexos é equivalente a morrer.
  8. 8. • Problemas Normais A própria organização tem capacidade de acionar processos e tomar decisões que resolverão os problemas • Problemas Anormais Exigem intervenção externa Esses problemas deixam a organização entravada Os problemas se repetem por mais tempo que o esperado e a gerência não consegue resolvê-los
  9. 9. Os Problemas Podem ser Resolvidos pela Própria Organização? Sensação Patologia Complexidade Transição SIM NÃO Freqüentemente Encontrados Nesse estágio do Ciclo de vida Da Organização? SIM NÃO Problema Normal previsíveis Problema Anormal Não previsível Em função do tempo Em função da previsibilidade
  10. 10. Tipos de Tratamento • Curativo Eliminar problemas patológicos da organização para que ela possa prosseguir ao estágio seguinte e enfrentar uma nova série de problemas normais. • Preventivo Desenvolver a capacidade da organização evitar problemas anormais nos estágios futuros do Ciclo de Vida, para que não surjam novas patologias ou complexidades
  11. 11. Ciclo de Vida Estágio: Namoro • A organização ainda não nasceu • Existe enquanto ideia • Possibilidade de futuro • Empolgação, entusiasmo e emoção • O fundador está firmando compromisso, está vendendo a ideia para ele mesmo • A empresa não possui um valor tangível
  12. 12. • O fundador tem que apaixonar-se pela ideia do negócio • Para um negócio dar certo é necessário uma boa ideia, mercado, dinheiro e, principalmente, alguém disposto e dedicado. • A pergunta básica é: quem vai dirigir a empresa? Ciclo de Vida Estágio: Namoro
  13. 13. • O compromisso deve ser proporcional à dificuldade de fazer a organização funcionar a longo prazo • Se a motivação for apenas ganhar dinheiro, seu compromisso será insuficiente • Deve ser emocional • O dinheiro devem servir apenas para validar a avaliação que o fundador fez da situação (placar do jogo) Ciclo de Vida Estágio: Namoro
  14. 14. • Namoro normal x Namoro patológico: depende de ter oposto ou não a realidade à prova Normal: compromisso fanático, dúvidas Patológico: não haver dúvidas Perguntas e dúvidas normais: - Exatamente o que vamos fazer? - Como iremos fazê-lo? - Quando deveremos fazê-lo? - Quem irá fazê-lo, e por quê? Ciclo de Vida Estágio: Namoro
  15. 15. • Normais - Empolgação, teste da realidade - Compromisso realista do fundador e proporcional aos riscos - Fundador voltado para o produto - Fundador mantém controle • Anormais - Compromisso não é testado fase á realidade - Fanatismo irreal do fundador - Foco nos lucros e retorno sobre o investimento - Compromisso não é proporcional ao risco - Controle do fundador vulnerável Ciclo de Vida Estágio: Namoro
  16. 16. • Foco: produção de resultados, satisfação das necessidades (VENDAS) • O quanto está sendo vendido • Não existe tempo para conversar, apenas para agir • O que vale é o que a pessoa faz e não o que pensa • Fundador dedicado aos resultados Ciclo de Vida Estágio: Infância
  17. 17. • Tem poucas diretrizes, poucos sistemas, procedimentos e orçamentos • A maioria das pessoas está na rua vendendo • Organização altamente centralizada • Não conhece seus pontos fortes e suas vulnerabilidades • Agendas super lotadas Ciclo de Vida Estágio: Infância
  18. 18. • Problemas: – Voltada para a ação e impulsionada pelas oportunidades – Poucos sistemas, organogramas, normas e diretrizes – Vulnerabilidade: um problema pode tornar-se uma crise sem aviso prévio Ciclo de Vida Estágio: Infância
  19. 19. • Problemas: – Gerencia-se através das crises – Não tem planejamento e nem fatos históricos – Há pouca delegação, o gerente é show individual – O compromisso do fundador é constantemente posto à prova e é crucial para a sobrevivência – Os empregados são pessoas que estavam procurando empregos temporários – Existem muitos erros Ciclo de Vida Estágio: Infância
  20. 20. • Para sobreviver: – Infusão periódica de dinheiro • Tendência: tomar empréstimos, começar a vender com descontos ou vender ações a capitalistas de risco sem compromisso • O fundador deve acompanhar o desempenho financeiro, contábil e de custos – Alto compromisso do fundador • O fundador deve controlar os conflitos gerados para resolvê-los a tempo • Ter o apoio da família Uma infância prolongada é sinal de patologia. Ciclo de Vida Estágio: Infância
  21. 21. • Fluxo de caixa resolvido • Vendas aumentando • Empolgação para várias direções ao mesmo tempo • O fundador não planeja os resultados, pois eles simplesmente acontecem • Foco: mercado e produção – Organização impulsionada pelas oportunidades Ciclo de Vida Estágio: Toca-Toca
  22. 22. • Rápido crescimento e desorganizado – Arrogância para iniciar novos empreendimentos – Crescimento desorganizado: ainda não existem as normas, descrições de funções, etc. – Poucos treinamentos, avaliações de desempenho – Tudo é prioridade – A empresa está organizada em torno das pessoas, não das tarefas Ciclo de Vida Estágio: Toca-Toca
  23. 23. • Cilada do fundador – a empresa continuam sendo basicamente o fundador – o fundador não consegue delegar e descentraliza inadequadamente – ele tende a recentralizar, pois não quer perder o controle – sua grandeza está em dirigir o negócio intuitivamente Para sobreviver deve sair da gerência por intuição para uma administração profissional. Isso, geralmente, ocorre a partir de uma crise. Ciclo de Vida Estágio: Toca-Toca
  24. 24. • Nascimento emocional longe do fundador • Conflitos e inconsistência – Jovem guarda x velha guarda – Inconsistência nas metas organizacionais – Inconsistência nos sistemas de remuneração e incentivos – Reuniões excessivas e improdutivas Ciclo de Vida Estágio: Adolescência
  25. 25. • Transição difícil – Delegação de autoridade • O fundador é tão incompetente em delegar quanto seus subordinados em tomar decisões – Mudança de liderança • Início da profissionalização • O novo administrador busca apoio em novos funcionários – Transposição de metas • Foco em melhor é mais, deixando para trás o foco de mais é melhor • Inicia o processo de organização Ciclo de Vida Estágio: Adolescência
  26. 26. • Fase dos conflitos – Velha Guarda x Nova Guarda – Fundador x Gerente Profissional – Fundador x Empresa – Metas da empresa x metas individuais A energia gasta é quase inteiramente direcionada para brigas internas e boatos. Patológico: pode iniciar a fadiga, o divórcio. Ciclo de Vida Estágio: Adolescência
  27. 27. • Normal – Conflitos entre sócios, administradores – Perda temporária da visão – Fundador inicia processo de delegação (iô-iô) – Sistemas de recompensas – Diretrizes formuladas, mas não seguidas – Imposição de novos controles • Anormal – Volta ao estágio Toca-Toca e à cilada do fundador – Fundador é “expulso”... O administrador assume – Desempenhos individuais x empresa perdendo dinheiro – Poder é migrado entre várias pessoas – Diminuição na confiança e respeito mútuo – As pessoas empreendedoras são demitidos Ciclo de Vida Estágio: Adolescência
  28. 28. • Atinge um equilíbrio de autocontrole e de flexibilidade • Sistemas e estrutura organizacional funcionais • Visão e criatividade institucionalizada • Orientação para os resultados • Organização planeja e segue seus planos • Supera suas expectativas de desempenho • Aumenta as vendas e a lucratividade • Gera novas organizações Ciclo de Vida Estágio: Plenitude
  29. 29. • Não tem problemas de caixa, mas tb não tem dinheiro sobrando • É um estágio em processo contínuo, não um fim Ciclo de Vida Estágio: Plenitude Normal Treinamento gerencial insuficiente Patológica Compacência Plenitude
  30. 30. • Primeiro estágio do envelhecimento • Está forte, mas está perdendo a flexibilidade • Voltada para resultados e continua bem organizada • Há menos conflitos • Muita confiança no que deu certo no passado • Sensação de segurança e estabilidade no mercado Ciclo de Vida Estágio: Estável
  31. 31. • Expectativas menores de crescimento • Menos expectativas de conquistar novos mercados, tecnologias e regiões • Concentração no passado ao invés do futuro • Desconfia das mudanças • Recompensa aqueles que fazem o que é mandado • Muito interesse nas relações inter-pessoais Ciclo de Vida Estágio: Estável
  32. 32. • Aplica-se dinheiro em sistemas de controle, benefícios e instalações • Enfatiza-se como as coisas são feitas • Muita formalidade no vestir e no falar • Sem muitas mudanças (tudo deve permanecer sempre como foi) • Baixo nível de inovação • Tem dinheiro em abundância • Salas de reuniões grandes Ciclo de Vida Estágio: Aristocracia
  33. 33. • Os conflitos e resoluções de crises são camuflados • Recusam-se a aceitar a realidade como é • São conservadores e possuem liquidez • Passam por fusões e aquisições (toca-toca) • Produtos ultrapassados e ninguém faz nada • Acomodação • Os sinais vitais estão gritando “EMERGÊNCIA” Ciclo de Vida Estágio: Aristocracia
  34. 34. • Caça às bruxas (foco: quem causou os problemas e não o que fazer) • Pessoas são demitidas como se elas fossem a causa dos problemas • Empregados criativos deixam a empresa ou tornam-se inúteis e desestimulados • Paranóica gerencial • Tendências: falência » ou burocracia plena estatizada ou subsidiada pelo governo Ciclo de Vida Estágio: Burocracia Incipiente
  35. 35. • Não gera recursos próprios • Sistemas numerosos • Está dissociada do seu ambiente • Falta senso de controle • Os clientes precisam contornar caminhos para conseguirem o que querem (sistema de contorno) • Conhecem as regras mas não entende para que elas existem • Mantêm-se vivas devido ao monopólio Ciclo de Vida Estágio: Burocracia e Morte
  36. 36. • Sindicatos e governos a mantém porque não querem “perder” os empregos • Pode viver por vários anos em estágio de coma • Os problemas são fáceis de serem resolvidos, porém não conseguem se situar. Ciclo de Vida Estágio: Burocracia e Morte
  37. 37. Referência

×