Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Diversidade e diálogo são realmente uma realidade dentro das corporações?

83 views

Published on

Apresentação realizada no Congresso Mega Brasil (2019) na mesa do Conrerp/2 sobre diversidade nas organizações.

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Diversidade e diálogo são realmente uma realidade dentro das corporações?

  1. 1. Diversidade e diálogo são realmente uma realidade dentro das corporações?
  2. 2. “Cabe às Relações Públicas agir junto aos centros decisórios das instituições, procurando estabelecer a harmonia entre o interesse público e o privado, contribuindo assim para amenizar as tensões resultantes das atitudes individuais” (ANDRADE, 1989). ANDRADE, Cândido Teobaldo de Souza. Psicossociologia das relações públicas. 2ª edição. São Paulo: Loyola, 1989.
  3. 3. "Os públicos são a razão de ser da relação; determinam os diferentes modos da interação empresa-públicos[...]É fundamental identificar os públicos, conhece-los, para que, ao lidar com eles, as organizações sejam bem-sucedidas nesse relacionamento[...]Precisa levar à especificação do público, objeto da relação, e explicar ainda o tipo, a temporalidade, o objetivo, as expectativas e outras características do relacionamento" (FRANÇA, 2012). FRANÇA, Fabio. Públicos – como identificá-los em nova visão estratégica: business relationship. 3ª ed. São Caetano do Sul: Yendis, 2012.
  4. 4. “Profissionais de relações públicas devem saber como o poder opera em seus relacionamentos com os públicos, particularmente em relação a questões socialmente sensíveis quando os públicos podem sentir que seus interesses precisam ser representados delicadamente por porta- vozes organizacionais que os conhecem bem e possivelmente são ‘como’ eles” (VARDEMAN-WINTER, TINDAL, JIANG, p. 281, 2013). TINDALL, Natalie; JIANG, Hua. Intersectionality and publics: How exploring publics’ multiple identities questions basic public relations concepts. Public Relations Inquiry, v. 2, n. 3, p. 279-304, 2013.
  5. 5. “O capitalismo assimila as críticas que lhe são feitas, sem colocar em perigo sua lógica de acumulação. [...] As empresas não podem reconhecer que sua conduta é ilegal. Jamais vão admitir que suas práticas gerenciais são marcadas pelo racismo. Então falam em valorização da diversidade.” (COELHO JR, 2015) COELHO JR, Pedro Jaime. Diversidade nas organizações: entre a riqueza cultural e a disputa política. In: MOURA, Cláudia Peixoto de; FERRARI, Maria Aparecida. Comunicação, Interculturalidade e Organizações: Faces e Dimensões da Contemporaneidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015
  6. 6. “A publicidade brasileira não acompanha as mudanças sociais, e os debates em torno de temas mais profundos são comumente resumidos a polêmica, ou o famoso jargão “mimimi”[...] temas que necessitam de profunda reflexão para a assimilação das novas conjunturas da sociedade são negligenciados por não serem considerados pertinentes aos negócios e estratégia de valorização da marca” (MOURA, 2016). MOURA, Gabriela. Mulheres e comunicação: um cenário que não desce redondo. In Meu amigo secreto: feminismo além das redes. Rio de Janeiro: Edições Rio de Janeiro, 2016.
  7. 7. De acordo com pesquisa divulgada pelo VAGA.COM, 60% dos profissionais de RH afirmaram que a empresa onde trabalham não possui um programa de diversidade. E aqueles que informaram que contam com a iniciativa (40%), declararam que as ações são voltadas, em sua maioria, para pessoas com deficiência (88%) e para jovens aprendizes (84%). Estudo Diversidade no mercado de trabalho e nas empresas
  8. 8. Para 62% dos profissionais de Recursos Humanos respondentes, as empresas onde eles trabalham não estão totalmente preparadas para lidar com a diversidade. Estudo Diversidade no mercado de trabalho e nas empresas
  9. 9. Entre as dificuldades apontadas, para a adoção de uma política de diversidade, aparecem preconceito ou falta de informação (48%), aceitação e respeito dos gestores (25%), aceitação e respeito dos colegas (14%), falta de preparo da área de Recursos Humanos (9%), discriminação (4%). Estudo Diversidade no mercado de trabalho e nas empresas
  10. 10. Diversidade e diálogo são realmente uma realidade dentro das corporações?
  11. 11. E no meio de campo existe diálogo e diversidade?
  12. 12. WikiLeaks das Agências
  13. 13. Como é trabalhar aí? 3.0 — Uma análise de dados | Pedro Barreto e Ingrid Natacha
  14. 14. Como é trabalhar aí? 3.0 — Uma análise de dados | Pedro Barreto e Ingrid Natacha
  15. 15. Como é trabalhar aí? 3.0 — Uma análise de dados | Pedro Barreto e Ingrid Natacha
  16. 16. Como é trabalhar aí? 3.0 — Uma análise de dados | Pedro Barreto e Ingrid Natacha
  17. 17. Como é trabalhar aí? 3.0 — Uma análise de dados | Pedro Barreto e Ingrid Natacha
  18. 18. Existe diversidade e diálogo?
  19. 19. Obrigada! tais.oliveira@versatilrp.com.br tais_so

×