Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Geek night-2015

Apresentação sobre noções básicas essenciais para a criação de uma suíte de automação de testes: http://www.thoughtworks.com/pt/insights/blog/%E2%80%8B3-essential-basics-setting-automation-suite-web-apps

  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Geek night-2015

  1. 1. 3 noções básicas para criar automação Taíse Dias da Silva Geek Night Recife
  2. 2. Overview  Proposta  Padrões & Ferramentas  Automação em 3 passos 2
  3. 3. Proposta  Testes automatizados com alto valor de negócio e baixo custo em termos de manutenção de código 3
  4. 4. Padrões e Ferramentas  Behavior Driven Development (BDD) + Cucumber – Linguagem natural – Especifcações através de exemplos – Feedback cedo – Linguagem compartilhada – Documentação viva 4
  5. 5. Padrões e Ferramentas  Selenium WebDriver – Simula ações no browser – Movido por código  Page Object – Mapea os elementos da página em uma classe – Defne as ações do usuário na página usando seus elementos 5
  6. 6. Padrões e Ferramentas  Selenium + Cucumber – usado pra escrever testes automatizados em linguagem natural  Testes automatizados = documentação + executável + manutenível  Melhor que ferramentas como TestLink – Manutenção da documentação – Execução dos testes 6
  7. 7. Automação em 3 passos  Passo 1: Defnir o valor de negócio  Passo 2: Automatizar testes  Passo 3: Refatorar para baixa manutenção 7
  8. 8. Passo 1: Defnir o valor de negócio  Escrever em texto puro antes de implementar  Pegar feedback do cliente  E se estiver errado?  Escrever narrativas – valor da funcionalidade  Vocabulário específco do domínio do negócio 8
  9. 9. Passo 1: Defnir o valor de negócio 9
  10. 10. Passo 1: Defnir o valor de negócio 1
  11. 11. Passo 2: Automatizar testes 1
  12. 12. Passo 2: Automatizar testes 1
  13. 13. Passo 3: Refatorar para baixa manutenção 1
  14. 14. Passo 3: Refatorar para baixa manutenção  Uso dos padrões de projetos (e.g. PageObject) Não incluir informações específcas da página nos arquivos de features 1
  15. 15. Passo 3: Refatorar para baixa manutenção  Escrever funcionalidades declarativas 1
  16. 16. Passo 3: Refatorar para baixa manutenção Evitar passos que contêm duas ações 1
  17. 17. Por fm  Cucumber e Selenium são apenas exemplos de ferramentas  O importante é conhecer o problema e as boas práticas, e escolher as ferramentas apropriadas  Basta seguir as boas práticas e fazer o bom uso das ferramentas para criar uma suíte de automação de alto valor de negócio e de baixa manutenção 1
  18. 18. Perguntas? 1
  19. 19. Obrigada

×