Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Etiqueta social e profissional apostila

41,047 views

Published on

  • Be the first to comment

Etiqueta social e profissional apostila

  1. 1. Etiqueta Social e Profissional Apostila compilada por Sumã Pedrosa
  2. 2. Etiqueta Social e ProfissionalEtiqueta é o conjunto das regras que norteiam nossos comportamentos. Cadapovo, cada cultura, cada época, tem seus próprios códigos comportamentais.Segui-los é uma arte que pode ser aprendida e dominada segundo bom-senso,conhecimento e, sobretudo, respeito pela dignidade dos Seres com quemconvivemos.Nada substitui a competência que vem do conhecimento geral e específico, denossas habilidades individuais e ainda das atitudes que formam nossos valoreséticos.Comportamentos são a expressão desses valores, onde simplicidade,naturalidade e amabilidade devem ser a tônica principal. Comportamentoséticos e adequados (aos papéis sociais, aos diferentes momentos e eventos)sem dúvida, aumentam os níveis de confiabilidade em nossa atuação comoSer social e profissional.Regras de etiqueta são manifestações de civilidade baseadas no respeitoao próximoEtiqueta social é assunto sério, uma manifestação de civilidade. Todas asregras são baseadas no respeito ao próximo, na educação e foram criadaspara facilitar o convívio em sociedade.Algumas pessoas que não observam a etiqueta - mesmo tendo muito dinheiro,ficam sem acesso a uma classe social superior. Num mundo cada vez maismarcado pela força do dinheiro, em que valores e tradições são deixados delado, algumas pessoas acham que podem comprar tudo, quando na verdadeexistem muitas coisas que não se compram, mas devem ser aprendidas eassimiladas com sabedoria. Afinal, ninguém nasce sabendo, mas temobrigação de querer aprender. 2
  3. 3. Viver com cordialidade e segurança no trato social é algo que parte de umaimportante premissa: conhecer a si mesmo e a cultura do ambiente ondevivemos. Aqui estão algumas informações para facilitar a colocação destesconceitos em prática:Roteiro de Autoconhecimento· Quem é você? Que características o tornam uma pessoa interessante eespecial?· O que você faz? Qual sua formação?· Qual sua imagem perante os demais?· O que tem a oferecer?· Quais seus pontos fortes e habilidades?· Quais são seus pontos a desenvolver?· Sua imagem pessoal e profissional está adequada para a instituição que vocêrepresenta?Regras para Cumprimentar e Apresentar PessoasAs regras de etiqueta são uma espécie de código através do qual nósinformamos aos outros que somos preparados para conviver harmoniosamenteno grupo. Essas regras tratam basicamente do comportamento social, eenglobam desde o modo de vestir-se adequadamente às diversas ocasiões,até os modos de comer, de freqüentar ambientes públicos e, principalmente, decomo se relacionar com as pessoas. Por isso, vamos começar falando daetiqueta dos cumprimentos e apresentações.- Há uma regra básica para todos os tipos de apresentação: quem quer queesteja se apresentando ou sendo apresentado, deve sorrir e olhar a pessoanos olhos. Seriedade e tensão não funcionam bem nas apresentações.- Outra regrinha diz que: 3
  4. 4. "A pessoa mais importante é quem recebe a outra e tem seu nome ditoprimeiro. No meio empresarial, é interessante dar ao cliente essa importânciamaior."- Outra coisa importante que deve ser observada — tanto por homens comopor mulheres — é que o tapinha nas costas e os beijinhos devem ser evitadossempre, a menos que haja grande intimidade entre eles e a ocasião permitaesse tipo de carinho. Pode ocorrer, também, que a pessoa apresentada — poruma questão de descortesia — não estique a mão para receber ocumprimento. O que fazer? Se ao esticar a mão para apresentar-se a alguém,ela não retribuir esse gesto, retire a mão, mas continue a apresentação. Estaatitude é a correta.- Para apresentar alguém a um grupo, aproveite o momento em que estiveremreunidos e diga algo mais ou menos assim: "Oi, pessoal, queria apresentar avocês a Luciana Forli, designer da Briattore, em Milão." Saiba também que nasapresentações para um grupo estão dispensados os apertos de mão.Ao ser apresentado, se estiver sentada, a pessoa deve se levantar. Esta regrase aplica aos homens.§ Se não levantar-se, pode parecer que está desinteressado ou alheio.§ As mulheres, se estiverem sentadas, só devem levantar-se se a pessoaapresentada for a anfitriã ou uma senhora de idade.§ Quando lhe cabe apresentar alguém, diga o nome completo da pessoa e algoque propicie o início de uma conversa.§ O "olá!" e o "como vai?" são considerados cumprimentos padrões. Você nãoprecisa usar aquele tradicional "muito prazer!"§ As mulheres também se cumprimentam apertando as mãos. 4
  5. 5. CasamentosOs convites – impressos em cartões de formato grande, duplo ou simples,conforme a elegância da cerimônia o exigir – são distribuídos com trinta dias deantecedência, para que os convidados não assumam outros compromissos.Atenção: as frases como “os noivos receberão os cumprimentos na igreja” sãointeiramente indelicadas. Se a recepção é só para alguns convidados após acerimônia na igreja, estes receberão um convite especial que deve sercolocado no envelope.A cerimônia do casamento tradicional se mantém, com poucas variações,embora com alguns modismos. Permanece, por exemplo, a presença de duasmeninas, ou de um menino, ou de um menino e uma menina, que procedem anoiva na entrada da igreja.Na sacristia, os noivos, ao receberem os cumprimentos, colocam-se entre seuspais e avós. Os convidados devem limitar suas palavras, evitando efusões pordemais cansativas. Cumprimentam-se os membros da família quando nãoconhecidos, com uma ligeira inclinação de cabeça.Na recepção, os noivos ou seus pais agradecem a cada convidado ospresentes ou flores recebidos. Isto não dispensa o casal de manifestar osagradecimentos por escrito, logo ao chegar da viagem de núpcias. A decoraçãodas mesas deve ser requintada, reservando-se um lugar especial para o boloclássico. Evitar os enfeites de noivinhos, bonequinhos ou pombinhos, de gostomais do que duvidoso. 5
  6. 6. Uma inovação: tornou-se costume elegante convidar dois, três ou mais casaisde padrinhos de cada noivo. É uma forma simpática de homenagear um maiornúmero de familiares ou amigos.Regras de etiqueta  Fale baixo – a tendência das pessoas é elevar o tom de voz.  Evite assuntos particulares em público – a conversa pode deixar as pessoas constrangidas.  Dê preferência à conversa ao vivo – valorize aquele que está na sua frente e deixe para conversar pelo celular depois.  Nos restaurantes, não fique papeando – há pessoas que desejam fazer a refeição em paz.  Retorne as ligações – se alguém deixar recado na caixa postal, não se esqueça de ligar de volta.  Escolha bem a campainha – os ringtones(toques de celular) refletem seu estado de espírito. Portanto, escolha bem. E cuidado com os tons engraçadinhos.  Atenção ao horário – só ligue de madrugada para alguém se for algo muito urgente.  Desligue o aparelho nas reuniões de negócio – se estiver esperando uma ligação urgente, avise os participantes e deixe o aparelho no modo vibratório.  Respeite a platéia e o artista - nas salas de cinema, teatro, espetáculos nunca atenda o telefone.  Preserve o silêncio nas bibliotecas e museus – as pessoas precisam se concentrar.  Não atrapalhe médicos e enfermos – evite usar o celular nos consultórios e nos hospitais.  Nas ocasiões fúnebres e ambientes religiosos, esqueça o celular - Respeite a fé e a dor alheia.  Espere desembarcar do avião – só ligue o celular no saguão.  Procure guardar o celular no bolso ou na bolsa – é melhor que deixar o aparelho à mostra. 6
  7. 7.  Pergunte se a pessoa pode atender – antes de começar a falar, veja se a pessoa pode falar.  Peça autorização para fotografar – os celulares com câmera embutida são populares, mas não se esqueça de pedir para clicar.Etiqueta no elevador:· Nos elevadores, o homem sempre deve segurar a porta para a entrada damulher. Da mesma forma, os idosos têm a preferência.· Se duas pessoas forem descer no mesmo andar, o homem, ou a pessoa maisjovem, deve abrir a porta para que a mulher ou o mais idoso saia do elevador.· Em elevadores de empresas, o homem deve entrar após a mulher e permitir apassagem para que ela saia primeiro. Se o elevador estiver muito cheio e essadelicadeza representar incômodo para as pessoas, o homem deve pedirlicença e sair primeiro.· Qualquer pessoa que entra no elevador deve cumprimentar aqueles que jáestão dentro.Etiqueta na Internet:Não repasse e-mails duvidosos, correntes, piadas e boatos; Responda todosos e-mails rapidamente.Não faça spam (propaganda sem prévia aceitação pelo receptor); Presteatenção na gramática, ortografia e na pontuação.Use a internet para aprimoramento pessoal e profissional.À mesaMesmo quem já está mais acostumado a organizar e participar de festas eeventos pode ter dúvidas de como se comportar à mesa. Algumas regras jáforam quebradas ou só são necessárias em ambientes mais formais, masalgumas delas são essenciais para que todos se sintam bem. Conheçaalgumas delas: 7
  8. 8. - Se você for o anfitrião, sirva a todos os convidados e só depois se sirva.- Coloque o guardanapo de pano no colo antes de iniciar a refeição, nunca emvolta do pescoço. Se for de papel, ele deve ficar do lado esquerdo do prato.Quando terminar, não coloque o guardanapo usado no prato.- Se houver pãezinhos de entrada, parta com as mãos, em cima de um pratoou cesto.- Use os talheres de fora para dentro, conforme forem servidos a entrada e oprato principal.- Para comer massas, use o garfo e a colher. Como são fáceis de cortar, nãoprecisam da ajuda da faca.- Antes de levar o copo à boca, limpe os lábios com o guardanapo.- Evite falar de boca cheia e fazer barulho quando bebe ou toma sopa.- Cuidado com os cotovelos. Sobre a mesa, apenas os punhos.- Se você ainda estiver com apetite, pode repetir à vontade. Verifique apenasse todos já se serviram.- E, por fim, lembre-se de que palitar os dentes na mesa não é aceitável,mesmo em família. Se precisar, peça licença e vá ao toilette.Serviço: pode-se começar a comer após algumas pessoas terem sidoservidas, se o serviço for lento.Guardanapo: colocar no colo, durante a refeição, aberto totalmente ou não,conforme o tamanho. Usá-lo sempre antes de levar o copo ou o cálice à boca.No final, colocá-lo ao lado do prato, sem dobrar mas também sem o amarrotar. 8
  9. 9. Talheres: os que estão mais longe do prato são os primeiros a usar e,naturalmente, os últimos são os mais próximos do prato. Não se limpam ostalheres com o guardanapo, antes de serem usados. Ao parar de usar ostalheres, estes devem ser colocados sobre o prato (a faca na borda) e os cabosnunca apoiados na mesa. Acabando de comer, colocam-se sobre o prato, nosentido perpendicular à borda da mesa.Garfo e faca: no Brasil usa-se mais a regra de usar o garfo sempre na mãoesquerda, à maneira européia. Usando-se a faca e o garfo ao mesmo tempo,seguram-se ambos da mesma maneira, isto é, a extremidade dos cabos napalma da mão, apoiando-se o índex pouco aquém da lâmina da faca ou dosdentes do garfo.Salada: antes de se servir, reparar se há prato e talheres especiais para amesma, normalmente colocados ao lado do prato de jantar.Porções: não é exigido que se coma tudo que se põe no prato, nem obrigatóriodeixar um resto de comida.Pão: parte-se com as mãos em pedaços pequenos, passa-se a manteiga eleva-se à boca com a mão.Sal e pimenta: é correto usar estes ingredientes, mesmo num jantar decerimônia.Espinhas, ossos, azeitonas, etc.: a mesma colher que levou o alimento àboca deverá devolver os restos ao prato, como no caso de caroços de frutasem calda. Se for usada a mão (azeitonas ou uvas, entre outras) pode a mesmaretorná-los ao prato. Espinhas e ossinhos, de modo discreto, voltam na mãopara o prato.Outras regras: - Todos sabem que não se deve colocar os cotovelos sobre amesa, mas também não é bom assumir uma posição de estátua.- Ao aceitar um prato, nada se diz, mas quando se o declina é de bom tomdizer: não, muito obrigado. 9
  10. 10. - Os copos levam-se à boca segurando-se pela base de seu arqueado e nuncapelas bordas.- Não é correto elogiar a comida ou a maneira como foi preparada.- Também uma conversa não deverá provocar discussões sobre assuntospolíticos, religiosos ou de qualquer natureza que possam de algum modosuscetibilizar algum dos presentes e, muito menos, gesticular com o talherquando se fala.- É preciso lembrar de se mastigar com a boca fechada. É de bom tom, noentanto, que se coma devagar, mastigando bem os alimentos, até porque é feiomesmo, usar palitos que, aliás não devem existir em qualquer recipiente sobrea mesa.Ao levantar da mesa: o prato não deve ser empurrado, depois de arrumadosos talheres sobre ele.Maçã – uma curiosidade sobre esta fruta: por tradição histórica, nas maisrefinadas mesas ou ambientes, a maçã é motivo de decoração, por aliar suasbelas cores ao seu aroma delicioso. E por lembrar o fruto proibido que Eva,seduzida pela serpente, colheu da árvore da sabedoria. Mas nem todos sabemque é chamada, também, de fruta-pão. Assim, numa refeição de cerimônia, amaçã deverá ser saboreada, pois quem o fizer demonstrará que ficou satisfeitocom as iguarias que foram servidas.Postura Correta À Mesa  sente-se com elegância mantendo a coluna ereta 10
  11. 11.  não cole as costas no encosto da cadeira  evite cruzar ou esticar as pernas para não atrapalhar as pessoas a sua frente  mantenha as mãos sobre a mesa apoiando somente os punhos  nunca apóie os cotovelos nem abra muito os braços para não incomodar as pessoas ao lado  ao sentar-se coloque o guardanapo (de tecido) sobre o colo  use-o sempre que necessário e sempre depois de tomar qualquer liquidoTalheres  use a faca comum para cortar carnes e aves, partindo-se um pouco de cada vez  você não precisa ficar segurando os talheres o tempo todo; descanse-os sobre o prato  ao levar comida à boca o garfo nunca deve estar muito cheio  ao terminar, coloque a faca e o garfo paralelos, com os cabos voltados para o lado. Usar palitos de dente em qualquer jantar é inadmissível na regra da etiqueta. Dando intervalo com a comida (sempre deixando a faca virada para o seu lado, e o garfo como se mostra na figura). 11
  12. 12. Esta posição do garfo e da faca se chama “cruzar os talheres”, significa que você já terminou de comer.Recebendo Os Amigos Em CasaSuponhamos que você vai receber visitas em sua casa. Mesmo que você nãoseja dado(a) a formalidades, chegará um dia em que circunstâncias alheias àsua vontade irão obrigá-lo(a) a programar um jantar de cerimônia. É melhor,então, saber agora o que fazer e como fazê-lo, para que a eventualidade nãoo(a) encontre completamente desprevenido(a).Para que tudo corra bem, desde a véspera comece a tomar algumasprovidências. Escolha o menu. Faça, então, uma lista dos ingredientes queserão utilizados, a fim de que, à última hora, nada lhe falte. O mesmo critériodeverá ser observado quanto aos vinhos e outras bebidas que serão servidasdurante a refeição. Sobremesas geladas podem ser preparadas de véspera,diminuindo o seu trabalho no dia da reunião.A arrumação da mesa vem a seguir. Para cada ocasião a arrumação da mesaé diferente. Para um almoço, por exemplo, um serviço americano ficará muitobem. Louças rústicas e talheres modernos farão uma mesa linda. Para umjantar formal, a escolha deve ser mais cuidadosa, tanto no que diz respeito àtoalha da mesa quanto aos cristais, talheres e porcelanas. Um jantar americanopermitirá maiores liberdades. 12
  13. 13. O que colocar então como centro de mesa? Suas cores devem harmonizar-se com a toalha, com a porcelana e com o próprio ambiente da sala. Velas e flores são ideais para um centro de jantar. Flores e frutas alegram as mesas de almoço, enquanto que um arranjo mais leve cabe muito bem numa mesa de chá. Coquetel Coquetel não é uma festa de arromba. Deve-se servir canapés, coxinhas, e pequenos salgadinhos (todos os salgadinhos devem ser pequenos). Os coquetéis são ótimas ocasiões para conhecer pessoas em um ambiente descontraído. Se for a um coquetel, forre o estômago antes de sair de casa, num coquetel geralmente você ira comer cinco ou pouco mais salgadinhos. Beba pouco, justamente por ser informal, as pessoas tendem a extrapolar, e também para não morrer de arrependimento no dia seguinte. Use e abuse dos guardanapos, mais desagradável do que apertar uma mão molhada só mesmo uma mão engordurada. Localize o cinzeiro antes de acender o cigarro, os cinzeiros nesses eventos ficam quase invisíveis. Saiba quem é o homenageado, se for um lançamento de um livro ou uma abertura de mostra de arte, um mínimo de informação sobre o autor ou artista em questão é recomendável. Faça as apresentações, sempre que uma pessoa se junta a um grupo. Apresente-a com nome e sobrenome, cargos estão dispensados, a não ser que seja evento de trabalho. Troque cartões só no final da conversa, é mais delicado. E só faça isso quando sentir que é necessário. Não é o caso de sair pelo salão distribuindo cartões. Vá embora cedo, coquetéis por definição terminam lá pelas 9 e meia da noite. Se você for o anfitrião do coquetel, deixe tudo preparado e contate um garçom para cuidar de servir tudo, para que você possa dar atenção necessária aos convidados. Deixe as bebidas expostas para que cada um se sirva, mas lembre-se: só as bebidas deverão ficar expostas, os salgadinhos ficam por conta do garçom. Jantar Informal 13
  14. 14. Um jantar informal não pode e nem deve ser mal servido. Dispensa, apenas, o formalismo de um serviço à francesa que requer alguém capacitado para executá-lo. Você deverá contar com a ajuda de uma copeira apenas para colocar e retirar os pratos, nada além do que isso. Eis os pontos importantes que devem ser levados em consideração:1. Não servir mais que quatro pratos, incluídos queijos e sobremesas.2. O primeiro prato (entrada), seja ele frio ou quente, já deverá estar servido quando os convidados se dirigirem à sala de jantar, o que evitará um trabalho extra para a copeira.3. Programar a sobremesa de modo a que possa ser servida em pratos individuais, os quais já estarão arrumados na cozinha aguardando o fim do jantar.4. Sirva o café e os licores na sala (hall). É mais simpático e mais interessante, pois evita que os convidados permaneçam à mesa, esperando que a copeira retire os pratos da sobremesa. Entretanto, não constituirá qualquer deslize da boa etiqueta se o café for servido à mesa, ficando ao seu critério a adoção de qualquer das duas formas. O arranjo de mesa requer, naturalmente, uma atenção especial, embora seja dispensado o requinte que se exige para um jantar formal. A toalha pode ser um linho cru, um tecido adamascado ou mesmo um alegre estampado. Este último, no entanto, ficará melhor para um almoço. Serviços americanos mais finos também vão bem. A colocação dos pratos e talheres é a normal, ou seja, os pratos de serviço deverão ficar a 2,5cm da borda da mesa. Colocam-se, então, os talheres com a faca e a colher de sopa à direita e o garfo à esquerda. O garfo e a colher de sobremesa serão colocados acima do prato ou poderá vir da cozinha, quando a sobremesa for servida. Se você vai apresentar, além da sopa, um prato de peixe e outro de carne, não deverá esquecer de colocar os talheres para o peixe. Nesse caso, a disposição será a seguinte: à direita, colher de sopa, faca de peixe e faca de carne. À 14
  15. 15. esquerda, de dentro para fora, garfo de carne e garfo de peixe. A lógica nessadisposição é que os talheres são apresentados na ordem em que serãousados.No caso de servir uma salada para acompanhar ou depois do prato principal,coloque um pratinho para a mesma à esquerda do prato de serviço, com o dopão um pouco mais acima. Nesse último, deve-se colocar uma faca pequenapara servir a manteiga.A sopa pode ser servida em pratos ou em xícaras próprias para caldos. Noúltimo caso, esta deverá vir acompanhada de um pires, sendo colocada sobreo prato de serviço. Coquetéis de fruta ou de camarão serão servidos em taçasespeciais, sobre pratinhos, também colocados sobre o prato de serviço.Onde colocar e como dobrar guardanapos? Já houve tempo em que era debom tom dobrar-se o guardanapo cuidadosamente, em forma de flor ouquantas outras figurações o engenho da dona da casa pudesse conceber.Hoje, você precisa apenas dobrá-lo retangularmente e colocá-lo centro doprato. Se a sopa ou outra entrada qualquer já estiver posta, o guardanapo,então, será colocado à esquerda do prato, logo depois dos talheres.Os copos ficarão acima do prato, ligeiramente à direita, também na ordem desua utilização, com o da água um pouco mais para dentro e o do vinho maispara fora.Se é você e seu marido que irão servir, pode ser adotada a maneira americanapela qual é o anfitrião que se encarrega de trinchar (pouco provável, uma vezque a comida, em geral, já vem cortada da cozinha) e servir o prato principal eseu acompanhamento, enquanto que a dona da casa passa a salada, serve asbebidas e a sobremesa. O carrinho de chá, ou a mesa auxiliar, deverá estar àsua direita e sobre ele ficarão o prato de salada, a sobremesa, as xícaras e obule de café (se este vai ser servido à mesa).O anfitrião serve o prato que está na sua frente, passando-o para a dona dacasa que o substitui pelo seu, que está vazio. O prato servido é apresentado ao 15
  16. 16. convidado que lhe fica à direita, do qual recebe um prato não utilizado. Repete-se a operação, servindo sempre à direita.Achamos, no entanto, que inverter os papéis é de toda a conveniência,deixando ao anfitrião apenas o trabalho de servir as bebidas e passar a salada.O trabalho da copeira, nesse caso, se resume em retirar os pratos servidos etrazer da cozinha as travessas com os alimentos.Existe, ainda, a possibilidade de usar a copeira para servir o prato principal,que já vem da cozinha devidamente trinchado e arrumado em uma bandeja outravessa. Ela, então, o apresentará, pelo lado esquerdo, ao convidado que estásentado à direita da dona da casa, continuando a servir nessa direção.Quanto aos lugares à mesa, um jantar informal dispensa uma colocação rígidaà mesa, elaborada de acordo com a importância dos convidados. Apenas, sehouver uma pessoa mais idosa, devemos fazê-la sentar à direita dos anfitriões,numa deferência perfeitamente compreensível.Como se vê, um jantar informal pode ser servido corretamente de diversasmaneiras, bastando selecionar entre elas a que mais se adapta ao seu casoparticular.Jantar Americano (Self- Service)Receber mais de oito pessoas para um jantar é praticamente impossível paraquem vive em apartamentos de living conjugado com a sala de jantar, onde oespaço destinado à mesa é reduzido. Além disso, servir dez ou doze pessoasrequer o auxílio de um garçom treinado, o que nem sempre é fácil de se obter.O jantar americano é, como o próprio nome indica, uma invenção informal dosnossos práticos vizinhos, hoje universalmente adotada. Em princípio, vocêprecisa ter apenas uma mesa que poderá ser substituída pelo aparador de suasala de jantar. Nela serão colocados, na ordem de utilização: 1. Guardanapos 2. Pratos para o serviço 16
  17. 17. 3. Alimentos frios 4. Alimentos quentes 5. Saladas (se for o caso) 6. Pão 7. TalheresAs bebidas e os copos ficarão numa mesa auxiliar, onde todos se servirão,quando o desejarem.O convidado encontrará sobre a mesa (que está encostada à parede), numaordem funcional, guardanapo e os diversos itens do serviço, tudo devidamentealinhado de maneira a que, quando atingir a extremidade oposta, já se tenhaservido de tudo, podendo, então sentar-se para saborear a refeição.Se os convidados forem muitos, coloque a mesa no centro da sala e duplique oserviço, ou seja, reproduza, do outro lado da mesa, arrumação idêntica(guardanapos, pratos, etc.), com o que duas pessoas poderão servir-sesimultaneamente.Não aconselhamos, em jantares americanos, alimentos que necessitem sercortados, pois, em geral, não há muito lugar para colocar o prato e os talheresenquanto se faz isso, e cortar a carne vai requerer de seus convidadosverdadeiros prodígios de equilíbrio. Cuidado, então, ao planejar o cardápio: umstrogonoff ou um salpicão de galinha são bem mais indicados do que umrosbife.Jantar FormalEm primeiro lugar, falemos sobre a mesa. Para vesti-la, toalhas de linhoadamascado em tons pastel, organdi ou linho bordado. Serviços americanos,somente os de renda fina ou organdi.Os guardanapos são dobrados ao comprido e colocados sobre o prato deserviço ou ao lado esquerdo do garfo, se o primeiro prato já estiver servido. 17
  18. 18. O prato de serviço é colocado a 2,5 cm da borda da mesa. Pratinhos para pãoe manteiga, em geral, não são usados. Mas se forem, ocuparão o lugar normal,à esquerda do prato de serviço. A colocação dos talheres obedecerá oplanejamento do cardápio, ou seja, serão arrumados de fora para dentro, naseqüência em que serão utilizados.Regra geral: À direita coloca-se a colher de sopa, a faca de peixe e a faca decarne. À esquerda, também de fora para dentro, põe-se o garfo de peixe, ogarfo de carne e o garfo de salada. Se forem servidas ostras (que deverão sersempre o primeiro prato), deverá ser colocado, à direita da colher de sopa, umgarfinho especial para esse tipo de marisco.O copo para água e um ou dois para vinhos serão colocados acima do prato,ligeiramente à direita, com o copo para água mais para dentro. O de vinho tintovem a seguir, ficando o de vinho branco na extremidade. Taças de champanheocupam um segundo plano, uma vez que esta bebida é servida por último. Emalgumas ocasiões, no entanto, serve-se champanhe durante toda arefeição. Nesse caso, não haverá copos para vinho. Apenas um copo paraágua acompanhará a taça.Os talheres de sobremesa serão colocados na mesa quando esta for servida.Fumar à mesa, prejudica o paladar das iguarias que vão ser servidas. Portanto,os verdadeiros mestres da cozinha não admitem essa liberdade. Mas fumar é,atualmente, um hábito muito generalizado, sendo muitos os anfitriões que nãose incomodam com o fato dos convidados fumarem à mesa. Se for este o seucaso, coloque cinzeiros individuais em cada lugar ou coloque-os entre cadadois convidados. Isto colocará os convidados à vontade para fumar.Serviço À FrancesaSe você pretende fazer um jantar formal com um serviço à francesa, éindispensável que você possa contar com uma ou duas pessoas (duas, se vocêtiver que servir mais de oito pessoas) habilitadas para o serviço. Eis as regras gerais que não devem ser esquecidas: 18
  19. 19. 1. O garçom serve primeiro a convidada à direita do anfitrião, continuando sempre à direita, atendendo as senhoras. Chegando a vez dos convidados, começará pelo que estiver à direita da dona da casa, continuando o serviço à direita. Alguns exigem que os anfitriões sejam servidos em último lugar. No entanto, é perfeitamente normal que eles sejam atendidos pelo garçom à medida que o mesmo faz a volta à mesa. Este serviço ficará melhor se for executado por dois garçons, os quais, partindo cada um da direita dos donos da casa, servem convidados e convidadas, terminando nos anfitriões.2. Colocar e oferecer pratos sempre pelo lado esquerdo do convidado. Pela direita, servem-se as bebidas e removem-se os pratos servidos, evitando tomar a frente de quem estiver sentado.3. Para oferecer a comida, o garçom deve segurar a travessa na palma da mão esquerda, apresentando-a lateralmente ao convidado. Se a travessa estiver muito pesada, é perfeitamente próprio usar a mão direita para dar apoio. Os talheres de servir devem estar sempre com os cabos para o convidado. Se necessário, deve-se corrigir a posição dos mesmos depois que cada pessoa se serve. A travessa deve ser apresentada a um nível que facilite ao convidado servir-se sem maiores problemas.4. Todas as travessas devem ser apresentadas sempre com uma toalha de serviço (um guardanapo grande também é apropriado), dobrada em quatro, sob as mesmas. Ela protege a mão do garçom do calor dos alimentos e oculta- a, se estes últimos estiverem sendo servidos em pratos de vidro. Para colocar e retirar pratos, ela não precisa ser usada.5. Deve-se a encher os copos de água ou vinho sempre que estiverem vazios, sem retirá-los da mesa. O garçom deve conservar o guardanapo na mão esquerda para enxugar pingos ocasionais.6. É indispensável a quem serve, que se movimente sem barulho e sem incomodar os convidados, que não devem ser tocados.7. Os copos devem ser manuseados apenas em sua parte inferior, nunca pela boca. Outro ponto importante é evitar que o polegar apareça na borda do prato que se está colocando ou retirando.8. Nunca se deve começar a retirar os pratos antes que todos os convidados já tenham acabado. 19
  20. 20. 9. Quando chegar a hora de retirar, fazer primeiro com as travessas, depois os pratos e talheres usados, os copos e, por último, os talheres limpos, saleiros etc. Para recolher esses dois últimos itens, utilize uma bandeja. Antes do jantar ser servido, algumas providências devem ser tomadas:1. Os copos de água deverão ser cheios até 3/4 de sua capacidade.2. Se forem usados pratinhos para pão e manteiga, em cada um deles deverá ser colocada uma porção de manteiga.3. A cadeira deve ser disposta em frente a cada lugar, com a parte de frente do assento na direção da borda da mesa.4. Se houver velas, deverão ser acesas.5. No caso de ser servida alguma entrada (ostras, coquetéis de fruta ou de camarão, sopa, etc.) esta deverá ser colocada à mesa antes dos convidados sentarem.6. Com a entrada, se for o caso, servem-se fatias de pão torrado ou bolachinhas Servindo o prato principal: Depois que todos já tiverem se servido da entrada, o garçom retira os pratos servidos e, no caso de sopa, o prato raso de serviço também. Os coquetéis já devem vir em recipientes próprios sob os quais se colocam pires que protegem o prato de serviço. No caso da sopa, o prato da mesma pode não estar muito limpo embaixo, sujando o prato de serviço. Se este estiver limpo, poderá voltar à mesa para servir o prato principal. Em seguida, devem vir da cozinha, um a um, os pratos que substituirão os usados, colocando-os pela esquerda, na ordem em que vão ser servidos. Se, para facilitar o trabalho, for melhor trazer os pratos dois a dois, um deles ficará esperando na mesa auxiliar. Passa-se, então, ao serviço propriamente dito, com as normas já devidamente estabelecidas acima. O vinho, se houver, vem depois de servido o prato, com o garçom enchendo primeiro o copo do dono da casa (o que evita que algum pedaço de rolha venha a cair no copo de algum convidado, propiciando, também, ao anfitrião, 20
  21. 21. um exame antecipado da bebida que poderá ser recusada, se não estiversatisfatória). A senhora à direita do dono da casa será a próxima e assim pordiante.O procedimento para servir um segundo prato é idêntico, havendo,naturalmente, a necessidade de se remover os pratos usados.Há quem goste de servir saladas com ou após o prato principal. Nesse caso, émelhor usar saladeiras pequenas, já servidas da cozinha, colocando-as ao ladoesquerdo ou sobre o prato de serviço, conforme for o caso. Não esquecer,então, de colocar à mesa o garfo para salada, à esquerda do prato, antes dogarfo de carne.Servindo a sobremesa:Removem-se os pratos de cada lugar com a mão esquerda ou, se houverpratos para pão, retira-se o prato de serviço com a direita e o do pão com aesquerda.Saleiros, pimenteiros e talheres não utilizados são retirados com o auxilio deuma bandeja pequena. Se necessário, limpa-se ligeiramente a mesa com umguardanapo, enchendo-se em seguida os copos de água.Em cada lugar serão colocados pratos e talheres para a sobremesa, passando-a, então, para que os convidados dela se sirvam.Se a sobremesa for do tipo individual, pode vir servida da cozinha, com o talhercolocado no próprio prato.No caso de serem adotadas lavandas, encha os recipientes com água morna elimão. Se foi servido algo que o convidado tocou com os dedos (aspargos,alcachofra), água fria com pétalas de rosa ou uma flor pequenina sãoindicados. As lavandas vêm da cozinha colocadas no prato em que se vaiservir a sobremesa, sobre toalhas pequeninas de linho. Os talheres desobremesa a acompanham. O convidado retira os talheres e a lavanda, 21
  22. 22. colocando-a, ainda sobre a toalhinha, à esquerda do lugar, e dispondo a colherà direita e o garfo à esquerda de seu prato.A ordem dos últimos pratos de um jantar é a seguinte: queijo, sobremesa efrutas. Os queijos são servidos com pequenos pedaços de pão ou bolachas. Asúnicas sobremesas que podem ser apresentadas depois das frutas são ossorvetes. Mas isto não quer dizer que você precise servir estes três itens. Bastauma boa sobremesa e o seu jantar terá o êxito assegurado.Apenas mais um lembrete. Se você pretende adotar o uso da lavanda e vaiservir, além da sobremesa, frutas, a lavanda só deve aparecer quando o pratopara as frutas vier substituir o de sobremesa.Almoço InformalAlmoços não precisam de muita etiqueta. Um almoço deve ser uma refeiçãoalegre e bem servida, mas com pouca formalidade.Na arrumação da mesa tudo se permite: toalhas estampadas ou xadrez, coresúnicas bem vivas, serviços americanos em linho cru, rafia, madeira e atémesmo plástico, se forem originais e de boa qualidade.A fantasia se estende à louça. É a hora ideal para usar serviços pintados àmão, pratos de barro vidrado e as tão úteis louças plásticas, em cores vivas epadrões diferentes.Talheres de linhas modernas ficam melhor em mesas assim concebidas. Oscopos podem ser grossos, em cores vivas.Os centros de mesa podem ser frutas e flores das mais variadas.A colocação dos pratos, copos e talheres é a comum, determinada pelo que sevai servir. O prato para pão poderá ser usado para a salada, também.Nada de velas, a menos que seja inverno e o aposento esteja escuro, o quenão é comum. Os talheres de sobremesa virão com o prato servido ou porservir. Café à mesa ou fora dela, é indiferente. 22
  23. 23. Os almoços formais não são comuns. Umas poucas senhoras ainda usamconvidar apenas mulheres para almoços formais, costume que vemdesaparecendo. Para servi-los, as regras que regem um jantar formal são asmais indicadas.Chá das CincoEsse costume é muito britânico. Porém, um grupo de amigos reunidos e umchá, à tardinha, tem um encanto especial.Se não são muitos os convidados, ele poderá ser servido no living, com oauxílio do tradicional carrinho de chá e de uma mesinha que poderá ser umadas mesas laterais do sofá. Se não há carrinho de chá, a mesa de centro dasala de estar pode ser utilizada.Coloca-se o carrinho de chá ou a mesa auxiliar perto de uma poltrona ou sofá,de modo que a dona da casa possa sentar-se confortavelmente para servir. Elenão deve, também, estar muito longe da porta de entrada, pois poderá existir anecessidade de atender convidados retardatários. Sobre ele repousarão: o bulecom chá quente, um jarro com água aquecida, uma leiteira com leite ou cremede leite fino, o açucareiro, um prato com rodelas de limão sobre o qual haveráum garfinho, xícaras, colheres e guardanapos. Se ainda houver lugar, umpequeno jarro com rosas dará um toque elegante.O bule de chá, a jarra com água quente e a leiteira deverão estar do ladodireito da bandeja, com suas asas viradas para quem serve. Se não há muitolugar, as xícaras poderão ser arrumadas duas a duas, com os pratinhosempilhados.A dona da casa toma um guardanapo, a xícara com a respectiva colher e serveo açúcar, chá, leite ou limão, conforme o gosto do convidado, passando-lhe,então, a xícara já servida colocada sobre o guardanapo.O convidado a recebe e dirige-se à outra mesa onde estarão dispostos ossanduíches, salgadinhos, torradas, docinhos e bolos. Aí empilhados haverápratos de sobremesa com os respectivos talheres para o serviço. 23
  24. 24. No verão, pode-se servir chá quente ou gelado. Coloca-se, então, próximo àmesa ou ao carrinho de chá, uma bandeja com copos altos, colherescompridas, folhas de hortelã e rodelas de limão em pratinhos, um recipientecom cubos de gelo, uma pinça para retirá-los e um açucareiro. Se a dona dacasa estiver servindo chá quente para outros convidados, sua filha ou amigamais íntima se encarregará de servir o gelado, que nada mais é que cháquente colocado sobre os cubos de gelo, num copo apropriado. Açúcar, limãoou hortelã, são a gosto do convidado.Em todo jantar requintado que oferecemos em casa nos sentimos como seestivéssemos prontos para fazer um exame. Não se sinta um réu casoaconteça algo de errado pois isto só irá piorar as coisas. Nunca deixe deagendar e planejar tudo, porque o resultado pode ser desastroso se fizer domodo “a la brésilienne”, tudo na última hora!Seja pontual – Os convidados podem se atrasar, com tolerância de 30 minutos,mas você sendo o(a) anfitrião(ã) jamais poderá se atrasar, pois não será nadaagradável para os convidados pontuais. Portanto, na hora marcada, você jádeve estar pronto e com tudo arrumado.Comece servindo os drinks e os salgadinhos quando chegarem os primeirosconvidados e espalhe tigelinhas de petiscos. Quanto à bebida, sirva, whiskieescocês, e para pessoas mais jovens e/ou pessoas que não bebam álcool,sirva refrigerantes, sucos, etc.Se você tem cachorro, prenda-o. Muitos têm medo de cães e a maioria nãogosta de ser cheirado e lambido. É muito constrangedor para o visitantequando um cão suja a roupa, ou deixe repleto de pêlos, e nota zero para osdonos dos cães que dizem “Pode entrar, esse pitbull é manso!!”.Evite demorar a servir o jantar para prolongar a festa, pois quando serví- lo, amaioria já terá perdido a fome com os salgadinhos e o estado etílico elevado deoutros poderá ser desastroso. Se já ocorreu de convidados saírem logo após ojantar, evite fazer jantares em dia de semana como em plena segunda-feira. 24
  25. 25. Procure ficar atento a esses detalhes e outros que possam desagradar oconvidado.A hora mais apropriada para servir o jantar é aproximadamente uma horadepois do horário marcado para a chegada, ou até uma hora e meia depois.O chocolate pode ser servido como opção para os que não gostam de chá.Basta incluir um bule da bebida na bandeja e oferecê-la aos convidados.Quantidade e qualidadePara um jantar de mesa, o ideal é o mínimo de um casal e o máximo de 15pessoas, dependendo do tamanho da mesa. Uma alternativa é então acomodá-los em mesas separadas, com 4 pessoas em cada.Porém, no jantar americano, certifique-se que há assentos suficientes paratodos os convidados, mesmo para aqueles que preferem ficar de pé.Escolha pessoas que se dão bem e evite aquelas que gostam de fazerpropaganda vendendo seus produtos de limpeza, jóias e bijuterias, o que podeser embaraçoso para os outros convidados. Convide pessoas que gostam deconversar e evite chamar aquelas que já deram vexames com bebida, brigasou outros.Faça convites com antecedência porque chamando em cima da hora vocêcorre o risco de perder muitos convidados e frustrar os seus planos. Ligue paraas pessoas com um dia de antecedência, lembrando do evento.Para jantares muito formais, manda-se convite impresso no qual consta ofamoso R.S.P.V., que significa Répondez s’il vous plaît ( Responda, por favor ),mas para não complicar a cabeça de quem vai receber o convite, coloque emparênteses na nossa língua portuguesa mesmo.Apresentação 25
  26. 26.  Certamente haverá convidados que não se conhecem e cabe a você apresentá-los e ambientá-los na festa. Apresenta-se sempre a pessoa menos à mais importante. A jovem, à mais velha. O homem, à mulher. Use o sobrenome, menos para os mais jovens, pois o sobrenome pode ser um bom ponto de referência. Pronuncie claramente o nome e o sobrenome. Cabe à pessoa mais importante, àquela que “recebe” a apresentação, fazer o primeiro gesto. Estender a mão, fazer um aceno, tudo isso vale. Se você esqueceu o nome da pessoa, perguntar e pedir desculpas é o mais correto, mas poderá magoar o convidado. Procure decorar os nomes das pessoas que você convidou e nem cogite dar “crachás” para as pessoas. O momento crucial, a mesa Toalha de mesa é válida, mas evite toalhas com cores “escandalosas” ou com desenhos chamativos. Sobre um prato raso, coloque um menor para a entrada e sobre esse prato, coloque um guardanapo dobrado sem muito exagero nas dobras. O guardanapo não é origami (dobraduras). É você quem estabelece os lugares de um jantar sentado. À sua direita deve ficar o convidado de maior importância ( parece frescura, mas é assim mesmo ) e à sua esquerda, o segundo mais importante. Idem para as mulheres, em relação ao dono de casa. Os donos da casa podem sentar-se indiferentemente às cabeceiras, ou nas cadeiras mais ao centro, um de frente do outro. Inicialmente, sirva vinho branco seco e gelado, acompanhando a entrada e o peixe (caso seja servido peixe). O tinto sempre deve ser à temperatura do ambiente e é ideal para acompanhar as carnes. O champagne é usado como acompanhante da sobremesa ou vinho. 26
  27. 27. Para jantares americanos, ofereça o tinto e o branco, deixando que cada umescolha o que preferir.Acrescentar frutas ao menu é uma delicadeza para aqueles que fazem regime,pois sempre há alguém fazendo regime.Jamais repita os ingredientes, usando-o em mais de um prato, por exemplocreme de leite na sopa e no prato principal.Evite repetir as receitas que tenham o mesmo princípio, como mousse salgadoe na sobremesa mousse de frutas.Leve em conta a temperatura. Sopa gelada no verão e pratos quentes noinverno.O jantar americano é mais prático, pois você poderá fazer pratos diferentes eos convidados se servirão do que mais se agradarem. Não esqueça a salada,mesmo que você não goste. O convidado é o mais importante.Faça mais de um tipo de sobremesa, como mousses e saladas de frutas.Os últimos arrematesO cafezinho é adequado para dar o ponto final no jantar e seria ideal tomá-lona sala. A dona da casa deve servir o café em jantar de poucos convidados. Oslicores são servidos pelo dono da casa, que atenderá primeiro as convidadas edepois os homens. Jamais ofereça café já servido e adoçado. Se quiser, sirvabombons juntamente com o café.Se você perceber que numa roda a conversa está caindo, aproxime-se e puxeum assunto polêmico, será que falar de corrupção ajuda? Depende de quemestiver na rodinha. Nem pense em comentar sobre novela numa roda depessoas de alto nível, pois não é rodinha de comadres. 27
  28. 28. Não dê atenção apenas para as mesmas pessoas, procure conversar umpouco com todas, cumprimentando e acenando. Sorria sempre para mostraraos convidados que está muito satisfeito com a vinda de todos.Jamais coloque música de fundo em volume alto demais. Isso poderáprejudicar a conversa entre os convidados. O mais acertado é deixar emvolume suficiente para todos ouvirem, nem alto e nem baixo demais. E nada depauleira! Se você comprou o novo cd de uma banda de heavy metal, deixe delado!Tente não demonstrar o cansaço. O que você pode fazer é não insistir nocontrário, quando os convidados disserem que está na hora de ir embora.Um dos detalhes mais importantes de um jantar ou almoço formal é aarrumação da mesa, além do que será servido.É lógico que não convém você servir um sanduíche numa mesa comarrumação para um jantar formal, portanto, prepare a mesa de acordo com oque for servir.Um arranjo de flores e velas sempre dá um ar mais festivo a sua mesa, masutilize flores não muito chamativas para não roubar a atenção, pois o astro danoite é a mesa e a comida, use-os apenas para dar um toque.A sopa, se houver, deve já estar servida quando os convidados se sentarem àmesa. O mesmo para a água. Um forro debaixo da toalha evita queescorregue; convém que seja da mesma cor, ou de cor semelhante.No jantar americano, a comida já deverá estar na mesa quando os convidadoscomeçarem a se servir. Coloque do lado da mesa, pilhas de pratos, talhereslado a lado, guardanapos, para que o convidado possa pegar para se servir, enão deixe que faltem pratos.Disposição da Mesa 28
  29. 29. Os lugares podem ser marcados com um pequeno cartão com o nome dapessoa e colocado logo acima do prato.Não havendo cartão, é a dona da casaque distribui os lugares.Anfitriões e ConvidadosOs anfitriões devem ficar atentos, pois enquanto um dos convidados estivercomendo, eles devem acompanhá-lo, isto é, somente param de comer depoisque todos já tenham terminado.GuardanaposOs guardanapos não devem estar muito engomados, pois dificulta o manuseio,mas muito bem passados.BebidasA bebida a ser servida deve combinar com os pratos que serão servidos.Considerando-se que este conhecimento é prévio, os copos serão colocadosde acordo com a necessidade, isto é, se for servido peixe, como prato único,não há necessidade de colocar o copo para vinho tinto.Toalha De MesaA toalha da mesa deve estar bem passada e sem vincos. Observar acombinação da cor da toalha e da louça. Se a toalha for estampada, usar lousalisa. Se for lisa, a louça pode ser desenhada. Porém, para uma recepção maisrequintada, evite toalha estampada.TaçasQuanto maior for a haste de uma taça, mais formal ela é considerada. E astaças com haste alta são usadas em festas a rigor.Repetir o pratoÉ falta de educação repetir um prato durante um jantar? Depende muito daocasião: Em jantares formais, ou ainda, com serviço à francesa (como bodas e 29
  30. 30. casamentos por exemplo) não devemos repetir o prato. Pois isso, atrapalhariana organização do evento. Em jantares informais, na casa de amigos não háproblema algum em repetir o prato, aliás é até um elogio à anfitriã e a quempreparou o prato.Como organizar festas de aniversárioVocê pode preparar uma linda mesa de festa para acolher sua família e seusamigos. Para isso dê uma olhadinha nestas dicas.- O cálculo do bolo para um jantar com sobremesa é de mais ou menos 60grspor pessoa; já para um evento sem sobremesa é de 100grs por pessoa.- Quando servimos somente coquetel, deve-se contar de 15 a 18 salgados porpessoa.- Se servimos um prato quente com o coquetel, esta quantidade diminui para12 a 15 salgados por pessoa, e se houver jantar completo, calcula-se umamédia de 6 a 8 salgados por pessoa.( Essas quantidades são para eventosbem servidos ).- Para os docinhos quando são servidos depois da sobremesa, calcula-se trêspor pessoa; sem sobremesa calcula-se de 5 a 6 docinhos por pessoa.-Os vinhos são servidos durante a refeição.Os brancos acompanham peixe e pratos que tenham sido preparados comvinho branco. Alguns combinam com as sobremesas e as frutas e, nesse caso,substituem os vinhos do Porto e os tipo Moscatel que são usados para encerraras refeições. Os vinhos brancos são servidos frescos ou gelados mas quandosão de grande classe não devem estar muito gelados para que não percam osabor.Os vinhos tintos acompanham carnes, ovos, queijos e aves e são servidos emtemperatura ambiente.Atenção: Nunca se bebe vinho com salada! 30
  31. 31. O vinho rosado deve ser servido bem fresco e nos dias quentes, pode serservido do começo ao fim da refeição. Se não for de grande classe, sirva bemgelado.Se quiser servir champanha, ela deve ser seca e pode ser servida tambémcomo aperitivo.O conhaque, as aguardentes e os licores são bebidas depois do café, ao finalde qualquer das refeições.Se a opção for por um almoço ou jantar com comida típica, procure usardecoração adequada criando todo um clima especial.Cada ocasião uma roupa Como se vestir Jeans e casamento não se casamGente por favor não cometam a gafe de ir em um casamento por mais simplesque ele seja de jeans, fica até constrangedor para os demais convidados. BRILHOS E RENDAS NO NATALComo todo ano, os vestidos são a grande pedida da moda, mas cada um noseu estilo. O comprimento dos modelos não ultrapassam os joelhos e asrendas e brilhos vão ser o que há. As cores que pegam são o tradicionalvermelho e o dourado e nesse ano, o azul, preto, branco e as cores cítricasestão com tudo. Lembrando que os pés vão estar à mostra e bem cuidados,não é? CONFORTÁVELVista o que vestir, garanta que fica confortável nas suas roupas. Se não sabecomo comportar-se numa mini-saia e sapatos de salto alto, escolha calça. Seficar doido quando usa gravata, deixe-a na gaveta e use uma boa camisa. TRAJE ESPORTE 31
  32. 32. Para os homens, significa sem gravata. Dependendo do caso, dá até pra usarjeans, tênis ou caprichar um pouco, dispensando a gravata, mas não o blazer ea camisa. Para as mulheres, esporte significa tecidos mais rústicos, sapatosbaixos (ou não), saia e blusa, calças compridas liberadas- ou até um pretinhomais caprichado, com uma bijuteria descolada. TRAJE PASSEIOPara os homens, um blazer com calça social, camisas em cores muito claras,gravatas mais divertidas (é a gravata em sua versão informal). Para asmulheres , vestido ou tailleur, sapatos de salto entre médio e alto, bolsasmédias (nada de sacolas ou mochilas) e um visual mais cuidado. Em tempo:traje passeio é o que no Brasil, erradamente, algumas pessoas insistem emchamar de “esporte fino”. Isso não existe! Para que inventar? PASSEIO COMPLETOPara os homens, quer dizer terno escuro e mais formal (de preferencia azul-marinho bem, escuro ou grafite, mas nada de preto), com camisa social brancaou azul muito clara, e uma gravata de estampas discretas. As mulheres devemusar tecidos mais nobres, como crepe, seda, veludo e brocado, mas comdiscrição. Brilhos, bordados e transparências devem ser usados comparcimônia e dependendo da ocasião. A RIGOR (ou black- tie )Para os homens: smoking e, como diz o nome, gravata- borboleta preta, semceder as tentações de faixa e gravata em cetim violeta, azul ou prata. O black-tie para mulheres, ao contrario do que se pensa , não as obriga a sair embusca de um vestido longo. Dá até pra usar, mas não é obrigatório. Porém, osmodelos devem ser mais trabalhados, podem ter brilhos, transparências,decotes e fendas mais pronunciadas. Pantalonas largas, de tecidos nobres,também são corretíssimas nessas ocasiões. GALA 32
  33. 33. Para os homens, casaca- paletó preto com cauda bipartida, gravata- borboletabranca e camisa de colarinho alto com as pontas viradas. Para as mulheres,vestidos longos, abaixo do tornozelo, e nada de conjuntos de saia e blusa, pormais elaborados que seja o tecido.Dicas de PresenteDúvida cruelLevar um presente quando somos convidados é sempre um gesto amável enecessário. Na dúvida sobre o que levar, escolha presentes mais universais,como flores, bombons e livros. De acordo com o grau de intimidade, ospresentes podem variar de objetos para uso doméstico ( como cinzeiro ouvasos ) ou até alguma raridade gastronômica. Que amante da boa mesa nãogostaria de ganha um vidro de tartufo?EscolhendoEscolha o presente mesclando o seu gosto com o gosto da pessoa que vai serpresenteada. O tipo de presente também vai variar conforme a sua intimidadecom o presenteado.RoupasEm caso de presentear com roupas, certifique-se do tamanho exato e corpreferida. Trocar um presente não é das tarefas mais agradáveis.Não force a barra 33
  34. 34. Presenteie com consciência de suas possibilidades financeiras. Não pense quesó presentes caros podem expressar o quanto você gosta da pessoa. As vezespequenas lembranças são mais recordadas do que grandes presentes.TrocaEm caso de necessidade de troca disponha-se para ir na loja do presentecomprado para efetuar a substituição.  Etiqueta aplicada ao ambiente profissional.Essas observações foram retiradas do livro Etiqueta social pronta para usar,de Josué Lemos da Silveira. Como é comum que se passe boa parte do tempoem ambiente profissional, nada melhor que passar esse tempo da melhorforma possível. Se bem aplicadas, estas regras podem evitar muitoscontratempos.Melhor que isso, as regras de etiqueta no trabalho podem promover sólidasamizades, reforçar o companheirismo profissional, e, por consequência, gerarmuitos bons resultados.Ei-las:  Cumprimentar os companheiros quando se chega ao trabalho, de forma simpática. Dizer “bom-dia”, “boa tarde”, “como vai?” ou “até logo” é agradável e gera atitudes positivas.  Discordar não significa alterar o tom de voz, esbugalhar os olhos, espumar pela boca, bater os pés ou dar murros na mesa. Pelo contrário. Discordar de uma idéia, de uma conclusão ou de uma atitude pode ser feito com firmeza e convicção, mas sem necessidade de descortesia ou agressões.  Tratar todos os colegas de trabalho com a mesma simpatia, sem demonstrar preferências pessoais, ajuda a formar grupos sólidos com reciprocidade de confiança. 34
  35. 35.  Não formar “panelas”. As famosas “panelinhas” dão margem a conflitos e divisões. Local de trabalho não é lugar de fofocas. O fofoqueiro tende a ser visto com desconfiança e como mero instrumento de informação e, pela falta de outras qualidades, como alguém que procura ter poder por meio da fofoca. Na verdade, ele não é uma pessoa ética e muito menos em alguém em quem se confia. Quaisquer comentários pessoais e subjetivos devem ser evitados ou restringidos ao máximo, até porque, como diz o ditado popular, “as paredes têm olhos e ouvidos”. É possível que as pessoas que ouviram os comentários os transformem em fofocas ou os usem para prejudicar o seu autor. Se o que vai comentar pode não ser útil, nem bondoso ou verdadeiro, então…não se fala! Lembrar que a melhor comparação que se pode fazer de um local de trabalho é com navios. Se cada um não fizer a sua parte, se todos não se entenderem, se todos não tiverem um objetivo comum, se os integrantes dos grupos não se respeitarem…o navio afunda e leva com ele…todos. Local de trabalho não é lugar para resolver problemas pessoais ou familiares, usá-lo rotineiramente com esta finalidade é inconveniente e gera rejeição. Dedicação e compromisso (não só envolvimento) são os melhores exemplos de profissionalismo. Franqueza demais ou inoportuna pode gerar reações indesejáveis. Para ser agradável e bem-vindo no ambiente de trabalho, deve-se ter atitudes amistosas e simpáticas. Mau humor não ajuda em nada. 35
  36. 36. A seguir são relacionadas três práticas de etiqueta profissional ecomportamento social que, muitas vezes esquecidas ou nãoexercitadas por nós, podem causar situações embaraçosas ou atémesmo prejudicar o futuro profissional.  Cuide, em primeiro lugar, de si mesmo, da sua apresentação pessoal. Invista na sua imagem e na auto-imagem. Valorize-se! Existem pessoas que marcam sua existência pela elegância, outras pela total falta de bom senso na hora de se vestir e se portar. Portanto, quando for trabalhar deixe em casa as roupas coloridas, transparentes e decotadas, as saias justas, as bijuterias grandes e pesadas, os saltos muito finos e altos, as gravatas de bichinhos, aquele terno pink, o sapato velho e desgastado. Lembre-se do famoso ditado que diz: "a primeira impressão é a que fica". Reflita sobre a imagem que quer transmitir para as outras pessoas e o que tem feito para isto. Peça a seus amigos um feedback sincero sobre sua apresentação pessoal. Vale aqui uma ressalva de que apresentação pessoal não tem a ver com beleza, raça ou tipo físico.  Outro fator que está diretamente relacionado com sua imagem é a comunicação. De nada adianta estar muito bem vestido, andar corretamente, cumprimentar as pessoas adequadamente se na hora de expor suas idéias, ou participar de uma reunião, só ouve-se erros de concordância verbal, gírias, piadinhas de mau 36
  37. 37. gosto, interrupções constantes para contar vantagem, etc. Ouça mais as pessoas e exercite sua comunicação. Leia mais, participe de cursos, escreva com freqüência, pratique, pratique, pratique!  Use a regra das três peneiras. Conheça a história do funcionário que a aprendeu com o seu líder. Logo no primeiro dia, para fazer média com o chefe, saiu-se com esta:- Chefe, o senhor nem imagina o que me contaram a respeito do Silva.Disseram que ele...Nem chegou a terminar a frase, o chefe aparteou:- Espere um pouco, Olavo. O que vai me contar já passou pelo crivodas três peneiras?- Peneiras? Que peneiras, chefe?- A primeira, Olavo, é a da VERDADE. Você tem certeza de que essefato é absolutamente verdadeiro?- Não. Não tenho não. Como posso saber? O que sei foi o que mecontaram – completou.- Então sua história já vazou a primeira peneira. Vamos então para asegunda peneira que é a da BONDADE. O que você vai me contar,gostaria que os outros também dissessem a seu respeito? – o chefequestionou.- Claro que não! Nem pensar, Chefe.- Então, sua historia vazou a segunda peneira. Vamos ver a terceirapeneira que é a UTILIDADE. Você acha mesmo necessário me contaresse fato ou mesmo passá-lo adiante?- Não, chefe. Passando pelo crivo dessas peneiras, vi que não sobrounada do que iria contar - fala Olavo, surpreendido. 37
  38. 38. - Pois é, Olavo. Já pensou como as pessoas seriam mais felizes se todos usassem essas peneiras? - diz o chefe sorrindo e continua: - Da próxima vez em que surgir um boato por ai, submeta-o ao crivo dessas três peneiras: VERDADE, BONDADE, UTILIDADE, antes de obedecer ao impulso de passá-lo adiante. Na vida representamos diversos papéis: de filho-filha, de pai-mãe, de empregado-patrão, etc. Em cada um deles devemos ter o bom senso de nos adequarmos conforme as normas e regras existentes. Para este conjunto de normas e regras é dado o nome de sociedade. Uns dizem que as regras foram feitas para serem quebradas, mas que confuso seria se não as tivéssemos para nos orientar!Construir uma boa imagem pessoal e profissional é algo que pode demoraranos para acontecer. Por isso, cuidar para a sua manutenção é vital para asrelações pessoais e profissionais. Quando nos relacionamos com as pessoasde forma cortês, passamos uma imagem positiva e essa atitude pode, entreoutras coisas, evitar diversos problemas profissionais e pessoais. No mundoatual, a etiqueta, quer seja nas relações pessoais ou profissionais requer umasérie de atitudes e hábitos que fazem a diferença, podendo levar a pessoa aosucesso ou ao fracasso.Etiqueta Profissional é o conjunto de cerimônias usadas no trato entre pessoase empresas, regidas pela boa educação, bom comportamento, convençõessociais, ética profissional e prescrições oficiais. Por isso, para ser competitivo,é necessária a construção de uma boa imagem profissional, social e pessoal.Isso requer posturas, hábitos adequados, novas competências e atitudesdentro das organizações e fora delas, como em ocasiões de confraternização,participação em eventos e viagens profissionais, entre outros.Cultivar bons hábitos e saber comportar-se pode representar o grandediferencial do profissional nos tempos atuais. É necessário ter em mente quenão se deve perder a naturalidade nas relações, o que pode passar umaimagem falsa, artificial. As regras devem ser conhecidas, porém, praticadas deacordo com seu tipo, sua personalidade e o grupo a que pertence. Nunca seja 38
  39. 39. falso, apenas porque disseram que é dessa ou daquela forma que se deve agir.O importante é ser cortês, ter autoconfiança, saber identificar o momento exatopara cada gesto ou palavra, e marcar presença em todos os momentos.Em um processo de seleção, mesmo que os candidatos tenham umacapacitação técnica semelhante, alguns pontos são dados para aquele quetenha uma boa apresentação e convivência agradável. Alguns profissionaisperdem grandes oportunidades por desconhecerem a melhor forma deconduzirem as relações e comportamentos, seja diante de seus clientes,colegas ou superiores. Muitas vezes temos que conviver com situaçõesinesperadas na empresa onde trabalhamos, como por exemplo, conviver compessoas as quais não apreciamos, seguir algumas diretrizes com as quais nemsempre concordamos, realizar funções ou termos que agir em determinadasituação que acreditamos não ser a melhor naquele momento. Além disso,passamos a maior parte do nosso dia nos relacionando profissionalmente comas pessoas. É necessário fazer desse tempo o melhor possível, buscandoconviver de forma harmoniosa e positiva.Ser educado, simpático, acessível e ter jogo de cintura nas relações pode seruma grande contribuição para chegarmos ao fim do expediente com umasensação de termos dado o melhor de nós. Se conseguirmos conviver e agir deacordo com a escala de valores de um determinado grupo, fica mais fácil aaceitação e o respeito mútuo. Saber chegar, comportar-se e sair de forma 39
  40. 40. honrosa em qualquer situação é o grande diferencial para quem quer projetar-se no cenário empresarial ou nas relações sociais. Seja você mesmo, masagrade a todos. Sorria sempre, apresente-se bem, seja educado, prestativo eaumente sua rede de relações, participando de todos os eventos deixando umaimagem positiva entre todos os presentes. Deixe sua imagem impressa namente de todos e verá sua estrela brilhar sempre!Etiqueta ao Telefone:Ter bons modos ao telefone pode fazer uma diferença enorme na carreira deuma pessoa. Veja a seguir como evitar alguns erros muito comuns, que sãocometidos, inclusive por executivos experientes:Tenha sempre papel e caneta e anote os recados; pergunte se o outro podefalar naquele momento; desligue o celular em reuniões, eventos e locaispúblicos – a menos que esteja aguardando uma ligação urgente!§ Se o celular de outra pessoa tocar nunca atenda!§ Ao atender ao telefone, diga o seu nome e pergunte "em que posso ajudar?".Evite perguntar "quem fala?". Só faça esta pergunta se não conseguiridentificar quem está falando.§ Se a pessoa se identificar usando o título de doutor, professor, etc., trate-opelo título, nunca somente pelo nome.Enquanto estiver falando ao telefone, não faça outras coisas como digitar,mexer com papéis etc. A pessoa do outro lado, com certeza, vai perceber epode achar que você não está lhe dando a devida atenção.§ Não coma enquanto estiver ao telefone. Mesmo o som de uma simples bala,chiclete ou pastilha é percebido pelo interlocutor e pode ser interpretado comopouco caso seu.§ Não tussa, espirre nem assue o nariz diretamente diante do telefone.Desculpe-se e afaste-se do aparelho por alguns instantes.§ Se precisar deixar o aparelho por alguns instantes, coloque-o com cuidadosobre a mesa para não fazer barulho. 40
  41. 41. § Durante uma reunião na sua sala, se o telefone tocar, peça licença aosdemais, atenda e, ao desligar, desculpe-se pela interrupção.Se você recebeu a ligação e precisa de algum tempo para dar umaresposta, comprometa-se a ligar, informando quando e a que horas telefonará.§ Já se foi você que fez a ligação, e a outra pessoa precisa de um tempo paradar uma resposta, pergunte quando e a que hora você pode voltar a ligar.§ Sempre que ligar ou atender ao telefone esqueça seus problemas pessoais.Sua voz deve soar calma e agradável, por mais que esteja sobrecarregado detrabalho.E lembre-se: quem faz a ligação deve desligar primeiro.Esta regra só deve ser quebrada quando o outro estende demais a conversa enão percebe que está na hora de desligar, mesmo depois de você dizer queestá muito ocupado ou que tem um compromisso urgente naquela hora.Uma saída educada é interromper a conversa dizendo "foi um prazer recebersua ligação, mas eu preciso desligar". Se ele mesmo assim não desligar antes,você pode desligar primeiro.Etiqueta na Secretária EletrônicaOs recados e as mensagens de gravação devem ser curtos. É inconvenientegravar uma trilha sonora demorada, ou deixar recados engraçadinhos. Damesma forma, ao ser atendido por uma secretária eletrônica, as mensagensdevem ser breves. Deixe registrado seu nome, dia e hora em que ligou, umtelefone de contato, e, se necessário, um resumo do assunto a ser tratado.Veja um exemplo:Mensagem gravada:"Olá, eu sou Rodrigo Pádova e esta é uma gravação. Por favor, deixe seunome e telefone que eu retornarei a ligação em breve. Obrigado!"Como deixar o recado: 41
  42. 42. "Dr. Rodrigo, aqui é Otacílio Câmara, da GrafiSul. Preciso falar a respeito doSeminário em Brasília. Meu telefone é 60008888. Obrigado!"Dicas importantes ao vestir no ambiente de trabalho:· na dúvida opte pelo clássico; cuidado com a moda e os modismos.· cores escuras emagrecem e passam sobriedade e segurança; cores clarasengordam e passam descontração; faça uma composição que equilibre estesdois fatores.· roupas discretas em cores harmoniosas· fuja à tentação do jeans; cuidado com o perfume!· escolha relógio e acessórios que complementam sua roupa; cuidado com osexcessos; a gravata também é um acessório.Para o homem:· prefira ternos escuros· pesquise tecidos que melhor se adaptam à sua região e estilo pessoal· a meia é uma extensão da calça· evite gravatas de bichinhos, de crochê ou frouxa no colarinho...· evite camisa quadriculada ou listrada· a barba deve ser feita todos os dias· cuidado com a combinação calçado e calçaPara a mulher:· evite decotes e transparências· prefira batom e esmalte claros, saias na altura do joelho e tailleurs.· cuidado com babados e rendas; nunca deixe o sutiã visível.· prefira cores discretas, sem estampas fortes.· maquiagem deve ser discreta e funcional 42
  43. 43. · opte por sapatos fechados· cuidado com o pescoço e colo à mostraFuja do mico: dicas e regras para o dia-a-dia:· Prendedor de gravata está em desuso;· A gravata deve chegar até a altura do cinto;· Nunca fume em reuniões, visitas ou locais fechados;· Blazer é um coringa para homens e mulheres;· Cuidado para não exceder nas festas de empresa, happy hours, jantares ealmoços sociais, comemorações, etc.;· Nunca seja o último a sair dos eventos;· As mulheres devem sempre ter uma meia calça de reserva na bolsa ou nagaveta da mesa de trabalho; bolsas pequenas mostram maior refinamento edelicadeza;· Esteja atento e seja cordial com todos, afinal somos todos iguais emerecemos respeito;· Jamais chame o cliente de querido, meu bem, benzinho;· Sempre ande com cartões de visita atualizados· Conheça os usos e costumes de cada local e preste atenção aos detalhes· Na dúvida, observe primeiro e pergunte depois.· Nunca trate de assuntos particulares próximo a clientes· Lembre-se que cada cargo ou função demanda algumas posturas eresponsabilidades diferentes· Nunca reclame ou fale mal da empresa em que trabalha perto de clientes efornecedores 43
  44. 44. · Evite sempre:o Chegar e não cumprimentaro Ler enquanto outros estão conversandoo Conversar enquanto outros estão lendoo Dar gargalhadas ruidosaso Criticar alguém na frente dos outroso Falar mal de uma pessoa ausenteo Cortar unhas na presença de outras pessoaso Sussurrar ou rir em um templo religiosoo Deixar um convidado sem lugar para sentaro Tocar numa obra de arte sem estar autorizadoo Não expressar gratidão ao receber um presenteo Rir dos erros alheioso Começar a comer logo depois de sentar à mesao Falar enquanto um artista se apresentao Não retribuir um sorrisoo Não agradecer um elogioAlmoço ou jantar de negócios: quem convida paga a conta;· Opte por refeições e bebidas leves; lembre-se que a finalidade é comercial enão nutricional;· Evite: palitar os dentes, mastigar com a boca aberta, cotovelos na mesa, olharsó para o prato, arrastar a cadeira, comer antes de todos estarem servidos,chamar o garçom por outro nome, usar o celular. 44
  45. 45. MARKETING PESSOALVocê às vezes se pergunta por que algumas pessoas, apesar de serem muitocompetentes, não se destacam no seu meio profissional? A resposta costumaser simples. É que algumas pessoas sabem que não basta mostrarcompetência, mas também vender a sua imagem.De novo é preciso lembrar o seguinte: não basta que você seja bom, mas épreciso que muitas pessoas saibam que você é bom. Divulgar a sua imagem éfazer o marketing pessoal. Quem não é visto, raramente é lembrado. Mas nãobasta ser visto. É preciso que as pessoas vejam você de maneira a gravarem asua imagem na memória de uma maneira simpática, agradável e duradoura.VOCÊ É O SEU PRODUTOVocê, como profissional no mundo corporativo, tem muito a oferecer: seutalento, sua experiência, seu conhecimento.Talento é a sua vocação para determinada ocupação ou função. As pessoasnascem com isso. A primeira coisa a fazer na vida profissional é respeitar o seutalento e seguir a carreira para a qual você tem vocação. Somente assim vocêestará realizado trabalhando, e somente assim conseguirá ser felizprofissionalmente.Experiência é o que se adquire executando trabalhos e aprendendo semprecom cada etapa da execução. 45
  46. 46. Aperfeiçoamento é uma atitude positiva na direção da experiência. Façasempre o melhor que puder em tudo, planeje corretamente, estude situações eprepare-se para novas oportunidades.Conhecimento é a soma das experiências que você adquire ao longo dostrabalhos para os quais tem talento. Para melhorar neste item é que você podeaplicar uma atitude de esforço contínuo e se aperfeiçoar a cada momento.Estude, pesquise, interesse-se. E avance.O sucesso de sua carreira depende de como você lida com esse produto, queé você mesmo, como cuida da embalagem, da apresentação. E aí entra odiferencial de quem tem sucesso: a habilidade de relacionamento.Executivos em posição de contratarem ou de promoverem executivosnormalmente buscam selecionar pessoas que eles conheçam e a quem elesrespeitem. O caminho, então, para ser promovido ou ser contratado é fazer-seconhecido desses executivos e respeitado por eles. Mas como fazer isto?1) ENCONTRE GENTEEncontre pessoas. Converse com as pessoas. Faça contato, onde quer que váe seja lá o que estiver fazendo. Todas as pessoas são importantes ou um diaserão importantes. Trate todos com educação e urbanidade. E esqueça atimidez – isto não é desculpa para não se relacionar.2) ADAPTE-SEA sabedoria popular diz que quem espera sempre alcança. Mas a mesmasabedoria popular afirma que quem espera desespera. Há tempo para tudo,mas agir é sempre melhor solução do que esperar as coisas acontecerem. 46
  47. 47. Porque sucesso é muito mais frequentemente o resultado de identificar eaproveitar oportunidades do que resultado de sorte. Se você não agir, se nãoanunciar o produto que você é, como as pessoas vão conhecer você? Planejea aja conforme a situação. No mercado profissional não basta sobreviver. Épreciso se destacar. E isto requer autoconfiança e trabalho.3) FAÇA O SEU COMERCIALO primeiro trabalho é certamente definir uma espécie de anúncio para vocêmesmo. Um pequeno resumo que você pode passar para as pessoasinformalmente numa conversa. Pense que está fazendo um comercial de 30segundos sobre si mesmo, com ênfase em seus pontos fortes. Ensaie,pensando em como as pessoas receberiam o seu comercial, para não cometererros que causem uma impressão desagradável sobre você.4) TENTE NÃO COMETER ERROSSe você está indo para um congresso, uma reunião ou mesmo para umencontro mais informal, procure saber quem vai estar lá. É uma forma depreparar o discurso que vai praticar.- Não se esqueça de levar cartões de visita. É desagradável ter que dardesculpas ao receber o cartão de uma pessoa que você acaba de conhecer enão ter o seu próprio cartão para entregar.- Pratique o seu aperto de mão. Deve ser firme sem ser agressivo, e com trêssacudidas compassadas. Olhe nos olhos da pessoa enquanto a cumprimenta,sorria e ouça.- Pratique as expressões polidas, como por favor, obrigado e com licença. 47
  48. 48. - Está sem assunto? Leia jornais, acompanhe o noticiário de televisão. Apessoa sem assunto é chata.5) DEDIQUE TEMPOSempre que puder, participe de reuniões, happy hours e passeios com oscolegas do trabalho ou do clube. Pratique esportes coletivos, porque além deajudarem você a manter a saúde, também oferecem importantes oportunidadesde promover a sua imagem. Seja participativo. Claro que isto requer tempo,mas fazer o marketing pessoal envolve dedicação de tempo.6) PROMOVA-SEModéstia à parte. Isto mesmo: ponha a modéstia à parte e fale dos projetosque você está desenvolvendo as conquistas que obteve. Se tiver talento paraescrever, escreva artigos para jornais. Apareça.7) VISTA-SE BEMBom senso é uma qualidade na apresentação pessoal. Não descuide daaparência. A pessoa elegante é bem vista e bem lembrada.CUIDADOS COM A APRESENTAÇÃO PESSOALCompetência é o que interessa, mas o jeito de se vestir soma pontos nacarreira. Se você quer ser uma pessoa de sucesso, tenha a aparência de umapessoa de sucesso. Um guarda-roupa com peças adequadas e de boaqualidade não é vaidade, mas uma ferramenta de trabalho que categoriza oprofissional.Qualquer um pode controlar a aparência em benefício próprio. Encare a roupade trabalho como uma forma de exibir conceitos e códigos de valores seus e dasua empresa. 48
  49. 49. A chamada roupa de trabalho é diferente das escolhas para o final de semanaou lazer, onde incluir toques de moda é obrigação. A roupa profissional tem atarefa de passar o conceito da empresa e um depoimento da pessoa que aesta usando. Mas nem pense em vestir roupas caretas ou azul-marinho todo otempo. Conforme dados das empresas de Recursos Humanos de seleçãoprofissional, vestir roupas discretas ou muito tradicionais no trabalho podemvender uma imagem falsa e muito conservadora.Porém, liberdade significa responsabilidade. Portanto, mesmo com o casualditando algumas regras na hora de se vestir para trabalhar, o bom sensosempre valoriza o currículo. Como no ditado romano: “A mulher de César, nãobasta ser honesta, mas também parecer honesta”.DICAS PARA AS PROFISSIONAIS MODERNAS  Aposte nos básicos modernos, peças combináveis entre si, tecidos que não amassem e nem atrapalhem os movimentos.  Escolha peças práticas, econômicas e versáteis, que não interfiram no estilo individual e tipo de trabalho.  Adote tendências com critério, sem carregar na sobriedade e nem escorregar nos exageros.  Tempo é dinheiro. Invista em roupas que enfrentem qualquer ocasião e dispensem o ferro de passar.  Aprenda a avaliar se o que mostram as vitrines de moda de fato combina com seu tipo físico e seu ambiente de trabalho. 49
  50. 50.  Roupas clássicas de boa qualidade duram até cinco anos impecáveis e, por isto, valem o preço. Vista-se para se sentir confortável, apreciada e adequada. Opte por roupas que priorizem versatilidade, e não só a beleza. Profissionalmente, sempre é melhor chamar a atenção pela elegância do que pela ousadia ou irreverência. Prefira cores discretas, neutras e sem estampas marcantes e também peças ou conjuntos inteiros, fáceis de vestir e melhor para combinar. Imprima as tendências da moda nos acessórios e use roupas básicas fáceis de portar e econômicas na manutenção. Use sapatos confortáveis e com saltos médios ou sandálias mais fechadas. Se você lida com o público, sua imagem deve comunicar eficiência e gentileza (roupas básicas, poucos complementos). Se trabalhar num escritório de advocacia ou em outro ambiente sóbrio, sua imagem pede maneiras discretas e roupas mais formais. Agências de publicidade, empresas de marketing, o mundo da moda e escritórios de arquitetura permitem trajes criativos e aceitam estilos mais ousados. 50
  51. 51.  Para negociar com clientes conservadores, um tailleur ou roupas escuras e acessórios discretos transmitirão seriedade e segurança.  Já a apresentação de um projeto inovador pede roupas de corte moderno, cores fortes e acessórios inventivos para imagem e idéia não colidirem.  Para se adaptar a ambientes mais sóbrios, as mais jovens podem dar um toque nas roupas básicas, inventando combinações inéditas e usando acessórios leves e coloridos.  De modo geral, quem escolhe peças básicas para trabalhar pode imprimir o tom de cada estação aos acessórios, mas não deve exagerar nos complementos.DICAS PARA A EXECUTIVA DE SUCESSOPara a mulher que ocupa posição de destaque, a roupa clássica é sempre agrande solução. Mas não confunda clássico com antigo: o estilo vale sempre,mas deve ser renovado e atualizado.Até mesmo a moda clássica das executivas acompanha as mudanças nocomportamento. Com a valorização do corpo, as formas ajustadas trazem saiassensatas, na altura do joelho, e paletós mais acinturados. 51
  52. 52. As cores claras são energéticas, mas as escuras tradicionalmente projetamuma aura de poder.Austeridade demais também pesa. Amenize, jogando acessórios oudesmembrando o tailleur com novas parcerias. Lembre-se: os acessórios ecomplementos podem ser arrojados, mas a peça principal deve sercomportada.Um bom paletó é indispensável. Pode ser usado sobre uma saia, calça ouvestido. Roupas mais estruturadas, de linhas rígidas, impõem autoridade.Se o seu trabalho permite, use e abuse das calças. Elas escondem e insinuamas pernas e, usadas com paletó e camisa aberta, são modernas e discretas. PERIGO: O QUE EVITAR NO TRABALHO  Explorar tendências modernas na roupa de trabalho. Estar na moda é menos importante que representar bem o seu negócio, a não ser para profissionais do setor “fashion”.  Excesso de produção que pode comprometer o conforto e a imagem profissional.  Trajes exóticos ou descontraídos demais, destoando do ambiente.  Sobrepor cores ou estampas em uma aquarela que pode cansar.  Usar justos, curtos, transparências, fendas e decotes. Discrição no trabalho não é apenas recomendável, mas imprescindível. 52
  53. 53.  Roupas que envelhecem o visual ou muito "lolitas".  Atenção especial a detalhes como: lingerie aparecendo, saltos altíssimos, bainhas malfeitas, roupas manchadas ou amassadas, muita maquiagem ou cara lavada, cabelos maltratados, unhas muito longas ou mal cuidadas, perfume demais, meias desfiadas, mini-saia, bermudas, sapatos, bolsas e cintos em mal estado de conservação, excesso de bijuterias, brilhos e roupas que “marquem” as formas.  Para ser levada a sério, a profissional feminina não precisa vestir-se de homem. Mas é bom deixar para os embalos de sábado à noite os decotes audaciosos, as mini-saias, as roupas colantes e os saltos altíssimos e finíssimos, a não ser que seu trabalho exija roupas sedutoras.A PROFISSÃO E O SAPATO CERTOAlgumas profissões exigem sapatos adequados e confortáveis. Outras pedemmodelos mais formais ou até mesmo sapatos de salto (que o bom sensoaconselha não deixar que ultrapassem cinco centímetros).Executiva: lembre-se de que seu colega homem não comparece ao trabalhousando sandálias ou sapatos chamativos (além de não reclamar por ter queusar sapatos fechados!). Para dar o mesmo pique ao visual, escolha escarpins,mocassins e uma coleção de sapatos mais fechados. Mesmo sendo a bossa doverão, a sandália deve ficar reservada às horas de lazer.Publicitária, arquiteta, comerciante, artista plástica: Estas profissionaisgostam de roupas básicas, e os sapatos não precisam acompanhar modismos. 53
  54. 54. Aposte na criatividade, sem cair no exagero, e nos modelos em estilomasculino.Professora, atleta: Use sapatos de saltos mais baixos e confortáveis. A modapermite muitas possibilidades de sapatos baixos charmosos e que completamcom elegância o visual.Médica, enfermeira, profissional da área de saúde: Quando o branco viramoda na estação, aproveite para fazer um estoque de modelos básicos econfortáveis (tênis, mocassins, sapatilhas e escarpins).Produtora de moda, modelo, dona e vendedora de loja, estilista: Estarligada nas propostas de moda de cada estação é obrigação profissional.Portanto, assimile os sapatos modernos como um cartão de visitas para seutrabalho.CORES PARA HOMENS - COMO COMBINARHomens de cabelos e olhos escuros e tez morena combinam com trajesmarinho, verde musgo ou castanho. As camisas são em marfim, azul claro,branca, bege claro Homens de cabelos, pele e olhos claros: trajes em qualquertom de azul, verde escuro ou de cinza, com camisas em tons de azul médio,beges e cinza pálido.Homens de cabelo grisalho devem usar trajes em tons de cinza, marinho bemescuro ou preto, com camisas brancas, rosa ou listrada em cinza. 54
  55. 55. Para homens de pele escura, afro-brasileiros, use traje azul médio, marinho,cinza médio e preto (risca-de-giz), combinando com camisas brancas, marfimou azul-claro.Para homens orientais, os ideais são os ternos marinhos, castanhos e cinzaasfalto, usados com camisas claras que não sejam variantes do cáqui ouamarelo.ROUPA DE TRABALHOA roupa de trabalho pode não fazer o monge, mas ajuda a conquistar os locaissagrados. A maneira como uma pessoa se veste pode ser uma pista parasaber se ela se respeita, se é desleixada, se tem disciplina, é social ouintrovertida, dinâmica, moderna, clássica ou até um narcisista de plantão.Peças básicas de um guarda-roupa formal:O figurino básico ideal para um executivo pode ter cinco ternos ou costumes(dois marinhos de modelos diferentes, um cinza escuro, um preto e outro maisclaro para ocasiões menos formais), dez ou doze camisas sociais (quatro oucinco brancas) e sete gravatas, para variar durante a semana. Evite sempre que puder:  Meias claras e brancas com trajes escuros. A meia deve ser um prolongamento da calça ou do sapato.  Mangas e calças curtas ou volumes exagerados. 55
  56. 56.  Sapato esporte com traje completo.  Roupas variando muito de acordo com a ocasião.  Perfumes mais fortes. Para o dia-a-dia prefira colônias frescas.OS DEZ MANDAMENTOS PARA NÃO ERRAR NA ROUPA DETRABALHO1. Os colarinhos sociais e esportivos são os sinais mais visíveis da elegânciade um homem. Maiores que o pescoço desabam qualquer rosto. Apertados,sufocam o visual.2. A combinação da camisa com a gravata pode demonstrar atitude modernaou decepcionar de cara. Estes itens devem ser atualizados a cada estação,como as bijuterias femininas.3. Os ombros do paletó devem ser naturais. Maiores ou menores criam um ar"desmontado" ou desconfortável.4. As mangas devem cair impecáveis em camisas e paletós com oscomprimentos certos. Curtas deixam qualquer um deselegante ou mesmocafona. Compridas, acabam com qualquer sinal de elegância. E não bastadobrar as mangas para dentro. O conserto deve ser feito por pessoasespecializadas.5. A largura do casaco deve ser do tamanho do corpo. Justo demais pareceque encolheu na lavagem. Largos, engordam e deixam a silhueta mais baixa. 56
  57. 57. 6. Use botões discretos e, sempre que possível, abotoados.7. O comprimento dos casacos não deve passar muito das nádegas e nem sermuito curto. Quanto mais longo, menores parecem as pernas.8. Calças também definem a elegância. As modelagens de volume moderadaspara o ajustado são as que vestem eternamente bem.9. O comprimento das calças, especialmente as formais, deve ter a bainhamarcada corretamente. Curtas, comprometem, longas demais acabam com ovisual.10. Escolha sapatos adequados ao tipo de roupa. Os amarrados combinamcom tudo, até com roupas informais. Os esportivos só se prestam a produçõesinformais. Atenção com as meias. Na dúvida, combine com os sapatos.GUARDA ROUPA INFORMAL DE ROUPAS DE TRABALHOCom uma seleção de roupas básicas ninguém fica mal vestido no trabalho.Essas peças também aceitam um toque pessoal ou de moda, de acordo com ogosto ou estilo de vida de cada um. Elas também são roupas adequadas ao"Casual Friday".Camisas sociais em tom de branco e azul-claro.Camisetas brancas, pretas e mescla cinza, sem estampa.Camisas brancas ou pretas esportivas em algodão.Camisas pólo de tecidos firmes em tons neutros.Calça de alfaiataria cinza ou bege escuro. 57
  58. 58. Calça esporte em sarja cáqui.Calça esporte preta.Suéteres decote “V”, redondo ou malha de tricô, em marinho, bege ou azul.Sapatos pretos (amarrados e esportes), ou castanhos esportivos, com bico finoou quadrado. 58
  59. 59. Bibliografia consultada 1. Castro, Claudine de - Etiqueta : um guia prático e atual para as boas maneiras. - 2. ed. - Rio de Janeiro : Ediouro, 1997. 2. Matarazzo, Claudia - Etiqueta sem frescura. São Paulo: Melhoramentos, 1995. 3. Manual Completo de Etiqueta – Suma Econômica – www.scribd.com 4. Ribeiro, Celia - Boas maneiras & sucesso nos negócios: um guia prático de etiqueta para executivos. L&PM, Porto Alegre, 1993. 5. Acosta, Ana Cristina M. A. – A importância da etiqueta social nas relações de trabalho de profissional de secretariado – Artigo – www.fenassec.com.br 6. Etiqueta empresarial, comportamento social e postura profissional (pdf) – www.sobragen.org.br Apostila compilada por Sumã Pedrosa 59

×