Blog e mídias sociais

27,132 views

Published on

Palestra dada na faculdade FAFIT/FACIC em Itararé - SP
Sobre blogs, mídias sociais e um apanhado sobre NOSQL já que este era o case que explicava como virei colunista do iMasters.

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
27,132
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
31
Actions
Shares
0
Downloads
29
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Blog e mídias sociais

  1. 1. Blog e Mídias Sociais Ferramentas para o crescimento profissional
  2. 2. Palestrante: Jean Carlo Nascimento <ul><li>Graduação: Universidade Tecnológica Federal - PR </li></ul><ul><li>Especialização em Desensenvolvimento Web (em andamento): Faculdade União  </li></ul><ul><li>Desenvolvedor Web há pelo menos 5 anos </li></ul><ul><li>Evangelista NOSQL no Brasil </li></ul><ul><li>Colunista iMasters </li></ul>
  3. 3. Blog O que é? Como? Quando? Por quê?
  4. 4. O que é? <ul><li>     Um  blog  (contração do termo &quot; Web log &quot;), é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou &quot;posts&quot;. Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog. </li></ul>
  5. 5. Como? <ul><li>     Podemos utilizar ferramentas online como:  </li></ul><ul><li>LiveJournal, Wordpress.com, Blogger, TypePad. </li></ul><ul><li>     Ou podemos baixar o sistema e instalarmos em nosso servidor como: Wordpress.org, Movable Type, Joomla, Drupal. </li></ul>
  6. 6. Quando? <ul><li>   Quando chegarmos a um nível intermediário para cima de conhecimento relacionado ao que desejamos publicar. </li></ul>
  7. 7. Por quê? <ul><li>   Para divulgarmos algum material interessante ligado à nossa área de atuação. Para que as pessoas façam a ligação entre você e esse material. </li></ul>
  8. 8. Mídias Sociais O que é? Como? Quando? Por quê?
  9. 9. O que é? <ul><li>     As &quot;ferramentas de mídias sociais&quot; são sistemas online projetados para permitir a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. </li></ul>
  10. 10. Como? <ul><li>     Existem inúmeras ferramentas de mídias sociais como: Twitter, Wikipedia, Facebook, LinkedIn, MySpace, Fotolog, Picasa, Tumblr, Digg, StumbleUpon, Delicious, Youtube, Vimeo, FourSquare, Last.fm, SlideShare, etc. </li></ul><ul><li>   </li></ul>
  11. 11. Quando? <ul><li>     Sempre que você desejar distribuir algum conteúdo criado ou não por você. </li></ul>
  12. 12. Por quê? <ul><li>     Para que você divulgue algum conteúdo interessante e que este conteúdo esteja ligado com você pessoalmente ou profissionalmente. </li></ul>
  13. 13. Blog e Mídias Sociais Como utilizá-las para seu crescimento profissional
  14. 14. Passos: <ul><ul><li>Criar um blog com algum assunto interessante </li></ul></ul><ul><ul><li>Criar conexões com pessoas da área que possuem meios de divulgação de conteúdo me massa </li></ul></ul><ul><ul><li>Divulgar seu material para essas conexões </li></ul></ul>
  15. 15. Meu Case <ul><ul><li>Blog sobre NOSQL: nosqlbr.com.br </li></ul></ul><ul><ul><li>Questionei o @leandrovieira e o @fabiolody para a criação de uma coluna no iMasters sobre o assunto NOSQL. </li></ul></ul><ul><ul><li>O @leandrovieira me retornou o twitter da redatora do iMasters a @rinapri </li></ul></ul><ul><ul><li>Apartir do contato com ela começou nossa conexão da troca de conteúdo. </li></ul></ul>
  16. 16. NOSQL      NoSQL (Not only SQL) é um um termo genérico para uma classe definida de banco de dados não-relacionais que rompe uma longa história de banco de dados relacionais com propriedades ACID.
  17. 17. Key/Value Store <ul><li>     Esse é o tipo de banco de dados NoSQL mais simples, o conceito dele é uma chave e um valor para essa chave. Mas ele é o que aguenta mais carga de dados. Esses tipos de bancos de dados são o que tem a maior escalabilidade. </li></ul><ul><ul><li>Berkeley DB </li></ul></ul><ul><ul><li>Tokyo Cabinet </li></ul></ul><ul><ul><li>Project Voldermort </li></ul></ul><ul><ul><li>MemcacheDB </li></ul></ul><ul><ul><li>SimpleBD </li></ul></ul>
  18. 18. Wide Columns Store <ul><li>     Fortemente inspirados pelo BigTable, do Google, eles suportam várias linhas e colunas, além de permitir subcolunas. </li></ul><ul><li>Além do BigTable, outros que usam essa tecnologia são: </li></ul><ul><ul><li>HBase   (Apache) </li></ul></ul><ul><ul><li>HiperTable </li></ul></ul><ul><ul><li>Cassandra   (Apache) </li></ul></ul>
  19. 19. Document Store <ul><li>     Baseado em documentos XML ou JSON, podem ser localizados pelo seu id único ou por qualquer registro que tenha no documento. </li></ul><ul><ul><li>CouchDB   (Apache) </li></ul></ul><ul><ul><li>MongoDB </li></ul></ul><ul><ul><li>Riak </li></ul></ul><ul><ul><li>RavenDB </li></ul></ul>
  20. 20. Graph Store <ul><li>     Com uma complexibilidade maior, esses bancos de dados guardam objetos, e não registros como os outros tipos de NoSQL. A busca desses itens é feita pela navegação desses objetos. </li></ul><ul><ul><li>Neo4J </li></ul></ul><ul><ul><li>InfoGrid </li></ul></ul><ul><ul><li>HyperGraphDB </li></ul></ul><ul><ul><li>BigData </li></ul></ul>
  21. 21. Column Oriented Store <ul><li>     Esses são bancos de dados relacionais, porém apresentam características do NoSQL. A principal diferença deles é que os dados são armazenados em colunas, ajudando na escalabilidade. </li></ul><ul><ul><li>Vertica </li></ul></ul><ul><ul><li>MonetDB </li></ul></ul><ul><ul><li>LucidDB </li></ul></ul><ul><ul><li>Infobright </li></ul></ul><ul><ul><li>Ingres/Vectorwise </li></ul></ul>
  22. 22. Column Oriented Store <ul><li>     Esses são bancos de dados relacionais, porém apresentam características do NoSQL. A principal diferença deles é que os dados são armazenados em colunas, ajudando na escalabilidade. </li></ul><ul><ul><li>Vertica </li></ul></ul><ul><ul><li>MonetDB </li></ul></ul><ul><ul><li>LucidDB </li></ul></ul><ul><ul><li>Infobright </li></ul></ul><ul><ul><li>Ingres/Vectorwise </li></ul></ul>
  23. 23. Tamanho x Complexidade
  24. 24. <ul><li>     Ainda segundo o gráfico, 90% dos sites atualmente podem usar sem problemas algum os bancos de dados tradicionais, pois o ganho de performance não seria tão significativo; para os 10% restantes é aconselhável o uso do NoSQL.  </li></ul><ul><li>     A idéia que o conceito NOSQL nos passa é que ele não pode ser generalizado como a resposta de todos seus problemas, mas sim para problemas específicos.  </li></ul>
  25. 25. Links: <ul><li>Pessoais: </li></ul><ul><li>facebook.com/suissacorp </li></ul><ul><li>twitter.com/suissacorp </li></ul><ul><li>suissacorp.com.br/ </li></ul><ul><li>WebDeveloper: </li></ul><ul><li>http://twitter.com/wgbnet </li></ul><ul><li>http://www.wgbnet.com.br/ </li></ul><ul><li>http://www.linkedin.com/companies/wgbnet </li></ul><ul><li>NOSQL: </li></ul><ul><li>http://nosqlbr.com.br/ </li></ul><ul><li>http://twitter.com/nosqlbr </li></ul><ul><li>http://facebook.com/nosqlbr </li></ul><ul><li>http://groups.google.com/group/nosqlbr </li></ul>

×