Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Português

17,419 views

Published on

Published in: Education, Technology
  • ajudou bastante obrgd
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • ajudou-me muito
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Português

  1. 1. Língua Portuguesa
  2. 2. Índice  Relações de sentido  Relação gráficas e fonéticas  Aspecto Verbal  Voz Activa e Voz Passiva  Coordenação e subordinação  Predicativo do complemento directo
  3. 3. Relações de sentido Sinonímia Antonímia Hiperonímia / Hiponímia Polissemia
  4. 4. Sinonímia Estamos perante sinónimos quando duas ou mais palavras possuem um sentido equivalente, podendo ser utilizadas no mesmo contexto. Ex. Nesta frase é preciso mudar o termo Nesta frase e preciso mudar a palavra Antonímia Estamos perante antónimos quando duas palavras possuem um sentido oposto. Ex. O João é baixo e a Maria é alta Aquele cão e magro e o outro e gordo
  5. 5. Hiperonímia / Hiponímia Quando estamos perante duas palavras em que o sentido de uma é mais geral e inclui o sentido da outra, essa palavra designa-se por hipónimo e a outra por hiperónimo Ex. Animais - hiperónimo Lince, cão, gato, mosca…-hipónimo
  6. 6. Polissemia Quando a mesma palavra admite sentidos diversos, estamos perante uma palavra polissémica. Ex. Quando viu o que tinha acontecido, ficou cego (furioso). Está completamente cego (obcecado) pelos jogos de computador. A faca ficou cega (sem gume) devido à água quente.
  7. 7. Relação gráficas e fonéticas Homonímia Homofonia Homografia Paronímia
  8. 8. Homonímia Quando temos duas palavras graficamente iguais, mas com origem e significado diferentes, estamos perante palavras homónimas Ex:. O rio corre para o mar. Rio porque me contaram uma piada. Homofonia Quando temos duas palavras com significados e grafias diferentes mas foneticamente iguais, estamos perante palavras homófonas. Ex:. Quando soar a campainha saímos da aula. A aula de ed. Física fez-nos suar.
  9. 9. Homografia Quando temos duas palavras com significado e pronúncia diferentes e grafias idênticas, estamos perante palavras homógrafas. Ex:. Ele é uma péssima influência para os outros. O estado do tempo influencia a minha saída de logo a noite. Paronímia Quando temos duas palavras com significados diferentes mas foneticamente muito próximas estamos perante palavras parónimas. Ex:. O armário tem 3 metros de comprimento. No final de uma carta manda-se sempre um cumprimento.
  10. 10. Aspecto Verbal Cada verbo e cada forma verbal pode acrescentar indicações sobre a acção e o seu tempo de realização. Aspecto incoativo (A acção está no início) Anoitece. Aspecto durativo (A acção prolonga-se) Ela andava muito atarefada. Aspecto Frequentativo (A acção repete-se) A mosca esvoaça sobre a minha cabeça Aspecto pontual (a acção e momentânea) O sino deu uma balada Aspecto conclusivo (a acção já terminou) O luís esteve doente
  11. 11. Voz Activa e Voz Passiva  A voz passiva só é possível em verbos transitivos directos.  A forma verbal na voz passiva é formada pelo verbo auxiliar SER + PARTICÍPIO PASSADO do verbo principal.   Também é possível formar uma frase passiva com o pronome pessoal SE e a 3ª pessoa do verbo, concordando com o sujeito, contudo nesta construção o agente da passiva nunca vem expresso. Ex. Voz Activa: O João comeu o bolo. Voz Passiva: O bolo foi comido pelo João.
  12. 12. Coordenação e subordinação  Coordenação Subordinação  Copulativas Causais  Adversativas Temporais Comparativas  Disjuntivas Finais  Conclusivas Condicionais Concessivas Consecutivas Relativas integrantes
  13. 13. Coordenadas Quando as conjunções têm como função ligar orações da mesma natureza chamam-se, orações chamam-se coordenadas. Nome: Copulativas Definição: Estabelecem ligação entre dois termos ou duas orações de idêntica função Algumas conjunções e locuções: e, nem, não só...mas também, tanto...como. Nome: Adversativas Definição: Opõem dois termos ou duas orações de idêntica função Algumas conjunções e locuções: mas, porém, todavia, contudo, apesar disso, no entanto.
  14. 14. Coordenadas ( cont.) Nome: Disjuntivas Definição: O significado de uma frase é posto em alternativa com o da outra Algumas conjunções e locuções: ou, ou...ou, ora...ora, quer...quer, seja...seja. Nome: Conclusivas Definição: O significado da segunda frase é a conclusão da primeira Algumas conjunções e locuções: logo, pois, portanto, por isso, por consequência
  15. 15. Subordinadas As conjunções que introduzem orações que dependem de outra, como uma circunstância chamam-se subordinativas. Portanto, as orações subordinadas só têm sentido porque existe outra oração - a subordinante - que lhes serve como referência. Nome: Causais Definição: Exprimem causa, motivo. Algumas conjunções e locuções: porque, visto que, já que, como, que (= porque). Nome: Condicionais Definição: Exprimem condição. Algumas conjunções e locuções: se, a não ser que, desde que, contanto que, a menos que.
  16. 16. Subordinadas (cont.) Nome: Temporais Definição: Exprimem a ideia de tempo. Algumas conjunções e locuções: quando, enquanto, logo que, tanto que, depois que, antes que, até que, sempre que, à medida que Nome: Finais Definição: Indicam a finalidade da oração principal. Algumas conjunções e locuções: para que, a fim de que, porque [= para que] Nome: Concessivas Definição: Exprimem uma concessão, e a acção da frase subordinante realiza-se mesmo havendo uma oposição. Algumas conjunções e locuções: embora, conquanto, ainda que,
  17. 17. Subordinadas (cont.) Nome: Consecutivas Definição: Exprimem um facto que é consequência de outro Algumas conjunções e locuções: de forma que, de maneira que, de modo que, de sorte que Nome: Comparativas Definição: Exprimem uma comparação. Algumas conjunções e locuções: como, conforme, assim como, tão…com
  18. 18. Subordinadas (cont.) Nome: Relativas Restritivas Definição: Limitam o sentido da frase a que se referem. Não devem ser separadas por vírgulas. Algumas conjunções e locuções: que Nome: Relativas Restritivas Definição: são apenas uma explicação acessória que pode suprimir-se sem alterar o sentido da frase. Costumam escrever-se entre vírgulas. Algumas conjunções e locuções: que
  19. 19. Predicativo do complemento directo Por vezes, os verbos transitivos directos têm que receber um elemento que especifique a acção expressa; é o chamado predicativo do complemento directo. Alguns verbos como quot;elegerquot;, quot;nomearquot; e “considerar” indicam o predicativo do complemento directo. Ex. Os eleitores elegeram Pedro presidente da câmara. NOTA: O predicativo do complemento directo pode ser introduzido pelas preposições como e por.
  20. 20. Trabalho elaborado por: Flávia nº 5 Ricardo nº 16 Sofia nº 18

×