Evolução dos Computadores

18,905 views

Published on

História da evolução dos computadores

Published in: Education, Technology
2 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
  • como faço o download
    ?
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • 艾米 饿 艾和 德 阿
    ài mǐèàihédéā
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
18,905
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
567
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
2
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Evolução dos Computadores

  1. 1.  Na época dos nossos bisavôs surgem os primeiros pseudo computadores já existiam, apesar de extremamente rudimentares;  Nos fins do século XIX surgiu o relê, um dispositivo electromecânico, formado por um magneto móvel, que se desloca unindo dois contactos metálicos.  Ainda no século XIX, surgiram as primeiras válvulas. As válvulas foram usadas para criar os primeiros computadores electrónicos, na década de 40.  Os primeiros computadores começaram a surgir durante a década de 40 com propósitos militares. Os principais usos eram a codificação e descodificação de mensagens e cálculos de artilharia.
  2. 2. .
  3. 3.  Os computadores eram baseados em válvulas eletrónicas. As válvulas possuíam muitas desvantagens (muito grandes, caras, baixa velocidade nas operações e queimavam com facilidade, consumiam também muita electricidade).
  4. 4.  Os computadores passaram a utilizar transistores, o que aumentava sua velocidade. Ficaram assim, mais rápidos e não queimavam com tanta facilidade.  O IBM System 360 (1964) foi uma grande descoberta na área de informática. O seu processamento era feito basicamente por um conjunto de transistores, o avanço já caminhava para um chip. Esse computador foi designado para ser utilizado pela industria. Ele já possuía 8 bits e um endereçamento de memória baseado em bytes. As inovações eram basicamente essas, sendo que variavam de modelo para modelo.
  5. 5.  Vários computadores sugiram nesta época, entre eles estava a Intel 4004 onde foi desenvolvido o primeiro microprocessador (combinava todos os componentes da CPU em um único chip programável);  Em 1976 surgiu um dos primeiros microprocessadores de 16 bits o TMS 9900, comercializados pela Texas Instruments. Em comparação com os computadores anteriores possuía capacidade de executar tarefas rapidamente e possuía um pequeno endereçamento de memória RAM.  Em 1976 a Western Digital possuía um dos melhores processadores da época no modelo MCP-1600. Essas vantagens consistiam no tamanho e na velocidade do microprocessador.  Em 1978 a Intel lançou o processador 8086 com 16 bits que possuía 1 Mb de RAM.
  6. 6.  Em 1986 surgiram muitos computadores, sendo que entre eles está o ARM que possuía sistema de 32-bits. A série de computadores ARM consistia em uma CPU com aproximadamente 35 mil transistores e co-processador;  O sistema operacional que dominava o mercado na época era o MS-DOS, que combinava baixo consumo de energia e um design avançado.  Em 1988, a Motorola lançou o processador 88000 (Originalmente chamado de 78000). Ele possuía um processador de 32-bits com tecnologia RISC. Ele possuía um completo co-processador com registradores de aproximadamente 48-bits.  Em 1990, a IBM decidiu tomar parte do mercado de informática e lançou um novo computador ( (O IBM RS/6000). Possuía alta performance nas operações; Ele possuía um clock bem alto (500 Mhz), sendo que a Intel adotou essa tecnologia nos processadores Pentium e Pentium Pró.  Em 1990 foi lançado o Microsoft Windows 3.0 (Sistema Operacional da Microsoft);
  7. 7.  Em 1992 a Alpha designou um processador para o futuro e foi introduzido um ponto flutuante integrado e a velocidade do clock era de aproximadamente de 200 a 300 Mhz;  Em 1993 foi lançado o chip Pentium pela Intel. Logo depois a Intel atinge novo patamar de computação com o novo Processador Pentium II c/ novos recursos e melhor desempenho na computação visual das empresas  A 7 de maio de 1997 a Intel Corporation lançou o processador Pentium II, que alia tecnologia inovadoras às já aprovadas pelo mercado para possibilitar novos níveis de desempenho e recursos de computação visual aos usuários de desktops e estações de trabalho nas empresas.Os processadores Pentium II lançado nas velocidades 233, 266, 300 Mhz, combinadas as avançadas tecnologias do Processador Pentium Pro com os recursos da tecnologia de aperfeiçoamento de meios eletrónicos MMX da Intel. Esta associação confere aos usuários de empresas maior poder para direcionar a computação empresarial,oferece recursos sofisticados para pequenas empresas e incorpora o processador Intel de velocidade superior às estações de trabalho.
  8. 8.  Há quem diga que há uma quinta geração, onde os Biochips (circuitos integrados com moléculas orgânicas) compõem a principal parte da máquina. Acredita-se que estes circuitos terão inteligência artificial, ou seja, linguagem natural, reconhecimento de voz e imagem.
  9. 9.  Unidade Central de Processamento ( CPU ) A Unidade Central de Processamento ou CPU (Central Processing Unity) corresponde ao microprocessador nos computadores pessoais e constitui o quot; coração quot; do computador, em torno do qual tudo funciona;  Processador Componente fundamental de um computador. Circuito integrado formado por milhares de componentes electrónicos, cuja estrutura interna foi concebida para efectuar o processamento de dados;  Placa Principal (Motherboard) Placa de circuito impresso onde vão ligar todos os componentes internos ( microprocessador, memórias, etc);  Dispositivos de Entrada (Input) Dispositivos que permitem a comunicação entre o utilizador ==> computador  Rato (Mouse);  Teclado (Keyboard);  Digitalizador de Imagens (Scanner);  Dispositivos de Saída (Output) Dispositivos que permitem a comunicação entre o computador ==> utilizador  Monitor;  Impressora;  Colunas;  Dispositivos de Armazenamento (Memórias)  Memórias Primárias ou Principais - memórias que se encontram em contacto directo com a CPU  Memórias Secundárias ou Externas - memórias constituídas em suportes de armazenamento com capacidade de guardar a informação para além do tempo em que é utilizada na memória primária
  10. 10.  Ligar e desligar sempre o computador;  Usar anti-vírus actualizados;  Criar um palavra-passe secreta;  Ao elaborar trabalhos ter o cuidado de gravá-los sempre;  Criar cópias de segurança de dados;  Utilizar dispositivos anti-roubo;  Fazer um seguro do computador.
  11. 11.  Processadores de texto;  Folhas de cálculo;  Programas gráficos;  Programas Multimédia;  Internet (pesquisas);  Jogos.
  12. 12.  Vantagens:  Maior e melhor controle dos funcionários, vendo a produtividade de cada um;  O computador é uma ferramenta para auxílio no trabalho do funcionário;  Permite uma melhor correcção ortográfica;  Permite maior rendimento da empresa;  Permite –nos ecrever mensagens para os amigos e uma melhor e mais rapida comunicação;  Podemos efectuar pesquisas;  É possivel ver filmes e rectroprogecta-los.
  13. 13.  Desvantagens:  A utilização dos computadores, pode trazer vários tipos de vírus, o que põe os computadores lentos, ou em risco de funcionamento;  Falta de comunicação entre os vários funcionários;  Diminui a autonomia dos funcionários;  Pode ser muito dispendioso para a empresa ( Ex.: contas de luz, avarias, entre outros)  Diminuição do diálogo familiar;  Desencaminhamento das crianças na internet;  Burlas através da internet;
  14. 14. Não Toma lá Vais levar Ups Careta Contente Zangado A dormir Apaixonado A rir Furioso Wow Que nojo Gargalhada
  15. 15.  @:At ou arroba: Símbolo usado para identificar na Internet uma localização de uma caixa de correio electrónico;  Adsl, «Asymmetric Digital Subscriber Line»: nova tecnologia de transmissão de dados em banda larga sobre as linhas telefónicas convencionais. Esta tecnologia transforma os fios de cobre do seu telefone numa porta de entrada para aceder à Internet com alta velocidade;  Área de Transferência: zona de armazenamento temporário de informação, utilizada para transferir dados num ou entre vários documentos;  Backup: Cópia de segurança. Copiar dados em um meio separado do original, de forma a protegê-los de qualquer eventualidade. Essencial para dados importantes;  Banner: faixa utilizada actualmente em propagandas encontradas na Internet. Uma imagem rectangular que quando clicada leva ao site do anunciante;  Bit: Qualquer circuito electrónico é baseado em transístores, componentes extremamente simples, que permitem apenas dois estados: ligados ou desligados;  Browser: É o mesmo que Navegador, é um programa usado para visualizar as páginas de Internet, como o Internet Explorer, entre outras;  Bug: (insecto em Inglês), refere-se a qualquer tipo de falha de programação num programa.
  16. 16.  Byte: unidade de armazenamento de dados. Cada byte é formado por 8 bits e é suficiente para 256 combinações diferentes;  Cookie: pequenos códigos gravados no computador quando se acede a determinados sites. Sempre que se volta ao mesmo site o computador identifica-o pelo Cookie que foi gravado da última vez.;  Correio Electrónico (E-Mail): Troca de mensagens entre utilizadores da Internet ou de qualquer sistema informatizado que permita tal tipo de comunicação;  Disco Rígido: sistema de armazenamento de dados de grande capacidade, que por não ser volátil (não perde a informação cada vez que o computador se desliga), é destinado ao armazenamento de ficheiros e programas;  Download: Descarregar para o computador algum ficheiro através da rede ou da Internet;  Drive: dispositivos de leitura de dados, como a drive de disquetes, a drive de CD-ROM, a drive do disco rígido, etc;  Firewall: Programa ou componente dedicado, que protege a rede contra invasões externas e acessos não autorizados;  Freeware: Programa (software) que pode ser usado gratuitamente;  Host: Servidor, numa rede é o computador que hospeda os ficheiros, programas ou recursos que serão uitilizados pelos demais computadores da rede;  HTML: Hyper Text Markup Language, é uma linguagem de formatação de texto desenvolvida para visualização das páginas de Internet;
  17. 17.  HTTP: Hyper Text Transfer Protocol, protocolo desenvolvido para transferir páginas HTML entre computadores, mas também usado para outro tipo de ficheiros;  Login: É o procedimento de ligar-se numa rede, ou em qualquer outro serviço informando o seu nome de utilizador e a sua senha.  Portal: Página na Internet que aglutina diversos conteúdos. Um portal pode incluir serviços de comércio electrónico, correio electrónico gratuito, directório e/ou motor de busca, entre outros;  OffLine: Significa que nenhuma ligação de Rede/Internet está activa;  OnLine: Significa quot;estar em linhaquot;, estar ligado a uma determinada Rede/Internet;  RAM, Random Access Memory: é a memória mais usada nos computadores, é um tipo de memória volátil;  ROM, Read Only Memory: é uma memória só de leitura;  Dados: representação de tudo aquilo que nos rodeia: dos objectos, dos seres, dos fenómenos, engloba toda a informação numérica ou alfanumérica codificável e processável por meios electrónicos;  Shareware: Programa que tem todas as funções (ou quase todas) da versão completa, mas só funciona por tempo limitado;  Site: Corresponde a um local na Internet;  Upload: Acto de transferir o ficheiro do seu computador para um computador remoto, utilizando qualquer protocolo de comunicações;  URL, Uniform Resource Locator (localizador de recursos unificado): Designação do conjunto do endereço de um serviço/página de Internet;  World Wide Web: Rede mundial. O sistema de informação e de fontes baseado no hipertexto (HTML) da Internet, abreviada como WWW ou só Web.

×