Man consrapida

2,706 views

Published on

2 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • ola obrigado
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Hello Dear,
    Nice Meeting You, my name is miss faith, i wish to have you as my friend when i came across your profile today , please get back to me at my private email ( faithassin24@yahoo.in ) for more details of my self, and i also have something very important to share with you and also promise to send my picture to you OK? yours friend faith
    ( faithassin24@yahoo.in )
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
2,706
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
240
Comments
2
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Man consrapida

  1. 1. Passos para Correção dos Códigos de FalhaATENÇÃOEste manual mostra um resumo dos passos para solucionar um diag-nóstico.O detalhamento para cada um dos passos se encontra no CD ROM deLiteratura Técnica (Manual de Reparos Eletrônicos - Códigos de Falhas) eMOTORES ISB 1
  2. 2. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-2 MOTORES ISB
  3. 3. Códigos de FalhasCircuito aquecedor de combustível 000/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Defeito no circuito de Aquecedor de combustível fica 2212 aquecimento de combustível ligado ou desligado continuamente DCircuito do Aquecedor de Combustível Chicote do veículoDescrição do Circuito:O aquecedor de combustível melhora a partida do motor em condições de baixatemperatura ambiente, aquecendo o combustível para reduzir sua viscosidade.Localização do Componente:Equipamento não disponível no Brasil.Dicas para a OficinaSe o equipamento não está instalado e o código de falha 000/04 estiver ativo,use o INSITE para desabilitar o recurso “Aquecedor de combustível” eMOTORES ISB D-3
  4. 4. Códigos de Falhas000/04 Circuito aquecedor de combustívelRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas de teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Apague o código de falha. PASSO 1A: Ligue a chave de partida. Código de Falha 000/04 Desative o código de falha. inativo Ligue o motor e deixe-o funcionar em marcha lenta durante 1 minuto eD-4 MOTORES ISB
  5. 5. Códigos de FalhasCircuito de bloqueio de partida 000/31CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Falha no circuito de Partida pode ser acionada 1478 bloqueio de partida com o motor em funcionamentoCircuito de Bloqueio de Partida DDescrição do Circuito:O recurso de travamento do motor de partida, impede que o seja dado a partidadurante o funcionamento do motor. Este recurso visa prolongar a vida do motorde partida .Localização do Componente:Sistema não disponível (apagar o código de falha caso for detectado)Dicas para a Oficina:O sinal de bloqueio do motor de partida indica que o motor está funcionando.Ele é usado para energizar um relé que desconecta a tensão de partida do relédo motor de partida do veículo, impedindo seu acoplamento acidental, o quepoderia reduzir sua vida útil. Este sinal é usado pelo recurso de travamento domotor de partida eMOTORES ISB D-5
  6. 6. Códigos de Falhas000/31 Circuito de bloqueio de partidaRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Apague o código de falha. PASSO 1A: Ligue a chave de partida. Código de Falha 000/31 Desative o código de falha. inativo Ligue o motor e deixe-o funcionar em marcha lenta durante 1 minuto eD-6 MOTORES ISB
  7. 7. Códigos de FalhasCircuito do sensor de velocidade do veículo 084/02CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Falha no sinal Rotação do motor fica limitada 241 de velocidade do veículo ao parâmetro "rotação máxima do motor sem sensor de velocidade do veículo"Circuito do sensor de velocidade do veículo DDescrição do Circuito:O sensor de velocidade do veículo (VSS) detecta na engrenagem de saídada transmissão a velocidade do veículo, enviando um sinal ao indicador develocidade.Localização do Componente:O sensor de velocidade do veículo esta instalado na parte traseira datransmissão.Dicas para a Oficina:– Desconecte o conector do sensor de velocidade do veículo ligado ao velocímetro ou tacógrafo, e movimente o veículo. Se o código de falha tornar-se inativo, é provável que haja uma interferência alimentado o circuito do sensor de velocidade do veículo.– Verifique se a fiação do sensor de velocidade do veículo.– Verifique a operação do interruptor do freio. A falha pode ser causada pelo travamento das rodas traseiras sem indicação de acionamento do freio para o ECM. eMOTORES ISB D-7
  8. 8. Códigos de Falhas084/02 Circuito do sensor de velocidade do veículoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique o sensor de velocidade do veículo. PASSO 1A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do chicote e do sensor. PASSO 1B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 1C: Verifique a resistência do sensor. 1500 a 3500 Ω (Veja parte B - Análise do sensor) PASSO 1D: Verifique se há um curto Mais de 10M Ω com a massa. (Veja Análise do sensor)PASSO 2: Verifique o chicote do veículo. PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do chicote PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continua ativo PASSO 2C: Verifique se há um circuito aberto.(*) Menos de 10 Ω PASSO 2D: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100k Ω de pino a pino.(*) PASSO 2E: Verifique se há um curto Mais de 100k Ω com a massa.(*) (*) Pinos 74 e 56 do conector de 89 pinos do ECM. eD-8 MOTORES ISB
  9. 9. Códigos de FalhasCircuito do sensor de velocidade do veículo 084/02PASSO 3: Verifique a geradora de pulso da transmissão PASSO 3A: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continua ativoPASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 084/02 inativo - continue D ativo - retorne ao passo1 PASSO 4B: Apague os códigos de falha inativos. Todos os códigos de falha apagados eMOTORES ISB D-9
  10. 10. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-10 MOTORES ISB
  11. 11. Códigos de FalhasCircuito do sensor do acelerador 091/03CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada baixa tensão O motor opera em marcha lenta 131 no pino 83 de sinal de com o pedal do acelerador posição do acelerador. desaplicado, e eleva a uma rotação padrão quando o pedal do acelerador e acionadoCircuito do sensor do acelerador DDescrição do Circuito:O sensor de posição do acelerador é acoplado ao pedal do acelerador e enviaum sinal ao ECM) quando o motorista comprime este pedal. O circuito dosensor de posição do acelerador contém três fios: Fio do sinal (pino 83), um fiode alimentação de + 5 V (pino 55) e um fio-terra de retorno (pino 81).Localização do Componente:O sensor de posição do acelerador está localizado no pedal do acelerador.Dicas para a Oficina:Faça uma ligação em paralelo entre o sensor de posição do acelerador e oECM.Teste o caminhão com os fios de teste conectados. Se a falha deixar deexistir, substitua o chicote do veículo.NOTA: Se o pino 83 (sinal) e o pino 81 (retorno) forem invertidos, o sensor deposição do acelerador fará uma leitura de somente 50%. eMOTORES ISB D-11
  12. 12. Códigos de Falhas Circuito do sensor de acelerador091/03RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique o sensor de posição do acelerador PASSO 1A: Certifique-se de que o sensor Sensor conectado de posição do acelerador esteja conectado. PASSO 1B: Inspecione o chicote do Não há pinos danificados veículo e os pinos do sensor de posição do acelerador. PASSO 1C: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continua ativo PASSO 1D: Verifique a resistência do sensor 2000 a 3000 Ω de posição do acelerador. (Veja parte - B Análise do sensor)PASSO 1E: Verifique a resistência entre Liberado: 1500-3000 Ω pinos do sensor. (Veja parte - B Comprimido: 250-1500 Ω Análise do sensor) PASSO 1F: Verifique se há um curto com Mais de 100k Ω a massa.PASSO 2: Verifique o chicote do veículo. PASSO 2A: Inspecione o chicote e os Não há pinos danificados pinos conectores do ECM. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continua ativo PASSO 2C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto. (*) eD-12 MOTORES ISB
  13. 13. Códigos de FalhasCircuito do sensor do acelerador 091/03 PASSO 2D: Verifique se há um curto entre Mais de 100k Ω pinos. (*) (*) Pinos D,E,K,G,H,J do chicote do veículoPASSO 3: Verifique a resposta do ECM. PASSO 3A: Meça a tensão de saída do 4,75 a 5,25 V ECM (Pino 55 do ECM) D PASSO 3B: Verifique se há resposta apro- Siga com o diagnóstico se o priada do ECM. código continua ativoPASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 084/02 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 4B: Apague os códigos de falha Apague os códigos de inativos. falha. eMOTORES ISB D-13
  14. 14. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-14 MOTORES ISB
  15. 15. Códigos de FalhasCircuito do sensor do acelerador 091/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada baixa tensão no O motor opera em marcha lenta 132 pino 83 de sinal de posição com o pedal do acelerador do acelerador. desaplicado, e eleva a uma rotação padrão quando o pedal do acelerador e acionado. DCircuito do sensor do aceleradorDescrição do Circuito:O sensor de posição do acelerador é acoplado ao pedal do acelerador e enviaum sinal ao ECM quando o motorista comprime este pedal. O circuito do sensorde posição do acelerador contém três fios: Fio do sinal (pino 83), um fio dealimentação de +5 V (pino 55) e um fio-terra de retorno (pino 81).Localização do Componente:O sensor de posição do acelerador está localizado no pedal do acelerador. eMOTORES ISB D-15
  16. 16. Códigos de Falhas Circuito do sensor de acelerador091/04RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique o sensor de posição do acelerador PASSO 1A: Certifique-se de que o sensor Sensor conectado de posição do acelerador esteja conectado. PASSO 1B: Inspecione o chicote do veículo Não há pinos danificados e os pinos do sensor de posi- ção do acelerador. PASSO 1C: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 1D: Verifique a resistência do sensor 2000 a 3000 Ω de posição do acelerador. (Veja parte B - Análise do sensor)PASSO 2: Verifique o chicote do veículo. PASSO 2A: Inspecione o chicote e os pinos Não há pinos danificados conectores do ECM. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto. (Pinos D,E,K,G.,H,e J no conector do acelerador)PASSO 3: Verifique a resposta do ECM. PASSO 3A: Meça a tensão de saída do 4,75 a 5,25 V ECM (Pino 55 do ECM) PASSO 3B: Verifique se há resposta apro- Siga com o diagnóstico se o priada do ECM. código continuar ativo eD-16 MOTORES ISB
  17. 17. Códigos de FalhasCircuito do sensor do acelerador 091/04PASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 091/04 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 4B: Apague os códigos de falha Apague os códigos de falha. inativos. D eMOTORES ISB D-17
  18. 18. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-18 MOTORES ISB
  19. 19. Códigos de FalhasCircuito de atuador de controle de combustível 094/16CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de pressão da O motor é cortado. 449 common rail indica que a pressão do combustível ultrapassou a pressão especificada.Circuito do atuador de controle de combustível DDescrição do Circuito:Esta falha indica que o sensor de pressão da common rail detectou uma pres-são maior que a especificada. O ECM fornece uma corrente ao atuador eletrôni-co de controle de combustível que regulariza a pressão gerada pela bomba dealta pressão.Localização do Componente:O atuador encontra-se junto a bomba de combustível.Dica para a Oficina:Vazamentos de combustível podem causar esta falha. Depois de fazer o diag-nóstico deste código de falha, verifique se há vazamentos de combustível. eMOTORES ISB D-19
  20. 20. Códigos de Falhas Circuito de pressão da common rail094/16RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique o atuador eletrônico de controle de combustível. PASSO 1A Verifique se o atuador eletrô- Se emitir um som caracterís- nico de controle de combustí- tico (“click”) está ok. vel está engripado. PASSO 1B Verifique a resistência do 1,0 a 2,2 Ω atuador eletrônico de controle de combustível. (Veja parte B - Análise do sensor)PASSO 2: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 2A: Inspecione os pinos Não há pinos danificados conectores do chicote do motor e do ECM. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto. (Pino 5 e 7) PASSO 2D: Verifique se há um curto- Mais de 100 kΩ circuito de pino a pino. (Pino 5 e 7) PASSO 2E Verifique se há um curto- Mais de 100 kΩ circuito com a massa. (Pino 5 e 7)PASSO 3: Apague os código de falha. PASSO 3A: Desative o código de falha. Código de Falha 094/16 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 3B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eD-20 MOTORES ISB
  21. 21. Códigos de FalhasCircuito de pressão da common rail 094/17CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de pressão do Possível 2215 common rail indica que despotenciamento ou pressão do combustível nenhum efeito. está inferior à pressão de combustível especificada.Circuito de pressão da common rail DDescrição do Circuito:Esta falha indica que está sendo enviada uma quantidade maior de combustívelpara manter a pressão na common rail. O atuador eletrônico de controle decombustível controla a quantidade de combustível fornecida para a bomba dealta pressão. Este atuador é normalmente aberto e é fechado somente quando acorrente é fornecida. O combustível sob alta pressão é acumulado na commonrail. O sensor de pressão da common rail mede a pressão do combustível eenvia um sinal para ECM.Localização do Componente:O sensor de pressão da common rail está localizado na common rail.Dicas para a Oficina:Inspecione o atuador eletrônico de controle de combustível e verifique se aconexão está correta. Inspecione o atuador eletrônico de controle de combustí-vel e o sensor de pressão da common rail e verifique se apresentam sinais deviolação. eMOTORES ISB D-21
  22. 22. Códigos de Falhas Circuito de pressão da common rail094/17RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique o atuador eletrônico de controle de combustível. PASSO 1A: Verifique se há sinais de vaza- Não há sinais de vazamento mento nas linhas de combustível. de combustível PASSO 1B: Verifique se há restrições nas Não há restrições linhas de combustível.PASSO 2: Verifique o sensor de pressão da common rail. PASSO 2A: Verifique se há sinais de violação Não há sinais de violação no sensor de pressão da com- mon rail. PASSO 2B: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão e do chicote do motor. PASSO 2C: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2D: Meça a tensão no conector do 4,75 a 5,25 V sensor de pressão da common rail. (Pino 3) PASSO 2E Verifique o sensor de pressão da A 600 rpm s/carga = 500 bar common rail. A 800 rpm s/carga = 800 bar eD-22 MOTORES ISB
  23. 23. Códigos de FalhasCircuito de pressão da common rail 094/17PASSO 3: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 3A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do chicote do motor e do ECM. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativoPASSO 3C: Verifique se há um circuito aberto. Menos de 10 Ω D PASSO 3D: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino. (Pinos 12, 20 e 27)PASSO 4: Verifique a resposta do ECM. PASSO 4A: Meça a tensão no ECM. 4,75 a 5,25 V (Pino 12 conector de 36 pinos)PASSO 5: Verifique o filtro de combustível. PASSO 5A: Verifique se há obstrução no filtro Não há obstrução de combustível.PASSO 6: Verifique a presença de ar no sistema. PASSO 6A: Verifique se há presença de ar no Não há presença de ar sistema de baixa pressão.PASSO 7: Verifique o controle eletrônico do combustível PASSO 7A: Verifique se o atuador eletrônico de Se emitir um som caracte- rístico (“click”) está ok. controle de combustível está engripado.PASSO 8: Verifique o motor. PASSO 8A: Faça o teste automático de Verifique segundo as desempenho dos cilindros. especificações PASSO 8B: Aplique líquido de contraste no Não encontrado líquido de combustível. contraste eMOTORES ISB D-23
  24. 24. Códigos de Falhas Circuito de pressão da common rail094/17PASSO 9: Apague os código de falha. PASSO 9A: Desative o código de falha. Código de Falha 094/17 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 9B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eD-24 MOTORES ISB
  25. 25. Códigos de FalhasCircuito de pressão da common rail 094/18CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de pressão da Possível despotenciamento 2216 common rail indica que ou nenhum efeito. pressão do combustível está superior à pressão de combustível especificada.Circuito de Pressão da Common Rail DDescrição do Circuito:Esta falha indica que está sendo enviada uma quantidade maior de combustívelpara manter a pressão na common rail. O atuador eletrônico de controle decombustível controla a quantidade de combustível fornecida para a bomba dealta pressão. Este atuador é normalmente aberto e é fechado somente quando acorrente é fornecida. O combustível sob alta pressão é acumulado na commonrail. O sensor de pressão da common rail mede a pressão do combustível eenvia um sinal para ECM.Localização do Componente:O sensor de pressão da common rail está localizado na common rail.Dicas para a Oficina:Inspecione o atuador eletrônico de controle de combustível e verifique se aconexão está correta. A causa desta falha pode ser uma resistência alta nocircuito do sensor de pressão da common rail. eMOTORES ISB D-25
  26. 26. Códigos de Falhas Circuito de pressão da common rail094/18RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de Falha 1347/04 e 1347/03 inativos - continue ativos - faça-os primeiro PASSO 1B: Verifique se há restrições nas Não há restrições linhas de combustível.PASSO 2: Verifique o sensor de pressão da common rail. PASSO 2A: Verifique se há sinais de violação Não há sinais de violação no sensor de pressão da com- mon rail. PASSO 2B: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão e do chicote do motor. PASSO 2C: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2D: Meça a tensão no conector do 4,75 a 5,25 V sensor de pressão da common rail. PASSO 2E Verifique o sensor de pressão da A 600 rpm s/carga = 500 bar common rail. A 800 rpm s/carga = 800 bar eD-26 MOTORES ISB
  27. 27. Códigos de FalhasCircuito de pressão da common rail 094/18PASSO 3: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 3A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do chicote do motor e do ECM. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há um circuito aberto. Menos de 10 Ω D PASSO 3D: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino.PASSO 4: Verifique a resposta do ECM. PASSO 4A: Meça a tensão no ECM. 4,75 a 5,25 V (Pino 12 e 20 do ECM)PASSO 5: Apague os código de falha. PASSO 5A: Desative o código de falha. Código de Falha 094/18 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 5B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eMOTORES ISB D-27
  28. 28. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-28 MOTORES ISB
  29. 29. Códigos de FalhasCircuito do Sensor de Água no Combustível 097/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectado falha no circuito Não afeta o funcionamento 429 do sensor de água no do motor. combustível. Não habilitado no ECM.Circuito do Sensor de Água no Combustível DDescrição do Circuito:O sensor de água no combustível esta acoplado no filtro separador de água nocombustível. Este sensor envia um sinal para o ECM quando um determinadovolume de água é acumulado no filtro de combustível. O circuito do sensor deágua no combustível possui dois fios: um terra de retorno e um fio de sinal.Localização do Componente:Normalmente o filtro separador de água esta fixado à longarina do chass,próximo ao reservatório de combustível.Dicas para a Oficina:Não está habilitado no ECM, portanto não altera o funcionamento do motor.Apagar o código caso seja constatado. eMOTORES ISB D-29
  30. 30. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-30 MOTORES ISB
  31. 31. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão/temperatura do óleo 100/01CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Pressão do óleo lubrificante Redução de potência e/ou 415 está abaixo do limite permi- possível parada do motor se o tido para proteção do motor. recurso de parada de proteção do motor estiver habilitado.Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleo DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do óleo é usado pelo ECM para monitorar apressão do óleo lubrificante. O ECM monitora a tensão no pino de sinal e aconverte para um valor de pressão. Este valor de pressão é usado pelo ECMpara o sistema de proteção do motor.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do óleo está localizado no bloco do filtro deóleo do motor.Dicas para a Oficina:– Certifique-se de que a tensão de alimentação do sensor de pressão/tempe- ratura do óleo esteja entre (+) 4,5 e 5,25 V no sensor.– Verifique, a rotação do motor na qual esta falha ocorre. Se o motor estiver sendo operado a uma rotação muito baixa sob carga, a pressão do óleo poderá ser menor que os limites de proteção do motor. eMOTORES ISB D-31
  32. 32. Códigos de Falhas100/01 Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique a precisão do sensor. PASSO 1A Verifique o nível do óleo. Nível de óleo dentro das especificações PASSO 1B Verifique a precisão do sensor A leitura do sensor está usando um medidor mecâni- correta co.PASSO 2: Apague os códigos de falha. PASSO 2A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 100/01 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 2B: Apague os códigos de falha Todos os códigos de falha inativos. apagados eD-32 MOTORES ISB
  33. 33. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão/temperatura do óleo 100/03CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada alta tensão no Usado o valor padrão para a 135 pino 33 de sinal de pressão pressão do óleo. Nenhuma do óleo proteção do motor para a pressão do óleo.Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleo DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do óleo é usado pelo ECM para monitorar apressão do óleo lubrificante. O ECM monitora a tensão no pino de sinal e aconverte para um valor de pressão que é utilizado para o sistema de proteçãodo motor.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do óleo está localizado no bloco do filtro deóleo do motorDicas para a Oficina:– Se o Código de Falha 100/18 ou 100/01 não estiver ativo, o problema não estará relacionado ao sistema de lubrificação do motor.– Certifique-se de estar usando o sensor de pressão/temperatura do óleo de número correto.– Se os Códigos de Falha 620/03 e 100/03 estiverem ativos, faça primeiro o diagnóstico de falha do Código de Falha 620/03. eMOTORES ISB D-33
  34. 34. Códigos de Falhas100/03 Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de pressão/temperatura do óleo. PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/tempera- tura do óleo e do chicote do motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 10 a 10 MΩ de pressão/temperatura do óleo. (*) PASSO 2D: Meça a tensão de alimentação. 4,75 a 5,25 V (*) PASSO 2E: Meça a tensão de sinal. (*) 0,10 a 0,25 V PASSO 2F: Verifique a tensão de alimenta- 4,75 a 5,25 V ção entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria. (*) Veja parte B - Análise do sensor eD-34 MOTORES ISB
  35. 35. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão/temperatura do óleo 100/03 PASSO 2G: Verifique a resistência de retorno Menos de 10 Ω entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria.PASSO 3: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 3A: Inspecione o chicote do motor e Não há pinos danificados os pinos conectores do ECM. D PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto. (Pinos 9,3,19 e 33do conector) PASSO 3D: Menos de 10 Ω Verifique a resistência entre o ECM e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 19 a massa)PASSO 4: Verifique o ECM PASSO 4A: 0,10 a 0,25 V Verifique a tensão do sinal entre o ECM e o terminal negativo (-) da bateria.(Pino 33 a massa) PASSO 4B: 4,75 a 5,25 V Meça a tensão de alimentação do ECM.(Entre pinos 9 e 19)PASSO 5: Apague os códigos de falha. PASSO 5A: Código de Falha 100/03 Desabilite o código de falha. inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 5B: Todos os códigos de falha Apague os códigos de falha apagados inativos. eMOTORES ISB D-35
  36. 36. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-36 MOTORES ISB
  37. 37. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão/temperatura do óleo 100/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada baixa tensão no Usado o valor padrão para a 141 pino 33 de sinal de pressão pressão do óleo. Nenhuma do óleo proteção do motor para a pressão do óleo.Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleo DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do óleo é usado pelo ECM para monitorar apressão do óleo lubrificante. O ECM monitora a tensão no pino de sinal e aconverte para um valor de pressão que é utilizado para o sistema de proteçãodo motor.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do óleo está localizado no bloco do filtro deóleo do motorDicas para a Oficina:– Se o Código de Falha 100/18 ou 100/01 não estiver ativo, o problema não estará relacionado ao sistema de lubrificação do motor.– Certifique-se de estar usando o sensor de pressão/temperatura do óleo de número correto.– Se os Códigos de Falha 620/03 e 100/03 estiverem ativos, faça primeiro o diagnóstico de falha do Código de Falha 620/03. eMOTORES ISB D-37
  38. 38. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleo100/04RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de pressão/temperatura do óleo. PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/tempera- tura do óleo e do chicote do motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 10 a 10 MΩ de pressão/temperatura do óleo.(*) PASSO 2D: Meça a tensão de alimentação. 4,75 a 5,25 V (*) PASSO 2E: Meça a tensão de sinal. (*) 0,10 a 0,25 V PASSO 2F: Verifique a tensão de alimenta- 4,75 a 5,25 V ção entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria. PASSO 2G: Verifique a resistência de retorno Menos de 10 Ω entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria. (*) Veja parte B - Análise do sensor eD-38 MOTORES ISB
  39. 39. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão/temperatura do óleo 100/04PASSO 3: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 3A: Inspecione o chicote do motor e Não há pinos danificados os pinos conectores do ECM. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto. D (Pinos 9,3,19 e 33do conector) PASSO 3D: Menos de 10 Ω Verifique a resistência entre o ECM e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 19 a massa)PASSO 4: Verifique o ECM PASSO 4A: 0,10 a 0,25 V Verifique a tensão do sinal entre o ECM e o terminal negativo (-) da bateria.(Pino 33 a massa) PASSO 4B: 4,75 a 5,25 V Meça a tensão de alimentação do ECM.(Entre pinos 9 e 19)PASSO 5: Apague os códigos de falha. PASSO 5A: Código de Falha 100/04 Desabilite o código de falha. inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 5B: Todos os códigos de falha Apague os códigos de falha apagados inativos. eMOTORES ISB D-39
  40. 40. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-40 MOTORES ISB
  41. 41. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão/temperatura do óleo 100/18CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de pressão de óleo Redução de potência e/ou de 143 indica que a pressão do rotação e possível parada do óleo está abaixo do limite de motor. proteção do motor.Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleo DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do óleo é usado pelo ECM para monitorar apressão do óleo lubrificante. O ECM monitora a tensão no pino de sinal e aconverte para um valor de pressão que é utilizado para o sistema de proteçãodo motor.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do óleo está localizado no bloco do filtro deóleo do motorDicas para a Oficina:– Certifique-se de que a tensão de alimentação do sensor de pressão/tempe- ratura do óleo tenha um valor entre (+) 4,75 e 5,25 V no sensor.– Verifique a rotação do motor na qual a falha ocorre. Se o motor estiver sendo operado a uma rotação muito baixa em condição de carga, a pressão do óleo poderá cair abaixo dos limites de proteção do motor. eMOTORES ISB D-41
  42. 42. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão/temperatura do óleo100/18RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique a precisão do sensor PASSO 1A: Verifique o nível do óleo Nível do óleo dentro das especificações PASSO 1B: Verifique a precisão do sensor A leitura do sensor está com um medidor mecânico. corretaPASSO 2: Apague os códigos de falha. PASSO 2A: Desabilite o código de falha Código de Falha 100/18 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 2B: Apague os códigos de falha Todos os códigos de falha inativos apagados eD-42 MOTORES ISB
  43. 43. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 102/02CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de pressão do coletor Pode ocorrer 433 de admissão indica que a despotenciamento do motor pressão do mesmo está alta, para uma condição de falta de quando outros parâmetros do alimentação de pressão de ar. motor indicam que a pressão deveria ser baixa.Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão monitora a pressãodo coletor de admissão e transmite as informações ao ECM através do chicotedo motor. Se a pressão do coletor de admissão tornar-se alta demais, ocorreráuma condição de despotenciamento.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:– O ECM verifica esta falha somente em rotação de marcha lenta do motor. Se a pressão do coletor de admissão for excessivamente alta, o ECM registrará um código de falha.– Faça um teste de desempenho dos cilindros ou teste de corte de um único cilindro para detectar se a falha é causada por um injetor. Verifique se não há vedações danificadas no turbocompressor, que possam causar esta falha. eMOTORES ISB D-43
  44. 44. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão102/02RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique o sensor de pressão/temp. do coletor de admissão. PASSO 1A; Inspecione o circuito do sensor e Não há sinais de violação verifique se há sinais de violação. PASSO 1B: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/temperatu- ra do coletor de admissão e do chicote do motor. PASSO 1C: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 1D: Meça a tensão de alimentação e 4,75 a 5,25 V saída do ECM. (Pino3) PASSO 1E: Meça a tensão de sinal. (Pino4) 0,10 a 0,25 VPASSO 2: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores do chicote do motor e do ECM. Não há pinos danificados PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto.(Pinos 10, 21, 28, e 29) PASSO 2D: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino.(Pinos 10, 21, 28, e 29) PASSO 2E Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ com a massa.(Pinos 10, 21, 28, e 29) eD-44 MOTORES ISB
  45. 45. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 102/02PASSO 3: Apague os código de falha PASSO 3A: Desative o código de falha. Código de Falha 102/02 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 3B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. D eMOTORES ISB D-45
  46. 46. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-46 MOTORES ISB
  47. 47. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 102/03CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada alta tensão no Pode ocorrer o corte de com- 122 pino 28 de sinal do sensor bustível devido à queda de de pressão do coletor de pressão. admissão.Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão monitora a pressãodo coletor de admissão e transmite as informações ao ECM através do chicotedo motor. Se a pressão do coletor de admissão tornar-se alta demais, ocorreráuma condição de despotenciamento.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:– Se suspeitar de que o ar frio de admissão é a causa da alta pressão do coletor de admissão, teste o motor com ar de admissão quente.– Verifique se o circuito do sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão apresenta sinais de violação. Remova quaisquer fios extras do circuito.– Se os códigos de falha 102/03 e 102/04 estiverem ativos, faça primeiro o diagnóstico do Código de Falha 1079/03 eMOTORES ISB D-47
  48. 48. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão102/03RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falhaPASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de pressão/temp. do coletor de admissão PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/tempera- tura do coletor e do chicote do motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 10 a 10 MΩ de pressão/temperatura do óleo. (Veja parte B - Análise do sensor) PASSO 2D: Meça a tensão de alimentação. 4,75 a 5,25 V (Pino 3) PASSO 2E: Meça a tensão de sinal.(Pino 3) 0,10 a 0,25 V PASSO 2F: Verifique a tensão de alimenta- 4,75 a 5,25 V ção entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 3) PASSO 2G: Verifique a resistência de retorno Menos de 10 Ω entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria.(Pino 1) eD-48 MOTORES ISB
  49. 49. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 102/03PASSO 3: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 3A: Inspecione o chicote do motor e Não há pinos danificados os pinos conectores do ECM. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto.(Pinos 10, 21 e 28) D PASSO 3D: Verifique a resistência entre o Menos de 10 Ω ECM e o terminal negativo (-) da bateria. (Pinos 10, 21 e 28)PASSO 4: Verifique o ECM PASSO 4A: Verifique a tensão do sinal entre 0,10 a 0,25 V o ECM e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 28 do ECM) PASSO 4B: Meça a tensão de alimentação do 4,75 a 5,25 V ECM.(Pinos 10 e 21 do ECM)PASSO 5: Apague os códigos de falha. PASSO 5A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 102/03 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 5B: Apague os códigos de falha Todos os códigos de falha inativos. apagados eMOTORES ISB D-49
  50. 50. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-50 MOTORES ISB
  51. 51. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 102/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada baixa tensão no Pode ocorrer o corte de com- 123 pino 28 sinal de pressão do bustível devido à queda de coletor de admissão. pressão.Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão monitora a pressãodo coletor de admissão e transmite as informações ao ECM através do chicotedo motor. Se a pressão do coletor de admissão tornar-se alta demais, ocorreráuma condição de despotenciamento.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:– Verifique se o circuito do sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão apresenta sinais de violação.– Se os códigos de falha 102/04 e 1079/04 estiverem ativos e faça primeiro o diagnóstico do Código de Falha 1079/04. eMOTORES ISB D-51
  52. 52. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão102/04RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falhaPASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão. PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/temperatu- ra do coletor e chicote motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 10 a 10 MΩ de pressão/temperatura do coletor. (Veja parte B - Análise do sensor) PASSO 2D: 4,75 a 5,25 V Meça a tensão de alimentação. PASSO 2E: Meça a tensão do sinal. 0,10 a 0,25 V PASSO 2F: Verifique a tensão de alimentação 4,75 a 5,25 V entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 4) PASSO 2G: Verifique a resistência de retorno Menos de 10 Ω entre o conector sensor do chicote do motor e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 1) eD-52 MOTORES ISB
  53. 53. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 102/04PASSO 3: Verifique o chicote do motor (Conector de 36 pinos). PASSO 3A: Inspecione o chicote do motor e Não há pinos danificados os pinos conectores do ECM. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há um circuito Menos de 10 Ω aberto. D (Pinos 10, 21 e 28) PASSO 3D: Menos de 10 Ω Verifique a resistência entre o ECM e o terminal negativo (-) da bateria.(Pino 21)PASSO 4: Verifique o ECM PASSO 4A: 0,10 a 0,25 V Verifique a tensão do sinal entre o ECM e o terminal negativo (-) da bateria. (Pino 28 do ECM) PASSO 4B: 4,75 a 5,25 V Meça a tensão de alimentação do ECM.(Entre pinos10 e 21 do ECM)PASSO 5: Apague os códigos de falha. PASSO 5A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 102/04 inativo - continue ativo - retorne ao passo1PASSO 5B: Apague os códigos de falha Todos os códigos de falha inativos. apagados eMOTORES ISB D-53
  54. 54. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-54 MOTORES ISB
  55. 55. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 105/00CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de temperatura do ar Perda de potência e/ou queda 155 do coletor de admissão na rotação e possível parada indica que a temperatura do do motor se o recurso de ar excedeu o limite de proteção do motor estiver proteção do motor. habilitado.Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão é usado pelo ECMpara monitorar a temperatura do ar de admissão do motor a qual é usada peloECM para o controle do sistema de proteção do motor, dispositivos auxiliares departida em climas frios e sincronização e alimentação de combustível.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:– Certifique-se de que a temperatura do compartimento do motor não atinja um valor muito alto (acima de 93,3 °C)– Elemento do filtro de ar obstruído, sujo ou de capacidade inadequada.– Restrição na admissão. eMOTORES ISB D-55
  56. 56. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão105/00RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique a precisão do sensorPASSO 1A: Verifique a precisão do sensor A leitura do sensor está comparando com um termopar correta ou dispositivo equivalente.PASSO 2: Apague os códigos de falha. PASSO 2A: Desabilite o código de falha. Código de falha 105/00 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 2B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eD-56 MOTORES ISB
  57. 57. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 105/03CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada alta tensão no É usado o valor padrão da 153 pino do sinal de temperatura temperatura do coletor de do coletor de admissão. admissão. Não há proteção do motor para a temperatura do coletor de admissão.Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão é usado pelo ECMpara monitorar a temperatura do ar de admissão do motor. O sinal da tempera-tura do ar de admissão é utilizado pelo ECM para controle do sistema de prote-ção do motor, auxílio de partida à frio e sincronização e alimentação de com-bustível.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:Se o sensor estiver funcionando corretamente, suas leituras corresponderãoaos valores mostrados na tabela abaixo. Temperatura o C Resistência Ω 0 5k a 7k 25 1700 a 2500 50 700 a 1000 75 300 a 450 100 150 a 220 eMOTORES ISB D-57
  58. 58. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão105/03RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de pressão/temp. do coletor de admissão PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/temperatu- ra do coletor e chicote motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 50 a 10 kΩ de pressão/temperatura do (Consulte dicas para oficina) coletor.PASSO 3: Verifique o chicote motor PASSO 3A: Inspecione os pinos do chicote Não há pinos danificados do ECM e do motor. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há circuito aberto. Menos de 10 Ω (Pino 21 e 29) PASSO 3D: Verifique se há curto com a Mais de 100 kΩ massa.(Pino 21 e 29) PASSO 3E: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino.(Pino 21 e 29) eD-58 MOTORES ISB
  59. 59. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 105/03 PASSO 3F: Verifique se há resposta apropria- Código de Falha 105/03 da do ECM. inativo e 105/04 ativo - continue Código de Falha 105/04 inativo e 105/03 ativo retorne ao passo1PASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 105/03 inativo D PASSO 4B: Apague os códigos de falha inativos. Todos os códigos apagados eMOTORES ISB D-59
  60. 60. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-60 MOTORES ISB
  61. 61. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 105/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada baixa tensão no É usado o valor padrão da 154 pino de sinal de temperatura temperatura do coletor de do coletor de admissão. admissão. Não há proteção do motor para a temperatura do coletor de admissão.Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão é usado pelo ECMpara monitorar a temperatura do ar de admissão do motor. O sinal da tempera-tura do ar de admissão é utilizado pelo ECM para controle do sistema de prote-ção do motor, auxílio de partida à frio e sincronização e alimentação de com-bustível.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:Se o sensor estiver funcionando corretamente, suas leituras corresponderãoaos valores mostrados na tabela abaixo. Temperatura o C Resistência Ω 0 5k a 7k 25 1700 a 2500 50 700 a 1000 75 300 a 450 100 150 a 220 eMOTORES ISB D-61
  62. 62. Códigos de Falhas Circuito do sensor de pressão do coletor de admissão105/04RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de pressão/temp. do coletor de admissão PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores Não há pinos danificados do sensor de pressão/temperatu- ra do coletor e chicote motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 50 a 10 kΩ de pressão/temperatura do (Consulte dicas para oficina) coletor.PASSO 3: Verifique o chicote motor PASSO 3A: Inspecione os pinos do chicote Não há pinos danificados do ECM e do motor. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há circuito aberto. Menos de 10 Ω (Pino 21 e 29) PASSO 3D: Verifique se há curto com a Mais de 100 kΩ massa.(Pino 21 e 29) PASSO 3E: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino.(Pino 21 e 29) eD-62 MOTORES ISB
  63. 63. Códigos de FalhasCircuito do sensor de pressão do coletor de admissão 105/04 PASSO 3F: Verifique se há resposta apropria- Código de Falha 105/04 da do ECM. inativo e 105/03 ativo - continue Código de Falha 105/03 inativo e 105/04 ativo retorne ao passo1PASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 105/04 inativo D PASSO 4B: Apague os códigos de falha inativos. Todos os códigos apagados eMOTORES ISB D-63
  64. 64. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-64 MOTORES ISB
  65. 65. Códigos de FalhasCircuito sensor de temperatura do coletor de admissão 105/16CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de temperatura do Despotenciamento e/ou queda 488 coletor de admissão indica na rotação e possível parada que a temperatura do ar do do motor. coletor excedeu o limite especificado.Circuito do sensor de temperatura do coletor de admissão DDescrição do Circuito:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão é usado pelo ECMpara monitorar a temperatura do ar de admissão do motor a qual é usada peloECM para o controle do sistema de proteção do motor, dispositivos auxiliares departida em climas frios e sincronização e alimentação de combustível.Localização do Componente:O sensor de pressão/temperatura do coletor de admissão está localizado nocoletor do ar de admissão.Dicas para a Oficina:– Certifique-se de que a temperatura do compartimento do motor não atinja um valor muito alto (acima de 93,3 °C)– Elemento do filtro de ar obstruído, sujo ou de capacidade inadequada.– Restrição na admissão. eMOTORES ISB D-65
  66. 66. Códigos de Falhas Circuito sensor de temperatura do coletor de admissão105/16RESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique a precisão do sensorPASSO 1A: Verifique a precisão do sensor A leitura do sensor está com um termopar ou dispositivo correta equivalente.PASSO 2: Apague os códigos de falha. PASSO 2A: Desabilite o código de falha. Código de falha 105/16 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 2B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eD-66 MOTORES ISB
  67. 67. Códigos de FalhasCircuito sensor de pressão do ar ambiente 108/03CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sensor de pressão do ar Possível emissão de fumaça 221 ambiente (interno ao ECM) preta. O sistema de proteção apresentou uma falha. do motor pode ser afetado. O despotenciamento de altitude não funcionará.Circuito do sensor de pressão do ar ambiente DDescrição do Circuito:O sensor de pressão do ar ambiente monitora a pressão atmosférica e transmi-te as informações ao ECM através do chicote do motor.Localização do Componente:O sensor de pressão do ar ambiente encontra-se no interior do ECM.Dicas para a Oficina:Verifique se a pressão do ar ambiente monitorada pelo sensor do ECM corres-ponde a realidade. eMOTORES ISB D-67
  68. 68. Códigos de Falhas108/03 Circuito sensor de temperatura do coletor de admissãoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há múltiplos códigos de falha. PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Outro código de falha ativoPASSO 2: Verifique o valor da pressão do ar ambiente PASSO 2A: Compare o valor da pressão do Diferença menor que 1 pol-Hg ar ambiente.PASSO 3: Apague os códigos de falha PASSO 3A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 108/03 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 3B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eD-68 MOTORES ISB
  69. 69. Códigos de FalhasCircuito do sensortemperatura do líquido do arrefecimento 110/00CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO O sinal de temperatura do Perda de potência e possível 146/151 líquido de arrefecimento parada do motor. indica que a temperatura excedeu o limite mínimo de proteção do motor.Circuito do sensor temperatura do líquido do arrefecimento DDescrição do Circuito:O sensor de temperatura do líquido de arrefecimento é usado pelo ECM paramonitorar a temperatura do líquido de arrefecimento que é utilizada pelo ECMpara o sistema de proteção do motor e controles de sincronização e alimenta-ção de combustível.Localização do Componente:O sensor de temperatura do líquido de arrefecimento está localizado próximo acarcaça da válvula termostática.Dicas para a Oficina:Certifique-se de que o fluxo de ar através do radiador não esteja obstruído eque o termostato do motor esteja funcionando corretamente. eMOTORES ISB D-69
  70. 70. Códigos de Falhas Circuito do sensor110/00 temperatura do líquido do arrefecimentoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique a precisão do sensor. PASSO 1A: Verifique a precisão do sensor A leitura do sensor está com um termopar ou dispositivo correta equivalente.PASSO 2: Apague os códigos de falha PASSO 2A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 110/00 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 2B: Apague os códigos de falha Todos os códigos apagados inativos. eD-70 MOTORES ISB
  71. 71. Códigos de FalhasCircuito do sensortemperatura do líquido do arrefecimento 110/03CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada alta tensão no É usado o valor padrão da 144 pino 36 de sinal de tempe- temperatura do líquido de ratura do líquido de arrefecimento. Não há proteção arrefecimento. do motor para a temperatura do líquido de arrefecimento.Circuito do sensor temperatura do líquido do arrefecimento DDescrição do Circuito:O sensor de temperatura do líquido de arrefecimento é usado pelo ECM paramonitorar a temperatura do líquido de arrefecimento que é utilizada pelo ECMpara os controles de sincronização e alimentação de combustível.Localização do Componente:O sensor de temperatura do líquido de arrefecimento está localizado próximo acarcaça da válvula termostática.Dicas para a Oficina:Se o sensor estiver funcionando corretamente, suas leituras corresponderãoaos valores mostrados na tabela abaixo. Temperatura o C Resistência Ω 0 5k a 7k 25 1700 a 2500 50 700 a 1000 75 300 a 450 100 150 a 220 eMOTORES ISB D-71
  72. 72. Códigos de Falhas Circuito do sensor110/03 temperatura do líquido do arrefecimentoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de temperatura do arrefecimento PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores do Não há pinos danificados sensor de pressão/temperatura do coletor e chicote motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo50 a PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 10 kΩ de pressão/temperatura do (Consulte dicas para oficina) coletor.PASSO 3: Verifique o chicote motor PASSO 3A: Inspecione os pinos do chicote do Não há pinos danificados ECM e do motor. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há circuito aberto. Menos de 10 Ω (PinoS 18 e 36) PASSO 3D: Verifique se há curto com a Mais de 100 Ω massa. (PinoS 18 e 36) PASSO 3E: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino. (PinoS 18 e 36) eD-72 MOTORES ISB
  73. 73. Códigos de FalhasCircuito do sensortemperatura do líquido do arrefecimento 110/03 PASSO 3F: Verifique se há resposta apropria- Código de Falha 110/03 da do ECM. inativo e 110/04 ativoPASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 110/03 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 4B: Apague os códigos de falha inativos. Todos os códigos apagados D eMOTORES ISB D-73
  74. 74. Códigos de Falhas Página deixada intencionalmente em branco eD-74 MOTORES ISB
  75. 75. Códigos de FalhasCircuito do sensortemperatura do líquido do arrefecimento 110/04CÓDIGO CAUSA EFEITOPISCADO Detectada baixa tensão no É usado o valor padrão da 145 pino 36 de sinal de tempera- temperatura do líquido de tura do líquido de arrefecimento. arrefecimento.Circuito do sensor temperatura do líquido do arrefecimento DDescrição do Circuito:O sensor de temperatura do líquido de arrefecimento é usado pelo ECM paramonitorar a temperatura do líquido de arrefecimento que é utilizada pelo ECMpara os controles de sincronização e alimentação de combustível.Localização do Componente:O sensor de temperatura do líquido de arrefecimento está localizado próximo acarcaça da válvula termostática.Dicas para a Oficina:Se o sensor estiver funcionando corretamente, suas leituras corresponderãoaos valores mostrados na tabela abaixo. Temperatura o C Resistência Ω 0 5k a 7k 25 1700 a 2500 50 700 a 1000 75 300 a 450 100 150 a 220 eMOTORES ISB D-75
  76. 76. Códigos de Falhas Circuito do sensor110/04 temperatura do líquido do arrefecimentoRESUMO DOS DIAGNÓSTICOS DE FALHAS Para evitar danos a um novo ECM, verifique todos os códigos de falha ativos antes de substituir o ECM. Para evitar danos aos pinos e ao chicote, use as pontas próprias para o teste quando fizer uma medição:PASSOS RESULTADOPASSO 1: Verifique se há multiplos codigos de falha PASSO 1A: Leia os códigos de falha. Códigos de falha 620/03, 620/04, 1079/03, 1079/04, 1080/03 ou 1080/04 inativos ou não presentesPASSO 2: Verifique o sensor de temperatura do arrefecimento PASSO 2A: Inspecione os pinos conectores do Não há pinos danificados sensor de pressão/temperatura do coletor e chicote motor. PASSO 2B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo50 a PASSO 2C: Verifique a resistência do sensor 10 kΩ de pressão/temperatura do (Consulte dicas para oficina) coletor.PASSO 3: Verifique o chicote motor PASSO 3A: Inspecione os pinos do chicote do Não há pinos danificados ECM e do motor. PASSO 3B: Leia os códigos de falha. Siga com o diagnóstico se o código continuar ativo PASSO 3C: Verifique se há circuito aberto. Menos de 10 Ω (PinoS 18 e 36) PASSO 3D: Verifique se há curto com a Mais de 100 Ω massa. (PinoS 18 e 36) PASSO 3E: Verifique se há um curto-circuito Mais de 100 kΩ de pino a pino. (PinoS 18 e 36) eD-76 MOTORES ISB
  77. 77. Códigos de FalhasCircuito do sensortemperatura do líquido do arrefecimento 110/04 PASSO 3F: Verifique se há resposta apropria- Código de Falha 110/04 da do ECM. inativo e 110/03 ativoPASSO 4: Apague os códigos de falha. PASSO 4A: Desabilite o código de falha. Código de Falha 110/04 inativo - continue ativo - retorne ao passo1 PASSO 4B: Apague os códigos de falha inativos. Todos os códigos apagados D eMOTORES ISB D-77

×