Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Brainstorm

62 views

Published on

Brainstorm

Published in: Engineering
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Brainstorm

  1. 1. A fome irá aumentar, se o álcool substituir a gasolina? Se o álcool substituísse toda a gasolina, mesmo assim não faltaria alimento no mundo, pois a terra é composta por 14.9 bilhões de hectares de terras emersas, porém apenas 20% deste total – cerca de 3 bilhõesde hectares –podem ser cultivadas.O que sobra é ocupado por geleiras, cordilheiras, desertos, etc. Hoje no entanto, apenas metade da área cultivável, ou seja, 1.5 bilhões de hectares é cultivável. Portanto, o problema não é a falta de terras, porque há muito terra para plantar. O problema da fome é a má distribuição de renda, ou seja, por causa das desigualdades sociais, a distribuiçãodosalimentosnãoacontece de forma igualitária e a matéria prima para obtenção daquele, como o milho e a cana, iria ganhar grande importância comercial fazendo com que o preços destes produtos elevassem de tal forma que a população mais pobre não teria mais condição de adquiri-los. Dessa forma, a fome seria inevitável em países de terceiro mundo, não por falta de comida, mas sim pela má distribuição dela. E para que isto não ocorra, é necessário que haja uma conciliação entre os superiores dos países de primeiro mundo para que estes se responsabilizassem para viabilizar uma melhordistribuição, de forma que as nações menos favorecidas não saiam prejudicadas com toda essa mudança tanto por meio da doação desses gêneros alimentícios que subiriam de preço como na implantação de transgênicos que pudessem suprir essa demanda alimentícia. No entanto ainda resta 1.5 bilhões de hectares para ser cultivado, só que incluso neste 1.5 bilhões, fazemparte outrosecossistemas como floresta, cerrado, pântano, etc. E se porventura estes venham a ser substituídos por lavoura de cana, milho, o meio ambiente sofreria algumas conseqüências, como: Extinção A extinçãoseriaconseqüênciade umaagriculturadesenfreadaparao plantioda matéria prima do milho e da cana de açúcar, entãodepoisque umecossistema é danificado, provavelmente não pode mais ser recuperado, ocasionando assim o desaparecimento total de comunidades de plantas e de animais. Desertificação Com a diminuiçãodasflorestasparaoavanço da agriculturaas chuvasdiminuiriam, pois são as florestas as responsáveis pelas chuvas. Com a menor quantidade de chuvas o solo passa a secar e conseqüentemente mais vulnerável a erosão, tornando - se, assim, impróprio para o plantio. Efeito inverso Outro grande problemaé que se o álcool substituiragasolina,estariarelacionadodiretamente aoefeito estufa,poishaveriauma relaçãocontraditória,jáque umgrande regularizador da temperatura na Terra são as florestastropicais,e nocasocom o aumentodo plantio da cana, acarretaria numa diminuição de áreas tropicaisfazendocomque aoinvésdoconsumodo álcool diminuiro efeito,sóaumentasse devido á necessidade de ampliar as área de plantio.
  2. 2. Temas abordados Desperdíciode águaao efetuarumadescarga sanitária. Destinofinal doóleousadonacozinha Pilhase baterias,onde descartar Obtençãode energiasolarpara moverelevadores Diminuirousode sacolasplásticas Encontrar uma maneirapara que osóculosnão embacemnachuva Realizarumaleituraà noite noônibussematrapalharopassageiroao lado

×