Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

O menino que aprendeu a ver - Ruth Rocha

17,806 views

Published on

Literatura infantil

Published in: Education
  • Be the first to comment

O menino que aprendeu a ver - Ruth Rocha

  1. 1. ., __ M í_ L. QUINTETO EDÍTOINAL
  2. 2. ILUSTRAÇÕES DE ELISABETH TEIXEIRA “à l: 0 L E Ç Ã U q-"Nrm EDITORIAL
  3. 3. O MENINO QUE APRENDEU A VER
  4. 4. Joõo vivia espantado. .. Que mundo mais engraçado! Quanta coisa que hà no mundo: Hó coisas que a gente entende. .. E coisas que a gente não entende! x ~ _. _. ; J . , r_ Í 7-_ e r, . E _ _ , _ _ __ l . - Í u _I L* r. . . f ' a. Jr. r-v ' r - ›. e _ _á _ _, r-/ ›-;4 _ _J â» _ _ . .um _ga-r e e e' w _ “' A. .. k 9°' d. . __ _ g' ' e » , .z -, ~ _ 'Z _' at' r_ /4 ”' 1 . _/ " -_ _ " A I' _, - ~__'- ~ w - . J “ v -*-, ~ 'e t, _y ' __ _ _ V_ _ z ' ' 4". * ~ r . t. s r _ v Ç 1 H * , . , e . x. _ , . __, _ - , ~ ' r_ ' , - _gr T ; Tea , . , _. 21:73 v7 4, __ -'-~4__ í-í-ey/ - à s, u* 'F à : É A E¡ U 1 à " ~+-. .- "d-IL '.
  5. 5. Na frente das loias, por exemplo, em cima dos prédios, nos cartazes. .. Algumas figuras João entendia: Flores, cigarros, meninas. .. -4
  6. 6. Mas havia outros sinais que Joãozinho não sabia. O que seriam? i -r A -*_ í d_ V. , _ . l ' 1 '-4 _ 4 , - *- - . ill
  7. 7. Em cada rua, na esquina, _ _ z N uma placa pequenina. í*= =›*-* *W* 3 ~ *- João quis saber: › Í - O que é aquela placa, mãe? Todas as esquinas têm. - E o nome da rua, filho. João olhava, olhava e via uma porção de desenhos que para ele eram assim: › . _, /'z. :.›_ x " j , mu) J. _ . .. É - -' v É 4' f' *R f" '. c” i v 4 , ; __ ” k #à ñ é
  8. 8. X “X Um dia, a mãe do João disse a - pra ele: - Meu filho, você precisa ir pro colégio, aprender a ler, aprender todas as coisas. .. - Que coisas, mãe? - As letras, João, os números. Você vive perguntando coisas. L - "1 '*-s. ; dx', - ~ x l ' . - l / z' ; ink : ks o ; fl ' . r" ' " , “ , _ í 7 _ À - 'A . .'- í-J_ , _ ~~› e ~ n_ _ / g __ y A *a -__,2E: ._- _ _ V _ 7°: ' n . i “J Ç : ;.'“"“. .
  9. 9. No dia seguinte, cedo, Joõo foi para o colégio. -Eu olho o que em 955m0 “O P100* RK) Bm"? - Quando chegaram na esquina, a mõe do João falou: __ . - Temos de tomar o ônibus. Será que vai demorar? i 7 ' , - Mas que ônibus, mamãe, nós vamos ter que tomar? s , - O que vai pra sua escola. _; r_: .i _ 1*¡ - E como é que você sabe o que vai pra minha escola? -s _ _ , fr. ' . 354 _ _ü A _ É . x ›« «4 a ex ““~ J = '~ - *c* , --~ *ex r Jg _ __ A( V_ _jífc ^ f) »r Y _v , Nx 4 › v L_ í 4 Í _ r-«X _É e s. . i 7 7 . , “/ x Ã'*; Ê _ , 7:' f d"? l 'e' *Êx . ;_ . m. f _- _' L" a , _ vu * te* c *a c 7'. “'( “ ” "É r _ _f_ « u ã m ' . , , c; :e f* e o r rn (H. fa_ _ ~ V x_ V _ - l_: >-__' ' r* . “ ' f; . . ' - 1_l 4 X _ - a a" da a: lu * ll
  10. 10. Quando o ônibus chegou, Joãozinho reclamou: - Eu não estou vendo Rio Bonito nenhum-. . O que Joãozinho via, na frente do ônibus, era uma placa com uns desenhos assim: . É_ _í- í- m_ç É '- *í* É __'_“"°" V í - 5 ' "' . › l ' . _ 471a l l'. N ' l : :Ig l ¡ É 1.4. ; v rey-í. ? g '* wa , _ . . . q f . ...73 : l *A 51,. .. jet ' o . _
  11. 11. A mãe do Joãozinho sorriu e os dois subiram no ônibus. *á- 'ií À _ 7 f ~ ~ A e A z a “r ; --x x z › j, à 7 V: , _ 777;» --L T Jqk_ . b K_ , _ __ , :l Í ' - *E471 . _zv_J ' ~ - -~- 'í L 7 l axu, .-- 5: - x _n_ , x -:7.« x ~. - '› * _ *x s _à r , _ . i 'n l -. w l : ___ * i ›. l “xl ' _ . ' 'l ¡ _. .. _-. _ 7 «wa *N 7 í É 4 7 7;_ ; x ~74_ : V 1 A* V c _ , ._ , _. __ . ___› _ _ __ _ A _ 1 . _ _› k gx_ 7 _"
  12. 12. A professora era uma moça alta, de óculos redondos. Ela mostrava ãs crianças uns cartazes coloridos, assim: 1-. _ -, u. .. q N . ~. , › . ^ . x; . .. r' v ” 1 › -. :~_ ' __ l . gí, __. x_ . . , l - . z «ó '" 'L ~ . › . ~ ' C1. - - -_- - - w' l 1 'í' _ , 3.2:. . '“ '“ m ”" "X $- _ - . _.. .-_. ... .. a. .., › L _ _ __ L
  13. 13. E ela dizia: A - AVE. E as crianças repetiam: A - AVE. E a professora escrevia no quadro-negro: , - 5,_ _ f_ _ _ _*«. ;_: _J ¡ l à'. 'v - 7. ' , à - . '¡~ _qb A air; _ O . f-gf' V* _ “Lx l o f_ ___
  14. 14. Quando João saiu da escola, que surpresa! Na rua, nas placas, nos cartazes, estava pintado o desenho da professora: : i3 ' . :s '- _, .%. › c « g . _ . x 4?: ' A 14-, ' 7 ta. _ e* V “ _g 1 w. z c' Í' V g* ' - _ _ . , 1 f , . ~ . x , i , _. L _ g x31 n 5:5» . fi' ”' . ' r xxx, r . O 'll _ I A é . Ú _L - f- . f _- f , ,¡ _ o. as( . Õ* ; sz ; ,rz H” " _ f' 11/5" _L
  15. 15. Em todos os lugares para onde Joãozinho olhava, logo, logo ele encontrava: › l r . _ 4/ z 'nç k: .A x. i . 7 _lí e -rr e ~A Í _ r'- _, _ A _ , J - _ z _ -_ __Á-_ : ,/74 '
  16. 16. Joãozinho não compreendia. No meio dos outros desenhos, que João não conhecia, era isso que ele via: . ~>; _"i. '/~ ' * _ ; a Lx »í -. - a_. --- 'f ' s-, A A 4 / › , lt ' -c/ e »x : É , e-rô t ' . _ gauxkvxy' r - l N _, ~ e g 2, q , l r' “x46 - . « t? P» q , r --E a x '_ y" ; g f; ' . f _ri J Í -_ -. ' r/ 4 ' w . X ' _ , _. , j 'sf i Ls". .- - ~ - - . f- J / V' = e V" . l . * f _/ *. , a¡ . J , ij t-*N/ Àêãxf-og . í i À-" 'ú- ' É ' . ~ . w › ' . i ' : Z ; na / N l' V. p H f tai_ l v _iu . . _é _ví_ - _, '_ , Ç . l - Í** x' L / J l . .eva-were- ” i r--L i _ a À-L” ÍÍ_T: ; __ 12.27.1322!
  17. 17. João puxou a saia da mãe: - Olha, mamãe, quantos AAA nas paredes. .. A mãe do Joãozinho achou graça. -K . p. - z . ..e ; -z. .. _ --z a z z. .z . z. z. . .z . az . . z . uz. _É z_ z_ z. . _. . z _É _ z z - › _ . .x x ___ . ..Jun c: . . .. x , . . z . í z . ..x . J . .. z xr_ f . K. .. . _x . .. .. ... .., .zl - . l ll: z. .. x . ..zum z na c. . ,z ã . . z . Ç F J z. _. . _. .z _ . z_ zz . . cx. .. . z z. , . .. .e . .. z . z z J, z. .., iix. . l . | - . . z. . l . n c . z. . e z x z z z. . L. . z . . . _ . ..___ z. z. . , . z . .z _ . . . a: i l Ill. _. .. z s x 'Í -, s:
  18. 18. Em casa, no ¡ornol que os pais do Joãozinho liam, na caixa de sabão, na pasta de dentes, em tudo que João não podia compreender: - Será que enquanto eu tu¡ pra escola pintaram todos esses desenhos? João pegava, ele encontrava o tal desenho da professora: a e. .
  19. 19. No dia seguinte m o n e d e C . m. n o C a a. u o m xàs emoe . COTZ S O deêm . mes. .unem. »Ask eu do O . m s s O m u . m v O H 22
  20. 20. .. Jn›m. s.. PnF0ntI. ..tn indu! , u , __. .o. .,n. ..l, ›vt ln; . .a
  21. 21. A professora dizia: DDD As crianças repetiam: DDD
  22. 22. E a professora ensinava D de doce D de dado D de dedo E de dourado. .. As crianças repetiam, repetiam- . . zz _ : x . 7 f* 7 x 'G _ã *Z* _ 1.' N. nz x . .«: L_- , -1- _ f' 'C _, -" “ r z -_«' xa 'ax ' lt-, s-_zz _ z , ' _ ze é ~ j¡ -y r , ' _. . _' - › . x/ « - j_ -. › LJ _. , _ . _ , Q, _zz '. . , x ~. ,x __ i k; x 'a . x7 z " . _,-' › / r V. . *r ~- z; “ze- -ñ «w ár- “' -q z 'é _Z : :v _ Dí* , _Y ' _›' 'A &fa; .x2 . “ ” p' _ízbfií” zzz" , z/ , z _ _ l 5X 4 y ›- q l z . _ z _ r A
  23. 23. , no meio dos outros , o desenho da professora: à m . .l S S em . um z E e z d _z _z ____
  24. 24. í . - , ~ 5'? ll : fe: . .Íll . l y It' : ea: ll u. ,
  25. 25. Quando João chegou em casa - PGPGÍ, 0 que estã acontecend pra escola pintam nas placas, no paredes, as letras que estou apr O pa¡ do João explicou: foi logo falar com o pai; 0'? Cada vez que eu vou 5 "V705. nos pacotes nas endendo. - Ê que você estã aprendendo a ver, João. - Mas eu iã sei ver, papai, desde que eu era pequenininho. - Não, meu filho, você agora estã aprendendo a ver o que você estã aprendendo a ler. Entendeu? Joãozinho coçou a cabeça: - Não entendi nada. ..
  26. 26. E o milagre continuava acontecendo. Cada letra que João aparecendo em tudo que era lugar. o ía logo ia aprendend
  27. 27. João saía da escola e se punha a procurar. E assim João viu surgir nas placas e nos pacotes, nos ônibus e nos postes, tudo que ele aprendia. g . /” I _ u p _ 7 ›7_. _z; D_: _'_/ :“ z-n- . ' f É i i l z- ' 'l “ z Ç › _ í 4- N _i_ z ~T~ r V "' . z '-' V “. 2 ' À _É F x . .í - _ __ . ... * - . r - . . 7 , , l 2-4": -› - _ . L ~ z. :__í-- v f* '47 " x _ a* _ e: z : z , _ Á_ s. 7- V, '*' Í* - z r' x* cx" z t_ f', N_ a ? à A f ' g; (z ~- L* . ..a 'g 'zír z z z ; zz v _ À í - J. ; .
  28. 28. Até que chegou um dia em que João olhou a placa da rua onde ele morava. u Ela estava: “ez sçL z . ..i T. . Reunindo aquelas letras, formou-se o nome que João ió conhecia: Rua do Sol. E, de repente, João compreendeu: - Gente, eu iã sei ter!
  29. 29. Ruth Rocha: Eu sou paulista. Nas minhas origens, baianos, mineiros, cariocas Com muitos portugueses bem la ; iara _ trás e algum sangue bugre ou negro - quem salue? -. * ~ , Ç que se traduz na minha cor de cuia quando ixpanlwn sol Gosto muito de sol, de praia e de mar. De musica , e de livros. De cantar, dançar e rir. _ 's- . .___ Gosto muito do gente. Principalmente de crianca. ' Crianca-criança. Que da nsado tora de hora, que se impacienta quando gente grande fala dentais o que grita . que o rei está nu. uu n-w ¡ l ¡ Elisabeth Teixeira I t Ê ilustradom forttiadu pela Escoiu de l t Belas Artes da UFRJ Mics de ilustrar livros para crianças_ «teu . aulas de fotografia e trabalhou em ivuialictriarto. Desde i992 cria projetos graficos e ; Íustraç óes para livros ¡ infantis, também desentm para revistas e | iornais. Em 97, lave: alguns de seus desenhos expostos en: :duas mostras ' internacionais de ilusiracíto para crianças. z z z _J Atualmente mora no Rio de Janeiro
  30. 30. oouoommu l 33530 502027 s. .. m N H. .. .G , llllll ? nn : à. ..) NcltF . ..unir 4 s Í. n _. mala. , o . ..Z P. .. Em n mim MA a Vu o . . c . u. . . A mas. . c @mz Oo o. . In . CET 3o no um . .. K J . u . 1 ou rñsro EDllORtAL

×