Reflexão sobre pr np4428

691 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
691
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Reflexão sobre pr np4428

  1. 1. Instituto Superior de Entre Douro e VougaEngenharia de Produção Industrial│2008/2009 Gestão da Qualidade e Ambiental Trabalho realizado por: Sérgio Paulo Lopes da Rocha, Nº 2104
  2. 2. Gestão da Qualidade e Ambiental Reflexão sobre: prNP 4428 de 2003 O objectivo desta Norma é proporcionar às Organizações a oportunidade de aumentara satisfação dos clientes, reduzir custos, ajudar a determinar quais as melhores técnicasde classificação de custos e de monitorização da satisfação de clientes. Nos dias actuais, as Organizações modernas recorrem à satisfação dos seus clientescomo forma de vencer a concorrência e permanecerem activas no mercado, procurando aperfeição na qualidade dos seus produtos. A satisfação do cliente tem uma grande importância para a Organização, pois umcliente satisfeito traz consigo novos clientes, facto este que deve mobilizar a Organizaçãoa utilizar todos os instrumentos possíveis para manter os clientes fiéis, obtendo assim,lucros e um maior número de clientes satisfeitos. A determinação da satisfação de clientes é uma ferramenta de informaçãoadministrativa que tem por objectivo obter o feedback do cliente em relação aodesempenho da Organização. Clientes satisfeitos são a base de uma empresa bem sucedida. A Qualidade ideal, no meu ponto de vista, é aquela que atende às expectativas dosclientes ao menor custo. É um conceito bastante diferente de qualidade a custo mínimoou qualidade máxima ao custo que for necessário. Como existem milhões de produtos e uma oferta cada vez mais global leva-nos apressupor que, para poder competir, as organizações precisam vender um produto ouserviço de qualidade, ou então não conseguem obter quota de mercado e sem esta asorganizações não sobrevivem. Se as organizações conseguirem aumentar a qualidade, aumentam a produtividade econsequentemente a competitividade, ou seja a capacidade de um produto se destacardos da concorrência quer seja pelo preço quer pelas características específicas desseproduto, conseguirá assim satisfazer a procura do cliente através de uma relaçãoqualidade/preço que permitirá agradar o cliente mas também obter não só resultadosempresariais que se irão traduzir numa empresa apta a satisfazer as necessidades dosclientes, ou seja, a manter-se competitiva. Em conclusão, esta norma vem fornecer uma diversidade de conceitos e metodologiasàs organizações, para que estas possam classificar os seus custos e monitorizar asatisfação dos seu clientes. Sérgio Rocha - 2104 ISVOUGA Página 2 de 2

×