Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Nutricao e infeccao interfaces e relacao 2018

Nutrição e Infecção
Interfaces e Relações

  • Login to see the comments

Nutricao e infeccao interfaces e relacao 2018

  1. 1. Nutrição e Infecção Interfaces e Relações Alexandre Naime Barbosa MD, PhD Professor Doutor - Infectologia Disciplina de Patologia da Nutrição Instituto de Biociências - UNESP Nov/2018 - Botucatu - SP - Brasil
  2. 2. Declaração de Conteúdo e de Uso da Apresentação O material que se segue faz parte do projeto didático do Prof. Dr. Alexandre Naime Barbosa Objetivos 1. Ensino: Treinamento de Estudantes e Profissionais da Área de Saúde; 2. Extensão: Facilitar o Contato da População em Geral com Conceitos Científicos; 3. Científico: Fomentar a Discussão Científica e Compartilhar Material Didático. Autoria e Cessão 1. Conteúdo: Os dados contidos estão referenciados, em respeito ao autor original; 2. Uso: Está permitido o uso do material, desde que citada a fonte; 3. Contato: fale com o autor e conheça o seu projeto didático em:
  3. 3. Nutrição e Infecção DESEQUILÍBRIO NUTRICIONAL DOENÇAS INFECCIOSAS/ PARASITÁRIAS 1. DESNUTRIÇÃO 2. OBESIDADE 1. FISIOPATOLOGIA DIPs 2. TRATAMENTO DIPs SISTEMAS: IMUNOLÓGICO GASTROINTESTINAL ENDOCRINOLÓGICO 3. DÉFICTS ESPECÍFICOS
  4. 4. Nutrição e Infecção
  5. 5. Nutrição e Infecção
  6. 6. Nutrição e Infecção
  7. 7. Nutrição e Infecção
  8. 8. Nutrição e Infecção
  9. 9. Nutrição e Infecção
  10. 10. Nutrição e Infecção
  11. 11. Nutrição e Infecção
  12. 12. Nutrição e Infecção
  13. 13. Nutrição e Infecção
  14. 14. HIV/Aids: Cenário Mundial Unaids - Aids Epidemic Update, 2018 1981-2017: > 75 milhões de casos 1981-2017: ± 40 milhões de mortes 2017: 36,9 milhões de PVHA 2017: 1,8 milhões de casos novos 2017: 940.000 mortes 2017: 21,1 milhões de PVHA em TARV
  15. 15. HIV/Aids: Cenário Nacional Boletim Epidemiológico HIV/Aids, 2017 1981-2016: ? milhões de casos 1981-2016: ? milhões de mortes 2016: 830.000 PVHA (0,4% prev.) 2016: 38.000 casos novos 2016: 12.000 mortes 2016: 517.000 de PVHA em TARV
  16. 16. HIV/Aids: Dados de Botucatu (SP) Boletim Epidemiológico HIV/Aids, 2017
  17. 17. HIV/Aids: ↑ da Incidência entre Jovens no Brasil Boletim Epidemiológico HIV/Aids, 2017
  18. 18. HIV/Aids: Virologia  RNA: 2 moléculas  Capsídeo Protéico (p17, p24)  Envelope (gp41, gp120)  Enzimas: TR, PT, IT, RNAse  Células Alvo: Receptores CD4 (LT)  Co-receptores: CCR5, CXCR4
  19. 19. HIV/Aids: Infecção Inicial < 72h, chance de impedir a formação de pró-vírus, ARVs impedem a perpetuação da infecção Infecção crônica pelo HIV, ARVs controlam replicação, mas não esterilizam as células
  20. 20. TARV HIV: Arsenal Terapêutico Classe Drogas Chemokine receptor antagonists (CCR5 antagonists) Maraviroc Entry inhibitors (CD4- directed post- attachement inhibitors) Ibalizumab Fusion inhibitors (FIs) Enfuvertide Nucleoside reverse transcriptase inhibitors (NRTIs) Abacavir, Emtricitabine, Lamivudine, Tenofovir Disoproxil Fumarate, Tenofovir Alafenamida, Zidovudine Non-nucleoside reverse transcriptase inhibitors (NNRTIs) Efavirenz, Etravirine, Nevirapine, Rlpivirine Integrase inhibitors (INSTIs) Dolutegravir, Raltegravir, Bictegravir, Elvitegravir Protease inhibitors (PIs) Atazanavir, Darunavir, Ritonavir, Tipranavir 7 Classes > 20 Drogas
  21. 21. HIV/Aids: Imunologia Linfócito T CD4
  22. 22. HIV/Aids: História Natural
  23. 23. HIV/Aids: Tipos de Evolução
  24. 24. HIV/Aids: Importância da CV Indetectável  HAART: CV indetectável  Supressão em virgens ou não  Grande redução da mortalidade  Taxas próximas do normal Objetivo da TARV Tempo Carga Viral 4 - 6 semanas ↓ 1 log 4 meses ↓ 2 log 6 meses Indetectável À longo prazo Indetectável
  25. 25. TARV HIV: Quando Iniciar e Quando Postergar TARV HIV: CV Indetectável (virgens ou não)  CV Indetectável = ↓ Mortalidade: ↑ Expectativa Vida  CV Indetectável = ↓ Morbidades: ↓ Custo a Longo Prazo  CV Indetectável = Intransmissível: ↓ Número Casos Novos  CV Indetectável = ↓ Inflamação Crônica HIV: ↓ Morbidade e Mortalidade  CV Indetectável = ↓ Reservatório Pró-Viral: ↑ Chance de “Cura” no futuro  Outros...
  26. 26. TARV HIV: Quando Iniciar e Quando Postergar TARV HIV: CV Indetectável (virgens ou não)  CV Indetectável = ↓ Mortalidade: ↑ Expectativa Vida  CV Indetectável = ↓ Morbidades: ↓ Custo a Longo Prazo  CV Indetectável = Intransmissível: ↓ Número Casos Novos  CV Indetectável = ↓ Inflamação Crônica HIV: ↓ Morbidade e Mortalidade  CV Indetectável = ↓ Reservatório Pró-Viral: ↑ Chance de “Cura” no futuro  Outros...
  27. 27. HIV/Aids: Indetectável = Intransmissível
  28. 28. Nutrição e Infecção x
  29. 29. Nutrição e Infecção
  30. 30. Nutrição e Infecção
  31. 31. Nutrição e Infecção
  32. 32. Nutrição e Infecção
  33. 33. Nutrição e Infecção
  34. 34. Nutrição e Infecção
  35. 35. Nutrição e Infecção
  36. 36. Obrigado pela Atenção! SAE de Infectologia HC UNESP Botucatu Faculdade de Medicina UNESP

×