Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Normas para nomes e ordenanas

2,016 views

Published on

  • Be the first to comment

Normas para nomes e ordenanas

  1. 1. Apêndice FNormas para a Preparação deNomes de AntepassadosFalecidos para as Ordenanças doTemploAs normas podem ajudar a orientar seu trabalho de história da família. Ao preparar nomespara as ordenanças do templo, pode-lhe ser útil compreender quais são as ordenanças pelasquais é responsável, quais as ordenanças que pode realizar, quais as ordenanças que nãodeve realizar e o que fazer em circunstâncias incomuns.Como Faço para Preparar as Ordenanças para os Vivos? Nenhuma ordenança própria é liberada no site do novo FamilySearch. Para realizar ordenanças para pessoas vivas, fale com seu bispo.Como Faço para Selar Pessoas Vivas a Cônjuges, Pais ou Filhos Falecidos? Pessoas vivas podem ser seladas a cônjuges, pais e filhos falecidos. No caso de selamentos a pessoas falecidas (que faleceram há pelo menos um ano), as pessoas vivas devem certificar-se de que todas as ordenanças necessárias para os mortos (batismo, confirmação, iniciatória e investidura) sejam feitas antes do selamento. Selamento de um Cônjuge Falecido a um Cônjuge Vivo Para você ser selado a um cônjuge falecido, procure seu bispo. Depois, leve os itens a seguir ao templo: • Sua recomendação para o templo e a Recomendação para Ordenanças Próprias. • Uma Solicitação de Ordenança Familiar para o cônjuge falecido se alguma ordenança precisar ser realizada antes do selamento. (Procure seu consultor de história da família.) • Um registro de grupo familiar que mostre os membros vivos e falecidos da família a serem selados. (Isso não é exigido, mas é útil para os funcionários do templo.) Observação: Uma mulher que esteja viva não pode ser selada a mais de um homem. Selamento de Um(a) Filho(a) Falecido(a) a Você e a Seu Cônjuge Para selar um filho falecido a pais vivos, procure seu bispo. Depois, leve os itens a seguir ao templo:Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 255
  2. 2. • Sua recomendação para o templo. • Uma Solicitação de Ordenança Familiar para o(a) filho(a) falecido(a) com todas as ordenanças que ainda precisam ser feitas pelo(a) filho(a) antes que o selamento possa ser realizado. (Procure seu consultor de história da família.) • Um registro de grupo familiar que mostre os membros vivos e falecidos da família a serem selados. (Isso não é exigido, mas é útil para os funcionários do templo.) Selamento a Pais Falecidos Para ser selado a pais falecidos, você precisa ser batizado e ter recebido a investidura se tiver 21 anos ou mais. Depois, leve os itens a seguir ao templo: • Sua recomendação para o templo. • Uma Solicitação de Ordenança Familiar com todas as ordenanças ainda necessárias para os pais falecidos antes que o selamento possa ser realizado. (Procure seu consultor de história da família.) • Um registro de grupo familiar que mostre os membros vivos e falecidos da família a serem selados. (Isso não é exigido, mas é útil para os funcionários do templo.)Para Quem Devo Fazer as Ordenanças do Templo? Os membros da Igreja têm a responsabilidade de providenciar as ordenanças do templo para os membros de sua família imediata e antepassados diretos (pais, avós, bisavós, etc., e suas respectivas famílias). • As ordenanças podem ser realizadas sem se considerar a dignidade, capacidade mental ou a causa da morte. • Para realizar ordenanças para uma pessoa nascida nos últimos 95 anos, obtenha permissão do parente mais próximo e respeite a vontade dele. Os parentes vivos mais próximos são, nesta ordem: - O cônjuge (não divorciado). (Cônjuge com quem a pessoa estava casada quando morreu.) - Um filho adulto. - O pai ou a mãe. - Um irmão ou uma irmã.Quais Ordenanças Não Devo Realizar? Os membros da Igreja não devem enviar ao templo nomes de pessoas que não pertencem a sua família (exceto o nome de amigos íntimos). Isso inclui: • Pessoas famosas. • Pessoas cujos nomes foram obtidos em projetos de extração não autorizados. • Judeus vítimas do Holocausto. Os membros não podem fazer as ordenanças para essas pessoas, exceto nas seguintes condições: - Que seja membro da família imediata da pessoa falecida (definido como pai ou mãe, cônjuge, filho ou filha) ou - que tenha permissão de todos os membros vivos da família imediata, ou256 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  3. 3. - que elas tenham permissão do parente vivo mais próximo, se não houver membros vivos da família imediata. Nomes pré-1500. Devido à grande quantidade já existente de repetições, os membros somente podem enviar nomes de pessoas que viveram antes de 1500 d.C. após entrar em contato com o Suporte do FamilySearch. Para saber como fazer contato, acesse https://contact.family search.org Observação: Não realize ordenanças para pessoas da Bíblia, personalidades históricas ou para pessoas de linhagem europeia real ou nobre nascidas antes de 1500 d.C., seja qual for seu parentesco com elas. Essas ordenanças já foram realizadas ou não são necessárias. Em sua mensagem, inclua as informações a seguir: • Seu nome completo e sua data de nascimento. • Número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador Pessoal da pessoa em questão. • Seu parentesco com essas pessoas. • Uma explicação do motivo pelo qual você acha que essas ordenanças nunca foram feitas. • Documentação a respeito da pessoa. Observação: Não é mais necessário contatar o suporte para fazer ordenanças para pessoas nascidas antes de 1500 d.C. na China, na Coreia, no Japão, em Taiwan, em Cingapura ou na Malásia.Posso Realizar Ordenanças por Pessoas Que Não São de Minha FamíliaImediata ou de Minha Linhagem Familiar Direta? Os membros da Igreja podem providenciar as ordenanças do templo pelos seguintes membros da família que tenham falecido há pelo menos um ano. É preciso obter permissão para realizar ordenanças para qualquer pessoa que tenha nascido há menos de 95 anos. • Linhagens familiares biológicas, adotivas ou de criação relativas a sua família. • Linhagens familiares colaterais (tios, tias, primos e seus familiares). • Descendentes. • Descendentes de antepassados de linhagem direta e seus familiares. • Possíveis antepassados. Essas são pessoas que têm provável parentesco, não verificável devido à inadequação dos registros. Podem incluir pessoas que tinham o mesmo sobrenome e moraram nas mesmas pequenas áreas geográficas de antepassados conhecidos. • Amigos próximos. Essa é uma exceção à regra de que os membros só devem enviar o nome de pessoas da própria família e dos antepassados. Antes de realizar ordenanças para um amigo, o membro deve obter permissão do parente vivo mais próximo dessa pessoa.Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 257
  4. 4. Como Faço as Ordenanças para Membros Falecidos de Minha FamíliaImediata? A fim de realizar ordenanças para membros de sua família imediata (pais, irmãos, cônjuge ou filhos) que faleceram há pelo menos um ano, você pode levar ao templo uma Solicitação de Ordenança Familiar que indique os membros da família que precisam de ordenanças.Quais São as Ordenanças Necessárias para Bebês Natimortos e FilhosQue Morrem Quando Crianças? Algumas ordenanças não são necessárias para filhos que faleceram antes dos 8 anos, que nasceram sob convênio ou natimortos. • Filhos que morreram antes dos 8 anos de idade precisam somente ser selados aos pais (caso não tenham nascido sob convênio). Não é necessário realizar o batismo nem a investidura. • Filhos nascidos sob convênio não precisam ser selados aos pais. Os filhos são nascidos sob convênio quando nascem depois de sua mãe ter sido selada ao marido no templo, não importando quem seja o pai, e mesmo que o selamento seja cancelado mais tarde. Observação: Se a mãe ou o homem a quem ela é selada for excomungado(a) antes de o filho nascer, o filho não nasce sob convênio. • Crianças natimortas (que morreram antes de nascer) não precisam das ordenanças do templo. Importante: Em alguns países, crianças que morreram logo depois do nascimento foram listadas nos registros como natimortas. Os países que podem ter listado nascimentos vivos como natimortos são: Áustria, Bélgica, Checoslováquia, os estados germânicos (Baden, Bavária, Alemanha, Hesse-Darmstadt, Prússia, Saxônia, Turíngia Württemberg), Dinamarca, Finlândia, França, Hungria, Islândia, Itália, Liechtenstein, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Polônia, Suécia e Suíça. Os filhos denominados natimortos nos registros desses países podem ser selados a seus pais.[NO TRANSLATION] O site do novo FamilySearch usa as informações do registro de uma pessoa para determinar se as ordenanças são necessárias. Use essas diretrizes para ajudar o site a fazer essa determinação de modo preciso: Situação O Que Você Deve Fazer O Que Faz o Site do Novo FamilySearch Uma criança fale- Digite as informações do nasci- O site calcula o período de ceu antes de mento e do falecimento da criança tempo entre o nascimento e o completar 8 anos. nos campos apropriados. falecimento. Depois, indica que as ordenanças não são Observação: Se souber que uma necessárias. criança morreu antes dos 8 anos mas não sabe a data exata de Se, mais tarde, você descobrir falecimento, digite uma data esti- que a criança faleceu depois dos mada. Sem a data de falecimento, 8 anos, corrija a data de nasci- o sistema presume que a criança mento ou de falecimento. O site precisa das ordenanças. permitirá então que as orde- nanças sejam realizadas.258 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  5. 5. Situação O Que Você Deve Fazer O Que Faz o Site do Novo FamilySearch Uma criança Não faça nada. O site usa os registros de nasceu sob membro da Igreja para determi- convênio. nar se a criança nasceu sob convênio. Uma criancinha Escolha a opção Natimorto no O site avalia as informações nasceu morta. campo da data de Nascimento e no sobre o local. Se a criança campo da data de Falecimento. nasceu em um país onde crianças registradas como nati- mortas podem na realidade ter falecido algum tempo depois de nascer, o site permite que a ordenança de selamento aos pais seja realizada se a criança nasceu viva. Se a criança não nasceu em um desses países, o site mostra as ordenanças como “Não necessárias”.Quando É Necessário Obter Autorização Antes deRealizar Ordenanças para Pessoas Falecidas? Às vezes é necessário pedir autorização antes de se realizar ordenanças para o falecido. Dependendo das circunstâncias, pode ser necessário obter autorização do parente mais próximo do falecido ou da Primeira Presidência.Preciso da Permissão de um Parente para Realizar as Ordenanças?(Regra dos 95 Anos) Talvez os parentes não queiram que as ordenanças sejam realizadas ou queiram eles mesmos realizá-las. Os parentes vivos mais próximos são, nesta ordem: • O cônjuge não divorciado. (Cônjuge com quem a pessoa estava casada quando morreu.) • Filho adulto. • O pai ou a mãe. • Um irmão ou uma irmã. Uma aprovação verbal é aceitável. Os membros da família devem trabalhar juntos para determinar quando as ordenanças serão realizadas e quem as realizará.É Necessária a Aprovação da Primeira Presidência Antes de Fazer asOrdenanças para Algumas Pessoas? A aprovação da Primeira Presidência é obrigatória antes de as ordenanças do templo serem realizadas por pessoas falecidas em algumas circunstâncias.Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 259
  6. 6. • Membros que estavam excomungados na época do falecimento ou cujo nome foi removido dos registros da Igreja. • Membros que defenderam ou praticaram casamento plural depois da época do Manifesto de 1890. • Casais cujo selamento tenha sido cancelado. • Selamento de filhos a pais diferentes de seus pais biológicos ou adotivos se o(a) filho(a), a mãe, ou o pai ainda forem vivos. Nessas situações, o descendente ou parente próximo pode solicitar uma apreciação para que as ordenanças sejam realizadas, escrevendo para: Office of the First Presidency 47 East South Temple Street, Room 103 Salt Lake City, Utah 84150-1200 USAQuando É Necessário Conversar com o Bispo Antes de RealizarOrdenanças para os Falecidos? Procure o bispo para obter informações antes de realizar algumas ordenanças. • Selar uma pessoa viva a um cônjuge falecido. • Ordenanças para membros excomungados ou que pediram a remoção de seu nome dos registros da Igreja. Você precisa ser parente direto dessas pessoas.Quando Posso Fazer as Ordenanças do Templo porAlguém Que Faleceu? Os membros da Igreja podem realizar ordenanças para pessoas falecidas há pelo menos um ano, não importando a dignidade, a capacidade mental ou a causa da morte.Quando Posso Fazer as Ordenanças por um Membro da Igreja Falecidoe Digno? Não é exigido o período de espera para membros falecidos dignos que teriam ido ao templo, mas não o fizeram por motivos alheios a sua vontade. Procure seu bispo e peça-lhe uma carta que confirme a dignidade da pessoa. • Os membros dignos que faleceram no ano seguinte ao do batismo e da confirmação podem receber as ordenanças um ano depois da data de confirmação. Procure seu bispo e peça-lhe uma carta que confirme a dignidade da pessoa. • Os membros dignos que faleceram no ano seguinte ao do casamento civil podem ser selados um ano depois da data do casamento civil. Procure seu bispo.Quando Posso Fazer as Ordenanças por Alguém de Quem Não Se Conhecea Data de Falecimento? Pessoas que nasceram, no mínimo, há 110 anos ou que se casaram, no mínimo, há 95 anos são presumidamente falecidas e as ordenanças podem ser feitas.260 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  7. 7. Quando Posso Fazer as Ordenanças por Alguém Que Desapareceu ePresume-se Estar Falecido? Você pode fazer as ordenanças após dez anos a contar da data do provável falecimento. Procure seu bispo. As pessoas presumidamente falecidas incluem: • Pessoas que desapareceram em combate, em alto-mar ou que foram declaradas legalmente falecidas. • Pessoas que desapareceram, as quais se presume estar mortas, embora não se tenha achado o corpo.Quando Posso Fazer as Ordenanças por Alguém Que Desapareceu, masNão Se Presume Estar Falecido? As ordenanças podem ser feitas por pessoas desaparecidas que não se presumem estar falecidas 110 anos após o nascimento. Procure seu bispo.Quais Informações São Necessárias para Realizar asOrdenanças? Poucas informações sobre os falecidos são exigidas para que as ordenanças do templo possam ser feitas em favor deles. Assim que o site do novo FamilySearch adquire informações suficientes para identificar a pessoa com exclusividade, ele libera as ordenanças necessárias. Para as ordenanças individuais, você precisa possuir as seguintes informações: Nome De preferência, o nome completo. Nomes parciais são aceitos, se essa for a única informação que você puder encontrar. Use o nome de solteira para as mulheres. Sexo Somente duas opções: masculino ou feminino. Informações sobre o Presume-se que pessoas que nasceram no mínimo há 110 falecimento anos ou que se casaram no mínimo há 95 anos, são falecidas. Presume-se que pessoas cujos filhos nasceram no mínimo há 110 anos, são falecidas. Se o sistema não puder presumir que a pessoa é falecida, é necessário incluir uma data ou um local de falecimento. O país de nascimento, É exigido um local padrão para o nascimento, batizado, batizado, casamento, casamento, falecimento ou sepultamento. O nome falecimento ou padronizado do local deve conter pelo menos o nome sepultamento do país. Informações suficientes Isso pode incluir as seguintes informações: para o site do novo • Datas e locais de eventos como nascimento, batizado, FamilySearch identificar casamento, falecimento e sepultamento. a pessoa com • Nomes e parentesco de familiares, como pais, irmãos, exclusividade cônjuge, filhos e avós.Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 261
  8. 8. Para realizar o selamento aos pais, você também precisa saber: Pelo menos o nome do pai Você deve informar pelo menos o nome ou o sobrenome dele. Informe também o nome da mãe, se souber. Embora seja possível realizar ordenanças com o mínimo de informações, a pesquisa cuidadosa de informações precisas e completas antes da realização da ordenança ajudará a evitar repetições. No final, isso ajudará a realizar mais trabalho por seus antepassados.Pode-se Realizar Ordenanças por Alguém Cujo Sexo Não É Conhecido? Se o sexo é desconhecido, você não pode realizar as ordenanças. Pesquise o máximo que puder para identificar o sexo.Preciso Saber as Datas Exatas para Fazer as Ordenanças por uma Pessoa? A pesquisa cuidadosa de datas exatas ajuda a evitar repetições. O que se segue pode aplicar-se ao registro de datas de eventos: • É melhor digitar só as datas que você sabe estarem corretas e deixar o restante em branco. • Para realizar ordenanças, você precisa fornecer informações sobre o falecimento (data ou local da morte) de todas as pessoas nascidas nos últimos 110 anos ou casadas nos últimos 95 anos. • Caso não consiga encontrar a data exata, você pode registrar uma data aproximada ou calculada com base nas melhores informações de que dispuser. Use Antes de, Depois de, ou Aproximadamente em nas datas, como se segue: - Datas aproximadas. Se souber aproximadamente quando um antepassado faleceu, use Antes de, Depois de ou Aproximadamente em, ao informar o ano. Por exemplo, se esse antepassado faleceu durante a Primeira Grande Guerra, você pode informar a data como Aproximadamente em 1916. Ou, se o registro mais recente que possuir mostrar que a pessoa estava viva em 1843, você pode informar a data aproximada de falecimento como Depois de 1843. - Datas calculadas. Você pode calcular datas de nascimento a partir de informações conhecidas. Por exemplo, se um censo de 1860 indicar a existência de um filho com 2 anos de idade, você pode calcular o ano de nascimento dessa criança como Aproximadamente em 1858. • Se tiver acesso ao site do novo FamilySearch, você poderá mais tarde corrigir as datas quando descobrir quais são. - Mesmo que as ordenanças já tenham sido realizadas, você pode acrescentar ou corrigir datas de eventos nos registros genealógicos da pessoa. As ordenanças continuarão válidas. - Datas precisas de eventos ajudam a reduzir a repetição de ordenanças e fornecem informações fundamentais para se descobrir mais antepassados.E Se Eu Jamais Encontrar o Nome de uma Pessoa ou Se uma CriançaNunca Recebeu um Nome? Às vezes, é preciso fazer ordenanças por alguém cujo nome é desconhecido ou por um natimorto que nunca recebeu um nome.262 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  9. 9. No novo FamilySearch, quando você desconhece o nome de uma pessoa, deve clicar no quadro Não sei o nome, situado logo abaixo do campo Nome. Isso lhe permite lançar outras informações sobre a pessoa sem digitar um nome. Se escolher essa opção, não poderá realizar as ordenanças do templo pela pessoa. Se você não achar o nome de uma pessoa, mas ainda quiser realizar as ordenanças do templo, digite as seguintes informações no campo do Nome: • Se não souber o nome da mãe, digite Sra. no campo nome e o sobrenome do marido ou o nome da família no campo sobrenome. Porém, se o nome de solteira da mulher for conhecido, digite o nome de solteira no campo sobrenome. Não digite o prenome. Não digite Srta. Ela será identificada exclusivamente pelo parentesco. • Para uma pessoa com nome desconhecido ou um filho que morreu sem receber nome, digite apenas o sobrenome do pai ou o nome da família no campo sobrenome. Não digite o prenome. Não digite Sr., Srta., filho ou filha. Certifique-se de informar o sexo corretamente. O templo acrescentará Sr., Srta., filho ou filha adequadamente quando processar os cartões.Em Que Ordem Devem-se Realizar as Ordenanças? Realize as ordenanças do templo na sequência correta. Faça as ordenanças individuais antes dos selamentos. O site do novo FamilySearch não libera ordenanças se as ordenanças pré-requeridas não tiverem sido liberadas ou realizadas. A sequência correta de ordenanças é a seguinte: • Batismo. • Confirmação. • Ordenanças iniciatórias. • Investidura. • Selamento de marido e mulher e selamento de filhos aos pais (se possível). Sempre que possível, os pais devem ser selados um ao outro antes de os filhos serem selados a eles.Quando Selamos Filhos aos Pais, Quais São as Diretrizes? Os filhos falecidos são normalmente selados a seus pais naturais (biológicos), mas podem ser selados a pais adotivos, padrastos ou pais de criação, a guardiões, a pais divorciados (desde que o selamento dos pais não tenha sido cancelado) ou aos avós, se algum desses pais não biológicos ajudou a criar os filhos. A aprovação da Primeira Presidência é exigida para o selamento de filhos a pais diferentes de seus pais biológicos ou adotivos se o(a) filho(a), a mãe, ou o pai ainda forem vivos.Filhos Adotados São Selados a Quem? O(a) filho(a) adotivo(a) falecido(a) é normalmente selado(a) a seus pais adotivos. A aprovação da Primeira Presidência é exigida para o selamento de filhos a pais diferentes de seus pais biológicos ou adotivos se o(a) filho(a), a mãe, ou o pai ainda forem vivos.Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 263
  10. 10. Filhos de Criação São Selados a Quem? O(a) filho(a) de criação falecido(a) é normalmente selado(a) a seus pais naturais. A aprovação da Primeira Presidência é exigida para o selamento de filhos a pais diferentes de seus pais biológicos ou adotivos se o(a) filho(a), a mãe, ou o pai ainda forem vivos.Se o Pai Não É o Homem a Quem a Mãe Foi Selada, o Filho Nasce sobConvênio? Os filhos são nascidos sob convênio quando nascem depois de sua mãe ter sido selada ao marido no templo, não importando quem seja o pai, e mesmo que o selamento seja cancelado mais tarde. Filhos nascidos sob convênio já são selados aos pais e não precisam ser selados novamente. Se a mãe ou o homem a quem ela é selada for excomungado(a) antes de o filho nascer, o filho não nasce sob convênio.Quando Selamos Cônjuges, Quais São as Diretrizes? Os cônjuges podem ser selados após um ano do falecimento do último deles.O Homem Pode Ser Selado a Mais de uma Esposa? O homem pode ter seladas a ele todas as mulheres falecidas com quem tenha sido legalmente casado em vida.Uma Mulher Pode Ser Selada a Mais de um Marido? Uma mulher que esteja viva não pode ser selada a mais de um homem. A mulher falecida pode ser selada a todos os homens com quem ela tiver sido casada legalmente em vida. Contudo, se ela tiver sido selada a um marido em vida, todos os outros maridos precisam estar falecidos antes que ela possa ser selada a um marido a quem ela não se tenha selado em vida.O Casal Divorciado Pode Ser Selado? Casais falecidos que se divorciaram podem ser selados. Essa alternativa pode ser a única forma de seus filhos serem selados. Entretanto, se eles foram selados em vida e o selamento foi cancelado, exige-se a aprovação da Primeira Presidência para que sejam selados novamente.264 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  11. 11. Posso Selar o Casal Que Nunca Se Casou ou Cuja Data de Casamento NãoFoi Encontrada? Pode-se realizar o selamento matrimonial dos casais falecidos que viviam maritalmente ou tinham filhos, mesmo que não exista qualquer documentação de seu casamento. Após o selamento do casal, pode-se realizar o selamento dos filhos a seus pais. Quando você registrar as informações de um casal, não insira a data do casamento ou local. Se você quiser indicar que o casal nunca se casou, insira a informação em uma anotação.Preciso Realizar as Ordenanças Individuais do Casal Antes de Selá-los? Antes de realizar o selamento de uma pessoa a um cônjuge, faça as ordenanças de batismo, confirmação, iniciatória e investidura em favor dessa pessoa.Quando as Ordenanças Precisam Ser RealizadasNovamente? Os registros de ordenanças são registros sagrados do trabalho realizado no templo. As ordenanças precisam ser refeitas e outro registro preparado apenas em algumas situações. • A pessoa foi selada ao cônjuge ou aos pais incorretos. • As ordenanças foram realizadas para o sexo incorreto. • As ordenanças foram realizadas vicariamente por engano enquanto a pessoa ainda estava viva. • As ordenanças vicárias foram realizadas antes de completar um ano da morte da pessoa. Informe esses problemas ao Suporte do FamilySearch no endereço https://contact.famil ysearch.org. Em sua solicitação, forneça as seguintes informações: • Seu nome completo e sua data de nascimento. • Número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador Pessoal da pessoa em questão. • Uma descrição do problema. • A documentação que prova suas correções. Por exemplo, você pode enviar cópias escaneadas de certidões de nascimento e casamento ou atestado de óbito, registros de censos, registros eclesiásticos, etc. Se for possível fornecer cópias escaneadas de sua documentação, anexe os arquivos ao e-mail. Você também pode enviar cópias em papel pelo correio para o seguinte endereço: Departamento de História da Família Data Quality (JSMB 6 W) 15 East South Temple Street Salt Lake City, UT 84150-1000 - USASite do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 265
  12. 12. Observação: Se você enviar as cópias por correio, inclua o número do seu caso para que saibamos a qual solicitação os documentos pertencem.Pequenos Erros nos Nomes ou nas Informações sobre Eventos Tornamuma Ordenança Inválida? Pequenos erros de informação não afetam a validade das ordenanças. As ordenanças por pessoas falecidas se tornam válidas quando essas pessoas, por quem foram feitas, estão qualificadas e as aceitam (ver D&C 138:19, 32-34). Em última instância, a validade de todas as ordenanças é decidida além do véu. Podemos apenas fazer o melhor possível para dar aos nossos antepassados a oportunidade de receber as ordenanças. Você pode corrigir as informações sobre as pessoas no site do novo FamilySearch, mas não precisa fazer novamente as ordenanças. Por exemplo, as ordenanças ainda serão válidas e os selamentos ainda estarão em vigor, mesmo que a data de nascimento da pessoa esteja errada, que o nome tenha sido grafado incorretamente ou que o local do falecimento esteja errado. O registro genealógico da pessoa pode ser atualizado com as informações corretas.Quando uma Ordenança Foi Realizada Mais de uma Vez, Qual Delas ÉVálida? Caso encontre registros repetidos de ordenanças, o registro mais antigo é o que vale.As Ordenanças Realizadas Fora da Ordem São Válidas? As ordenanças vicárias realizadas fora de ordem são válidas, mas só se tornam eficazes depois que forem realizadas as ordenanças pré-requeridas.E Se Eu Encontrar Ordenanças Vicárias Que Foram Realizadas paraUma Pessoa Que Estava Viva? Ordenanças vicárias que são realizadas para uma pessoa que ainda está viva, são inválidas. Se encontrar o registro de uma ordenança vicária que foi realizada enquanto uma pessoa ainda estava viva, entre em contato com o Suporte do FamilySearch:https://contact.fam ilysearch.org. Em sua solicitação, esteja preparado para fornecer as seguintes informações: • Seu nome completo e sua data de nascimento. • Número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador Pessoal da pessoa em questão. • Uma descrição do problema. • A documentação que prova suas correções. Por exemplo, você pode enviar uma cópia escaneada de um atestado de óbito.266 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  13. 13. Se for possível fornecer cópias escaneadas de sua documentação, anexe os arquivos ao e-mail. Você também pode enviar cópias em papel pelo correio para o seguinte endereço: Departamento de História da Família Data Quality (JSMB 6 W) 15 East South Temple Street Salt Lake City, UT 84150-1000 - USA Observação: Se você enviar as cópias por correio, inclua o número do seu caso para que saibamos a qual solicitação os documentos pertencem. Depois que um administrador do sistema invalidar a ordenança, acontecerá uma das coisas a seguir: • Se as ordenanças vicárias também foram realizadas após o falecimento da pessoa, a informações da ordenança válida substituirão as ordenanças inválidas que são mostradas atualmente no registro da pessoa. • Se as ordenanças vicárias não foram realizadas após o falecimento da pessoa, a situação da ordenança mudará. Se o registro tiver informações suficientes, as ordenanças podem ser realizadas.Onde Se Encontra o Conjunto Mais Completo deInformações sobre as Ordenanças? O site do novo FamilySearch possui o registro mais completo e atual das ordenanças do templo. Caso as ordenanças tenham sido feitas mais de uma vez, o registro das ordenanças mais antigas será exibido se os registros repetidos tiverem sido unificados.Como Faço para Resolver Problemas Relacionados aosRegistros das Ordenanças? A maneira como se resolve um problema com os registros de ordenanças depende do problema. Se tiver alguma dúvida, acesse https://contact.familysearch.org para entrar em contato com o Suporte do FamilySearch. Em sua solicitação, forneça as seguintes informações: • Seu nome completo, sua data de nascimento e o número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador de cada pessoa envolvida na ordenança em questão. • Uma descrição do problema. • A documentação que prova suas correções. Por exemplo, você pode enviar cópias escaneadas de certidões de nascimento e casamento ou atestado de óbito, registros de censos, registros eclesiásticos, etc. Se for possível fornecer cópias escaneadas de sua documentação, anexe os arquivos ao e-mail. Você também pode enviar cópias em papel pelo correio para o seguinte endereço:Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 267
  14. 14. Departamento de História da Família Data Quality (JSMB 6 W) 15 East South Temple Street Salt Lake City, UT 84150-1000 - USA Observação: Se você enviar as cópias por correio, inclua o número do seu caso para que saibamos a qual solicitação os documentos pertencem.O Que Devo Fazer Quando as Ordenanças por uma Pessoa Foram FeitasMais de uma Vez? Quando as ordenanças por uma pessoa foram realizadas mais de uma vez, elas não precisam ser feitas novamente. No site do novo FamilySearch, unifique os registros repetidos da pessoa. O registro mais antigo das ordenanças aparecerá no registro unificado.O que Devo Fazer Se Descobrir que as Ordenanças por uma Pessoa ForamFeitas para o Sexo Incorreto? Depois de relatar o erro quanto ao sexo, crie um novo registro com o sexo adequado da pessoa e realize as ordenanças. Para informar o erro, acesse https://contact.familysearch.org. Forneça as seguintes informações junto com a solicitação: • Seu nome completo e sua data de nascimento. • Número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador Pessoal da pessoa em questão. • Uma descrição do problema. • Comprovação de qual deveria ser o sexo correto. Essa comprovação pode ser um documento como uma certidão de nascimento, de casamento, registro do censo, conhecimento pessoal ou conhecimento de um membro próximo da família que conheceu a pessoa. Outra prova pode ser o fato de o sistema conter outro registro que se percebe claramente ser da mesma pessoa, mas com o sexo correto. Se for possível fornecer cópias escaneadas de sua documentação, anexe os arquivos ao e-mail. Você também pode enviar cópias em papel pelo correio para o seguinte endereço: Departamento de História da Família Data Quality (JSMB 6 W) 15 East South Temple Street Salt Lake City, UT 84150-1000 - USA Observação: Se você enviar as cópias por correio, inclua o número do seu caso para que saibamos a qual solicitação os documentos pertencem.268 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)
  15. 15. E Se Eu Descobrir que uma Pessoa Foi Selada ao Cônjuge ou aos PaisIncorretos? Se uma pessoa foi selada ao cônjuge ou aos pais incorretos, a solução depende do tipo de selamento e de quando foi feito. Selamentos aos Pais Selamentos de filhos aos pais que foram realizados antes de 1º de julho de 1969 com o nome incorreto da mãe podem ser refeitos com o nome correto. Selamentos de filhos aos pais realizados a partir de 1º de julho de 1969 são válidos mesmo se o nome da mãe estiver errado. A palavra “mãe” usada na ordenança do templo tem precedência sobre qualquer nome fornecido. Selamentos ao Cônjuge Se uma pessoa foi selada ao cônjuge errado, realize o selamento correto. Informar Erros Você não precisa fazer nada a respeito de um selamento incorreto, a menos que você queira que o parentesco pais-filho ou o casamento seja excluído. Nesse caso, informe o erro ao Suporte do FamilySearch. Um administrador do sistema vai determinar se o parentesco pode ser excluído. Para informar a respeito de um selamento que mostra um parentesco incorreto, acesse https://contact.familysearch.org. Forneça as seguintes informações em sua mensagem: • Seu nome completo e sua data de nascimento. • Número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador Pessoal da pessoa em questão. • Uma descrição do problema. • A documentação que prova suas correções. Por exemplo, você pode enviar cópias escaneadas de cartões de ordenanças completos, certidões de nascimento, casamento ou atestado de óbito, registros de censos, registros eclesiásticos, etc. Se for possível fornecer cópias escaneadas de sua documentação, anexe os arquivos ao e-mail. Você também pode enviar cópias em papel pelo correio para o seguinte endereço: Departamento de História da Família Data Quality (JSMB 6 W) 15 East South Temple Street Salt Lake City, UT 84150-1000 - USA Observação: Se você enviar as cópias por correio, inclua o número do seu caso para que saibamos a qual solicitação os documentos pertencem.Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD) © 2007, 2011 IRI 269
  16. 16. E Se Eu Não Encontrar no Site do Novo FamilySearch uma OrdenançaQue Sei que Foi Realizada? Se você sabe que as ordenanças já foram feitas por uma pessoa, experimente unificar os registros repetidos. O sistema provavelmente tem outro registro da pessoa e as informações das ordenanças encontram-se nesse outro registro. Se ainda não conseguir encontrar as ordenanças realizadas, contate o Suporte do FamilySearch. Você pode mandar um e-mail para o Suporte do FamilySearch no endereço https://con tact.familysearch.org. Também pode clicar no link Enviem-nos Feedback na parte inferior da tela. Forneça as seguintes informações em sua mensagem: • Seu nome completo e sua data de nascimento. • Número de acesso do ajudante. (Como padrão, esse número é composto pelos últimos cinco dígitos de seu número de registro de membro. Se tiver mudado esse número, envie o novo número). • O nome e o Identificador Pessoal da pessoa em questão. • Uma descrição do problema. • As ordenanças que você sabe que foram realizadas, as datas e o templo em que foram feitas. • A documentação que prova suas correções. Por exemplo, você pode enviar cópias escaneadas de cartões de ordenança familiar ou cópias impressas de um registro oficial da ordenança. Se for possível fornecer cópias escaneadas de sua documentação, anexe os arquivos ao e-mail. Você também pode enviar cópias em papel pelo correio para o seguinte endereço: Departamento de História da Família Data Quality (JSMB 6 W) 15 East South Temple Street Salt Lake City, UT 84150-1000 - USA Observação: Se você enviar as cópias por correio, inclua o número do seu caso para que saibamos a qual solicitação os documentos pertencem.270 © 2007, 2011 IRI Site do Novo FamilySearch: Guia do Usuário (Versão SUD)

×