Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Roda de leitura<br />Professoras: <br />KállitaMarriely S. Cardoso<br />Eliane Motta<br />
Dizem que sou o futuro;Não me desampare no presente.Dizem que sou a paz;Não me preparem para a guerra.Dizem que sou a prom...
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 á 3 anos.<br />Celso Antunes <br />
As mágicas mudanças cerebrais do nascimento aos cinco meses.<br />   Durante muito tempo se pensou que um bebê, ao nascer,...
O método<br />Se entende-se por método a ‘’maneira de agir ,a forma de procedimento.<br />A promoção de estímulo cerebrais...
É essencial marca um espaço e momento específicos para esse trabalho<br />Escolher  um local adequado<br />A duração do en...
Segunda-feira: Linguagem e pensamento<br />Terça-feira: Área cognitiva<br />Quarta- feira: Área sensorial<br />Quinta-feir...
A Concretização desse método encontra  dois obstáculos iniciais como:<br />O pensamento comum entre os pais e da escola de...
Aceitar que  se vive um novo tempo.<br />A ação da família e da escola nos programas de estímulos não se deve se identific...
 Área cognitiva: É o ato de adquirir um conhecimento.<br />Um bom bate-papo com o bebê<br />Estimule a atenção do bebê(apa...
Faça aos poucos, do sentido do ouvir a descoberta do escutar.<br />Apresentar para  a criança  o doce ,amargo/quente e fri...
Passeios a lugares novos<br />Trabalhando sua raiva<br />Invente uma outra língua<br />Risos e lágrimas<br />    Controle ...
A língua dos bichos<br />Mamãe –neném<br />Área motora: Para que a criança possa caminhar sem problema é interessante que ...
Tenha muito cuidado com os excessos<br />Respeite sempre o nível de maturidade da criança<br />Reserve um tempo específico...
ÁREA COGNITIVA<br />Primeiras palavras<br />Cada brinquedo com um nome<br />Onde está o queixo,nariz,boca...<br />A import...
Um ,dois ,três... Muitos</li></li></ul><li>Exercitando o paladar<br />Exercitando a audição<br />Desenho animado na TV    ...
Hora de cada hora<br />Igual e diferente<br />Conceito ‘‘meu  e seu”<br />ÁREA SOCIAL<br /> Apresenta facilidade para faze...
Cantigas </li></li></ul><li>AGITADO OU HIPERATIVO<br />CONTROLE DE ESFÍNCTERES<br />OS NEURÔNIOS-ESPELHO E OS ESTÍMULOS PR...
Lembre-se de que existem ‘’ bons castigos”<br />Seja sempre um bom ‘’ouvinte’’<br />Não esqueça os neurônio-espelho<br /> ...
1. ÁREA COGNITIVA<br />   A área cognitiva da criança deve ser estimulada com alguns exercícios como:<br />Repetições<br /...
Odor e tato<br />Descobrindo ruídos<br />3.  ÁREA MOTORA<br />Para frente para trás<br />Rabisco<br />Folheando e rasgando...
5.ÁREA SOCIAL<br />Tolerância<br />Sinais de trânsitos<br />Separando a própria roupa<br />Desafio e problemas<br />      ...
7. CONTROLE DA ESFÍNCTERES<br />Xeretice<br />A privada<br />                      8. COMO ESCOLHER UMA BOA ESCOLA DE EDUC...
	AS MÁGICAS MUDANÇAS CEREBRAIS DE DOIS A TRÊS ANOS<br />   Nessa fase a criança desenvolvem marcante sinais de comportamen...
Segurança<br />Receptividade<br />Compreensão<br />Persistência<br />Diversidade<br />1.ÁREA COGNITIVA<br />A descoberta d...
2. ÁREA SENSORIAL<br />Música é vida<br />Aprendendo com o insetos<br />Aprendendo com as plantas<br />Jogos para estimula...
4.PERSONALIDADE E AUTOESTIMA<br />Calçando os próprios sapatos<br />Tentando coisas difíceis<br />Por favor, obrigado, des...
6.LINGUAGEM E PENSAMENTO<br />Educar e castigar<br />Jogos com mímicas<br />Aprimorando o paladar<br />Jogos de sequências...
Bibliografia<br />ANTUNES, Celso- Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 á 3 anos, editora Vozes<br />
Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)

18,012 views

Published on

Published in: Education

Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 (2)

  1. 1. Roda de leitura<br />Professoras: <br />KállitaMarriely S. Cardoso<br />Eliane Motta<br />
  2. 2. Dizem que sou o futuro;Não me desampare no presente.Dizem que sou a paz;Não me preparem para a guerra.Dizem que sou a promessa de Deus e do bem;Não me entreguem ao mal.Dizem que sou a luz de seus olhos;Não me deixem mergulhar na escuridão.De vocês não espero o pão apenas;Dêem-me a luz do entendimento....Não quero de vocês o carinho somente;Suplico que me eduquem...A vocês não lhes peço apenas brinquedos,peço-lhes boas palavras e bons exemplos...Não vejam em mim um enfeite na casa de vocês;sou alguém, pessoa humana à imagem de Deus.Ensinem-me a oração, o trabalho, a humildade,para que eu venha a ser bom, puro, forte e justo.Corrijam-me agora, ainda que eu sou sofra...Enquanto é tempo.. Amanhã poderá ser tarde...Ajudem-me hoje, eu lhes suplico:para que amanhã eu não os faça chorar.......Autora: Meimei Psicografada Chico Xavier <br />
  3. 3. Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 á 3 anos.<br />Celso Antunes <br />
  4. 4. As mágicas mudanças cerebrais do nascimento aos cinco meses.<br /> Durante muito tempo se pensou que um bebê, ao nascer, trazia o cérebro em branco e que aos poucos seria estes preenchido pelas informações e estímulos auferido. Inclusive Piaget pensava assim. Mas em 1990,este paradigma muda, porquê?<br />
  5. 5. O método<br />Se entende-se por método a ‘’maneira de agir ,a forma de procedimento.<br />A promoção de estímulo cerebrais não é difícil, mas requer persistência.<br />A modificabilidade cerebral, requer muito estímulo.<br />Praticar de três a quatro vezes por semana ,em um espaço de tempo diário entre dez e vinte minutos<br />
  6. 6. É essencial marca um espaço e momento específicos para esse trabalho<br />Escolher um local adequado<br />A duração do envolvimento da criança neste estímulos não deve exceder a 10 a 20 minutos diários.<br />As atividades podem ser realizada seis dias por semana, em uma mesma sessão ser estimulada duas áreas de estimulação, como por exemplos:<br />
  7. 7. Segunda-feira: Linguagem e pensamento<br />Terça-feira: Área cognitiva<br />Quarta- feira: Área sensorial<br />Quinta-feira: Área motora<br />Sexta-feira: Personalidade, autoestima<br />Sábado ou domingo: Área social<br />É importante que o mesmo mediador atue nesse espaço e tempo reservado.<br />Nenhuma criança é igual a outra.<br />
  8. 8. A Concretização desse método encontra dois obstáculos iniciais como:<br />O pensamento comum entre os pais e da escola de que o cérebro humano não é passível de ser estimulado através de um programa especifico.<br />E a resistência da criança diante de qualquer ação pedagógica racionalizada e submetida ao julgamento de um adulto. Não é difícil a superação desses obstáculo, desde que:<br />
  9. 9. Aceitar que se vive um novo tempo.<br />A ação da família e da escola nos programas de estímulos não se deve se identificar com a ideia de que ministramos aula.<br />Assim ,todo mediador que se assumir nessa função devem norteá-la pelos princípios:<br />Equilíbrio<br />Retração<br />Renúncia<br />
  10. 10. Área cognitiva: É o ato de adquirir um conhecimento.<br />Um bom bate-papo com o bebê<br />Estimule a atenção do bebê(apanhe objetos grandes e colorido)<br />Estimule a capacidade auditiva<br />Levar o bebê a descobrir o mundo<br />Elogio e entusiasmo, são ações que caminha juntas<br />Área sensorial: Se refere as órgãos dos sentidos como: Audição, visão, paladar e olfato.<br />A descoberta da fala e do som<br />A descoberta do olfato<br />
  11. 11. Faça aos poucos, do sentido do ouvir a descoberta do escutar.<br />Apresentar para a criança o doce ,amargo/quente e frio<br />Área motora: por que os bebês parecem preferir uma mesma posição para adormecer?<br />As caixas mágicas e fantasia<br />Caixa de cores<br />caixa de sons<br />Personalidade e autoestima: Um ambiente enriquecido estimula favoravelmente o cérebro de uma criança .<br />
  12. 12. Passeios a lugares novos<br />Trabalhando sua raiva<br />Invente uma outra língua<br />Risos e lágrimas<br /> Controle da esfíncteres<br />Como não ser um bom estimulador?<br /> PARTE II: DOS CINCO AOS NOVE MESES<br /> Área cognitiva<br />Descobrindo o polegar<br />Hummmm. Eu tenho um nome<br />
  13. 13. A língua dos bichos<br />Mamãe –neném<br />Área motora: Para que a criança possa caminhar sem problema é interessante que a criança desenvolva seu músculos e para isso alguns exercícios ajudam:<br />Upa-upa<br />Mãos apertadas<br />Aula de educação física<br />Gatinho<br />Personalidade e autoestima<br /><ul><li>Trocando as mão</li></li></ul><li>ÁREA SOCIAL<br />Fantoche<br />Música variada<br />Um horário fixo<br />Linguagem e pensamento: Espelho, descobrindo o sentido do não<br />Proteção e superproteção<br />Controle da esfíncteres<br />Como desenvolver um projeto de estimulação para crianças?<br />P<br />
  14. 14. Tenha muito cuidado com os excessos<br />Respeite sempre o nível de maturidade da criança<br />Reserve um tempo específico para as atividades<br />Torne a criança sua cúmplice em uma leitura fantástica do mundo.<br /> As mágica mudanças cerebrais dos dez meses a um ano e meio.<br />Quando nasce uma criança seu cérebro tem apenas 25% de seu peso adulto.<br />Nessa fase começa acentuar as diferenças entre os meninos e as meninas.<br />
  15. 15. ÁREA COGNITIVA<br />Primeiras palavras<br />Cada brinquedo com um nome<br />Onde está o queixo,nariz,boca...<br />A importância do aplauso<br />“Sim,não,gosto,não gosto”<br />Primeiro livros<br /> ÁREAS SENSORIAL<br /><ul><li>Caretas
  16. 16. Um ,dois ,três... Muitos</li></li></ul><li>Exercitando o paladar<br />Exercitando a audição<br />Desenho animado na TV <br /> Área motora<br />Arrastando cadeira<br />OS primeiros passos<br />Uso de talheres <br />Serviços de transporte<br /> Personalidade e autoestima<br />Afeto<br />Personalidade<br />
  17. 17. Hora de cada hora<br />Igual e diferente<br />Conceito ‘‘meu e seu”<br />ÁREA SOCIAL<br /> Apresenta facilidade para fazer gesto<br />Beijinho<br />Estado de humor<br />Aprendendo a contar<br />LINGUAGEM E PENSAMENTO<br /><ul><li>Nomeando objetos
  18. 18. Cantigas </li></li></ul><li>AGITADO OU HIPERATIVO<br />CONTROLE DE ESFÍNCTERES<br />OS NEURÔNIOS-ESPELHO E OS ESTÍMULOS PROCEDIMENTAIS.<br />O cérebro humano existir cerca de 200 bilhões de neurônio que recebe de mil a dez mil sinopse<br />Foi descoberto em 1994, na universidade de Parma ,na Itália.<br />Proporcione sempre um ambiente<br />
  19. 19. Lembre-se de que existem ‘’ bons castigos”<br />Seja sempre um bom ‘’ouvinte’’<br />Não esqueça os neurônio-espelho<br /> AS MÁGICAS MUDANÇAS CEREBRAIS DE UM ANO E MEIO Á DOIS ANOS.<br />Esta fase é também a fase do grande desafio de se começar a impor limite e, para alguns psicólogo existem quatro regras :<br />Diga não sempre que necessário<br />Seja coerente e não recue<br />Seja firme e exerça a autoridade<br />Não dê explicações em demasia <br />
  20. 20. 1. ÁREA COGNITIVA<br /> A área cognitiva da criança deve ser estimulada com alguns exercícios como:<br />Repetições<br />Inventando história<br />Ordenando (grande, médio e pequeno)<br />Explorando as diferença do mundo<br />2.ÁREA SENSORIAL<br />Ampliando as gesticulação<br />Áspero e macio<br />
  21. 21. Odor e tato<br />Descobrindo ruídos<br />3. ÁREA MOTORA<br />Para frente para trás<br />Rabisco<br />Folheando e rasgando<br />Percebendo distância<br />4.PERSONALIDADE E AUTOESTIMA<br />Brincando junto<br />A magia do ponto de interrogação<br />Desenhando<br />Ajudando junto<br />
  22. 22. 5.ÁREA SOCIAL<br />Tolerância<br />Sinais de trânsitos<br />Separando a própria roupa<br />Desafio e problemas<br /> 6. LINGUAGEM E PENSAMENTO<br />Um banho de natureza<br />Ensinando a criança a imitar<br />Uma coleção de imagens<br />A hora não é ‘’antes da hora’’<br />
  23. 23. 7. CONTROLE DA ESFÍNCTERES<br />Xeretice<br />A privada<br /> 8. COMO ESCOLHER UMA BOA ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL?<br />Agenda<br />Higiene e alimentação<br />Espaço físico<br />Auxiliares<br />Reuniões <br />
  24. 24. AS MÁGICAS MUDANÇAS CEREBRAIS DE DOIS A TRÊS ANOS<br /> Nessa fase a criança desenvolvem marcante sinais de comportamento e personalidade como :<br />Sentimento de esperança<br />Pensamento mágico<br />Autonomia<br />Autorregulação<br />Consciência cognitiva<br />CABE AOS PAIS: <br />Flexibilidade<br />
  25. 25. Segurança<br />Receptividade<br />Compreensão<br />Persistência<br />Diversidade<br />1.ÁREA COGNITIVA<br />A descoberta do lápis<br />Ontem , hoje, antes , depois<br />Leitura interativa <br />Fuja do monossílabos<br />
  26. 26. 2. ÁREA SENSORIAL<br />Música é vida<br />Aprendendo com o insetos<br />Aprendendo com as plantas<br />Jogos para estimular a atenção<br />3. ÁREA MOTORA<br />Controle das mãos<br />A motricidade fina e a plasticidade<br />Imitações de bicho<br />Ginástica<br />
  27. 27. 4.PERSONALIDADE E AUTOESTIMA<br />Calçando os próprios sapatos<br />Tentando coisas difíceis<br />Por favor, obrigado, desculpe<br />Uma plantinha inteiramente dela<br />5. ÁREA SOCIAL<br />A importância do partilhar<br />Ensine a criança a conviver com as perdas<br />
  28. 28. 6.LINGUAGEM E PENSAMENTO<br />Educar e castigar<br />Jogos com mímicas<br />Aprimorando o paladar<br />Jogos de sequências<br />7. CONTROLE DA ESFÍNCTERES<br />Habituar-se a ir ao banheiro<br />8.AJUDE O(A) CIENTISTA MIRIM<br />
  29. 29. Bibliografia<br />ANTUNES, Celso- Guia para estimulação do cérebro infantil de 0 á 3 anos, editora Vozes<br />

×