Sistema Nervoso (Final)

6,469 views

Published on

Published in: Education, Travel
1 Comment
6 Likes
Statistics
Notes
  • sheyla.oliveira@zipmail.com.br
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
6,469
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
165
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sistema Nervoso (Final)

  1. 1. Sistema nervoso e regulação nervosa Ana Mafalda Ramos – 154 Duarte Fialho – 823 Joana Silva – 1346 Sílvia Pimenta - 2564
  2. 2. <ul><li>ÍNDICE </li></ul><ul><li>Sistema nervoso </li></ul><ul><ul><li>Sistema nervoso central </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema nervoso periférico </li></ul></ul><ul><li>Hemisférios cerebrais </li></ul><ul><ul><li>Função Vicariante </li></ul></ul><ul><ul><li>Carácter embrionário do cérebro </li></ul></ul><ul><li>Lobos cerebrais e áreas pré-frontais </li></ul><ul><li>Neurónio e impulso nervoso </li></ul><ul><li>Sinapse </li></ul><ul><li>Doenças neurológicas </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Sistema nervoso </li></ul>
  4. 4. A grande parte das espécies mais avançadas possui um sistema nervoso dividido em duas partes: Sistema Nervoso Central, SNC : composto pelo encéfalo e pela medula espinal. Sistema Nervoso Periférico, SNP : caracterizado por nervos que se estendem a todo o corpo, os quais são os primeiros a sentir o estímulo e deste modo os primeiros a transmiti-los até ao cérebro.
  5. 5. Sistema Nervoso Central As mensagens são transmitidas dos receptores ao cérebro e do cérebro aos músculos e às glândulas. A ruptura dos feixes nervosos implica um défice motor e sensorial que abrange as zonas do corpo abaixo da lesão. A lesão é irreversível. Função condutora <ul><li>Espinal medula </li></ul>Centro coordenador de actividades reflexas; o reflexo envolve em geral dois neurónios: o neurónio sensorial e o neurónio motor. Função coordenadora
  6. 6. <ul><li>Cérebro - Constituído por cerca de um bilião de células das quais 100 mil milhões são neurónios interligados em rede. Trata simultaneamente um número incalculável de informação. O cérebro contribui de forma decisiva para o comportamento humano. </li></ul><ul><li>Cerebelo - é constituído por dois hemisférios que desempenham um papel importante na coordenação dos movimentos e na manutenção do equilíbrio. </li></ul><ul><li>Bolbo raquidiano - é um prolongamento da espinal medula. Tem um papel importante na recepção de informações que provêm da cabeça. Controla funções vitais como o ritmo cardíaco, a respiração e a pressão arterial. </li></ul><ul><li>Encéfalo (zonas principais): </li></ul>Sistema Nervoso Central
  7. 7. Localização de estruturas do encéfalo
  8. 8. <ul><li>Hemisférios cerebrais </li></ul>
  9. 9. Hemisférios Cerebrais
  10. 10. Funcionamento do Cérebro <ul><li>Apesar das várias zonas, o cérebro funciona como um todo, como uma rede funcional. </li></ul><ul><li>Graças à plasticidade do cérebro , é possível que uma função perdida por uma lesão seja recuperada por uma área vizinha. </li></ul><ul><li>Função vicariante </li></ul><ul><li>Apesar das várias zonas, o cérebro funciona como um todo, como uma rede funcional. </li></ul><ul><li>Graças à plasticidade do cérebro , é possível que uma função perdida por uma lesão seja recuperada por uma área vizinha. </li></ul><ul><li>Função Vicariante </li></ul><ul><li>Apesar das várias zonas, o cérebro funciona como um todo, como uma rede funcional. </li></ul><ul><li>Graças à plasticidade do cérebro , é possível que uma função perdida por uma lesão seja recuperada por uma área vizinha. </li></ul><ul><li>Função vicariante </li></ul>Funcionamento do Cérebro Funcionamento do Cérebro
  11. 11. Carácter Embrionário do Cérebro <ul><li>Ao nascer o ser humano apresenta um cérebro inacabado. </li></ul><ul><li>Nos primeiros seis meses produzem-se grandes modificações na estrutura do córtex (neurónios desenvolvem contactos). </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Lobos cerebrais e áreas pré-frontais </li></ul>
  13. 13. Lobos Cerebrais (localização e função) <ul><li>Lobo Occipital – recepção e processamento visual </li></ul><ul><li>Lobo Temporal – recepção e processamento do som </li></ul><ul><li>Lobo Parietal – recepção e processamento das informações sensoriais </li></ul><ul><li>Lobo Frontal – recepção e coordenação dos movimentos corporais; escrita; linguagem falada </li></ul>
  14. 14. Áreas Pré-frontais <ul><li>Responsável pelas funções intelectuais superiores: </li></ul><ul><li>Memória </li></ul><ul><li>Pensamento reflexivo </li></ul><ul><li>Imaginação </li></ul><ul><li>Emoções </li></ul><ul><li>Caso de Phineas Cage </li></ul><ul><li>Barra de ferro atravessou-lhe a cabeça, mudando-lhe a personalidade </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Neurónio e impulso nervoso </li></ul>
  16. 16. A unidade do Sistema Nervoso é a Célula Nervosa – o neurónio .
  17. 17. Tipos de Neurónios: <ul><li>Neurónios Sensoriais (aferentes): recolhem e conduzem as mensagens da periferia para os centros nervosos: medula espinal e encéfalo </li></ul><ul><li>Neurónios Motores (eferentes): transmitem as mensagens dos centros nervosos para os órgãos efectores </li></ul><ul><li>Neurónios de Conexão (interneurónios): interpretam as informações e elaboram as respostas </li></ul>
  18. 18. Impulso Nervoso Sinapse / Potencial de Acção
  19. 19. <ul><li>Sinapse </li></ul>
  20. 20. Sinapses: Químicas e Eléctricas <ul><li>A passagem do impulso nervoso de um neurónio para outro faz-se através de sinapses. </li></ul><ul><li>Sinapse química: quando o impulso nervoso atinge as extremidades do axónio pré-sináptico, libertam-se para a fenda sináptica substâncias químicas designadas neurotransmissores . </li></ul><ul><li>Sinapse eléctrica: ocorrem no Sistema Nervoso Central dos Vertebrados </li></ul>
  21. 21. <ul><li>Doenças neurológicas </li></ul>
  22. 22. Proposta de Trabalho <ul><li>Epilepsia – alteração na actividade eléctrica do cérebro, temporária e reversível, que produz manifestações motoras, sensitivas, sensoriais ou psíquicas </li></ul><ul><li>Transtornos bipolares - é uma forma de transtorno de humor caracterizado pela variação extrema do humor entre uma fase de maníaca ou hipomania, hiperactividade e grande imaginação, e uma fase de depressão de inibição, lentidão para conceber ideias e realizar, e ansiedade ou tristeza. Juntos estes sintomas são conhecidos como depressão maníaca . </li></ul><ul><li>Esquizofrenia - transtorno psíquico severo que se caracteriza classicamente por uma colecção de sintomas que podem ocorrer, como alterações do pensamento, alucinações (sobretudo auditivas), delírios e perda de contacto com a realidade. </li></ul>
  23. 23. Bibliografia: <ul><li>FERREIRA, Pedro; MONTEIRO, Manuela - Ser Humano . Porto: Porto Editora, 2009 </li></ul><ul><li>http://highered.mcgrawhill.com/sites/0072437316/student_view0/chapter45/animations.html </li></ul><ul><li>http://bcs.whfreeman.com/thelifewire/content/chp44/4402002.html </li></ul>
  24. 24. <ul><li>FIM </li></ul>

×