Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Fim da União Soviética

Esta aula destina-se aos alunos e alunas do Terceiro Ano do Colégio Militar de Brasília, mas qualquer pessoa pode utilizar o material, basta entrar em contato e citar a fonte.

  • Login to see the comments

Fim da União Soviética

  1. 1. FIM DA URSS 21/09/2017 1Professora Valéria
  2. 2. GOVERNANTES DA URSS 1 – Lenin → 1917-1924. 2 – Stalin → 1924-1953. 3 – Nikita Kruchev → 1953-1964. 4 – Leonid Brejnev → 1964 -1982. 5 – Yuri Andropov → 1982-1984. 6 – Konstantin Tchernenko → 1984- 1985. 7 – Mikhail Gorbachev → 1985-1991. 21/09/2017Professora Valéria 2
  3. 3. GOVERNANTES DA URSS 21/09/2017Professora Valéria 3 LENIN STALIN KRUCHEV BREJNEV ANDROPOV TCHERNENKO GORBACHEV Com Gorbachev aconteceu o fim da URSS em 1991
  4. 4. GUERRA FRIA • Reconstrução no pós-guerra → URSS foi um dos países mais atingidos. • Custos das Corrida Armamentista e Espacial. • Após a morte de Stalin → Kruschev abre espaço para as denúncias → práticas corruptas, genocídios e o culto a personalidade do líder. • Com Brejnev → Fortalecimento da nomenclatura (cúpula do partido) → Burocratização → Neoestalinismo. 21/09/2017Professora Valéria 4
  5. 5. PRIMAVERA DE PRAGA • 21 de agosto de 1968 → A população resiste à invasão das tropas do Pacto de Varsóvia. 21/09/2017Professora Valéria 5
  6. 6. GUERRA DO AFEGANISTÃO (1979-89) • A URSS apoia o Governo socialista do país contra os grupos de Mujahidins receberam o apoio do Irã, do Paquistão, da Arábia Saudita, da China, dos Estados Unidos, do Reino Unido e da Alemanha Ocidental.21/09/2017Professora Valéria 6
  7. 7. GUERRA FRIA • Política armamentista do período Reagan (1981-89) e a articulação com o Governo Tatcher. • OPEP derruba os preços do petróleo → a Arábia Saudita aumenta muito sua produção → ataque à economia soviética. • Sindicato Solidariedade da Polônia e a eleição de João Paulo II. 21/09/2017Professora Valéria 7
  8. 8. GOVERNO GORBACHEV • Glasnost → abertura e transparência política, concessão de liberdades individuais. • Perestroika → Reestruturação política, econômica e militar do país. 21/09/2017Professora Valéria 8
  9. 9. GOVERNO GORBACHEV • Acidente de Chernobyl e retirada do Afeganistão. • Abandono da Doutrina da Soberania Limitada → união entre os países e partidos socialistas alinhados com Moscou, que tinha licença para intervir política e militarmente sempre que houvesse ameaça à paz mundial ou às vitórias do ideal comunista. • Doutrina Sinatra → Cada um faça seu caminho. 21/09/2017Professora Valéria 9
  10. 10. ACIDENTE DE CHERNOBYL 21/09/2017Professora Valéria 10 Pripyat foi fundada em 04/02/1970 para abrigar os trabalhadores da Usina Nuclear de Chernobyl → abandonada em 1986 → Hoje é uma cidade fantasma.
  11. 11. CUSTOS DA INVASÃO RUSSA NO AFEGANISTÃO • URSS → 110.000 homens (20.000 baixas, sendo 5.000 fatais) → custo anual da invasão US$ 3 bilhões. • Guerrilheiros mujahedin → 10.000 homens (muitos militantes islâmicos) com apoio financeiro e material de chineses, americanos, egípcios e paquistaneses. • Custo total estimado → US$ 116 bilhões. • População civil afegã → mais de um milhão de mortos. 21/09/2017Professora Valéria 11
  12. 12. REFORMAS ECONÔMICAS • redução de subsídios à economia, com o fim do planejamento econômico estatal. • liberalização do comércio exterior e autorização das importações. • eliminação dos limites de fabricação de produtos. • redução de fabricação de armamentos.  As mudanças foram conduzidas sem grande planejamento. O setor industrial estava muito defasado em relação ao ocidente. Houve desorganização da produção agrícola e problemas de abastecimento. 21/09/2017Professora Valéria 12
  13. 13. ECONOMIA DA URSS 21/09/2017Professora Valéria 13
  14. 14. TENDÊNCIAS POLÍTICAS • GORBACHEV → Continuar com as reformas e manter o Estado Soviético. • BORIS IELTSIN → Acelerar as mudanças em direção ao capitalismo e por fim ao Estado Soviético. 21/09/2017Professora Valéria 14
  15. 15. FIM DA CORTINA DE FERRO • 04/1989 → o governo polonês legaliza o Solidariedade, que captura 99% dos assentos do Parlamento nas eleições daquele ano. Foi o primeiro país do Leste Europeu a ter um governo não comunista. • 19/08/1989 → alemães orientais atendendo ao Piquenique Pan-Europeu na Hungria atravessam a fronteira para a Áustria. Não houve reação das tropas húngaras. 21/09/2017Professora Valéria 15
  16. 16. FIM DA CORTINA DE FERRO • Em sessão que se estendeu de 16 a 20 de outubro, os húngaros aprovam o multipartidarismo e promovem ampla reforma política e eleitoral. • 10/11/1989 → após protestos em Berlim Oriental e do relaxamento das barreiras na fronteira da Tchecoslováquia, milhares de habitantes da parte oriental visitam livremente Berlim Ocidental. 21/09/2017Professora Valéria 16
  17. 17. Em 27/06/1989 → o ministro das relações internacionais austríaco, Alois Mock, e o governante da Hungria, Gyula Horn, cortam a Cortina de Ferro durante o Piquenique Pan- Europeu. 21/09/2017Professora Valéria 17 Monumento à Cortina de Ferro em Budapeste. Os húngaros nunca esqueceram a intervenção soviética de 1956.
  18. 18. FIM DA CORTINA DE FERRO • No dia seguinte, o governante comunista da Bulgária cai. Em 11/12/1989 → fim do monopólio de poder do partido comunista. • Na Tchecoslováquia, após repressão a uma manifestação pacífica de estudantes, milhares protestam e o governo abole as restrições às viagens ao Ocidente e a supremacia do partido comunista, em 28/11/1989. Começa a Revolução de Veludo. 21/09/2017Professora Valéria 18
  19. 19. FIM DA CORTINA DE FERRO • Em 22 de dezembro, na Romênia, os militares se juntaram aos que protestavam nas ruas, o ditador, Nicolae Ceauşescu, é executado depois de breve julgamento. • Em 3 de julho de 1990, uma reforma na Albânia, país mais atrasado do Leste Europeu, afrouxa os regulamentos para viagens ao exterior. Começa o êxodo populacional para o Ocidente. 21/09/2017Professora Valéria 19
  20. 20. QUEDA DO MURO DE BERLIM 21/09/2017Professora Valéria 20 QUEDA 09 DE NOVEMBRO DE 1989
  21. 21. FIM DA CORTINA DE FERRO • Em julho de 1990, a Alemanha Oriental adota a moeda do país Ocidental. Helmut Kohl, chanceler da Alemanha Ocidental, convence Gorbachev a permitir a reunificação das duas Alemanhas que irá ocorrer em 03/10. • As tropas soviéticas começam a se retirar dos países da antiga Cortina de Ferro em 1991, os últimos contingentes se retiram em 1994 da antiga Alemanha Oriental. 21/09/2017Professora Valéria 21
  22. 22. FIM DA CORTINA DE FERRO • Queda ou substituição dos governos comunistas no Leste Europeu. • Data de independência das repúblicas soviéticas européias. • Dissolução da Iugoslávia. 21/09/2017Professora Valéria 22
  23. 23. REAÇÃO CONSERVADORA • O golpe de agosto de 1991 praticamente abriu as portas para o movimento de independência das repúblicas soviéticas. • As repúblicas do Báltico já tinham tentado se separar em 1990, mas foram severamente reprimidas. • Com o fracasso do golpe, as forças conservadoras estavam derrotadas. • Bóris Yeltsin, e não mais Gorbatchev, tornou-se o líder de fato. 21/09/2017Professora Valéria 23
  24. 24. 21/09/2017Professora Valéria 24 FIM DA URSS
  25. 25. FORMAÇÃO DA CEI • Aprovada em 01/12/1991 → referendada em plebiscito por 90% da população. • Uma semana depois, os presidentes das repúblicas da Rússia, Ucrânia e Bielo- Rússia, reunidos na cidade de Brest (Bielo-Rússia), criaram a CEI. • Em 21 de dezembro, os líderes de 11 das 15 repúblicas soviéticas reuniram-se em Alma Ata, capital do Casaquistão, para referendando a decisão e oficializando a criação CEI → Era o fim da URSS. 21/09/2017Professora Valéria 25
  26. 26. DESDOBRAMENTOS DA POLÍTICA DE ABERTURA • Dissolução do PCUs e da KGB. • Formação da CEI (Comunidade dos Estados Independentes) → 21/12/1991. • Descontrole econômico → ascensão da máfia. • Boris Yeltsin governa a Rússia → Gorbachev renuncia em dezembro de 1991. • Independência de várias repúblicas soviéticas. 21/09/2017Professora Valéria 26
  27. 27. BORIS IELTSIN (1991-1999) 21/09/2017Professora Valéria 27 • Liberalização econômica → Programa de privatizações. • Golpe na Duma (Parlamento). • Favorecimento das grandes fortunas. • Elaboração de nova constituição com super poderes para o presidente. • Queda do IDH, do PIB, avanço da inflação, boom do alcoolismo.

×