SlideShare a Scribd company logo
1 of 28
Download to read offline
ESTADOS UNIDOS
DOS “GOLDEN YEARS” À GRANDE DEPRESSÃO
Os Anos Dourados
• Os EUA foram os grandes vitoriosos na
I Grande Guerra.
• Empréstimos americanos foram
utilizados na reconstrução da Europa.
• Liberalismo radical: “o Estado não
deve intervir na economia”.
• Expansão da agricultura e da indústria.
• Temor da influência comunista,
socialista e anarquista.
• Políticas Eugênicas: imigrantes
indesejados e esterilização seletiva de
setores da população.
3/31/2015Valéria Fernandes 2
Os Anos Dourados
• A Johnson-Reed Immigration Restriction
Act de 1924 → restringiu a imigração e
acabou com a política open-door.
• Os 10 grupos considerados indesejáveis
→ insanos, epiléticos, cegos, surdos,
deficientes mentais, criminosos e
delinquentes, alcoólatras e usuários de
drogas, doentes (tuberculosos,
sifilíticos, leprosos e outros com
doenças contagiosas crônicas),
deficientes físicos e os dependentes
(incluindo crianças e idosos em asilos,
assim como mendigos).
Fontes: BBC, História Viva e Oito votos contra um o desenvolvimento da ciência
eugenista nos Estados Unidos.
3/31/2015Valéria Fernandes 3
• A 18º Emenda (16/01/1919) vigorou entre
17/01/1920 e 05/12/1933.
• O Volstead Act regulamentou a repressão.
3/31/2015Valéria Fernandes 4
Os movimentos de
temperança
queriam banir as
bebidas alcoólicas
desde o século XIX.
Puritanismo +
interesse
capitalista
possibilitaram a
aprovação da Lei
Seca.
• “The American Way of Life” → estilo de vida
pautado pelo consumo.
• A típica família WASP → White, Anglo-Saxon
and Protestant.
3/31/2015Valéria Fernandes 5
• A Ku Klux Klan foi refundada em 1915 e
estima-se que durante a década de 1920,
15% dos homens americanos pertencia a
organização.
3/31/2015Valéria Fernandes 6
A KKK é
uma
organizaçã
o racista,
anti-
católica,
antissemit
a e
nativista.
• Condenados à morte por assassinar o
contador da fábrica. Sua sentença não foi
suspensa nem quando outra pessoa
confessou o crime.
3/31/2015Valéria Fernandes 7
Nicola
Sacco e
Bartolomeo
Vanzetti
executados
na cadeira
elétrica em
agosto de
1927.
A 19ª Emenda, de 18/08/1920,
concedeu o voto às mulheres
nacionalmente. 3/31/2015Valéria Fernandes 8
Mulheres nas
universidades.
Mulheres nas
fábricas: na I
Guerra
substituíram
os homens e
muitas não
voltaram
para casa.
A Crise de 1929
• A recuperação da Europa derrubou as
exportações americanas industriais e
agrícolas.
• Os agricultores e hipotecas → sem conseguir
pagar suas dívidas, os bancos começaram a
tomar as terras.
• As indústrias não conseguiam vender seus
estoques, mas não reduziram a produção.
• Queda dos lucros = Aumento do desemprego.
• As ações dessas companhias começaram a
se desvalorizar culminando com a Quinta-
Feira Negra (24 de outubro de 1929).
3/31/2015Valéria Fernandes 9
• A propaganda da Bolsa de Valores fez com
que muitos americanos hipotecassem
imóveis e lojas para investir em ações.
3/31/2015Valéria Fernandes 10
Hipoteca
(mortgate):
você vende a
um banco um
bem imóvel,
tem capital
para algum
investimento e
deve pagar esse
empréstimo de
novo ao banco
ou perde o bem.
A Crise de 1929
• Superprodução → Subconsumo → crise.
• Falência e fechamentos de milhares de
bancos e empreendimentos industriais,
comerciais e agrícolas → desemprego em
massa.
• Política econômica liberal e a demora do
governo em tomar decisões → Governo
Hoover (republicano) baixa várias
medidas protecionistas.
• Diminuição de empréstimos ao
estrangeiro e cobrança de dívidas →
crise é exportada.
3/31/2015Valéria Fernandes 11
3/31/2015Valéria Fernandes 12
• A fila dos desempregados.
3/31/2015Valéria Fernandes 13
• Organizações de caridade e religiosas ofereciam
auxílio.
3/31/2015Valéria Fernandes 14
• Eleito em novembro de 1932, governou de março de
1933 até abril de 1945.
3/31/2015Valéria Fernandes 15
O New Deal
Franklin Delano
Roosevelt,
presidente
democrata que
esteve a frente
do processo de
recuperação
econômica.
• Quando Roosevelt assumiu, as taxas de
desemprego eram altíssimas.
3/31/2015Valéria Fernandes 16
O New Deal
O New Deal
• Objetivos: recuperar e reformar a
economia norte americana.
• Criou organizações governamentais para
agir diretamente sobre a economia.
• Repatriou investimentos americanos.
• Nacionalização de bancos e abandono do
lastro ouro.
• Controle da produção visando à
manutenção dos preços dos produtos;
• Fixação dos preços de produtos básicos,
como carvão, petróleo, cereais etc.
3/31/2015Valéria Fernandes 17
Idéias de John
Maynard Keynes
• O Estado deve intervir na economia, principalmente
em áreas onde a iniciativa privada não tem
capacidade ou não deseja atuar.
• Medidas estatais devem garantir o pleno emprego
→ O papel fundamental de estimular a economia
em momentos de crise e recessão econômica.
• Demanda deve crescer junto com a capacidade
produtiva da economia → pleno emprego, sem
excesso, pois isto provocaria um aumento da
inflação.
• O Estado deve deve cumprir uma política fiscal
para que não haja crescimento e descontrole da
inflação.
3/31/2015Valéria Fernandes 18
• A fotógrafa Dorothea Lange registrou
algumas das imagens mais icônicas da
Grande Depressão.
3/31/2015Valéria Fernandes 19
O New Deal
 O Governo Federal:
• Investiu em obras
públicas → estradas,
pontes, hidrelétricas,
etc. → geração de
empregos.
• Subsídios aos
agricultores → plantar
menos possibilitando a
estabilização dos
preços e empréstimos
para o pagamento das
dívidas.
3/31/2015Valéria Fernandes 20
O New Deal
 Aumento dos salários;
 Criação de um salário-
desemprego;
 Salário Mínimo (1933);
 Jornada de trabalho de
8 horas;
 Legalização dos
sindicatos;
 Erradicação do trabalho
infantil;
 Pagamento de
aposentadoria;
3/31/2015Valéria Fernandes 21
Frances Perkins, 1ª mulher a
ocupar uma secretaria
governo dos EUA, responsável
pelo Trabalho e Seguridade
Social.
• Mais fotos de Dorothea Lange → as
políticas do New Deal eram focadas nos
homens, vistos como provedores da família.
3/31/2015Valéria Fernandes 22
• Empregos na indústria norte americana de 1920 a
1940.
3/31/2015Valéria Fernandes 23
• Protesto contra o New Deal → “Este fazendeiro
não está no programa de ajuda do governo”.
3/31/2015Valéria Fernandes 24
O Nascimento dos
Super-Heróis
• O formato comic book foi
criado por Will Eisner, e
os primeiros super-heróis
surgem nessa época → O
Super-Homem → junho de
1938 → O Batman → maio
de 1939.
• Lutam pelos mais fracos
contra as injustiças e
servem de alento em
tempos de crise.
3/31/2015Valéria Fernandes 25
Quadrinhos contra o
New Deal
Annie, a Órfã (Little Orphan
Annie) em 1924, mas, durante
o New Deal, seu autor, Harold
Gray, usou suas histórias para
criticar a política de Roosevelt
e defender o liberalismo. 3/31/2015Valéria Fernandes 26
Cinema e Grande
Depressão
• “Nenhuma mídia contribuiu
de forma mais efetiva do
que o cinema para a
manutenção da moral
nacional durante um
período marcado pela
revolução, levantes e
tumulto político em outros
países.” (Will Hayes, 1934)
• Mesmo no auge da
Depressão cerca de 60 a
80 milhões de americanos
iam ao cinema todas as
semanas. 3/31/2015Valéria Fernandes 27
Cinema sobre a
Grande Depressão
Há muitos filmes sobre a
Grande Depressão e
recomendamos:
• As Vinhas da Ira, O
Imperador do Norte, A
Rosa Púrpura do Cairo,
Os Intocáveis, Clamor do
Sexo (Splendor in the
Grass), Bonnie & Clyde,
A Cor Púrpura.
3/31/2015Valéria Fernandes 28

More Related Content

What's hot

Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba turmac12
 
A UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARIS
A UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARISA UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARIS
A UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARISJorge Miklos
 
Populismo na america-latina
Populismo na america-latinaPopulismo na america-latina
Populismo na america-latinaNorma Almeida
 
8 aula slide confederaçao do equador
8  aula slide confederaçao do equador8  aula slide confederaçao do equador
8 aula slide confederaçao do equadoraridu18
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundialJanaína Bindá
 
Revoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXRevoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXdmflores21
 
A 2ª Guerra Mundial 9º ano
A 2ª Guerra Mundial   9º anoA 2ª Guerra Mundial   9º ano
A 2ª Guerra Mundial 9º anoGilmar Rodrigues
 
351 a primeira guerra mundial
351 a primeira guerra mundial351 a primeira guerra mundial
351 a primeira guerra mundialcrpp
 
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na AméricaIndependência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na Américaeiprofessor
 
Periodo entre guerras
Periodo entre guerrasPeriodo entre guerras
Periodo entre guerrasItalo Colares
 
A segunda revolução industrial
A segunda revolução industrialA segunda revolução industrial
A segunda revolução industrialNelia Salles Nantes
 
Plano marshall - Helen
Plano marshall - HelenPlano marshall - Helen
Plano marshall - HelenHelenfary
 
Consequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra MundialConsequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra MundialCarlos Vieira
 

What's hot (20)

Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba Crise dos misseis de cuba
Crise dos misseis de cuba
 
New deal
New dealNew deal
New deal
 
A UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARIS
A UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARISA UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARIS
A UNIFICAÇÃO ALEMÃ E A COMUNA DE PARIS
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Populismo na america-latina
Populismo na america-latinaPopulismo na america-latina
Populismo na america-latina
 
8 aula slide confederaçao do equador
8  aula slide confederaçao do equador8  aula slide confederaçao do equador
8 aula slide confederaçao do equador
 
9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial9º ano - Segunda guerra mundial
9º ano - Segunda guerra mundial
 
Revoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIXRevoluções Liberais Séc XIX
Revoluções Liberais Séc XIX
 
A 2ª Guerra Mundial 9º ano
A 2ª Guerra Mundial   9º anoA 2ª Guerra Mundial   9º ano
A 2ª Guerra Mundial 9º ano
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
351 a primeira guerra mundial
351 a primeira guerra mundial351 a primeira guerra mundial
351 a primeira guerra mundial
 
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na AméricaIndependência das 13 Colônias Inglesas na América
Independência das 13 Colônias Inglesas na América
 
Periodo entre guerras
Periodo entre guerrasPeriodo entre guerras
Periodo entre guerras
 
A segunda revolução industrial
A segunda revolução industrialA segunda revolução industrial
A segunda revolução industrial
 
A Guerra Fria
A Guerra FriaA Guerra Fria
A Guerra Fria
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Primavera de praga
Primavera de pragaPrimavera de praga
Primavera de praga
 
Plano marshall - Helen
Plano marshall - HelenPlano marshall - Helen
Plano marshall - Helen
 
Consequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra MundialConsequências da 2ª Guerra Mundial
Consequências da 2ª Guerra Mundial
 

Viewers also liked

A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30Maria Barroso
 
Análise da grande depressão anos 30
Análise da grande depressão anos 30Análise da grande depressão anos 30
Análise da grande depressão anos 30Maria Gomes
 
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarPortugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarJoao Bernardo Santos
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910jdlimaaear
 
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 3010 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30Vítor Santos
 
A expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequênciasA expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequênciasCarla Teixeira
 
CorrecçãO Ficha
CorrecçãO FichaCorrecçãO Ficha
CorrecçãO FichaHist8
 
A Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma CatólicaA Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma Católicaprofhistoria
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado nomaria40
 
Liberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpointLiberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpointmaria40
 
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XIIA Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XIIJorge Almeida
 

Viewers also liked (20)

A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30A Grande Depressao dos anos 30
A Grande Depressao dos anos 30
 
Análise da grande depressão anos 30
Análise da grande depressão anos 30Análise da grande depressão anos 30
Análise da grande depressão anos 30
 
A crise dos anos 30
A crise dos anos 30A crise dos anos 30
A crise dos anos 30
 
1ª Republica
1ª Republica1ª Republica
1ª Republica
 
Arte Século XX
Arte Século XXArte Século XX
Arte Século XX
 
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militarPortugal: da 1º republica a ditadura militar
Portugal: da 1º republica a ditadura militar
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
 
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 3010 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
A expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequênciasA expansão urbana e suas consequências
A expansão urbana e suas consequências
 
Sociedade Medieval
Sociedade MedievalSociedade Medieval
Sociedade Medieval
 
Especiarias
EspeciariasEspeciarias
Especiarias
 
CorrecçãO Ficha
CorrecçãO FichaCorrecçãO Ficha
CorrecçãO Ficha
 
A Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma CatólicaA Contra-Reforma Católica
A Contra-Reforma Católica
 
Revisao 9 D Sb
Revisao 9 D SbRevisao 9 D Sb
Revisao 9 D Sb
 
As trocas intercontinentais[1]
As trocas intercontinentais[1]As trocas intercontinentais[1]
As trocas intercontinentais[1]
 
O mundo industrializado no
O mundo industrializado noO mundo industrializado no
O mundo industrializado no
 
Liberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpointLiberalismo económico powerpoint
Liberalismo económico powerpoint
 
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XIIA Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
A Sociedade Europeia nos séculos IX a XII
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
 

Similar to EUA 1920-1930

Estados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Estados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande DepressãoEstados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Estados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande DepressãoValéria Shoujofan
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoRodolpho Martins
 
Regiões geoeconômicas dos EUA
Regiões geoeconômicas dos EUARegiões geoeconômicas dos EUA
Regiões geoeconômicas dos EUACamila Brito
 
Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015
Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015
Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015Gabriel Gabriel
 
Aula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdf
Aula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdfAula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdf
Aula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdfGerson Coppes
 
A grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na Europa
A grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na EuropaA grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na Europa
A grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na EuropaBárbara Minhoto
 
Crise de 1929 e a grande depressão
Crise de 1929 e a grande depressãoCrise de 1929 e a grande depressão
Crise de 1929 e a grande depressãoguroso
 
A crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitarios
A crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitariosA crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitarios
A crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitariosguest528425b
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressãoAuxiliadora
 
Aulas 60 67 e 68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gm
Aulas 60   67 e  68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gmAulas 60   67 e  68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gm
Aulas 60 67 e 68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gmMaria Schmitt
 
Crise de 1929 e a Grande Depressão
Crise de 1929 e a Grande DepressãoCrise de 1929 e a Grande Depressão
Crise de 1929 e a Grande DepressãoMunis Pedro
 
História 2º bimestre 3º ano
História 2º bimestre   3º anoHistória 2º bimestre   3º ano
História 2º bimestre 3º anodinicmax
 
Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930
Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930
Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930Michel Vieira
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoRafael Lucas da Silva
 
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaacrise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadriani23
 

Similar to EUA 1920-1930 (20)

Estados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Estados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande DepressãoEstados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande Depressão
Estados Unidos: Dos "Golden Years" à Grande Depressão
 
Capítulo 4 - A grande depressão, o fascismo e o nazismo
Capítulo 4 - A grande depressão, o fascismo e o nazismoCapítulo 4 - A grande depressão, o fascismo e o nazismo
Capítulo 4 - A grande depressão, o fascismo e o nazismo
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
 
Regiões geoeconômicas dos EUA
Regiões geoeconômicas dos EUARegiões geoeconômicas dos EUA
Regiões geoeconômicas dos EUA
 
Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015
Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015
Crise capitalista e regimes totalitarios - História - 3ºa Turma 2015
 
Aula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdf
Aula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdfAula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdf
Aula 5 [3-2022] - Crise de 1929.pdf
 
A grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na Europa
A grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na EuropaA grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na Europa
A grande crise do capitalismo nos anos 30 e Regimes ditatoriais na Europa
 
Crise de 1929 e a grande depressão
Crise de 1929 e a grande depressãoCrise de 1929 e a grande depressão
Crise de 1929 e a grande depressão
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
A crise de 1929 oficial
A crise de 1929   oficialA crise de 1929   oficial
A crise de 1929 oficial
 
A crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitarios
A crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitariosA crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitarios
A crise-do-capitalismo-e-os-regimes-totalitarios
 
Grande depressão
Grande depressãoGrande depressão
Grande depressão
 
Aulas 60 67 e 68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gm
Aulas 60   67 e  68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gmAulas 60   67 e  68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gm
Aulas 60 67 e 68 - crise de 29 - new deal - fascismo e nazismo - 2ª gm
 
Crise de 1929 new deal
Crise de 1929 new dealCrise de 1929 new deal
Crise de 1929 new deal
 
Entreguerras
EntreguerrasEntreguerras
Entreguerras
 
Crise de 1929 e a Grande Depressão
Crise de 1929 e a Grande DepressãoCrise de 1929 e a Grande Depressão
Crise de 1929 e a Grande Depressão
 
História 2º bimestre 3º ano
História 2º bimestre   3º anoHistória 2º bimestre   3º ano
História 2º bimestre 3º ano
 
Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930
Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930
Crise e totalitarismo nos anos 1920 e 1930
 
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismoHistória Geral: crise de 1929 e totalitarismo
História Geral: crise de 1929 e totalitarismo
 
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaacrise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
crise de 1929.pdfaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
 

More from Valéria Shoujofan

Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e ImigraçãoSegundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e ImigraçãoValéria Shoujofan
 
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptxEntre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptxValéria Shoujofan
 
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosIluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosValéria Shoujofan
 
Primeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução IndustrialPrimeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução IndustrialValéria Shoujofan
 
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos ContratualistasAbsolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos ContratualistasValéria Shoujofan
 
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução AgrícolaInglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução AgrícolaValéria Shoujofan
 
Revoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVIIRevoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVIIValéria Shoujofan
 
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICACONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICAValéria Shoujofan
 
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)Valéria Shoujofan
 
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro ReinadoIndependência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro ReinadoValéria Shoujofan
 
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e CruzadasRenascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e CruzadasValéria Shoujofan
 
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2Valéria Shoujofan
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoValéria Shoujofan
 
Reformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVIReformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVIValéria Shoujofan
 

More from Valéria Shoujofan (20)

Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e ImigraçãoSegundo Reinando: Escravidão e Imigração
Segundo Reinando: Escravidão e Imigração
 
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptxEntre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
Entre Negociações, Reiterações e Transgressões.pptx
 
Revolução Americana
Revolução AmericanaRevolução Americana
Revolução Americana
 
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas EsclarecidosIluminismo e Déspotas Esclarecidos
Iluminismo e Déspotas Esclarecidos
 
Primeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução IndustrialPrimeira e Segunda Revolução Industrial
Primeira e Segunda Revolução Industrial
 
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos ContratualistasAbsolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
Absolutismo Monárquico e a Crítica dos Contratualistas
 
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução AgrícolaInglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
Inglaterra: Revolução Científica e Revolução Agrícola
 
Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)Reformas Religiosas (novo)
Reformas Religiosas (novo)
 
Revoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVIIRevoluções Inglesas - século XVII
Revoluções Inglesas - século XVII
 
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICACONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
CONSTRUÇÃO DO MUNDO MODERNO (XIV-XVII): ÁFRICA ATLÂNTICA
 
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
Conquista e Colonização das Américas (1º ano)
 
Revoltas Emancipacionistas
Revoltas EmancipacionistasRevoltas Emancipacionistas
Revoltas Emancipacionistas
 
Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)Período Joanino (1808-1821)
Período Joanino (1808-1821)
 
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro ReinadoIndependência do Brasil e Primeiro Reinado
Independência do Brasil e Primeiro Reinado
 
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e CruzadasRenascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
Renascimento Urbano e Comercial e Cruzadas
 
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
Sistema feudal - Igreja Católica - Parte 2
 
Sociedade feudal - Parte 1
Sociedade feudal - Parte 1Sociedade feudal - Parte 1
Sociedade feudal - Parte 1
 
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e AbsolutismoFormação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
Formação das Monarquias Nacionais e Absolutismo
 
Reformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVIReformas religiosas do Século XVI
Reformas religiosas do Século XVI
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 

Recently uploaded

A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturagomescostamma
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfaulasgege
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.pptDaniloConceiodaSilva
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 

Recently uploaded (20)

A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literaturaPizza_literaria.pdf projeto de literatura
Pizza_literaria.pdf projeto de literatura
 
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdfAula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
Aula - 1º Ano - Ciência, Pesquisa e Sociologia.pdf
 
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt8 ano - Congruência e Semelhança e  Angulos em Triangulos.ppt
8 ano - Congruência e Semelhança e Angulos em Triangulos.ppt
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 

EUA 1920-1930

  • 1. ESTADOS UNIDOS DOS “GOLDEN YEARS” À GRANDE DEPRESSÃO
  • 2. Os Anos Dourados • Os EUA foram os grandes vitoriosos na I Grande Guerra. • Empréstimos americanos foram utilizados na reconstrução da Europa. • Liberalismo radical: “o Estado não deve intervir na economia”. • Expansão da agricultura e da indústria. • Temor da influência comunista, socialista e anarquista. • Políticas Eugênicas: imigrantes indesejados e esterilização seletiva de setores da população. 3/31/2015Valéria Fernandes 2
  • 3. Os Anos Dourados • A Johnson-Reed Immigration Restriction Act de 1924 → restringiu a imigração e acabou com a política open-door. • Os 10 grupos considerados indesejáveis → insanos, epiléticos, cegos, surdos, deficientes mentais, criminosos e delinquentes, alcoólatras e usuários de drogas, doentes (tuberculosos, sifilíticos, leprosos e outros com doenças contagiosas crônicas), deficientes físicos e os dependentes (incluindo crianças e idosos em asilos, assim como mendigos). Fontes: BBC, História Viva e Oito votos contra um o desenvolvimento da ciência eugenista nos Estados Unidos. 3/31/2015Valéria Fernandes 3
  • 4. • A 18º Emenda (16/01/1919) vigorou entre 17/01/1920 e 05/12/1933. • O Volstead Act regulamentou a repressão. 3/31/2015Valéria Fernandes 4 Os movimentos de temperança queriam banir as bebidas alcoólicas desde o século XIX. Puritanismo + interesse capitalista possibilitaram a aprovação da Lei Seca.
  • 5. • “The American Way of Life” → estilo de vida pautado pelo consumo. • A típica família WASP → White, Anglo-Saxon and Protestant. 3/31/2015Valéria Fernandes 5
  • 6. • A Ku Klux Klan foi refundada em 1915 e estima-se que durante a década de 1920, 15% dos homens americanos pertencia a organização. 3/31/2015Valéria Fernandes 6 A KKK é uma organizaçã o racista, anti- católica, antissemit a e nativista.
  • 7. • Condenados à morte por assassinar o contador da fábrica. Sua sentença não foi suspensa nem quando outra pessoa confessou o crime. 3/31/2015Valéria Fernandes 7 Nicola Sacco e Bartolomeo Vanzetti executados na cadeira elétrica em agosto de 1927.
  • 8. A 19ª Emenda, de 18/08/1920, concedeu o voto às mulheres nacionalmente. 3/31/2015Valéria Fernandes 8 Mulheres nas universidades. Mulheres nas fábricas: na I Guerra substituíram os homens e muitas não voltaram para casa.
  • 9. A Crise de 1929 • A recuperação da Europa derrubou as exportações americanas industriais e agrícolas. • Os agricultores e hipotecas → sem conseguir pagar suas dívidas, os bancos começaram a tomar as terras. • As indústrias não conseguiam vender seus estoques, mas não reduziram a produção. • Queda dos lucros = Aumento do desemprego. • As ações dessas companhias começaram a se desvalorizar culminando com a Quinta- Feira Negra (24 de outubro de 1929). 3/31/2015Valéria Fernandes 9
  • 10. • A propaganda da Bolsa de Valores fez com que muitos americanos hipotecassem imóveis e lojas para investir em ações. 3/31/2015Valéria Fernandes 10 Hipoteca (mortgate): você vende a um banco um bem imóvel, tem capital para algum investimento e deve pagar esse empréstimo de novo ao banco ou perde o bem.
  • 11. A Crise de 1929 • Superprodução → Subconsumo → crise. • Falência e fechamentos de milhares de bancos e empreendimentos industriais, comerciais e agrícolas → desemprego em massa. • Política econômica liberal e a demora do governo em tomar decisões → Governo Hoover (republicano) baixa várias medidas protecionistas. • Diminuição de empréstimos ao estrangeiro e cobrança de dívidas → crise é exportada. 3/31/2015Valéria Fernandes 11
  • 13. • A fila dos desempregados. 3/31/2015Valéria Fernandes 13
  • 14. • Organizações de caridade e religiosas ofereciam auxílio. 3/31/2015Valéria Fernandes 14
  • 15. • Eleito em novembro de 1932, governou de março de 1933 até abril de 1945. 3/31/2015Valéria Fernandes 15 O New Deal Franklin Delano Roosevelt, presidente democrata que esteve a frente do processo de recuperação econômica.
  • 16. • Quando Roosevelt assumiu, as taxas de desemprego eram altíssimas. 3/31/2015Valéria Fernandes 16 O New Deal
  • 17. O New Deal • Objetivos: recuperar e reformar a economia norte americana. • Criou organizações governamentais para agir diretamente sobre a economia. • Repatriou investimentos americanos. • Nacionalização de bancos e abandono do lastro ouro. • Controle da produção visando à manutenção dos preços dos produtos; • Fixação dos preços de produtos básicos, como carvão, petróleo, cereais etc. 3/31/2015Valéria Fernandes 17
  • 18. Idéias de John Maynard Keynes • O Estado deve intervir na economia, principalmente em áreas onde a iniciativa privada não tem capacidade ou não deseja atuar. • Medidas estatais devem garantir o pleno emprego → O papel fundamental de estimular a economia em momentos de crise e recessão econômica. • Demanda deve crescer junto com a capacidade produtiva da economia → pleno emprego, sem excesso, pois isto provocaria um aumento da inflação. • O Estado deve deve cumprir uma política fiscal para que não haja crescimento e descontrole da inflação. 3/31/2015Valéria Fernandes 18
  • 19. • A fotógrafa Dorothea Lange registrou algumas das imagens mais icônicas da Grande Depressão. 3/31/2015Valéria Fernandes 19
  • 20. O New Deal  O Governo Federal: • Investiu em obras públicas → estradas, pontes, hidrelétricas, etc. → geração de empregos. • Subsídios aos agricultores → plantar menos possibilitando a estabilização dos preços e empréstimos para o pagamento das dívidas. 3/31/2015Valéria Fernandes 20
  • 21. O New Deal  Aumento dos salários;  Criação de um salário- desemprego;  Salário Mínimo (1933);  Jornada de trabalho de 8 horas;  Legalização dos sindicatos;  Erradicação do trabalho infantil;  Pagamento de aposentadoria; 3/31/2015Valéria Fernandes 21 Frances Perkins, 1ª mulher a ocupar uma secretaria governo dos EUA, responsável pelo Trabalho e Seguridade Social.
  • 22. • Mais fotos de Dorothea Lange → as políticas do New Deal eram focadas nos homens, vistos como provedores da família. 3/31/2015Valéria Fernandes 22
  • 23. • Empregos na indústria norte americana de 1920 a 1940. 3/31/2015Valéria Fernandes 23
  • 24. • Protesto contra o New Deal → “Este fazendeiro não está no programa de ajuda do governo”. 3/31/2015Valéria Fernandes 24
  • 25. O Nascimento dos Super-Heróis • O formato comic book foi criado por Will Eisner, e os primeiros super-heróis surgem nessa época → O Super-Homem → junho de 1938 → O Batman → maio de 1939. • Lutam pelos mais fracos contra as injustiças e servem de alento em tempos de crise. 3/31/2015Valéria Fernandes 25
  • 26. Quadrinhos contra o New Deal Annie, a Órfã (Little Orphan Annie) em 1924, mas, durante o New Deal, seu autor, Harold Gray, usou suas histórias para criticar a política de Roosevelt e defender o liberalismo. 3/31/2015Valéria Fernandes 26
  • 27. Cinema e Grande Depressão • “Nenhuma mídia contribuiu de forma mais efetiva do que o cinema para a manutenção da moral nacional durante um período marcado pela revolução, levantes e tumulto político em outros países.” (Will Hayes, 1934) • Mesmo no auge da Depressão cerca de 60 a 80 milhões de americanos iam ao cinema todas as semanas. 3/31/2015Valéria Fernandes 27
  • 28. Cinema sobre a Grande Depressão Há muitos filmes sobre a Grande Depressão e recomendamos: • As Vinhas da Ira, O Imperador do Norte, A Rosa Púrpura do Cairo, Os Intocáveis, Clamor do Sexo (Splendor in the Grass), Bonnie & Clyde, A Cor Púrpura. 3/31/2015Valéria Fernandes 28