Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Revolução Industrial

7,769 views

Published on

Aula de História Geral para o Terceiro ano do Colégio Militar de Brasília. Permitido o uso desde que citada a fonte.

Published in: Education

Revolução Industrial

  1. 1. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL História Geral 1
  2. 2. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Por que a Inglaterra? Reservas de capitais oriundos da exploração colonial; Os “enclosures” e Revolução Agrícola: criação do exército industrial de reserva; Mercado consumidor; Poor Laws (Leis dos Pobres); Influência do pensamento calvinista. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 2
  3. 3. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Por que a Inglaterra? A política de Cromwell favoreceu os cercamentos. O Estado que criou legislação favorável ao avanço do Capitalismo, principalmente após a Revolução Gloriosa de 1688; Possuía grandes reservas de carvão; Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 3
  4. 4. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Um exemplo de legislação protecionista do Parlamento foi a proibição de importar tecidos da Índia, China ou Pérsia baixada em 1700. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 4
  5. 5. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Mudanças na forma de trabalhar: destruição das corporações de ofício, divisão e especializações das etapas de produção, alienação do trabalhador. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 5
  6. 6. 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Matéria-prima: ferro e algodão; Fonte de energia: vapor; Setor predominante: têxtil; Na Inglaterra a Revolução foi feita pela iniciativa privada; Livre concorrência; Pouca regulamentação estatal, predomínio do dogma liberal “o Estado deve estar ausente da economia. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 6
  7. 7. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A fábrica reuniu todas as etapas da produção em um mesmo lugar, para evitar as longas distâncias, cortiços surgiram no entorno das fábricas. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 7
  8. 8. 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Uso em larga escala do trabalho feminino e infantil; Longas jornadas de trabalho de até 16 horas; Uso da máquina a vapor acelerou a produção, mas a exploração dos trabalhadores era preferível à intensificação da mecanização (mais valia absoluta X mais valia relativa). Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 8
  9. 9. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL James Watt (1736- 1819), inventor escocês, aperfeiçoou a máquina a vapor. Pesquisas na área eram feitas desde o século anterior. A patente foi registrada em 1769. O uso do vapor – com a queima de carvão – começou a substituir a tração animal e à Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 9 água.
  10. 10. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A máquina a vapor encurtou também as distâncias possibilitando a invenção de barcos à vapor e dos trens. Fernandes Prof.ª Valéria 10/25/2012 10
  11. 11. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL O Ludismo O primeiro movimento de resistência operária ficou conhecido como Ludismo (*de Ned Ludd*). Os luditas (do inglês “luddite”) identificavam a máquina como o “grande inimigo”, se reuniam à noite e quebravam as máquinas. Eram operários, donos de oficinas que estavam fechando devido à concorrência, desempregados. Apesar da defesa da não intervenção do Estado na economia, a repressão foi pesada resultando em execuções e deprotações. 10/25/2012 11 Prof.ª Valéria Fernandes
  12. 12. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL O Cartismo O movimento que durou dez anos (1838-48) e tomou seu nome de um documento chamado Carta do Povo. Alguns dos pontos defendidos:  Voto masculino universal e secreto para maiores de 21 anos;  Salário para membros do Parlamento e fim da exigência para que estes fossem das classes proprietárias;  Regulamentação da jornada de trabalho e dos salários;  Restrição Prof.ª Valéria Fernandes do trabalho feminino e infantil; 10/25/2012 12
  13. 13. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A industrialização começou no Norte dos EUA ainda no século XVIII, já na França, Bélgica e na Alemanha foi fundamental os subsídios estatais. 13 Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012
  14. 14. 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Material Industrial Básico: aço e sintéticos. Principal Fonte de Energia: Eletricidade e Petróleo. Setor Predominante: Petroquímico, Siderúrgico e Têxtil. Capitalismo: Monopolista ou Financeiro (*fusão do capital industrial com o capital bancário*). Início do predomínio da Mais Valia Relativa sobre a Mais Valia Absoluta. Imperialismo e Neocolonialismo: reinvestimento de capitais, acesso à matérias-primas e novos mercados consumidores. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 14
  15. 15. 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Diminuição progressiva das jornadas de trabalho, regulamentação do trabalho feminino e infantil, proibição do trabalho infantil em alguns espaços (*minas, por exemplo*); Formação dos sindicatos e outras organizações de trabalhadores, Manifesto do Partido Comunista, Doutrina Social da Igreja Católica. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 15
  16. 16. 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A Alemanha se tornou a grande competidora da Grã- Bretanha, principalmente a partir de meados do século XIX. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 16

×