Revolução Industrial

5,932 views

Published on

Aula de História Geral para o Terceiro ano do Colégio Militar de Brasília. Permitido o uso desde que citada a fonte.

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
5,932
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,067
Actions
Shares
0
Downloads
178
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Revolução Industrial

  1. 1. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL História Geral 1
  2. 2. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Por que a Inglaterra? Reservas de capitais oriundos da exploração colonial; Os “enclosures” e Revolução Agrícola: criação do exército industrial de reserva; Mercado consumidor; Poor Laws (Leis dos Pobres); Influência do pensamento calvinista. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 2
  3. 3. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Por que a Inglaterra? A política de Cromwell favoreceu os cercamentos. O Estado que criou legislação favorável ao avanço do Capitalismo, principalmente após a Revolução Gloriosa de 1688; Possuía grandes reservas de carvão; Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 3
  4. 4. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Um exemplo de legislação protecionista do Parlamento foi a proibição de importar tecidos da Índia, China ou Pérsia baixada em 1700. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 4
  5. 5. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Mudanças na forma de trabalhar: destruição das corporações de ofício, divisão e especializações das etapas de produção, alienação do trabalhador. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 5
  6. 6. 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Matéria-prima: ferro e algodão; Fonte de energia: vapor; Setor predominante: têxtil; Na Inglaterra a Revolução foi feita pela iniciativa privada; Livre concorrência; Pouca regulamentação estatal, predomínio do dogma liberal “o Estado deve estar ausente da economia. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 6
  7. 7. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A fábrica reuniu todas as etapas da produção em um mesmo lugar, para evitar as longas distâncias, cortiços surgiram no entorno das fábricas. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 7
  8. 8. 1ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Uso em larga escala do trabalho feminino e infantil; Longas jornadas de trabalho de até 16 horas; Uso da máquina a vapor acelerou a produção, mas a exploração dos trabalhadores era preferível à intensificação da mecanização (mais valia absoluta X mais valia relativa). Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 8
  9. 9. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL James Watt (1736- 1819), inventor escocês, aperfeiçoou a máquina a vapor. Pesquisas na área eram feitas desde o século anterior. A patente foi registrada em 1769. O uso do vapor – com a queima de carvão – começou a substituir a tração animal e à Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 9 água.
  10. 10. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A máquina a vapor encurtou também as distâncias possibilitando a invenção de barcos à vapor e dos trens. Fernandes Prof.ª Valéria 10/25/2012 10
  11. 11. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL O Ludismo O primeiro movimento de resistência operária ficou conhecido como Ludismo (*de Ned Ludd*). Os luditas (do inglês “luddite”) identificavam a máquina como o “grande inimigo”, se reuniam à noite e quebravam as máquinas. Eram operários, donos de oficinas que estavam fechando devido à concorrência, desempregados. Apesar da defesa da não intervenção do Estado na economia, a repressão foi pesada resultando em execuções e deprotações. 10/25/2012 11 Prof.ª Valéria Fernandes
  12. 12. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL O Cartismo O movimento que durou dez anos (1838-48) e tomou seu nome de um documento chamado Carta do Povo. Alguns dos pontos defendidos:  Voto masculino universal e secreto para maiores de 21 anos;  Salário para membros do Parlamento e fim da exigência para que estes fossem das classes proprietárias;  Regulamentação da jornada de trabalho e dos salários;  Restrição Prof.ª Valéria Fernandes do trabalho feminino e infantil; 10/25/2012 12
  13. 13. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A industrialização começou no Norte dos EUA ainda no século XVIII, já na França, Bélgica e na Alemanha foi fundamental os subsídios estatais. 13 Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012
  14. 14. 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Material Industrial Básico: aço e sintéticos. Principal Fonte de Energia: Eletricidade e Petróleo. Setor Predominante: Petroquímico, Siderúrgico e Têxtil. Capitalismo: Monopolista ou Financeiro (*fusão do capital industrial com o capital bancário*). Início do predomínio da Mais Valia Relativa sobre a Mais Valia Absoluta. Imperialismo e Neocolonialismo: reinvestimento de capitais, acesso à matérias-primas e novos mercados consumidores. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 14
  15. 15. 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL Diminuição progressiva das jornadas de trabalho, regulamentação do trabalho feminino e infantil, proibição do trabalho infantil em alguns espaços (*minas, por exemplo*); Formação dos sindicatos e outras organizações de trabalhadores, Manifesto do Partido Comunista, Doutrina Social da Igreja Católica. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 15
  16. 16. 2ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL A Alemanha se tornou a grande competidora da Grã- Bretanha, principalmente a partir de meados do século XIX. Prof.ª Valéria Fernandes 10/25/2012 16

×