Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

M2

414 views

Published on

Published in: Travel, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

M2

  1. 1. Tema:“O espaço da sensibilidade no mundo humano em tempos de Consumismo e Fetichismo.”<br />
  2. 2. O Sujeito da Psicanálise<br />Quem é o Sujeito da Psicanálise?<br />1. Proposições introdutórias<br />1.1. O Sujeito do Iluminismo<br />Sujeito Cartesiano<br />“Cogito, Ergo Sum”<br />“Penso, logo existo”<br />
  3. 3. 1.2. O Sujeito da Psicanálise.<br />O mundo sofreu três golpes narcísicos:<br /><ul><li>Golpe cosmológico.
  4. 4. Golpe biológico.
  5. 5. Golpe psicológico.</li></ul>“O ego não é o senhor da sua própria casa”<br />“Existo, Onde não Penso”.<br />
  6. 6. 1.2.1. A Descoberta do Inconsciente<br />Caso Clínico: Anna.o <br />
  7. 7. <ul><li>Inconsciente.</li></ul>“Conjunto dos conteúdos psíquicos não presentes no campo efetivo da consciência”.<br /> “Inconsciente, Freud denomina-os representantes do desejo”.<br />
  8. 8. 1.2.2. O sujeito da Psicanálise é o sujeito do inconsciente, do desejo.<br />Aforismo psicanalítico<br />“O desejo é humano, demasiadamente humano”.<br />Desejo x Necessidade:<br /><ul><li>Necessidade. Conceito biológico.
  9. 9. Desejo. Conceito psíquico.</li></ul>“Marca da singularidade em cada sujeito” <br />
  10. 10. 1.2.3. O desejo e o interdito da Lei<br /><ul><li>Religião-----Deus
  11. 11. Família------Pai
  12. 12. Empresa----Chefe
  13. 13. Cidadania---País </li></ul>“ O ethos na perspectiva verticalizada” .<br />
  14. 14. 1.2.4. O declínio da Lei.<br /> O sujeito desbussolado<br />“Há uma modificação na forma como o sujeito se identifica”.<br />
  15. 15. 1.2.5. O consumismo e o fetichismo: mecanismos sofísticos que produzem angústia frente ao descompasso do desejo desbussolado.<br />“Consumismo” desencadeia:<br /><ul><li>Um status neurótico: </li></ul>“o sujeito compra o que não quer, com o dinheiro que não tem, para agradar pessoas que não gostam dele”.<br />O. Donald Olson<br />
  16. 16. <ul><li>Um fetichismo da mercadoria.</li></ul>Condição fetichista x fetichismo.<br />“O sujeito sente-se onipotente sobre o delírio do olhar do outro”.<br />
  17. 17. Aforismos analíticosPare e Pense:<br />Ser mal compreendido faz parte da existência humana.<br />Ir além da cena não é ver mais, é ser obsceno.<br />O sujeito não pode ser catalogado, completamente compreendido.<br />O silêncio faz parte da estrutura humana.<br />

×