Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Metodologia de controle de estoque para produtos de alta defasagem.

398 views

Published on


“Toda empresa está à procura desesperada de um método que ofereça a possibilidade de ter estoques de produtos mínimos e, além disso, atender aos pedidos dos clientes sem que existam artigos em falta”.

Published in: Economy & Finance
  • Login to see the comments

  • Be the first to like this

Metodologia de controle de estoque para produtos de alta defasagem.

  1. 1. Controle Geral de Aging Melhor desempenho de estoque e controle de produtos
  2. 2. Função do controle do Aging • Estabelecer um sistema de controle sistemático para a não depreciação do estoque. • Monitoramento constante de produtos em estoque para que os mesmos não venham entrar na linha de aging estabelecida de 25 dias. • Reuniões periódicas para melhor posicionamento de ideias para o controle das mercadorias a serem compradas quando “sazonalidade”, quantidade e vendas. (estratégia para venda rápida e objetiva)
  3. 3. Produtos Curtos e Longa Duração • Produto Curto Prazo – Todo e qualquer produto Eletrônico Informática e periféricos – Produtos perecíveis • Produto Longa duração – Produtos que levam a compra de algum outro que gere uma compra maior “promoções” – Perfumes, Bebidas Destiladas. – Sempre levando em conta que sua meta e estabelecer o abaixo de 25 dias.
  4. 4. NÚMERO DE CONTROLE DO AGING COMPRA 1 2 3 5 10 20 25 30 0 10 15 25 PRODUTO LONGA DURAÇÃO PRODUTO CURTA DURAÇAO Os Produtos Curta Duração e Longa Duração Obtidos dos Dados na Tabela PRODUTOCURTADURAÇÃOE PRODUTOLONGADURAÇÃO
  5. 5. Produtos Total, Longo e Curto 11 25 30 AGING 10 1 0 PL PC COMPRASEV = UNIDADES DO ESTOQUE VARIÁVEL PRODUTO 1 a 10 – Inflexão PC 11 a 25 – Máximo PC/PL 26 e 30 – Máximo PC e PL = AGING
  6. 6. OS ESTÁGIOS DE AGING PRODUTO UNIDADES DO AGING VARIAVEL ESTÁGIO I ESTÁGIO II ESTÁGIO III PL PC PL PC=PL
  7. 7. Custo Para minimizar o custo usaremos como metodologia o pensamento de venda em curto prazo estabelecendo estoques de segurança para que não haja falta de mercadorias. De acordo com a sazonalidade, demanda e campanhas de Marketing para as compras.
  8. 8. Aging de produtos Metodologia • Produtos IT – Produtos com alto índice de depreciação mercadológica PC’s, Games ETC... devem ser monitorados a todo tempo e não podem gerar aging + 25dd (salvo casos excepcionais) • Produtos Moda – Não perecíveis com tendência a entrar em decadência de acordo com a exigência do mercado ( Relógios Inclusos) • Produtos de depreciação baixa – Destilados em geral. • Produtos de alta depreciação “perecíveis” – Alimentícios em geral que não devem ultrapassar suas respectivas datas.
  9. 9. Aging Fixo 30 dias corridos O Quantidade de segurança armazenada a ser discutida com os gerentes 25 dias AgingMédio
  10. 10. O AgingMédio 25 Dias Quantidade segurança Armazenada As Curvas de Aging Variável e a Curva de Vendas – 0 10 20 25 IDEAL 30 40 50 CURVA DE VENDAS DIAS EM AGING “NÃO RECOMENDADO MAIS QUE 30 DIAS CORRIDOS”
  11. 11. Aging total no curto prazo 30% das vendas AT = CF + QC 100% AgingMédio70% AT AM Quantidade Comprada 100%
  12. 12. Custos Médio, Variável Médio, Fixo Médio • Custo médio – CM=CP/E – Custo de cada Produto parado em estoque • Custo variável médio – CVMe=CP/V – Custo do produto na média de venda • Custo Crescente médio – CCMe=CP/A – Custo do produto quando entra em AGING
  13. 13. QUANTIDADE COMPRADA (a) QUANTIDADE VENDIDA (b) A Derivação da Curva de Custo Variavel Médio O compra venda aging 15 25 30 dias Custo(Reais) Demanda O 100% 70% 50% 30 25 15 dias CA CCV
  14. 14. A Derivação da Curva do Custo Variável Médio 0 15 dias 25 dias 30 dias Demanda Custo(REAIS) QUANTIDADE COMPRADA (a) QUANTIDADE VENDIDA (b) 50% 70% 100% Aging 25 DIAS0 produto CVMe
  15. 15. Função de produção para evitar o AGING Vendas 15% 30% 50% 75% 100% 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 20 25 30 45 Quantidade de aging aceitavel Função de Produção
  16. 16. Vendas 15% 30% 50% 75% 100% 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 20 25 30 35 40 Quantidade de aging suportável Aging Real Aging Pretendido
  17. 17. A importância da Gestão de Estoques 1. Melhor a saúde financeira da empresa. 2. O dinheiro não fica parado no depósito. 1. Pior a saúde financeira da empresa. 2. Dependência de recursos de terceiros. 3. Falta dinheiro para: > Pagar as contas em dia. > Realizar investimentos em atualização de equipamentos. > Realizar investimentos para treinar/especializar funcionários. > Busca de recursos junto ao mercado financeiro. > Impossibilita o crescimento da empresa. 4. Reduz o lucro! Quanto maior a velocidade de giro dos estoques: Quanto menor a velocidade de giro dos estoques:
  18. 18. Devemos concluir que é necessário a implantação de uma mentalidade voltada para o melhor desempenho nas Compras de produtos pelos seus respectivos gerentes assumindo o esforço de comprar com responsabilidade e vender seu respectivo produto em um prazo pré determinado de 25 a 30 dias não gerando assim oneração para sua empregadora que assim poderá investir modernização melhorias de seu estoque dentro dos parâmetros pré estabelecidos por um TAC “termo de ajustamento de conduta” a ser elaborado com todos os gerentes desta empresa. Cordialmente Sergio Grünbaum.

×