Seffa 2010 antonio_morao_dias

993 views

Published on

"Bolonha" e o Ensino Superior em Portugal - (Professor Doutor António Morão Dias - Direcção-Geral do Ensino Superior).

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
993
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
34
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Seffa 2010 antonio_morao_dias

  1. 1. “Bolonha” e o Ensino Superior em Portugal António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  2. 2. 47 países participantes António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  3. 3. QUEM TOMA AS DECISÕES ? Processo inter-governamental ( não é administrado pela CE ) e por consenso dos 47 países envolvidos; •Principal Fórum de decisão : Cimeira dos Ministros (bianual); • 2 grupos de apoio : • Bologna Follow up Group •Executa as decisões das cimeiras; •Bologna Board •Preparação da Cimeira dos Ministros António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  4. 4. Timeline of the Bologna Process (proposta DRMCI para substituir Slides 14 a 17) Source: Eurydice
  5. 5. PREOCUPAÇÕES ACTUAIS Garantia da Qualidade Reconhecimento Sistema de Graus Dimensão Mobilidade/ Social Empregabilidade Internacionalização Aprendizagem centrada Aprendizagem no estudante e baseada ao Longo da nas competências Vida António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  6. 6. Países com 3 ciclos em Visão global da implementação do modelo de Bolonha 1999 and 2009 2009/2010 Estrutura com 3 ciclos , após1999 180+120 créditos (3+2 anos académicos) Estrutura com 3 ciclos ,em 1999 240+120 créditos (4+2 anos académicos) Sem estrutura de 3 ciclos 240+90 créditos (4+1.5 anos académicos) 240+60 créditos (4+1 anos académicos) Fonte: Eurydice. Modelo não dominante Não aplicável Fonte: Eurydice António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  7. 7. A evolução do processo em Portugal António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  8. 8. ACTIVIDADE NACIONAL dComissão acompanhamento Grupo do PB Nacional de Peritos Adaptação formal Bologna dos ciclos de estudo Delegado Direcção Geral BFUG Ensino Superior Reuniões BFUG Grupos de trabalho BFUG Quadro Nacional Qualificações Garantia da Qualidade Dimensão Social Mobilidade Empregabilidade António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  9. 9. REFORMAS LEGAIS 2005 Princípios reguladores de instrumentos para a criação do espaço europeu de Ensino Superior (ECTS): Decreto-Lei n.º 42/2005, de 22 de Fevereiro. 2006 Graus e diplomas do Ensino Superior: Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março Acesso de novos públicos ao ensino superior, nomeadamente de adultos Com apropriada formação e experiência - Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de Março Cursos de Especialização Tecnológica: Decreto-Lei n.º 88/2006, de 23 de Maio 2007 Avaliação do Ensino Superior: Lei n.º 38/2007, de 16 de Agosto. Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior: Decreto-Lei n.º 369/2007, de 5 de Novembro. Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior: Lei n.º 62/2007, de 10 de Setembro. António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  10. 10. REFORMAS LEGAIS (cont.) 2007 Regime de Reingresso, Mudança de Curso e Transferência - Portaria n.º 401/2007, de 5 de Abril Empréstimos para estudantes do ensino superior - Decreto-Lei n.º 309-A/2007, de 7 de Setembro Reconhecimento de Graus Estrangeiros: Decreto-Lei n.º 283/83, de 21 de Junho, alterado pelo Decreto-Lei nº 341/2007, de 12 de Outubro. 2008 Alteração do Decreto-Lei nº 74/ 2006 - Graus e Diplomas António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  11. 11. Alteração do Decreto-Lei nº 74/ 2006 - Graus e Diplomas Promoção de aprendizagem ao Longo da Vida Inscrição em disciplinas isoladas (certificação e acreditação) Frequência de curso em regime de tempo parcial Orientação dos ciclos de estudos para as competência a atingir Relatório anual público por instituição do progresso nesta vertente António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  12. 12. Graus Académicos no Ensino Superior Organograma do Sistema de Ensino Superior Português de acordo com os Princípios de Bolonha com Princí Exame Extraordinário de Avaliação de capacidade Ensino Secundário para Acesso ao Ensino CET Nível 4 Superior (ISCED) Ensino Politécnico Ensino Universitário Licenciatura Licenciatura Mestrado 1º Ciclo de Integrado Nível 5 Estudos 180 ECTS 180 a 240 ECTS 300 a 360 ECTS (ISCED) Mestrado Mestrado 2º Ciclo de Estudos 90 a 120 ECTS 90 a 120 ECTS Doutoramento Nível 6 3ºCiclo de Estudos (ISCED) 180 ECTS António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  13. 13. Bolonha - avaliação 40 COMISSÕES (de diversas áreas científicas) 170 ESPECIALISTAS 278 REUNIÕES António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  14. 14. O Ensino Superior em Grandes Números António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  15. 15. DEMOCRATIZAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR
  16. 16. António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  17. 17. Concurso Nacional Acesso CANDIDATOS, VAGAS E COLOCADOS António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  18. 18. 10 CURSOS COM MAIS PREFERÊNCIAS (1ª OPÇÃO) Curso 2007 2008 2009 Medicina 3.964 3.143 3.170 Enfermagem 3.376 2.724 2.579 Gestão 2.477 2.940 2.336 Direito 1.855 2.362 2.530 Engenharia Civil 1.363 1.704 1.341 Engenharia Informática 1.114 1.714 1.397 Economia 1.303 1.597 1.298 Psicologia 1.343 1.117 1.417 Educação Básica 1.210 998 1.196 Engenharia Mecânica 849 1.286 1.206 António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  19. 19. Alunos inscritos - área científica / género / 2007-2008 António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  20. 20. • Regionalização do ES (Desenvolvimento Regional) • Necessidade de racionalização da Rede (Procura e empregabilidade) 13 Universidades Públicas + Univ. Aberta 15 Institutos Politécnicos Públicos Fonte: DGES Fonte: DGES
  21. 21. 8 Grandes Universidades e 60 Pequenas Instituições Fonte: DGES
  22. 22. Acção Social - % de estudantes com bolsa de estudo em IES Fonte: DGES
  23. 23. Apoio ao Estudante Bolsas BOLSAS 2007 2009 ∆% PÚBLICO E PRIVADO Alunos 353.668 360.384 ↗2% Candidatos 90.613 100.231 ↗ 11% Bolseiros 70.603 74.935 ↗ 6% Bolsas € 116.466.917 € 122.660.826 € ↗ 5% Bolsa Média Anual 1.650 € 1.670 € ↗ 1%
  24. 24. Bolonha Total: Ciclos de Estudos em Outubro de 2009
  25. 25. Ciclos de Estudo por Área António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  26. 26. DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DOS CET 106 132 65 30 7 8 15
  27. 27. Cursos de Especialização Tecnológica Alunos Inscritos por área científica Alunos Inscritos por área científica desde o ano lectivo 2004-2005 até ao ano ano lectivo 2008-2009 2 000 1 800 1 600 1 400 1 200 2004-2005 1 000 2005-2006 800 2006-2007 600 2007-2008 2008-2009 400 200 0 Artes e Ciências Sociais, Ciências, Engenharia, Agricultura Saúde e Protecção Serviços Humanidades Comércio e Direito Matemática e Indústrias Social Informática Transformadoras e N.º Total de alunos Construção inscritos = 14 449 (fonte: GPEARI)
  28. 28. INTERNACIONALIZAÇÃO Alunos estrangeiros 2007-2008 António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  29. 29. Mobilidade Erasmus 1987/2009 António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  30. 30. Mobilidade Erasmus Destinos Estudantes portugueses (2000-2009) 10 + António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  31. 31. 1.Mobilidade Reconhecimento de Graus Estrangeiros António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  32. 32. Reconhecimento de Graus Estrangeiros António Morão Dias Estado-Maior da Força Aérea Lisboa, 27 de Maio 2010
  33. 33. Bolsas de Estudo Estudantes com Avaliação Acreditação deficiência Garantia de Dimensão Qualidade Social Novos Públicos NOVOS DESAFIOS DAS Liderança Prestaçao de INSTITUIÇÕES Contas Reconhecimento Ensino Superior Governança Mobilidade Autonomia Curriculum Financiamento Empregabilidade Parcerias Investigação e Empreendedorismo Inovação Estrategicas Quadro Europeu de competências
  34. 34. www.dges.mctes.pt

×