Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Glossário Hgp 5

27 views

Published on

Published in: Technology, Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Glossário Hgp 5

  1. 1. 1
  2. 2. A Península Ibérica na Europa e no Mundo Atlas conjunto de mapas reunidos num ou mais volumes. Continente cada uma das grandes extensões da superfície da Terra que apresenta características próprias. Equador linha imaginária, perpendicular ao eixo da Terra, que divide o planeta em duas partes iguais (hemisfério norte e hemisfério sul). Escala relação existente entre a medida real e a medida representada num mapa. Globo terrestre representação do planeta terra na sua forma real que é aproximadamente esférica. Hemisfério cada uma das duas metades do Globo Terrestre, divididas pelo Equador. Legenda texto explicativo que acompanha um mapa, uma ilustração, um gráfico... Mapa representação de uma região, de um país, de um continente ou do Mundo, numa superfície plana e em tamanho (escala) menor que o real. Meridiano Grande semicírculo da superfície terrestre limitado pelos pólos Norte e Sul. Linha imaginária. Oceano grande extensão de água salgada que banha os continentes. Paralelo Linha imaginária perpendicular ao eixo da Terra. O maior dos paralelos é a linha do Equador. Planisfério mapa, geralmente de forma rectangular, que representa de uma forma plana toda a superfície terrestre. Planta Desenho ou traçado que representa uma cidade, uma casa, etc. Rosa-dos-Ventos círculo ou quot;estrelaquot; onde aparecem marcados os pontos cardeais e colaterais, que serve para orientação. 2
  3. 3. Ambiente Natural Bacia hidrográfica Terreno onde corre um rio e seus afluentes. Caudal Quantidade de água que corre no leito de um rio. Clima Estado do tempo, numa determinada região, ao longo de um período de, pelo menos, 30 anos. Cordilheira Conjunto de montanhas. Costa Parte da terra em contacto com o mar. Montanha Grandes elevações de terreno, geralmente cortadas por vales profundos. Península porção de terra rodeada de água por todos os lados menos por um, o istmo. Planalto Grande superfícies de terreno plano de média ou elevada altitude. Planície Grande superfícies de terreno plano e de baixa altitude. Precipitação Quantidade de água, neve ou granizo que cai no solo. Chuva. Rede hidrográfica Conjunto formado por um rio principal e os seus afluentes. Temperatura Estado atmosférico do ar medido em graus; referente a calor ou frio. Vale Espaço compreendido entre dois montes no qual geralmente corre um rio. Vertente Direcção da inclinação do relevo. 3
  4. 4. Povos Recolectores Arte Rupestre Gravuras e pinturas feitas pelas comunidades primitivas em rocha. Nómada Comunidade que não tem local fixo para viver. Recolectores Comunidade que se alimenta do que a Natureza dá, não produz os seus alimentos. Recurso natural Riqueza da Natureza que o Homem usa para a sua sobrevivência. Utensílio Instrumento feito pelo Homem para o auxiliar no seu trabalho. Povos Agro-Pastoris Actividadeartesanal Actividade manual de produção de utensílios, sem o auxílio de máquinas. Agricultura Actividade que retira da terra produtos para a alimentação. Comércio Actividade de troca de produtos. Esta troca pode ser directa (um produto por outro produto) ou indirecta (através da moeda). Megalito Grande monumento funerário de pedra. Metalurgia Actividade que transforma os metais. Pastorícia Criação de animais para fins de alimentação ou outros. Sedentário Povo que tem um local fixo para habitar. Documento histórico Vestígio deixado pelos nossos antepassados que permite aos historiadores reconstituir o seu modo de vida. Pode ser escrito ou não. 4
  5. 5. Os Romanos na Península Ibérica Cristianismo Religião fundada por Jesus Cristo e que se baseia nos quot;Dez Mandamentosquot;. Era Cristã Período de tempo contado a partir do nascimento de Cristo. Império Território de grande extensão governado por um imperador. Mare Nostrum quot;O nosso marquot; em latim; nome dado pelos Romanos ao Mar Mediterrâneo, uma vez que o controlavam. Milénio Período de mil anos. Romanização Influência exercida pelos Romanos, ao nível de valores e costumes, nos territórios conquistados Século Período de cem anos. Os Muçulmanos na Península Ibérica Árabe Povo que tem origem na Península da Arábia. Civilização Nível dos progressos culturais e técnicos de um povo. Islamismo Religião fundada por Maomé. Mouro Nome dado aos árabes habitantes da Mauritânia, no Norte de África. Muçulmano Praticante do Islamismo ou religião islâmica. Reconquista Período de tempo em que os Cristãos lutaram contra os Muçulmanos para reconquistar (voltar a conquistar) as terras perdidas. 5
  6. 6. Um novo reino chamado Portugal Condado Território sob o domínio de um conde, que o governa em nome do seu rei. Cruzado Guerreiro cristão que combatia os mouros. Doar Ceder alguma coisa a alguém sob certas condições. Fronteira Limite que separa duas regiões ou dois países. Independência Situação de um estado que não depende de nenhum outro e que se governa pelas suas próprias leis. Monarquia Sistema de governo que tem por chefe de estado um rei. Papa Chefe da Igreja Católica. Reino Estado que tem por soberano um rei. 6
  7. 7. Portugal no tempo de D. Dinis Actividade artesanal Actividade manual de produção de utensílios, sem o auxílio de máquinas. Actividade económica Actividade exercida pelo Homem, para produzir bens e serviços que asseguram a sua subsistência. Burguesia termo que designava o habitante do burgo ou cidade; grupo social proveniente do povo, e que enriquece devido à sua especialização no comércio e nos ofícios artesanais. Carta de Foral Documento em que o rei e grandes senhores concedem certa autonomia a uma comunidade e onde se estabelecem os seus direitos e obrigações. Clero Grupo social. Conjunto de pessoas que se dedicam à religião; o clero regular abrange as ordens monásticas de ambos os sexos; o clero secular era constituído por bispos, cónegos e párocos. Comércio Actividade de troca de produtos que tem por objectivo o lucro. Este comércio pode ser interno - troca dentro do país ou externo - troca de um país com outros países. Concelho Comunidade de homens livres que recebeu Carta de Foral. Feira Sítio ao ar livre onde se expõem e vendem mercadorias e que se realiza com uma certa periodicidade. Foral ver quot;Carta de Foralquot; Grupo social Conjunto de pessoas que, na sociedade, têm os mesmos interesses, direitos e deveres. Grupo social privilegiado Conjunto de pessoas que, na sociedade, têm certas regalias ou privilégios, em relação aos que não os têm. Nobreza Grupo social privilegiado constituído por descendentes de famílias ilustres, ricas e com grande poder militar. 7
  8. 8. Ordem religiosa-militar Ordem religiosa que tinha como actividade principal o combate na guerra contra os Mouros. Povo Grupo social menos favorecido, a quem cabia sustentar os outros grupos; tinha muitas obrigações e poucos privilégios. Salicultura Actividade de extracção de sal. Sociedade Grupo de pessoas que vive em comunidade, respeitando regras sociais que permitem a vida em conjunto. 8
  9. 9. 1383-1385 - Um Tempo de Revolução Burguesia Termo que designava o habitante do burgo ou cidade; grupo social proveniente do povo, e que enriquece devido à sua especialização no comércio e nos ofícios artesanais. Cortes Reuniões extraordinárias dos representantes dos grupos sociais de um reino. As Cortes reuniam-se por ordem do Rei, quando este tinha necessidade de ouvir as opiniões desses representantes (fazer a guerra ou a paz, lançar impostos, casar os príncipes...). Tinham apenas um carácter consultivo. Crónica Registo dos acontecimentos mais importantes de um reino, feito por um cronista escolhido pelo rei. Dinastia Série de reis que pertencem à mesma família. Peste Doença infecciosa e epidémica, isto é, que ataca muitas pessoas ao mesmo tempo. Revolução Transformação profunda da política, da sociedade, da economia ou das instituições de um estado, dando origem a uma nova situação. 9
  10. 10. As Grandes Viagens do Século XV Astrolábio Instrumento para medir a altura de um astro acima do horizonte. Ajudava a determinar a posição do navio no alto- mar. Bolinar Navegar utilizando ventos contrários. A bolina é um cabo que serve para colocar a vela numa posição oblíqua, de modo a que esta receba melhor o vento de lado. Capitania Divisões do território em parcelas que são entregues a capitães donatários que ficam responsáveis pelo seu povoamento e exploração económica. Caravela Navio do séc. XV. Foi utilizado pelos Portugueses nas viagens de descoberta ao longo da costa ocidental africana. Carta náutica Portulano; mapa anterior ao tempo das Descobertas, mostrando os recortes das costas e ilhas, onde estavam assinalados os portos e as rotas marítimas. Colonização Povoamento de uma região por pessoas (colonos) que a vão desenvolver com actividades económicas (agricultura, criação de gado, ...) Emigração Saída de pessoas de um país para outro, onde passam a viver e trabalhar. Escravos Pessoas que eram aprisionadas, geralmente depois de serem vencidas em guerra. Eram vendidos, por comerciantes de escravos, a quem precisava de trabalhadores. Não tinham liberdade: estavam sujeitos ao se dono. Especiarias Produtos raros. Substâncias aromáticas para temperar os alimentos (exemplo: gengibre, noz moscada, pimenta, etc.) Etnia Grupo de pessoas de uma determinada raça, com religião, cultura e língua próprias, que os distingue de outros grupos. Expansão Diz-se do período que corresponde ao alargamento do espaço português através da conquista ou descoberta de novas terras e que ocorreu nos séculos XV e XVI. 10
  11. 11. Feitoria Local fortificado onde se realizava o comércio com as populações. Imigração Entrada de pessoas num país, para aí viverem e trabalharem. Manuelino (estilo) Nome dado à arte do reinado de D. Manuel I, com características muito próprias: decoração de edifícios com motivos vegetais, animais e marítimos. Migração Movimento de pessoas de uma região para outra. Missionários Elementos do clero, pertencentes a ordens religiosas, que iam viver com os povos dos novos territórios descobertos, ensinando-lhes a fé cristã. Monopólio Privilégio de ter, em exclusivo, os direitos sobre a comercialização de um produto. Nau Antiga embarcação à vela, de alto bordo, com três mastros e numerosos canhões. Navegaçãoastronómica Navegação marítima cuja orientação é feita através da observação dos astros. Padrão Coluna de pedra na qual se gravava uma cruz e as armas de Portugal. Assinalava a chegada dos Portugueses à terra descoberta. Quadrante Utensílio usado pelos navegadores portugueses para determinar a altura do Sol. Rota Percurso conhecido e anotado em cartas ou mapas rumo a um certo objectivo. Da União Ibérica à Restauração Motim Revolta, desordem, rebelião. Restauração Restabelecimento da independência. 11

×