Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Fórum Câncer de Pulmão - 27/11/2017

615 views

Published on

Bate papo conduzido com Iane Oliveira Cardim que é paciente com o tema "Vivendo com o câncer de pulmão."

Published in: Healthcare
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Fórum Câncer de Pulmão - 27/11/2017

  1. 1. PACIENTE: IANE CARDIM IDADE: 48 ANOS DIAGNÓSTICO: ADENOCARCINOMA DE PULMÃO
  2. 2. COMO TUDO COMEÇOU. Acometida por suposta virose no início do mês de julho de 2015, que evoluiu com tosse persistente e gotejamento nasal.   12.08.2015 | Primeira consulta otorrino - JFD - Diagnóstico de sinusite e prescrição de Prelone, Salsep, Avamys e Levoxin; 03.08.2015 | Primeira Consulta médica por conta da superação da virose e persistência da tosse. Prescrição de corticoide;
  3. 3.   15.09.2015 | Segunda consulta otorrino - CM - manutenção do diagnóstico de sinusite e prescrição de Sorine, Avamys e Fluimucil;   21.09.2015 | Terceira consulta otorrino - RA - Realização de RX de face e topo de cabeça com diagnóstico de sinusite esfenoidal. Prescreveu Bactrin Predinisolona e Maresis;   30.09.2015 | Retorno ao terceiro otorrino com piora dos sintomas e prescrição de Nasonex;   06.10.2015 | Consulta Gastro - SS - Prescreveu avalox e manteve a medicação. Orientou a fazer endoscopia
  4. 4. E A SITUAÇÃO SE AGRAVOU... Início das dores na cervical e perda de peso. 07.10.2015 | Ultrasson Cervical normal - Y   17.10.2015 | Consulta alergologista - JEF, que diagnosticou sinusite alérgica e prescreveu montelair, nasonex e maresis;   18.10.2015 | Consulta Alergologista - JBF, que confirmou o diagnóstico e manteve os medicamentos.   19.10.2015 | Quarta consulta otorrino - J - Realização de Fibro Naso Faringo Laringoscopia, e prescrição de Nasonex, Maresis e Seki;
  5. 5.   20.10.2015 | Consulta com pneumologista - WB, que prescreveu aerolin, clenil e percof e solicitou a realização de um RX de tórax.   21.10.2015 | Retorno ao pneumologista que avaliou o RX de tórax, afirmou inexistir problema "do pescoço para baixo", manteve a medicação e sugeriu a busca de tratamento para o tabagismo, que seria a causa da tosse.   21.10.2015 | Retorno ao quatro otorrino - J - que solicitou RX de face e endoscopia para investigação de refluxo;   28.10.2015 | Tentativa de endoscopia - MR Nesta ocasião eu apresentava broncoespasmo, gotejamento nasal e dor na parede anterior do hemitorax direito que só melhorava parcialmente com analgésicos potentes.
  6. 6. E O QUADRO CONTINUOU SE AGRAVANDO... Na tentativa do procedimento ocorreu dessaturação após indução anestésica e a endoscopia foi suspensa. Diante do ocorrido, o gastro solicitou tomografia do torax, encaminhamento para outro pneumo e prescreveu pantoprazol, domperidona e ranitidina, acaso a causa fosse refluxo, até que houvesse um diagnóstico preciso. 08.11.2015 | Tomografia sem contraste com resultado inconclusivo;   09.11.2015 | Exame de capacidade respiratória, pedido pelo gastro, que acusou distúrbio ventilatório inespecífico;
  7. 7.   09.11.2015 | Exame Eco e Eletro pedido pelo gastro, pois eu apresentava inchaço nas pernas e pés;   11.11.2015 | Consulta com segundo pneumologista - PP - que solicitou tomografia do torax;   16.11.2015 | Retorno ao segundo pneumologista que solicitou broncoscopia   24.11.2015 | Realização de broncoscopia - LP, com internamento em UTI por conta de hemorragia. Resultado Negativo;   05.12.2015 | Duplex Scan Venoso Membros Inferiores normal – Y;   07.12.2015 | Cintilorafia normal – Y;
  8. 8. O CAMINHAR PASSA A TER UMA DIREÇÃO... 07.12.2015 | Consulta no NOB, com Dra. Clarissa Mathias, que fez o encaminhamento imediato para internamento, objetivando a confirmação da suspeita do diagnóstico; 10.12.2015 | Broncoscopia e Mediastinoscopia com resultado negativo - AT. Condução a UTI por conta de hemorragia e derrame pleural;
  9. 9. 15.12.2015 | Torocotomia com resultado positivo – AT;   20.12.2015 | Alta hospitalar;   21.12.2015 a 27.12.2015 | Suspensão da primeira quimio e Internamento em UTI (até 24.12.2015) com quadro séptico – “Fiz transfusão”;
  10. 10. 28.12.2015 | Primeira quimio (Carbo + Alimta e zometa a cada 30 dias)   11.01.2016 a 15.01.2016 | Radioterapia por conta de pequena hemorragia;   18.01.2016 a 24.01.2016 | Internamento com quadro séptico pulmonar;   25.01.2016 | Segunda quimio;   25.01.2016 a 26.01.2016 | Internamento para transfusão;   19.02.2016 | Colocação Porth-Carth – RM;   10.05.2016 a 24.05.2016 | Dez aplicações de radio;
  11. 11. E A VIDA RECOMEÇA... Maio de 2016 | Primeira viagem nacional;   Julho de 2016 | Início de uma disciplina como aluna ouvinte no mestrado da UNEB;   06.09.2016 | Início do tratamento com Nivolumab a cada 15 dias e Zometa a cada 28 dias;
  12. 12. Novembro de 2016 | Primeira viagem internacional (Roma e Portugal);  
  13. 13. 19.01.2017 | Cirurgia Síndrome do Túnel do Carpo;
  14. 14. Março de 2017 | Inicio das atividades físicas para condicionamento respiratório;
  15. 15. Junho de 2017 | Zometa a cada 90 dias;   Junho de 2017 | Festas juninas e montaria;
  16. 16. Julho de 2017 | Inicio de duas disciplinas como aluna especial no Mestrado da UNEB;   Agosto de 2017 | Membro integrante do grupo de pesquisa sobre Educação, Inclusão Educacional e Diversidade da UNEB;
  17. 17. Agosto de 2017 | Retorno ao jogo de tênis não competitivo; Agosto de 2017 | Início do curso de espanhol; Setembro de 2017 | Início do acompanhamento com endocrinologis para perda de peso (atualmente – 87,600 kg).
  18. 18. Novembro de 2017 | Trabalho voluntário na 36ª edição da Feira da Fraternidade (Paróquia de Nossa Senhora da Vitória – Salvador/BA).
  19. 19. VIVENDO COM CÂNCER DE PULMÃO.
  20. 20. A felicidade só vem quando aprendemos a doar os dons que recebemos, quando os usamos para tornar o mundo a nossa volta melhor, porque, se existe algo certeiro nessa vida, é o fato de que tudo que nos dispomos a dar, nos é destinado receber. Iane Cardim

×