Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Seminar 'Resilient Cities, Smart Citizens’
Marco Contardi, Strategic Advisor FGV Projetos
Rio de Janeiro 16/05/2016
Transf...
Transformational Smart Cities
Um conceito para transformar as cidades existentes em lugares mais inteligentes
2
..È DIFERE...
Como se desenvolve uma Cidade Inteligente?
Fatores habilitantes para uma Cidade Inteligente
3
INTEGRAÇÃO DE FATORES
HABILI...
CIDADE
INTELIGENTE
Atores Públicos e Privados
Participar, colaborar, interagir e compartilhar conhecimentos, visão, estrat...
5
Stakeholders Engagement
Fonte: FGV
Processo de engajamento de Stakeholders para desenvolvimento da Cidade Inteligente
IM...
URBAN
LAB
Ambiente propício à
estruturação criativa de
soluções smart, ao
mesmo tempo que facilita a
colaboração e
competi...
7
LABORATÓRIO
DA CIDADE
INCUBADORA
 Espaços de Coworking
 Consultorias especializadas
 Encontros com
investidores/patro...
O PLANO DIRETOR
QUE QUEREMOS
URBANLAB
Fotovoltaico
AL TA FL O RESTA
CIDADE
SUSTENTAVEL
Maringá - PA
Madrid
Biomassa
EMPODE...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Transformational Smart Cities #resilientrio

9 views

Published on

Presentation by Marco Contardi, Strategic Advisor, FGV Projetos (BR). Resilient Cities, Smart Citizen seminar in Rio de Janeiro, May 2016.

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Transformational Smart Cities #resilientrio

  1. 1. Seminar 'Resilient Cities, Smart Citizens’ Marco Contardi, Strategic Advisor FGV Projetos Rio de Janeiro 16/05/2016 Transformational Smart Cities
  2. 2. Transformational Smart Cities Um conceito para transformar as cidades existentes em lugares mais inteligentes 2 ..È DIFERENTE DE… Criar novas cidades/bairros ... ... transformar as cidades existentes Kangbashi New Area, localizada na China do Norte
  3. 3. Como se desenvolve uma Cidade Inteligente? Fatores habilitantes para uma Cidade Inteligente 3 INTEGRAÇÃO DE FATORES HABILITANTES 5. NOVOS MERCADOS E MODELOS DE NEGÓCIO R E C U R S O S F I N A N C E I R O S 4. TECNOLOGIAS HABILITANTES 2. PLANEJAMENTO INTEGRADO 3. ARRANJOS DE GOVERNANÇA P O R T F O L I O D E T E C N O L O G I A S 4. 5. 1. 1. ATORES PÚBLICOS E PRIVADOS
  4. 4. CIDADE INTELIGENTE Atores Públicos e Privados Participar, colaborar, interagir e compartilhar conhecimentos, visão, estratégias e ações e difundir a cultura da parceria GOVERNO MUNICIPAL INSTITUÇÕES DE PESQUISA, ENSINO E FOMENTO SETOR EMPRESARIAL CIDADÃOS Provedores de Serviços Sociais Agentes Financeiros e de Microcrédito Empresas Provedoras de Tecnologias Sociedade Civil Organizada Entidades Representantes dos Setores Empresariais 4 Operadoras de Infraestrutura e Serviços Urbanos Instituições de fomento Instituições de capacitação técnica Universidades Agências de Desenvolvimento
  5. 5. 5 Stakeholders Engagement Fonte: FGV Processo de engajamento de Stakeholders para desenvolvimento da Cidade Inteligente IMPLEMENTAÇÃO COMPARTILHAD A DE PROJETOS AVALIAÇÃO DE RESULTADOS E ACOMPANHAMENTO IDENTIFICAÇÃO STAKEHOLDERS CHAVE IDENTIFICAÇÃO DE QUESTÕES RELEVANTES DEFINIÇÃO DA ESTRATÉGIA COMPARTILHADA IDENTIFICAÇÃO E CO-DESIGN DE PROJETOS
  6. 6. URBAN LAB Ambiente propício à estruturação criativa de soluções smart, ao mesmo tempo que facilita a colaboração e competitividade. Laboratório da Cidade 6
  7. 7. 7 LABORATÓRIO DA CIDADE INCUBADORA  Espaços de Coworking  Consultorias especializadas  Encontros com investidores/patrocinadores  Showrooms e escritórios  Serviços financeiros e de suporte administrativo e gerencial  Cursos , seminários e palestras  Estudos setoriais  Workshops de inovação  Grupos focais e oficinas de planejamento estratégico  Plataforma Participativa Desenhando a Cidade Inteligente Planejamento e Governança para a Cidade Inteligente INSTITUÇÕES DE ENSINO, PESQUISA E FOMENTO SETOR EMPRESARIAL CIDADÃOS GOVERNO MUNICIPAL
  8. 8. O PLANO DIRETOR QUE QUEREMOS URBANLAB Fotovoltaico AL TA FL O RESTA CIDADE SUSTENTAVEL Maringá - PA Madrid Biomassa EMPODERANDO PARA A REVOLUÇÃO ENERGÉTICA: A MICRO E MINI GENERAÇÃO DISTRÍBUIDA CORREDORES FLORESTAIS URBANOS: A FLORESTA AMAZÔNICA NO SISTEMA URBANO Construindo o Laboratório Vivo Alta Floresta 8

×