Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Felizmente há Luar, de Luís Sttau Monteiro

26,896 views

Published on

Published in: Travel, Business
  • Be the first to comment

Felizmente há Luar, de Luís Sttau Monteiro

  1. 1. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 Luís Infante de Lacerda Sttau Monteiro 03/04/1926 (Lisboa) 23/07/1993 (Lisboa) Publicação e representação: apesar de ter sido publicada em 1961 , só subiu à cena portuguesa após o 25 de Abril, em 1978 , no Teatro Nacional. Houve, no entanto, uma representação anterior, em França , no ano de 1969 .
  2. 2. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 Objectivos . Biografia do autor . A especificidade do texto dramático – a importância das didascálias . Classificação: a influência de Brecht e da técnica da distanciação histórica . Características da obra . Contexto histórico: - Paralelismo com os anos 60 Tempo Espaço Personagens . Título . Linguagem e Estilo . Trágica apoteose . Os símbolos
  3. 3. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 BIOGRAFIA DO AUTOR- Luís Infante de Lacerda Sttau Monteiro Para mim há uma coisa sagrada: ser livre como o vento . Nasceu no dia 03/04/ 1926 em Lisboa. Partiu para Londres com dez anos de idade, acompanhando o pai que exercia as funções de embaixador de Portugal. Regressa a Portugal em 1943, no momento em que o pai é demitido do cargo por Salazar. Licenciou-se em Direito em Lisboa, exercendo a advocacia por pouco tempo. Parte novamente para Londres, tornando-se condutor de Fórmula 2 . Regressa a Portugal e colabora em várias publicações , destacando-se a revista Almanaque e o suplemento "A Mosca" do Diário de Lisboa, e cria a secção Guidinha no mesmo jornal. Em 1961, publicou a peça de teatro Felizmente Há Luar , distinguida com o Grande Prémio de Teatro, tendo sido proibida pela censura a sua representação. Só viria a ser representada em 1978 no Teatro Nacional. Foram vendidos 160 mil exemplares da peça, resultando num êxito estrondoso. Foi preso em 1967 pela Pide após a publicação das peças de teatro A Guerra Santa e A Estátua, sátiras que criticavam a ditadura e a guerra colonial. Escreveu o romance inédito Agarra o Verão, Guida, Agarra o Verão, adaptada como novela televisiva em 1982 com o título Chuva na Areia. Faleceu no dia 23 de Julho de 1993. O que distingue as suas obras: valorização da Liberdade individual e colectiva.
  4. 4. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 ESPECIFICIDADE DO TEXTO DRAMÁTICO Em Felizmente Há Luar , o público terá de esforçar-se para entender a peça. "O público tem de entender, logo de entrada, que tudo o que se vai passar no palco tem um significado preciso. Mais: que os gestos, as palavras e o cenário são apenas elementos duma linguagem a que tem de adaptar-se" (p.15, Areal editores) TEATRO Fenómeno de comunicação Literatura em acção Envolvimento do espectador T. Clássico (Aristotélico): .Desperta emoções .Identificação com as personagens T. Moderno Teatro épico de Brecht: Leva o espectador a pensar e a desenvolver o espírito crítico “ visa a distanciação” Diversidade de Signos Importância das didascálias Indicações sobre signos não linguísticos Tom de voz /Som / Silêncios Linguagem gestual e movimentação Cenário/iluminação / trajes / adereços
  5. 5. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 CLASSIFICAÇÃO LITERÁRIA DA OBRA Drama narrativo de carácter épico De acordo com Brecht, Sttau Monteiro pretende representar o mundo e o homem em constante evolução de acordo com as relações sociais. Estas características afastam-se da concepção do teatro aristotélico que pretendia despertar emoções, levando o publico a identificar-se com o herói. Análise crítica da sociedade , mostrando a realidade, de forma a levar os espectadores a reagir criticamente e a tomar uma posição. BRECHT O mundo e o homem em constante transformação Preocupação com o homem e o seu destino , a luta contra a miséria e a alienação e a denúncia da ausência de moral Necessidade de uma sociedade solidária que permita a verdadeira realização do homem
  6. 6. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 CARACTERÍSTICAS ESSENCIAIS DA OBRA Estrutura: dois actos, sem qualquer indicação de cenas: PODER e ANTI-PODER Particularidades: paralelismo entre o tempo da acção (séc XIX) e o tempo da escrita (década de 60) permite/visa denunciar indirectamente o totalitarismo, a violência e as injustiças do regime ditatorial salazarista; Temática explícita: a rebelião e a condenação à morte do General Gomes Freire de Andrade , acusado de conspirar contra o Estado durante o período que antecede o Liberalismo (século XIX); Temática implícita: a dicotomia Opressão/Liberdade visível através daa luta intemporal do ser humano contra a tirania, a opressão e todas as formas de perseguição. Motivo de censura: a peça denuncia a hipocrisia da sociedade e defende valores como a liberdade e a justiça social . Foi, por isso, proibida pela censura da ditadura.
  7. 7. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 CONTEXTO HISTÓRICO – Paralelismo Histórico-Metafórico
  8. 8. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 CONTEXTO HISTÓRICO – Paralelismo Histórico-Metafórico
  9. 9. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 CONTEXTO HISTÓRICO O paralelismo do tempo . Tempo da História - Século XIX (1817) / Tempo da Escrita - Século XX (1961) Tipo de regime Desigualdades sociais Agitação social Denúncia, perseguição e repressão . Tempo da representação: 1h30m/2h . Tempo da acção dramática : a acção está concentrada em 2 dias . Tempo da narração: informações respeitantes a eventos não dramatizados, ocorridos no passado, mas importantes para o desenrolar da acção Um texto - metáfora
  10. 10. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 Elementos Simbólicos A Simbologia do Título Felizmente há Luar ! Fonte: Acetatos Português B-12ºano , Porto Editora
  11. 11. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 Os vampiros No céu cinzento sob o astro mudo Batendo as asas p’la noite calada Vêm em bandos com pés de veludo Chupar o sangue fresco da manada Se alguém se engana com seu ar sisudo E lhes franqueia as portas à chegada Eles comem tudo, eles comem tudo, eles comem tudo E não deixam nada (Bis) A toda a parte chegam os vampiros Poisam nos prédios, poisam nas calçadas Trazem no ventre despojos antigos Mas nada os prende às vidas acabadas São os mordomos do universo todo Senhores à força, mandadores sem lei Enchem as tulhas bebem vinho novo Dançam a ronda no pinhal do rei Eles comem tudo, eles comem tudo, eles comem tudo E não deixam nada (Bis) No chão do medo tombam os vencidos Ouvem-se os gritos na noite abafada Jazem nos fossos vítimas de um credo E não se esgota o sangue da manada Se alguém se engana com seu ar sisudo E lhes franqueia as portas à chegada Eles comem tudo, eles comem tudo, eles comem tudo E não deixam nada (Bis) Eles comem tudo, eles comem tudo, eles comem tudo E não deixam nada (Bis)
  12. 12. | Português – 12º ano | Felizmente há Luar, de Luis Sttau Monteiro Dina Baptista | www.sebentadigital.com EB 2,3/S de Vale de Cambra 20092010 Fontes sitográficas usadas: Fontes biográficas usadas e leituras recomendadas: . DELGADO, Isabel Lopes- Para uma leitura de FELIZMENTE HÁ LUAR de Luís de Sttau Monteiro, Lisboa, Editorial Presença, 2000. . LUCAS, Ana Maria e CORREIA, Fátima Vieira - Felizmente Há Luar / Proposta de Análise , Sebenta, 2000. . MOREIRA, Vasco e PIMENTA, Hilário, Preparação para o Exame nacional 2009, Português 12ºano , Porto Editora, 2009, pp. 58-75. Edição usada: MONTEIRO, Luís de Sttau - Felizmente Há Luar !, Areal Editores, Lisboa, 2000. http://www.prof2000.pt/ users / jsafonso / Port / luar.htm http:// www.portaldaliteratura.com /autores.php?autor=251#ixzz0ksbNC4iv

×