Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Psicologia Do Desporto

32,184 views

Published on

Published in: Education
  • Verifique a fonte ⇒ www.boaaluna.club ⇐. Este site me ajudou escrever uma monografia.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Psicologia Do Desporto

  1. 2. Introdução <ul><li>A Psicologia do Desporto surgiu entre o final do século XIX e o início do século XX, onde numa primeira fase as preocupações centravam-se, sobretudo, na observação, descrição e explicação dos factores psicológicos que influenciavam a actividade física e desportiva, numa segunda fase a predição e o controle do rendimento desportivo caracterizavam a actividade do psicólogo do desporto e finalmente uma terceira fase, a actual, onde a preocupação predominante centra-se na optimização do rendimento desportivo. </li></ul><ul><li>Actualmente a Psicologia do Desporto e da Actividade Física é uma área de aplicação da psicologia que procura compreender os pensamentos, emoções e comportamentos de todos os praticantes e outros agentes envolvidos na prática do desporto, exercício e actividade física, independentemente dos seus objectivos se centrarem no desempenho desportivo ou na prática da actividade física como estratégia de promoção da saúde, bem-estar e qualidade de vida. </li></ul>
  2. 3. Para quê que serve a Psicologia do Desporto? <ul><li>Se as condições físicas, parecem ter sempre uma importância muito grande, quando dois atletas têm o mesmo valor físico (ou resultados muito semelhantes) são os factores psicológicos que podem decidir o resultado. </li></ul><ul><li>A psicologia enquanto área de intervenção, privilegia grande parte da sua acção na educação e treino de competências psicológicas, facilitadoras da actuação do sujeito neste tipo de contexto. </li></ul><ul><li>Deste modo, a Psicologia do Desporto e da Actividade Física é uma das áreas de Psicologia mais fortemente direccionada para a prevenção e para a saúde e bem-estar psicológico dos indivíduos. </li></ul>
  3. 4. A Psicologia resulta? Melhora o quê? <ul><li>O factor psicológico pode ser decisivo num resultado desportivo. O controlo emocional, o auto-controlo, o auto-domínio, o conhecimento de si, são factores importantes para se obter uma boa performance. </li></ul>
  4. 5. Onde aparece a Psicologia? <ul><li>Na aprendizagem (aprender) e no treino (aprender e melhorar); na preparação para a competição, onde o atleta toma consciência dos problemas e dificuldades que vão surgindo, aprendendo a controlar as emoções e as técnicas para melhorar o seu rendimento; na competição, mais difícil de intervir, no entanto, o atleta pode ser informado sobre o seu comportamento (erros e virtudes) e por fim após a competição, com uma análise do rendimento do atleta e feedback correctivo e positivo. </li></ul>
  5. 6. O Psicólogo do Desporto <ul><li>O psicólogo age em “segredo profissional”, ou seja, não divulga publicamente os resultados ou apreciações acerca dos atletas, equipa, clube, e serve sobretudo para ajudar nas necessidades dos atletas/treinadores. </li></ul>
  6. 7. Papel do Psicólogo de Desporto <ul><li>O papel do Psicólogo em contexto desportivo pode ser: na área da investigação, destinada a contribuir para o avanço e desenvolvimento da teoria e do conhecimento; na área da formação e ensino e o mais habitual, no apoio a desportistas, equipas, treinadores, árbitros e organizações desportivas tendo em vista o desenvolvimento de competências psicológicas para a optimização do treino e do rendimento desportivo. </li></ul>
  7. 8. Valores da Psicologia do Desporto <ul><li>Um dos valores fundamentais da Psicologia do Desporto é possibilitar formação no domínio das competências psicológicas a todos aqueles que estão envolvidos em contextos desportivos e de exercício físico, por forma a ajudá-los a atingirem os seus objectivos, sejam eles a optimização do rendimento, uma vida mais saudável ou o divertimento e satisfação provenientes da participação na actividade física. </li></ul>
  8. 9. Áreas de intervenção em Psicologia do Desporto e da Actividade Física <ul><li>1.        Motivação </li></ul><ul><li>2.        Comunicação entre treinador e atleta </li></ul><ul><li>3.        Visualização Mental </li></ul><ul><li>4.        Relaxamento </li></ul><ul><li>5.        Dinâmica de Grupos </li></ul><ul><li>6.        Atenção </li></ul><ul><li>7.        Concentração </li></ul><ul><li>8.        Formulação de Objectivos </li></ul><ul><li>9. Assertividade </li></ul><ul><li>10. Competências Emocionais </li></ul><ul><li>11. Optimização de Competências (pessoais/sociais) </li></ul><ul><li>12. Liderança </li></ul><ul><li>13. Treino de controlo da Respiração </li></ul><ul><li>14. Lesão </li></ul><ul><li>15. Ansiedade pré competitiva </li></ul><ul><li>16. Preparação psicológica para as Competições </li></ul>
  9. 10. Conclusão <ul><li>Com este trabalho aprendi que a psicologia actualmente é de grande importância para a prática de todos os tipos de desporto e actividades físicas. Tornando-se assim a Psicologia do Desporto uma área de aplicação da psicologia. </li></ul><ul><li>Aprendi também que em Portugal a Psicologia do Desporto em relação a outros países ainda não é muito utilizada na pratica de actividade física. </li></ul><ul><li>Trabalho elaborado por: </li></ul><ul><li>Ricardo Carapito Nº13 12ºA </li></ul>

×