Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ronaldo Araujo - “Impacto social” de periódicos: métricas de mídias sociais e altmetria

25 views

Published on

Este painel aborda a aplicação dos métodos bibliométricos e cientométricos aplicados na avaliação dos periódicos e das pesquisas que publicam.

A mensuração de impacto de periódicos científicos por meio de citações tem origem nas atividades dos documentalistas do final do século XIX, no intuito de organizar as publicações de áreas específicas. Os desdobramentos destes esforços logo lançaram mão de abordagens quantitativas visando a compreensão de tendências, que permitiram estabelecer, por exemplo, o núcleo de periódicos e autores nas diversas áreas, tornando-se insumo importante para historiadores e sociólogos da ciência.

No que diz respeito ao tratamento da informação científica, os ensaios da primeira metade do século XX se materializaram em um sistema que ofereceria uma nova forma de recuperação da informação – no sentido diacrônico –, permitindo identificar a relação que a literatura passa a estabelecer a partir da publicação de um artigo. A esta relação, que expressa a repercussão de um novo conhecimento na literatura, não levou muito tempo para se atribuir a ideia de impacto científico, cuja expressão se dá através da citação. O índice de citação então revoluciona a maneira de acessar a literatura na segunda metade do mesmo século, ao mesmo tempo em que se torna uma fonte exclusiva para os indicadores de impacto, que a partir dali passariam a representar a ciência mundial em processos avaliativos ao redor do mundo.

Na virada para o século XXI, diversos fatores – como o custo das assinaturas, a sub representatividade da literatura científica de países cujo idioma não é o inglês, assim como as diferentes práticas de comunicação científica entre áreas do conhecimento – deram lugar a iniciativas que visavam fontes de informação mais abrangentes, e que ao mesmo tempo viabilizassem o acesso livre à informação científica. Contudo, além da questão do acesso, a já estabelecida necessidade de mensuração de impacto não poderia ser ignorada, a fim de prover os consolidados processos de avaliação da produção científica com indicadores mais adequados.

Neste sentido, é preciso que as novas fontes de informação, tirando proveito das novas metodologias propostas pela comunidade especialista em métodos quantitativos de avaliação da ciência, possam contribuir com indicadores que tornem a avaliação da produção científica nacional (brasileira) mais condizente com a realidade nacional. Logrando este feito, espera-se que as discussões do grupo contribuam não apenas para evidenciar o melhor do que tem sido produzido localmente, mas permitir que periódicos científicos editados nacionalmente, em particular, os da Rede SciELO, tenham seu impacto reconhecido, viabilizando uma circulação do conhecimento científico global e inclusiva.

Ementa
Fontes de informação para geração de indicadores de impacto; especificidade da cultura de comunicação científica nas diferentes áreas, especialmente as Ciências Humanas e Sociais...

Published in: Science
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Ronaldo Araujo - “Impacto social” de periódicos: métricas de mídias sociais e altmetria

  1. 1. Ronaldo Ferreira de Araújo Lab-iMetrics (UFAL) “Impacto social” de periódicos: métricas de mídias sociais e altmetria | @ronaldfar
  2. 2. Visibilidade e impacto da pesquisa científica... Adaptado de: Science Foundation Ireland (2013). SFI Research Impact. Jan 2013
  3. 3. Sobre impacto social!
  4. 4. Altmetrics + “societal impact” OR “social impact” 54 tweets From 2012 to 2018 Pesquisadores e empresas provedoras de dados Divulgação de artigos e relatos de pesquisas Possibilidades & críticas #altmetrics #ISSI2013 #2amconf #uksglive #EAHIL2018 #SSHImpact18 #ili2015 #lida2014 #ucloa15 #sti2016vlc #RESSH2017
  5. 5. social impact societal impact altmetrics Ago.,2018 85111 341 1.233 5.84834.228 Results: altmetrics: 1.370; societal impact: 6.253; social impact: 34.664 Período: 2011 a 2018 ▪ Aplicados (assuntos; revistas; tipo de fonte...) ▪ Comparativos entre fontes ▪ Estudos de correlação ▪ Revisão 31
  6. 6. Alguns assumem o “impacto social” sem discorrer sobre o que ele é... Mídias sociais: presença de cientistas (atuação) - capturar o interesse público pela ciência... Estudos de correlação entre atividades em mídias sociais (menções) e citação... Alguns assuntos/temas/disciplinas podem gerar mais engajamento público que outros (ex. aquecimento global; qualidade do sono)... Recorrência de estudos no Twitter (atuação das revistas e circulação das pesquisas) “Fraca evidência”, “Mais estudos empíricos são necessários”...
  7. 7. Andreozzi, S. (2015) Developing an Open Science Commons. EGI Conference, Lisbon 19 May. mídias sociais e altmetria no movimento de ciência aberta... Visibilidade e Influência de revistas nas mídias sociais: divulgação científica, relação: academia e público Indicadores alternativos de impacto: atenção online e métricas de circulação na web social
  8. 8. Haustein, S. (2018) Scholarly Twitter metrics. In: W. Glanzel, H.F. Moed, U. Schmoch, & M. Thelwall (Eds.), Handbook of Quantitative Science and Technology Research, Springer. Top 10 journals with the largest Twitter audience based on number of users mentioned a 2015 paperVisibilidade userscobertura e Influência
  9. 9. Haustein, S. (2018) Scholarly Twitter metrics. In: W. Glanzel, H.F. Moed, U. Schmoch, & M. Thelwall (Eds.), Handbook of Quantitative Science and Technology Research, Springer. Atuação As revistas com maior audiência registrada no Twitter contam com perfil próprio no microblog entre os três usuários mais ativos
  10. 10. A prática rotineira de avaliação do fator de impacto dos periódicos para determinar onde submeter um manuscrito tem sido combinada com o impacto social da revista na relação que o periódico estabelece com a comunidade científica e com o público. Métricas de mídias sociais atuam nesse sentido na aferição do “social media impact fator” de um periódico e podem auxiliar na gestão da presença web de perfis online que revistas mantêm em mídias como Twitter e Facebook.
  11. 11. The journal’s TIF was calculated based on the number of retweets per original relevant tweet. This is similar to a JIF in that retweets are comparable to citations and the original tweet parallels a journal article.
  12. 12. O objetivo do estudo foi avaliar o impacto de plataformas de mídia social sobre o fator de impacto de revistas de urologia e pediatria que publicam em urologia pediátrica, e avaliar a conscientização dos pais sobre urologia pediátrica nas mídias sociais. • Fator de impacto das revistas (JCR); • Presença das revistas nas mídias sociais; • Comportamento dos pais quanto ao uso de mídias sociais e na busca de informações sobre urologia pediátrica.
  13. 13. • Limitações do estudo (metodologia; amostragem; análise de difícil correlação - não deve ser vista como causalidade) Apesar das limitações, destaca-se um ponto importante sobre o envolvimento do urologista pediátrico nas mídias sociais: “se estamos ou não envolvidos nas mídias sociais os pais de nossos pacientes estão prestando atenção e devemos também!”
  14. 14. ARAUJO, R. F.. Marketing científico digital e métricas de mídias sociais: indicadores-chave de desempenho de periódicos no Facebook. Inf. & Soc.:Est., v. 28, p. 7-22, 2018.
  15. 15. Araujo (2018)
  16. 16. Figura 2. Imagens com maior engajamento Figura 3. Vídeos com maior engajamento Figura 4. Textos com maior engajamento Fonte: dados da pesquisa (2017) Fonte: dados da pesquisa (2017) Fonte: dados da pesquisa (2017)
  17. 17. Araujo (2018)
  18. 18. Gráfico 3. Índice de desempenho de página das revistas Araujo (2018) Poucas revistas com desempenho acima da média. Das 12 acima da média 03 estão na SciELO.
  19. 19. As mídias sociais acrescentam “novas camadas de métricas de impacto da revista”, maneira “mais dinâmica e responsiva”. Compartilhamentos de artigos nas redes, comentários, postagens em blogs, matérias em portais de notícias, verbetes na Wikipédia são ações cuja a mensuração indicam a presença de métricas alternativas de um trabalho (indo mais além da tradicional contagem de citações e do Fator de Impacto) analisadas nos estudos da altmetria.
  20. 20. Comparando alguns dados com pesquisa anterior de Alperin (2015)...
  21. 21. Alperin (2015) #1 #2 #3 #4 #5 #6 Now (2018) #1 #5 #2 #6 #4 #3 Manteve com cresc. 33,7% Subiu para #2 com cresc. 161% Maior taxa de cresc. 20x Segunda maior tx de cresc. 12x Maior queda - 94% (Chile, Bra) Caiu para 6, descresc. 76% Mantido destaque para Ciências da Saúde com mais menções* *exceto Mendeley
  22. 22. Mídias sociais auxiliam na atuação relacional e podem promover o aumento da exposição das revistas de forma mais interativa e mais engajada Na ampliação do debate acadêmico e na popularização de textos científicos a públicos não especializados Altmetria para seus artigos (quem, quando, onde, como...) Social Media Studies of Science Costas (2018) Métricas de mídias sociais para as revistas (atuação e desempenho)
  23. 23. Obrigado! @ronaldfar ronaldfa@gmail.com www.ronaldfar.wordpress.com

×