Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
CINESIOLOGIA Prof Me Alvaro Camilo Prof. Me Vagner Sá UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CURSO DE FISIOTERAPIA
Conteúdo <ul><li>UNIDADE I – Fundamentos de Cinesiologia </li></ul><ul><li>Introdução a Biomecânica </li></ul><ul><li>Leis...
<ul><li>Mecânica  </li></ul><ul><ul><li>Estática </li></ul></ul><ul><ul><li>Dinâmica </li></ul></ul><ul><li>Biomecânica </...
Biomecânica
Leis do movimento de Newton <ul><ul><li>1 a  Lei (Princípio da inércia) </li></ul></ul><ul><ul><li>2 a  Lei (Massa e acele...
Leis do movimento de Newton <ul><li>1 a  Lei (Princípio da inércia) </li></ul>
Leis do movimento de Newton <ul><li>2 a  Lei (Massa e aceleração) </li></ul>
Leis do movimento de Newton <ul><li>3 a  Lei (Ação-reação) </li></ul>Fcc - força de tração exercida pelo cavalo sobre a co...
Sistemas de alavanca <ul><li>Sistemas de alavanca </li></ul>Vantagem mecânica = Comprimento braço de força Comprimento bra...
Sistemas de alavanca <ul><li>Alavancas de 1ª classe ou Interfixa </li></ul>
Sistemas de alavanca <ul><li>Alavancas de 2ª classe ou Inter-resistente </li></ul>
Sistemas de alavanca <ul><li>Alavancas de 3ª classe ou Interpotente </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano
Análise Qualitativa Cinemática <ul><li>É a descrição da  qualidade  do movimento  sem o uso de números . Depende muito da ...
Observação Visual  <ul><li>Fotos e programas de computadores </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Posição anatômica de referência </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Termos descritivos </li></ul>Superior Inferior Posterior...
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Planos anatômicos de referência </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Eixos anatômicos de referência </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Formas de movimento </li></ul><ul><ul><li>Movimento Line...
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Movimento Linear ou Translação </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Movimento Angular </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Movimento Geral </li></ul>
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Movimentos no Plano Sagital </li></ul>Eixo Frontal
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Movimentos no Plano Frontal </li></ul>Eixo Sagital
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Movimentos no Plano Transversal </li></ul>Eixo Longitudi...
Conceitos cinemáticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Outros Movimentos </li></ul>
Conceitos cinéticos para a análise  do movimento humano
Conceitos cinéticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Massa </li></ul><ul><li>Peso </li></ul><ul><li>Inércia </l...
Conceitos cinéticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Pressão </li></ul><ul><li>Volume </li></ul><ul><li>Densida...
Conceitos cinéticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Impulso </li></ul><ul><li>Torque </li></ul>
Conceitos cinéticos para a análise  do movimento humano <ul><li>Centro de gravidade </li></ul>
Cargas mecânicas agindo sobre o corpo humano <ul><li>Compressão, Tensão e Cisalhamento </li></ul>
Cargas mecânicas agindo sobre o corpo humano <ul><li>Estresse mecânico </li></ul><ul><ul><li>Estresse compressivo </li></u...
Cargas mecânicas agindo sobre o corpo humano <ul><li>Cargas de torção, de inclinação e combinadas </li></ul><ul><li>Cargas...
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Propriedades comportamentais </li></ul><ul><ul><li>Excitabilidade e elasticidade...
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Organização estrutural do músculo esquelético </li></ul><ul><ul><li>Fibras muscu...
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibras musculares </li></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibras musculares </li></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Unidades motoras </li></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Unidades motoras </li></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Tipos de fibras musculares </li></ul><ul><ul><li>Fibras tônicas </li></ul></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Tipos de fibras musculares </li></ul><ul><ul><li>Fibras fásicas </li></ul></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Arquitetura da fibra muscular </li></ul><ul><ul><li>Paralela </li></ul></ul><ul>...
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibra muscular paralela </li></ul>
Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibra muscular oblíqua </li></ul>
Função do músculo esquelético <ul><li>Recrutamento de unidades motoras </li></ul><ul><ul><li>Contração lenta </li></ul></u...
Função do músculo esquelético <ul><li>Concêntrica e Excêntrica </li></ul>
Função do músculo esquelético <ul><li>Isométrica </li></ul>
Função do músculo esquelético <ul><li>Funções desempenhadas pelos músculos </li></ul><ul><ul><li>Agonistas  </li></ul></ul...
Função do músculo esquelético <ul><li>Funções desempenhadas pelos músculos </li></ul><ul><ul><li>Agonistas  </li></ul></ul...
Função do músculo esquelético <ul><li>Músculos biarticulares e poliarticulares </li></ul>
Fatores que afetam a geração de força muscular <ul><li>Relação força-velocidade </li></ul><ul><li>Relação comprimento-tens...
Conteúdo <ul><li>UNIDADE II – Biomecânica de estruturas específica </li></ul><ul><li>Lei do côncavo e convexo </li></ul><u...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia

48,417 views

Published on

cinesiologia UCB

Published in: Education
  • GOSTEI , MIM AJUDOU , MAIS AINDA NÃO É O QUE EU PROCURO.
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

Aula 1 unidade i fundamentos de cinesiologia

  1. 1. CINESIOLOGIA Prof Me Alvaro Camilo Prof. Me Vagner Sá UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO CURSO DE FISIOTERAPIA
  2. 2. Conteúdo <ul><li>UNIDADE I – Fundamentos de Cinesiologia </li></ul><ul><li>Introdução a Biomecânica </li></ul><ul><li>Leis de movimento de Newton </li></ul><ul><li>Sistemas de alavanca </li></ul><ul><li>Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano </li></ul><ul><li>Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano </li></ul><ul><li>Propriedades das unidades motoras tônicas e fásicas </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Mecânica </li></ul><ul><ul><li>Estática </li></ul></ul><ul><ul><li>Dinâmica </li></ul></ul><ul><li>Biomecânica </li></ul><ul><ul><ul><li>Cinemática – Estuda a descrição dos movimentos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cinética – Estuda a ação das forças </li></ul></ul></ul>Biomecânica
  4. 4. Biomecânica
  5. 5. Leis do movimento de Newton <ul><ul><li>1 a Lei (Princípio da inércia) </li></ul></ul><ul><ul><li>2 a Lei (Massa e aceleração) </li></ul></ul><ul><ul><li>3 a Lei (Ação-reação) </li></ul></ul>1643 - 1727
  6. 6. Leis do movimento de Newton <ul><li>1 a Lei (Princípio da inércia) </li></ul>
  7. 7. Leis do movimento de Newton <ul><li>2 a Lei (Massa e aceleração) </li></ul>
  8. 8. Leis do movimento de Newton <ul><li>3 a Lei (Ação-reação) </li></ul>Fcc - força de tração exercida pelo cavalo sobre a corda (ação) -Fcc - força com que a corda puxa o cavalo para trás (reação) Fcp - força da corda sobre a pedra (ação) -Fcp - força da pedra sobre a corda (reação) -Fcs - força de atrito que o cavalo exerce sobre o solo (ação) Fcs - força de atrito aplicada pelo solo sobre o cavalo (reação) -Fps - força de atrito exercida pela pedra sobre o solo (ação) Fps - força de atrito exercida pelo solo sobre a pedra (reação)
  9. 9. Sistemas de alavanca <ul><li>Sistemas de alavanca </li></ul>Vantagem mecânica = Comprimento braço de força Comprimento braço de peso F P P Alavanca Eixo
  10. 10. Sistemas de alavanca <ul><li>Alavancas de 1ª classe ou Interfixa </li></ul>
  11. 11. Sistemas de alavanca <ul><li>Alavancas de 2ª classe ou Inter-resistente </li></ul>
  12. 12. Sistemas de alavanca <ul><li>Alavancas de 3ª classe ou Interpotente </li></ul>
  13. 13. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano
  14. 14. Análise Qualitativa Cinemática <ul><li>É a descrição da qualidade do movimento sem o uso de números . Depende muito da percepção e domínio biomecânico de cada avaliador. </li></ul>
  15. 15. Observação Visual <ul><li>Fotos e programas de computadores </li></ul>
  16. 16. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Posição anatômica de referência </li></ul>
  17. 17. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Termos descritivos </li></ul>Superior Inferior Posterior Anterior Linha média Medial Lateral Proximal Distal Superficial Profundo
  18. 18. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Planos anatômicos de referência </li></ul>
  19. 19. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Eixos anatômicos de referência </li></ul>
  20. 20. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Formas de movimento </li></ul><ul><ul><li>Movimento Linear </li></ul></ul><ul><ul><li>Movimento Angular </li></ul></ul><ul><ul><li>Movimento Geral </li></ul></ul><ul><li>Terminologia do movimento articular </li></ul><ul><ul><li>Movimentos no Plano Sagital </li></ul></ul><ul><ul><li>Movimentos no Plano Frontal </li></ul></ul><ul><ul><li>Movimentos no Plano Transversal </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros movimentos </li></ul></ul>
  21. 21. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Movimento Linear ou Translação </li></ul>
  22. 22. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Movimento Angular </li></ul>
  23. 23. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Movimento Geral </li></ul>
  24. 24. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Movimentos no Plano Sagital </li></ul>Eixo Frontal
  25. 25. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Movimentos no Plano Frontal </li></ul>Eixo Sagital
  26. 26. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Movimentos no Plano Transversal </li></ul>Eixo Longitudinal
  27. 27. Conceitos cinemáticos para a análise do movimento humano <ul><li>Outros Movimentos </li></ul>
  28. 28. Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano
  29. 29. Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano <ul><li>Massa </li></ul><ul><li>Peso </li></ul><ul><li>Inércia </li></ul><ul><li>Força </li></ul>
  30. 30. Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano <ul><li>Pressão </li></ul><ul><li>Volume </li></ul><ul><li>Densidade </li></ul>
  31. 31. Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano <ul><li>Impulso </li></ul><ul><li>Torque </li></ul>
  32. 32. Conceitos cinéticos para a análise do movimento humano <ul><li>Centro de gravidade </li></ul>
  33. 33. Cargas mecânicas agindo sobre o corpo humano <ul><li>Compressão, Tensão e Cisalhamento </li></ul>
  34. 34. Cargas mecânicas agindo sobre o corpo humano <ul><li>Estresse mecânico </li></ul><ul><ul><li>Estresse compressivo </li></ul></ul><ul><ul><li>Estresse tensivo </li></ul></ul><ul><ul><li>Estresse de cisalhamento </li></ul></ul>
  35. 35. Cargas mecânicas agindo sobre o corpo humano <ul><li>Cargas de torção, de inclinação e combinadas </li></ul><ul><li>Cargas repetitivas </li></ul><ul><ul><li>Macro-trauma </li></ul></ul><ul><li>Cargas agudas </li></ul><ul><ul><li>Microtrauma </li></ul></ul>
  36. 36. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Propriedades comportamentais </li></ul><ul><ul><li>Excitabilidade e elasticidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Irritabilidade e capacidade de promover tensão </li></ul></ul>
  37. 37. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Organização estrutural do músculo esquelético </li></ul><ul><ul><li>Fibras musculares </li></ul></ul><ul><ul><li>Unidades motoras </li></ul></ul><ul><ul><li>Tipos de fibras musculares </li></ul></ul><ul><ul><li>Arquitetura da fibra muscular </li></ul></ul>
  38. 38. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibras musculares </li></ul>
  39. 39. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibras musculares </li></ul>
  40. 40. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Unidades motoras </li></ul>
  41. 41. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Unidades motoras </li></ul>
  42. 42. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Tipos de fibras musculares </li></ul><ul><ul><li>Fibras tônicas </li></ul></ul>
  43. 43. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Tipos de fibras musculares </li></ul><ul><ul><li>Fibras fásicas </li></ul></ul>
  44. 44. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Arquitetura da fibra muscular </li></ul><ul><ul><li>Paralela </li></ul></ul><ul><ul><li>Oblíqua </li></ul></ul>
  45. 45. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibra muscular paralela </li></ul>
  46. 46. Propriedades das unidades motoras <ul><li>Fibra muscular oblíqua </li></ul>
  47. 47. Função do músculo esquelético <ul><li>Recrutamento de unidades motoras </li></ul><ul><ul><li>Contração lenta </li></ul></ul><ul><ul><li>Contração rápida </li></ul></ul><ul><li>Mudança no comprimento do músculo </li></ul><ul><ul><li>Concêntrica </li></ul></ul><ul><ul><li>Isométrica </li></ul></ul><ul><ul><li>Excêntrica </li></ul></ul>
  48. 48. Função do músculo esquelético <ul><li>Concêntrica e Excêntrica </li></ul>
  49. 49. Função do músculo esquelético <ul><li>Isométrica </li></ul>
  50. 50. Função do músculo esquelético <ul><li>Funções desempenhadas pelos músculos </li></ul><ul><ul><li>Agonistas </li></ul></ul><ul><ul><li>Antagonistas </li></ul></ul><ul><ul><li>Estabilizadores </li></ul></ul><ul><ul><li>Neutralizadores </li></ul></ul>
  51. 51. Função do músculo esquelético <ul><li>Funções desempenhadas pelos músculos </li></ul><ul><ul><li>Agonistas </li></ul></ul><ul><ul><li>Antagonistas </li></ul></ul><ul><ul><li>Estabilizadores </li></ul></ul><ul><ul><li>Neutralizadores </li></ul></ul>
  52. 52. Função do músculo esquelético <ul><li>Músculos biarticulares e poliarticulares </li></ul>
  53. 53. Fatores que afetam a geração de força muscular <ul><li>Relação força-velocidade </li></ul><ul><li>Relação comprimento-tensão </li></ul><ul><li>Retardo eletromecânico </li></ul><ul><li>Temperatura </li></ul>
  54. 54. Conteúdo <ul><li>UNIDADE II – Biomecânica de estruturas específica </li></ul><ul><li>Lei do côncavo e convexo </li></ul><ul><li>Complexo do ombro </li></ul><ul><li>Membro superior </li></ul><ul><li>Coluna vertebral </li></ul><ul><li>Quadril </li></ul><ul><li>Membro inferior </li></ul><ul><li>UNIDADE III – Postura ereta e marcha </li></ul>

×