Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental

1,541 views

Published on

Baseado no capítulo do livro Aprendendo a Terapia Cognitivo-comportamental. Monica R. Basco, Jesse H. Wright, MICHAEL E. THASE. Ed. Artmed.

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,541
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
98
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Desenvolvendo competência em terapia cognitivo comportamental

  1. 1. Desenvolvendo competência em terapia cognitivo-comportamental
  2. 2. Competências Essenciais na TCC • As competências a seguir foram formuladas pela Associação Americana de Diretores de Treinamento de Residência em Psiquiatria – AADPRT
  3. 3. As competências estão agrupadas em três categorias: • Conhecimento • Habilidades • Atitudes Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  4. 4. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente Curso Básico; Leituras obrigatórias; Formulações da caso por escrito; Supervisão de caso; Uso de sessões gravadas em vídeo ou áudio; Prática significativa no tratamento de pacientes com TCC.
  5. 5. O programa mais rigoroso e bem estabelecido de treinamento para profissionais é no Instituto Beck, na Filadélfia, na Pensilvânia. (http://www.beckinstitute.org) Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  6. 6. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  7. 7. Escala de terapia cognitiva • A principal medida utilizada para dar feedback sobre proficiência em TCC é a Escala de Terapia Cognitiva (ETC), desenvolvida por Young e Beck; • Elas são usadas para classificar o desempenho de um terapeuta em funções cruciais da TCC; • A ETC pode ajudá-lo a aprender sobre seus pontos fortes e fracos ao realizar a TCC, além de estimular idéias para fazer melhorias. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  8. 8. Escala de Avaliação de Formulação Cognitiva • A Academia de terapia cognitiva (ACT) desenvolveu diretrizes específicas para redigir conceitualizações de caso e satisfazer seus critérios para certificação em TCC; • O sistema para formular casos baseia-se diretamente nas diretrizes da ACT; Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  9. 9. Escala de Avaliação de Formulação Cognitiva São avaliadas três áreas gerais de desempenho na Escala de Avaliação de Formulação Cognitiva: 1. História do caso ( dois itens); 2. Formulação cognitiva (cinco itens); e 3. Plano de tratamento e curso de terapia(cinco itens) Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  10. 10. Escala de Avaliação de Formulação Cognitiva Descobrimos que redigir formulações de um caso é um dos exercícios mais valiosos para aprender TCC. Se dispensar tempo para refletir cuidadosamente sobre as formulações colocá-las no papel e obtiver feedback de supervisores ou outros terapeutas cognitivo-comportamentais experientes, você será capaz de desenvolver considerável sofisticação e habilidade nessa abordagem de tratamento. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  11. 11. Escala de Avaliação de Formulação Cognitiva Embora a Escala de Conhecimentos de Terapia Cognitiva (ECTC) tenha sido originalmente desenvolvida para avaliar o conhecimento dos princípios da TCC em pacientes tratados com essa forma de terapia, ela passou a ser usada em programas de treinamento como um pré e pós- teste de conhecimento de conceitos e termos básicos. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  12. 12. • A ECTC não é uma medida abrangente de conhecimento da TCC, mas pode ser útil para mensurar o progresso no aprendizado das teorias e dos métodos principais. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  13. 13. Inventário para Supervisão em Terapia Cognitivo-comportamental 1. Competências que devem ser demonstradas em cada sessão; 2. Competências que podem ser demonstradas durante o curso da terapia ou terapias. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  14. 14. Experiência e treinamento continuados em TCC • O treinamento e supervisão de profissionais em TCC sugere que as habilidades podem se atrofiar, se não forem usadas regularmente e estimuladas por atividades de educação continuada. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  15. 15. Sugestões: Participar de grupos de estudos; Supervisionar grupos de TCC. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  16. 16. O empenho para continuar a desenvolver habilidades nessa abordagem terapêutica pode trazer muitos benefícios. Ser capaz de oferecer tratamento de maneira competente e consistente ajuda a alcançar bons resultados. Tornando-se um terapeuta cognitivo- comportamental competente
  17. 17. Ninguém é tão grande que não possa aprender, nem tão pequeno que não possa ensinar. Sarah Karenina Psicóloga CRP 15/3785 MBA em Gestão Estratégicas de Pessoas

×