A rainha ester

13,037 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
13,037
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10,379
Actions
Shares
0
Downloads
73
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A rainha ester

  1. 1. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 1 A Rainha Ester. Esboço para o Professor (a). Ester: uma líder dos judeus. Os primeiros anos: Seu nome hebraico era Hadassa (lit. “murta”), mas era conhecida por seu nome persa Ester (lit.”estrela”). Sua família foi levada para o cativeiro e escolheu permanecer em Susã. Foi criada na Pérsia por seu parente mais próximo (possivelmente um primo) Mardoqueu, como parte de uma minoria étnica (Et 2: 5-7). Família: Era filha órfã de Abiail, da tribo de Benjamim. Seu parente próximo, Mardoqueu, tinha a sua guarda (Et. 2: 7, 15). Treinamento para a liderança: Possuía beleza interior e exterior (Et. 2: 7, 9, 15, 17; 5.2). Havia sido educada na casa de Mardoqueu, que se assentava à porta do rei e, portanto, possuía pelo menos uma noção de como era a vida na corte e, provavelmente, algumas responsabilidades oficiais (Et. 2: 21 – 23). Disciplinou-se para ser obediente às autoridades em sua vida (Et. 2: 8-9,20). O chamado de Deus: As palavras de Mardoqueu: “Quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino?” lhe serviram de chamado (Et. 4: 13 – 14). As promessas de Deus: O tempo do Senhor é perfeito (Et. 4: 14). A providência de Deus, que usa seu povo para cumprir seus propósitos, é certa (Et. 4: 14 – 15). A provisão de Deus, inclusive o serviço, tem seu preço (Et. 4 : 16). As instruções de Deus: As instruções de Deus foram transmitidas por Mardoqueu (Et. 2: 22; 4: 8 – 14). O apoio do Povo: A liderança de Ester foi seguida pelos servos do palácio (Et. 4: 5 – 9). Mardoqueu respeitou e atendeu ao pedido de Ester (Et. 4: 17). A liderança de Ester: Ela aceitou a vontade de Deus (Et. 4: 16). Confiou na providência divina (Et. 4: 17). Foi ativa, mobilizando seus servos e outras pessoas para jejuar; a oração e o jejum normalmente eram realizados em tempos de tristeza profunda ou angústia (Et. 4: 15 – 16; veja também 2 Sm 12: 16 – 17; Ed 8: 23). Deu o exemplo ao jejuar também (Et. 4: 16). Apresentou-se com humildade e obediência (Et. 5: 1-6: 14). Realizou seu trabalho com esforço e talento criativo (Et. 5: 3- 6: 14). Considerou qual seria o melhor momento de colocar seu plano em ação (Et. 6: 1 – 14). Sua influência revelou poder e autoridade extraordinária para uma mulher no seu contexto histórico; espalhou-se para lugares distantes e continuou várias gerações depois de sua morte (Et. 9: 32). Redigiu um decreto publicado oficialmente com total autoridade (Et. 9: 29, 32).
  2. 2. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 2 Observações: Foi corajosa e abnegada (Et. 4: 14, 16). Foi astuta (Et. 5: 3 – 4; 8: 3). Foi usada por Deus para salvar seu povo. Extraído da Bíblia da Mulher pg. 801
  3. 3. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 3
  4. 4. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 4
  5. 5. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 5
  6. 6. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 6
  7. 7. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 7
  8. 8. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 8
  9. 9. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 9
  10. 10. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 10
  11. 11. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 11
  12. 12. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 12
  13. 13. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 13
  14. 14. Blog Igreja do Futuro. www.igrejadofuturoieq.blogspot.com.br 14

×