Atividade 2 forum

873 views

Published on

Published in: Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
873
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Atividade 2 forum

  1. 1. Assim é, meu espaço geográfico Sou a gaúcha Sandra Maria Massena Pimentel Rubio, tenho 44 anos, casada,mãe de dois filhos Ubiratã (22 anos) e Henrique (16 anos), moro na Rua FreiHenrique de Coimbra, Gravataí (RS), aluna do curso de ciências sociais do pólo dePorto Alegre e convido ao professor-tutor e os colegas a conhecer um pouco doespaço geográfico onde vivo. O ambiente será apresentado através da localizaçãosistêmica e será descrito da macrorregião para a microrregião. O território brasileiro é considerado o gigante da América do Sul, detentor deum vasto território com mais de quinze mil quilômetros de fronteiras compraticamente todos os países da América do Sul, é uma liderança regional, no qualadotou e liderou relações políticas e econômicas com seus vizinhos formando oMERCOSUL e ainda permanece em busca de mais espaço no cenário internacionalonde almeja alcançar uma vaga permanente no Conselho de Segurança daOrganização das Nações Unidas - ONU. O país tem sua origem portuguesa. A população é oriunda da miscigenaçãodos colonizadores portugueses, dos índios que aqui viviam e dos africanos trazidospara trabalhar na mão-de-obra escrava e para completar os imigrantes alemães,italianos e japoneses que vieram para trabalhar na industrialização. Dessa forma,formou-se uma diversidade étnica e ao mesmo tempo todos contribuíram paraformar uma cultura que compartilha certos traços em comum, formando a culturabrasileira. Sua crescente economia o coloca em destaque em importantes organizaçõesinternacionais. A partir de 1990 consolidou-se um novo modelo econômico a fim decomeçar a se ajustar ao mundo globalizado. Até 1930 sua economia eraessencialmente agrícola e dependente da exportação do café, porém após aSegunda Guerra Mundial começou a investir internamente no processo deindustrialização substituindo a importação de produtos manufaturados pela produçãonacional. A partir da década de 90 ocorreu o fluxo de capitais estrangeirosocasionado pelo processo de globalização que provocaram mudanças na produção.Em 2010 o país possuiu um PIP considerado alto; e de acordo com a ONU, seuÍndice de Desenvolvimento Humano - IDH é considerado médio, porém aindaapresenta uma das mais altas desigualdades de distribuição de renda do mundo.
  2. 2. 2 Já, seu espaço geográfico é dividido em cinco regiões: norte, nordeste,centro-oeste, sudeste e sul, cada uma distingue-se da outra por sua riqueza culturale pelo seu Patrimônio Histórico. Durante o passar dos anos todas as regiõessofreram as transformações de paisagens que aconteceram com no tempo e noespaço, porém darei destaque a meu Estado, o Rio Grande do Sul. O Estado do Rio Grande Sul, encontra-se localizado na região sul do Brasil,faz limite ao norte com o Estado de Santa Catarina, ao leste com Oceano Atlântico,ao sul como Uruguai e a oeste com a Argentina. Sua Capital é Porto Alegre, compõeuma das 27 unidades da Federação. Ocupa uma área de 281.748,538 km² (cerca depouco mais que 3% de todo território nacional, equivalente ao do Equador) e comfuso horário - 3 horas em relação a hora mundial GMT. Todo o seu território estáabaixo do Trópico de Capricórnio. Na hidrografia possui duas das maiores lagoas do Brasil: a Lagoa Mirim e aLagoa Mangueira, além de possuir uma das maiores lagunas do mundo: a Lagoados Patos, que possui água salobra. O relevo é formado por planícies costerias, planalto dissecado, depressãocentral, planalto basáltico e imensas pradarias onde favorece a criação de gado e aprodução agrícola. O clima é subtropical úmido nas partes mais baixas e temperado oceâniconas partes mais elevadas, constituído por quatro estações razoavelmente bemdefinidas, apresenta um inverno rigoroso, muitas vezes com pequenos flocos deneve, que contribui para receber um grande número de visitantes durante os mesesde inverno; porém o verão apresenta-se quente nas palnícies e ameno na serragaúcha. Possui uma paisagem que acumula construções de diferentes idades, onde otempo e a herança cultural se materializaram em suas construções arquitetônicas,como o caso da serra gaúcha, a fronteira e o litoral. O estado possui papel marcante na história do Brasil, tendo sido palco daGuerra dos Farrapos, a mais longa guerra civil do país. Possui uma diversidadeétnica. Sua população é em grande parte formada por descendentes deportugueses, alemães, italianos, africanos e indígenas. Em pequena parte porespanhóis, poloneses e franceses, dentre outros imigrantes.
  3. 3. 3 Em certas regiões do estado, como a serra gaúcha e a região rural da metadesul, ainda é possível ouvir dialetos da língua italiana (talian) e do alemão(Hunsrückisch, Plattdeutsch), bem como a prerservação da cultura germânica eitaliana (Ilustração 1).Ilustração 1: Festa em Igrejinha Cidade de origem Alemã.Fonte: Sandra Rubio (2010). Sua capital é Porto Alegre, peretence a região do polígono industrial, porquepossui uma alta concentração populacional aliada a uma concentração econômicaimportante para o país. Possui uma cesta báscia mais cara do país e foi a primeiracapital a trazer a inovação da participação popular através da Gestão Participativa,inseriu as plenárias do Orçamento Participativo OP, tornando-se referência nacional.as experiências do OP aprofundaram o processo de democratização do Estado em
  4. 4. 4um contexto de refluxo de movimento popular ocorrido na década de 80 . (BERAS,2011, p. 139). A sua beleza também é destaque, banhada pelo Rio Guaíba (ilustração 2),conhecida como a cidade do Por do Sol no caís do Porto , inspiração de muitosescritores, como a letra da Música de José Fogaça Porto Alegre é demais. Existeainda o estádio de dois grandes times, o Internacional Campeão de Tudo e oGrêmio. Ilustração 2: Por do Sol no Rio Guaíba Porto Alegre/RS. Fonte: Baixaki (2011).Ilustração 3: Vista de Porto Alegre - Passeio de barco no Guaíba.Fonte: Sandra Rubio (2011).
  5. 5. 5 Esse estado brasileiro originalmente teve sua economia baseada na pecuáriabovina que se instalou no sul do Brasil durante o século XVII com as missõesjesuíticas na América, e posteriormente expandiu-se aos setores comercial eindustrial, especialmente na metade norte do Estado. Hoje a agroindustriaimpulsiona a economia do RS e existem programas de geração de renda no campopara minimizar o exôdo rural. Sou fruto da missigenação (descendete por parte materna de alemães a daparterna de português e indígena) e do êxodo rural ocorrido no final da década de40, ou seja, da migração do campo para a zona urbana promovida pelaindustrialização que ocorreu no Brasil neste período. Nasci na cidade de Esteio,região metropolitana do Estado, em 1967. E há 20 anos sou moradora da cidade deGravataí. O município pertence à Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre e àMicrorregião de Porto Alegre. Existem três rodovias estaduais (RS-118, RS-020 eRS-030) e uma federal (BR-290). Localiza-se a 22 quilômetros da capital do estadoe a 20 quilômetros do Aeroporto Internacional Salgado Filho, além de ocupar umaposição estratégica no Mercosul, pois está praticamente na metade do caminhoentre São Paulo e Buenos Aires. O nome do município, Gravataí, tem origem numa espécie de broméliaconhecida como Gravatá, flor muito linda, como mostra as fotos a seguir (essas sãodo meu jardim).
  6. 6. 6 Ilustração 4: Bromélias do meu Jardim. Foto: Sandra Rubio. Nota: Flor que deu origem ao nome de Gravataí. De acordo com a História da Cidade, divulgada pelo site da PrefeituraMunicipal de Gravataí, a cidade foi fundada em 8 de abril de 1763, embora só tenhasido elevada à condição de vila em 1880. Sua história começa oficialmente em abril de 1763, com a fundação da Aldeiade Nossa Senhora dos Anjos, no entanto, o contexto de sua introdução na Históriado Rio Grande do Sul é um pouco anterior a esta data e não podemos ignorá-lo.(PMG, 2011). Como a Coroa Portuguesa estava expandindo seus domínios ao sul docontinente americano, costumava povoá-lo concedendo cartas de sesmarias a quemjá habitava estas terras. Foi o caso de Pedro Gonçalves Sandoval, natural de Lima,no Peru, que recebeu a primeira sesmaria, pois já habitava o chamado rincão deGravataí, nos campos de Viamão. Ainda na mesma época, o capitão João LourençoVeloso também recebia autorização de posse das terras que habitava no mesmorincão, mais a nordeste, próximo ao morro ltacolomi (hoje reserva ambiental). Partedestas terras seria comprada pela coroa portuguesa para assentamento da entãoAldeia dos Anjos. Era o primeiro arranchamento da aldeia, transferidoposteriormente para as atuais terras centrais de Gravataí. A fundação da Aldeia dosAnjos está inserida no ambiente de disputa ibérica pela posse do território ao sul daAmérica. Portugal e Espanha, desde tempos pré-coloniais, abancavam um no
  7. 7. 7território de outro. Chegavam assim, ao Tratado de Madrid, de 1750, estipulandoque Portugal devolveria a Colônia de Sacramento, fundada em território espanholem troca dos Sete Povos das Missões, mais a nordeste. Para ocupar a regiãotrocada, os portugueses trariam colonos do arquipélago dos Açores, conjunto denove ilhas no meio do Oceano Atlântico, que estava superpovoado. O Tratado nãose efetivou, pois os índios que habitavam os Sete Povos negavam-se a sair de suasterras, resultando então a Guerra Guaranítica. (PMG, 2011). Em conseqüência desse conflito, milhares de guaranis fugiram para oterritório português, concentrando-se nas imediações do Rio Pardo, atual SantaMaria. Deste contingente de refugiados, cerca de mil índios guaranis foram trazidospelo Capitão Antônio Pinto Carneiro para as proximidades do Rio Gravataí, em1762, iniciando o povoamento da emergente Aldeia dos Anjos. Assim, a Aldeia jáexistia de fato antes de sua fundação oficial. (PMG, 2011). Com a confusão gerada na região missioneira, os colonos açorianos foramocupando outras áreas Vale do Rio Jacuí, litoral norte e o Vale do Rio Gravataí.(PMG, 2011). As primeiras concessões de terras em território gravataiense por açorianos,datam de 1772. A Aldeia dos Anjos teria seu período de apogeu a partir de 1772com a chegada de José Marcelino de Figueiredo, Governador da Província de SãoPedro e que urbanizou o aldeamento, construindo escolas, olarias e moinhos. Em1795, foi desmembrada da Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Viamão e,em 1806, elevada à categoria de Freguesia, ou seja, distrito de Porto Alegre. (PMG,2011). Outra data significativa para os destinos da antiga Aldeia dos Anjos foi 1880,pela Lei de 11 de junho, emancipando-se de Porto Alegre, ganhando a condição deVila e passando a chamar-se, Vila de Nossa Senhora dos Anjos de Gravataí. (PMG,2011). Veja no quadro a seguir a característica do município onde resido:
  8. 8. 8 255.762 habitantes População Total (2010): sexta maior população do estado. Área (2010): 463,8 km² Área Urbana 121,37 km² Área Rural 376,45 km² Densidade Demográfica (2010): 551,5 hab/km² Taxa de Urbanização (2006): 93,0 % Taxa de Analfabetismo (2000): 5,13 % Expectativa de Vida ao Nascer (2000): 73,60 anos Taxa de crescimento populacional 2,19% (2006) PIBpm (2008): R$ mil 5.352.575 PIB per capita (2008): R$ 20.105 IDESE (2007): 0,756 Eleitores 159.638Ilustração 5: Características do município de Gravataí.Fonte: Prefeitura Municipal de Gravataí (2011). Devido o desenvolvimento do distrito industrial na última década houve umaexplosão demográfica em busca de oportunidade de trabalho, hoje o município contacom 269.446 (2009) habitantes ocupando a 6ª (sexta) posição de cidade maispopulosa no estado de RS e a 93ª (nonagésima terceira) no Brasil.Ilustração 6: Gráfico - Crescimento demográfico Gravataí.Fonte: Prefeitura Municipal de Gravataí (2011).
  9. 9. 9 Apesar do número da população ser alto, a criminalidade é considerada amais baixa da região, com taxas bem inferiores às de Porto Alegre e demaismunicípios da Região Metropolitana. Gravataí destaca-se no cenário econômico combinando crescimento eampliação da qualidade de vida. Cosmopolita ao mesmo tempo em que mantém apaisagem bucólica das pequenas aldeias onde os cidadãos se conhecem pelonome, a cidade consegue crescer sem deixar de lado os valores sociais que dãoesteio aos grandes pólos de desenvolvimento.Ilustração 7: Zona urbana. Centro de Gravataí.Fonte: Ficheiro: Wikipédia (2011). Economicamente, Gravataí é conhecida como um forte polo da indústriametal-mecânico brasileira. O lugar que se caracteriza por possuir uma fábricaautomobilística, considerada como uma das melhores linha de montagem robotizadado mundo, aqui se encontra instalada a fábrica da GM, que inovou seu processo demontagem incorporando a tecnologia de ponta quando foi instalada, a robótica.Através dos robôs existe uma maior eficiência e produtividades nas fábricas,
  10. 10. 10promovendo o desemprego em outras regiões que foram desativadas ou reduzindoo número de mão-de-obra. De acordo com a notícia divulgada no site, desde que foiinaugurada a GM já ampliou suas instalações e está em novo processo deampliação (Ilustração 8). O plano de ampliação da unidade aumentará a capacidade de produção em 65%, passando de 230 mil para 380 mil veículos produzidos por ano, montante três vezes superior ao inicial. As obras acrescentarão mais 74 mil metros quadrados aos atuais 216 mil metros quadrados de área útil da fábrica. O incremento de cerca de 35% totalizará em 290 mil metros quadrados.(SITE JORNAL O GLOBO, 2010). Ilustração 8: Fábrica GM Gravataí. Fonte: Jornal o Globo (2011). Ilustração 9: Linha de montagem robotizada e estacionamento da GM. Fonte: Jornal o Globo (2011).
  11. 11. 11 Dessa forma, devido ao seu pólo industrial o município possui o quarto maiorPIB do Estado do RS e pela sua grande extensão territorial, possui uma regiãoagrícola que contribui com o abastecimento do CEASA Centro de Abastecimentodo Rio Grande do Sul. Os agricultores que realizam a produção familiar priorizam aprodução orgânica e cultivam o tempero verde, a alface, a batata doce e a couve noqual abastecem toda a região metropolitana. Veja a foto a seguir:Ilustração 10: Zona rural de Gravataí plantação de hortaliças produção orgânica.Foto: Escalador Ubiratã Rubio (2011). Além da extensa zona rural também possuímos uma área de preservaçãoambiental, o Pico Itacolomi ou Morro Itacolomi (Ilustração 11 e 12). O nomeItacolomi vem do tupi e quer dizer "Pedra Menina". Situa-se a cerca de 12 km docentro da cidade, podendo ser visto de boa parte da Região Metropolitana de PortoAlegre. É recoberto de densa mata, a qual abriga rica fauna típica da Mata Atlânticabrasileira. O lugar recebe os escaladores da região, tornou-se um ponto turístico epelo Projeto-Lei nº 149/2003 passou a perterncer ao patrimônio Histórico do Estado.
  12. 12. 12 Ilustração 11: Pico Itacolomi Gravataí. Fonte: Ubiratã Rubio Escalador (2011).Ilustração 12: Pico Itacolomi Gravataí.Fonte: Ubiratã Rubio Escalador (2011).
  13. 13. 13 De acordo com o escalador Ubiratã Pimentel Rubio, na fauna da reserva sãoencontradas espécies como lontras, bugios, guará-chaim (pequeno lobo), mãopelada, marreca, pé vermelho, rato do banhado, arapuãs, saracura, capivaras,pombas do mato, sabiás e muitas outras espécies e ainda existem muitos trechos demata nativa.Ilustração 13: Escaladores: Bira e Henrique (meus filhos) Pico Itacolomi.Fonte: Ubiratã Rubio Escalador (2011). Mas não é só de trabalho que se vive, as pessoas aqui em Gravataí tambémgostam de um bom divertimento. Apesar de a cidade possuir uma culturadiversificada, como carnaval, música sertaneja, sertanejo universitário, música
  14. 14. 14popular brasileira e outros estilos musicais, o destaque é dado para a culturaregional. Como todo gaúcho, preservamos a tradição, valorizamos a música e dançalocal. São classificados de diversão autentica gaúcha o rodeio, o tiro de laço, o bailegaúcho, o festival de música nativista. Cultivamos ainda o hábito do chimarrão, dochurrasco aos domingos, a pizza, a macarronada e principalmente o arroz com feijãopreto, o bife com batata fritas, o carreteiro, o sopão de inverno, o aimpim, a batata-doce, chimia de goiaba, bolo frito, cueca virada, a polenta, a lingüiça, arroz comgalinha, o bolo de milho, a rapadura de amendoin, o melado, puxa-puxa, entreoutros pratos. No município existem diversos CTG Centro de Tradição Gaúcha (existemmais de 2.500 CTG s em todo o Brasil). Sou freqüentadora do Aldeia dos Anjos (vejano vídeo em anexo umas apresentações realizadas pelo grupo de dança do CTG),que é reconhecido internacionalmente, nos países da Europa, China e na AméricaLatina, sendo destaque nas Artes Cênicas ênfase na dança gaúcha. Detalhe, nãoutilizamos no nosso dia-a-dia a indumentária gaúcha, na zona urbana este traje eutilizada somente nos CTG s, nos vestimos de acordo com a nossa realidade social,ou seja, vai do estilo esportivo, ou da habitual calça dins até o traje social, noscasos dos empresários e bancários que exigem formalidades. Para finalizar chego ao meu bairro, Parque Residencial São Vicente. Soumoradora aqui, há 18 anos, este espaço foi transformando-se dia após dia. Lugarsimples que possui toda infra-estrutura e conta com mais de 3.500 moradores,possui diversos comércios, o Condomínio Alphaville, uma escola municipal, umaIgreja Católica, a Estância de São Pedro, uma reserva de preservação ambiental ecultural Estância de São Pedro e algumas industrial como a Fábrica de PistõesSuloy, o Parque Municipal de Rodeio Internacional e bem em frente da minharesidência o Campus da ULBRA (Ilustração 14).
  15. 15. 15Ilustração 14: Faculdade da ULBRA Gravataí.Fonte: Sandra Rubio (2011). A ULBRA se instalou no município no ano de 1991, no Centro, oferecendo oscursos de administração, isso foi um avanço porque os moradores de Gravataí até omomento tinham dificuldades em cursar uma graduação devido ao alto custo, poisera necessário deslocar-se para São Leopoldo (UNISINOS - particular) ou paraPorto Alegre (PUC particular ou URFGS Federal). No ano de 1994, modificounossa paisagem do bairro, quando colocou sua placa inaugural na Estância de Sãode Pedro, no local onde se encontra atualmente, que era um Laboratório que estavadesativado. A presença da ULBRA no meu bairro tem a mesma idade do meu filho maisnovo. Sua instalação da placa inaugural foi no dia em que nasceu meu segundofilho, o Henrique um dos escaladores, a mesma divulgava a futura construção daUniversidade. Sua presença trouxe progresso para esse bairro, modificou totalmente apaisagem, ganhou infra-estruturar, desenvolveu-se diversos comércios como bares,restaurantes e estacionamentos que prestam serviços para os alunos daUniversidade. Contribuiu ainda com o acesso dos moradores em cursar umafaculdade devido à facilidade do local.
  16. 16. 16 Hoje a ULBRA (ilustração 15) disponibiliza para a comunidade 13 cursos degraduação, diversos projetos sociais para a comunidade como reforço escolar, odepartamento jurídico, serviços de psicologia, entre outros. Sua sede é EstradaItacolomi, nº 3.600, Bairro São Vicente, Gravataí. Para título de conhecimento, estaestrada era a rota dos carreteiros que vinham de São Paulo. As figueiras queaparecem no canto direito, estacionamento da ULBRA, fazem parte do patrimônioHistórico Cultural do Estado. Ilustração 15: Vista externa da ULBRA Gravataí. Fonte: Site da ULBRA (2011). Ilustração 14: Sandra no Jardim interno da ULBRA Gravataí. Fonte: Sandra Rubio (2011).
  17. 17. 17 Dessa forma, a partir da instalação da ULBRA no meu bairro a paisagem foitotalmente modificada. Para finalizar, a última transformação de impacto que ocorreuaqui foi a implantação do Projeto Urbanístico AlphaVille Gravataí, condomínio deluxo, que disponibiliza grandes áreas de lazer e muito verde para os moradores,combinados com toda a conveniência da vida moderna. AlphaVille Gravataí segueos mesmos princípios, a começar pela localização dos outros residenciais dessaincorporadora, localiza-se próximo a RS 118, com acesso pela estrada do Itacolomie vizinho ao campus da Ulbra, abre-se um verdadeiro boulevard, com um parquelinear que atravessa todo o empreendimento. Neste condomínio existe umaverdadeira exploração imobiliária.Ilustração 15: Foto do Alphaville.Fonte: Revista Alphaville (2011). A presença deste condomínio fechado no bairro acarreta um choque social nolocal, isso porque os moradores do Alphaville são jogadores de futebol, empresários,artistas, pessoas que pertencem a classe social privilegiada. As construções sãorealizadas dentro de um padrão de arquitetura. Porém o Parque Residencial SãoVicente é um bairro de classe média baixa e bem diferente desta que se apresentana foto acima, e os valores dos imóveis são bem inferiores. Sou residente da Rua Frei Henrique de Coimbra, aqui mora minha famíliaque é formada de quatro pessoas: eu, meu marido e meus dois filhos. Ainda temosdois cachorros um vira-lata é um boxer. Os dois foram recolhidos da rua. Todos osestabelecimentos comerciais em frente à ULBRA adotaram um animalzinho da rua,isso porque aqui neste local existe muito abandono de animais.
  18. 18. 18 Neste lugar onde moro por muitos anos, em que vi meus filhos crescerem nãoé o mesmo de quando cheguei, pois aqui residia um número muito pequeno depessoas e hoje o bairro está enorme. Muitos visinhos chegaram, outros partiram.Durante esse tempo aconteceram muitas transformações tanto da paisagem quantodo modo de pensar e agir das pessoas, mas mesmo assim permaneço gostando depertencer a ele. Este é o meu chão que transcende a qualquer coisa que eu possa descrever,nele existem vários espaços onde eu gosto de frenquentar e permanecer.ReferênciasBAIXAKI. Foto do por do Sol Rio Guaíba. http://www.baixaki.com.br/papel-de-parede/21305-por-do-sol-do-guaiba-porto-alegre-rio-grande-do-sul.htm. Disponívelem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Gravatai_centro.jpg. Acesso em: abril.2011.BERAS. Democracia, Cidadania e Sociedade Civil. In; ULBRA. Curso de CiênciasSociai. Ead. Livro PDF. 2011.IMAGEM DO CENTRO URBANO. Gravataí. Ficheiro: Gravataí centro.jpg.Disponível em: http://www.gravatai.rs.gov.br/site/cidade/historia.php. Acesso em:Abril.2011.JORNAL O GLOBO. GM inicia obras de expansão na fábrica do Rio Grande do Sul.Unidade de Gravataí será ampliada para a produção de dois novos modelos.Investimento de R$ 1,4 bi aumentará em 65% a capacidade de produção.Disponível em: http://g1.globo.com/carros/noticia/2010/06/gm-inicia-obras-de-expansao-na-fabrica-do-rio-grande-do-sul.html. 09/06/2010. Acesso em: abril 2011.ONODERA, Erika; LONIT; VERGOTTI, Marcos; (et. al). Geografia. Projeto Araribá.São Paulo: Moderna, 2006.PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ. Cidade de Gravataí/RS. População eEstatísticas. Disponível em: http://www.estadosecidades.com/gravatai-rs_cidade.aspx.PREFEITURA MUNICIPAL DE GRAVATAÍ PMG. História da Cidade. Disponívelem: http://www.gravatai.rs.gov.br/site/cidade/historia.php. Acesso em: abril.2011.REVISTA ALPHAVILLE Edição XIX - 2006 - AlphaVille Urbanismo. Disponível em:http://www.alphavillegravatai.com.br/index.asp?id_pag=56. Acesso em: abril 2011.RUBIO, Sandra. Geleria de Fotos. Gravataí, 2011.RUBIO, Ubiratã. Geleria de Fotos. Gravataí, 2011.

×