Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI 
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE 
CENÁRIOS DE MUDANÇA...
Cenário A1B (AR4) 
2 
1961-1990 simulations 
using Eta Model forced by HadCM3 historical 4-member runs 
(Chou et al 2012, ...
3 
Development of regional future 
climate change scenarios in South 
America using the Eta - HadCM3 
climate change proje...
PORQUE GERAR NOVAS SIMULAÇÕES DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS? 
1. Em geral, foram introduzidas melhorias nos modelos globais que a...
5 
Novos cenários 
& 
Desenvolvimentos do Modelo Eta
Total anthropogenic radiative forcing 
IS92a (SAR), SRES (TAR/AR4), RCP (AR5) 
See Fig.1.15 in AR5 
RCP – “Representative ...
RCP8.5 
Hatching: changes 
are “small” 
compared Signal-to-noise 
with 
internal ratio is variability 
low 
(less than one...
PROJEÇÕES DO IPCC AR5 
TEMP 
CHUVA 
8
9 
NOVA ESTRATÉGIA DE DOWNSCALING 
apoio da SAE e do MCTI via PNUD 
1. HadGEM2-ES 
2. BESM 
3. MIROC5 
1. RCP 4.5 
2. RCP ...
Modelo Eta 
Características 
(Chou et al, 2014, AJCC) 
•Convection: 
1. Betts-Miller-Janjic scheme, 
• Stratiform rain: 1....
11 
200 km 
20 km 
Modelo climático global 
Modelo climático 
regional 
Eta - INPE 
GRADE DOS MODELOS
DJF MAM JJA SON 
12 
NOVO DOWNSCALING 
Eta/HadGEM2-ES 
HadGEM2-ES: Hadley Centre, Grã Bretanha 
1.875°x1.250° , 38 níveis,...
NOVO DOWNSCALING 
Eta/MIROC5 
MIROC5: Univ. of Tokyo, National Institute for Environmental Studies, e Japan Agency for 
Ma...
NOVO DOWNSCALING 
Eta/BESM 2.3.1 
BESM: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Brasil 
T62 (aprox. 250 km x 250 km) , ...
15 
PROJEÇÕES REGIONALIZADAS 
pelo Modelo Eta dos cenários de 
mudanças climáticas globais de 
MIROC5 e HadGEM2-ES 
RCP4.5...
16 
TEMPERATURA
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 D...
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
21 
RESUMO TEMPERATURA
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, 
extraídos de 4 membros: 
Eta-HadGE...
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, 
extraídos de 4 membros: 
Eta-HadGE...
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, 
extraídos de 4 membros: 
Eta-HadGE...
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, 
extraídos de 4 membros: 
Eta-HadGE...
Temperatura (°C) de 1961-2100 para os dois cenários de emissão e regionalização de dois 
modelos globais. 
26 
No verão na...
27 
PRECIPITAÇÃO
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
2071-2099 2041-2070 2011-2040 
PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) 
DIFERENÇA entre climas...
32 
RESUMO 
PRECIPITAÇÃO
MÍN 
VERÃO - DJF 
2011-2040 
MÁX 
33 
2041-2070 
2071-2100 
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para PRECIPITAÇÃO...
OUTONO - MAM 
MÍN 
2011-2040 
MÁX 
34 
2041-2070 
2071-2100 
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para PRECIPITAÇÃ...
INVERNO - JJA 
MÍN 
2011-2040 
MÁX 
35 
2041-2070 
2071-2100 
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para PRECIPITAÇ...
PRIMAVERA - SON 
MÍN 
2011-2040 
MÁX 
36 
2041-2070 
2071-2100 
Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas 
para PRECIPIT...
Precipitação (mm/dia) de 1961-2100 para os dois cenários de emissão e regionalização de 
dois modelos globais. 
Aumento da...
A região Sudeste do país é uma região de transição, cujo regime de 
chuva depende fortemente da banda chuvosa, durante o v...
39 
CICLO ANUAL
40 
PROJEÇÕES FUTURAS DO CICLO ANUAL DA TEMPERATURA 
Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO NE S/SE 
NO NE S/...
41 
PROJEÇÕES FUTURAS DO CICLO ANUAL DA PRECIPITAÇÃO 
Eta-HadGEM2-ES e Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO S/SE NE 
NO S/SE...
42 
VENTOS 
a 100 metros de altitude 
42
DJF MAM JJA SON V100m 
RCP 8.5 
43 
2011-2040 
2041-2070 
2071-2100 
Intensificação dos ventos a 100m, 
principalmente no ...
44 
EXTREMOS CLIMÁTICOS
45 
DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS TEMPERATURAS 
Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO NE S/SE 
RCP 4.5 
RCP...
46 
DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS TEMPERATURAS 
Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO NE S/SE 
NO NE S/SE 
...
47 
DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS CHUVAS 
Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO NE S/SE 
NO NE S/SE 
RCP 4....
48 
DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS CHUVAS 
Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO S/SE 
NO NE S/SE 
RCP 4.5 
...
49 
PROJEÇÕES FUTURAS 2011-2040 
Eta/HadGEM2-ES – RCP 8.5 
TENDÊNCIA DOS INDICADORES DE EXTREMOS CLIMÁTICOS 
PRCPTOT CDD R...
50 
ALTÍSSIMA RESOLUÇÃO 
Eta-5km
DOWNSCALING DINÂMICO COM O MODELO ETA EM ALTÍSSIMA 
RESOLUÇÃO (5 KM) : Second level nesting 
Eta – 20 km 
HadGEM2-ES, hist...
TOPOGRAFIA (m) 
Região Metropolitana de São Paulo
CLIMA PRESENTE: Eta-5km – HadGEM2-ES 
Precipitação Mensal (mm/dia) 
JJA DJF 
Obs. CMORPH 8km Eta-HadGEM2ES 20km Eta-HadGEM...
D1-001 mm de chuva 
DJF MAM 
F4-036 
F4-034 
E3-142 
E3-040 
E2-055 
E2-116 
D1-005 
J.P.M Barbosa, 2008 
mm de chuva D1-0...
JJA DJF 
Obs. CRU 
50km 
Eta-HadGEM2ES 
20km 
Eta-HadGEM2ES 
5km 
Período: 1961 a 1990 
CLIMA PRESENTE: Eta-5km – HadGEM2-...
CLIMA FUTURO (2011-2040): Eta-5km – HadGEM2-ES - RCP 8.5 
TEMPERATURA (oC) 
Clima Presente (1961- 1990) Clima Futuro(2011-...
CLIMA FUTURO (2011-2040): Eta-5km – HadGEM2-ES - RCP 8.5 
Precipitação Mensal (mm/dia) 
Clima Presente (1961- 1990) Clima ...
Exemplos de avaliação dos Impactos 
das mudanças climáticas em alguns 
58 
setores
ESTUDOS DE IMPACTOS EM PRODUÇÃO DE CAFÉ, EM 
MEGACIDADES 
Domínio Eta 20km 
-Café depende de altitude 
-Municípios têm esc...
A1B 
Exemplo de Impacto na produtividade agrícola em cenário A1B. 
Cálculo de Graus Dias para identificar o estádio da pla...
Viola et al., 2014, in IJOC 
61 
Avaliação dos recursos hídricos na bacia do Rio Grande 
Dados do modelo Eta: 
Variáveis d...
CUIDADOS 
1. 360 dias/ano; 365 dia/ano; 365-6 dias/ano; 
2. Não há calendário, integrações iniciadas em cerca de 1800; 
3....
63 
Obrigada! 
chou@cptec.inpe.br 
12-3186-8424
Solicitação de Dados 
64
RESUMO 
CONTATO SETOR STATUS 
Eduardo Martins Recursos Hídricos Finalizado 
André Lucena Energia Finalizado 
Giampaolo Pel...
CONTATO SETOR STATUS 
Eduardo Martins Recursos Hídricos / SAE - FUNCEME Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, E...
CONTATO SETOR STATUS 
André Lucena Energia / COPPE - UFRJ Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (His...
CONTATO SETOR STATUS 
Giampaolo Pellegrino Agricultura / Embrapa Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIRO...
CONTATO SETOR STATUS 
Wilson Cabral Infraestrutura Costeira e Urbana / ITA Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES...
CONTATO SETOR STATUS 
José Feres Saúde / IPEA Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP...
CONTATO SETOR STATUS 
Paula Bennati CNI Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e ...
CONTATO SETOR STATUS 
Karen Cope MMA Finalizado 
Solicitação: 
Modelo 
Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RC...
CONTATO SETOR STATUS 
Edson Domingues CEDEPLAR / UFMG Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Histori...
CONTATO SETOR STATUS 
Marcos Wrege Embrapa Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5...
CONTATO SETOR STATUS 
Lineu Rodrigues Embrapa Finalizado 
Solicitação: 
Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP...
NOVOS CENÁRIOS USADOS NO IPCC AR5 
RCP - Representative Concentration Pathway 
Integrated Assessment 
Models 
( IA Models ...
GRADE DOS MODELOS 
O espaço é dividido em CAIXAS 
definidas por grades horizontais 
e níveis verticais. 
Em cada caixa a a...
Variáveis pós-processadas do Modelo Eta (34) 
USSL - Umidade do Solo Cont. 0.1 m 0-1 
UZRS - Umidade do Solo Cont. 0.4 m 0...
Arquivos de saída em binario simples 
3h/3h: Eta_HG2ES_Hist_20km1960010100+YYYYMMDDHH_2D: 132481 arquivos binários 
2.6 TB...
Arquivos de saída em TXT - precipitação 
80
Projeções para América do Sul a partir de 42 modelos globais, RCP 4.5 (IPCC, 2013) 
DJF 
Temperatura 
AMZ NEB 
2016-2035 
...
Projeções para América do Sul a partir de 42 modelos globais, RCP 4.5 (IPCC, 2013) 
ONDJFM 
Precipitação 
AMZ NEB 
2016-20...
83 
TEMPERATURA MÉDIA EM CADA REGIÃO DE 1961-2100 
Eta-HadGEM2-ES e Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
NO NE S/SE 
1961 2100 ...
84 
PRECIPITAÇÃO MÉDIA DE 1961-2100 
Eta-HadGEM2-ES e Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 
DJF 
JJA 
NO NE S/SE 
NE S/SE 
NO
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cenários de Mudanças Climáticas: Regionalização ("downscaling")

1,619 views

Published on

Apresentação exibida pela pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Chou Sin Chan, durante o 3º Workshop do projeto Brasil 20º40°: Cenários e Alternativas para mudança do clima, realizado nos dias 25 e 26 de novembro, na sede da SAE, em Brasília (DF).

Saiba mais: http://ow.ly/FBgeX

Published in: Environment
  • Be the first to comment

Cenários de Mudanças Climáticas: Regionalização ("downscaling")

  1. 1. Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE CENÁRIOS DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS: REGIONALIZAÇÃO (‘downscaling’) Agradecimentos: ao MCTI pelo apoio financeiro através dos recursos GEF (UNDP BRA/05/G31), a SAE da Presidência da República pelo apoio financeiro. ao Martin Juckes do BADC pelos dados do HadGEM2-ES, a Seita Emori e Tokuta Yokohata do NIES pelos dados MIROC5 INPE pela infraestrutura Chou Sin Chan chou@cptec.inpe.br +55-12-3186-8424 1 A força tarefa: André Lyra, Caroline Mourão, Claudine Dereczynski, Isabel Pilotto, Jorge Gomes, Josiane Bustamante, Priscila Tavares, Adan Silva, Daniela Carneiro, Diego Campos , Diego Chagas, Gracielle Siqueira, Gustavo Sueiro
  2. 2. Cenário A1B (AR4) 2 1961-1990 simulations using Eta Model forced by HadCM3 historical 4-member runs (Chou et al 2012, CliDyn) HadCM3 ~ 300 km Eta – 40 km Em estudos de impactos, vulnerabilidade e adaptação, é adequado empregar maior detalhamento que os modelos globais pois estes estudos têm caráter local. Os modelos atmosféricos regionais provem o detalhamento do modelo global (‘downscaling’) para um determinado período de tempo e para uma determinada região. High, mid, low, unperturbed
  3. 3. 3 Development of regional future climate change scenarios in South America using the Eta - HadCM3 climate change projections: Climatology and regional analyses for the Amazon, São Francisco and and the Parana River Basins (Marengo et al 2012, CliDyn) DJF JJA DJF JJA 2010-40 2041-70 2071-2100 A B C D E F H I G J K L Cenário A1B, 4 membros A-F: Precipitação P (%) G-L: Temperatura do ar (oC)
  4. 4. PORQUE GERAR NOVAS SIMULAÇÕES DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS? 1. Em geral, foram introduzidas melhorias nos modelos globais que acrescentaram processos importantes para mudanças climáticas, como ciclos biogeoquímicos (“Earth System Model”); 2. A simulação da temperatura da superfície melhorou com correlaçãp espacial de 0.99; e a correlação da precipitação passou de 0.77 em AR4 para 0.82 em AR5; 3. Inclusão de mais cenários de emissão e de modelos globais climáticos; 4. Possibilidade de considerar mais incertezas. 12 10 8 6 4 2 0 TSA PRECIP RMSE J F M A M J J A S O N D TSA 2.00 1.50 1.00 0.50 0.00 CMIP5 CMIP3 J F M A M J J A S O N D CMIP5 CMIP3 Avaliação do ciclo anual da precipitação período 1980-1999 de 44 modelos do AR5. 4
  5. 5. 5 Novos cenários & Desenvolvimentos do Modelo Eta
  6. 6. Total anthropogenic radiative forcing IS92a (SAR), SRES (TAR/AR4), RCP (AR5) See Fig.1.15 in AR5 RCP – “Representative Concentration Pathway” RCP 8.5 RCP 6.0 RCP 4.5 RCP 2.6
  7. 7. RCP8.5 Hatching: changes are “small” compared Signal-to-noise with internal ratio is variability low (less than one standard deviation of internal variability Stippling: changes are “large” compared with internal variability (greater than two standard deviations of internal variability), and at least 90% of models agree on sign of change Stippling: changes are “large” compared with internal variability, and >90% of models agree on sign of change From Fig. SPM.7(b) Signal-to-noise ratio is high How large is the projected change compared with internal variability?
  8. 8. PROJEÇÕES DO IPCC AR5 TEMP CHUVA 8
  9. 9. 9 NOVA ESTRATÉGIA DE DOWNSCALING apoio da SAE e do MCTI via PNUD 1. HadGEM2-ES 2. BESM 3. MIROC5 1. RCP 4.5 2. RCP 8.5 - 3 modelos globais - 2 cenários de emissão Aumento da resolução dos modelos globais; Aumento da resolução do modelo regional Eta Eta – 20 km Eta – 20 km
  10. 10. Modelo Eta Características (Chou et al, 2014, AJCC) •Convection: 1. Betts-Miller-Janjic scheme, • Stratiform rain: 1. Zhao scheme • Turbulence: Mellor Yamada 2.5, MO surface layer, Paulson functions • Radiation: GFDL package • Land surface scheme: •NOAH scheme, 4 soil layers, • L.B.C. • OAGCM, • Initial soil moisture :monthly climatology • Initial albedo: seasonal climatology •Changes in calculations of Ps, fluxes over ocean, 10-m winds. • Domains •Most part of South America •Southeast Brazil •Northeast Brazil • Resolution: 40 km/38 layers; •15km/50 layers; • 5km/50 layers NH • Grid-point model •Arakawa E grid and Lorenz grid • Refined Eta vertical coordi (Mesinger, 1984; Mesinger et al 2012) •Prognostic variables: T, q, u, v, ps, TKE, cloud water/ice, hydrometeors •Time integration: •2 level, split-explicit •Adjustmet: forward-backward •Horiz.Advection: first forward and then centered •Vert Advection: Piecewise Linear Scheme > finite-volume Model 10
  11. 11. 11 200 km 20 km Modelo climático global Modelo climático regional Eta - INPE GRADE DOS MODELOS
  12. 12. DJF MAM JJA SON 12 NOVO DOWNSCALING Eta/HadGEM2-ES HadGEM2-ES: Hadley Centre, Grã Bretanha 1.875°x1.250° , 38 níveis, 1/3 graus nos trópicos e 1 grau em latitudes maiores que 30N/S no oceano, 40 níveis; vegetação dinâmica TRIFFID (Collins et al 2008; Martin et al 2011) OBS (CRU) Eta/HadGEM Precipitação média 1961-1990 (mm/dia)
  13. 13. NOVO DOWNSCALING Eta/MIROC5 MIROC5: Univ. of Tokyo, National Institute for Environmental Studies, e Japan Agency for Marine-Earth Science and Technology T85 (aprox. 156 km) , 40 níveis, 1.4o lat x 0.5-1.4o lon no oceano COCO 4.5, 50 níveis Watanabe et al 2010 OBS (CRU) Eta/MIROC5 DJF MAM JJA SON Precipitação média 1961-1990 (mm/dia) 13
  14. 14. NOVO DOWNSCALING Eta/BESM 2.3.1 BESM: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Brasil T62 (aprox. 250 km x 250 km) , 28 níveis, ¼ grau no oceano MOM4, 50 níveis Nobre et al., 2013 OBS (CRU) Eta/BESM DJF MAM JJA SON Precipitação média 1961-1990 (mm/dia) 14
  15. 15. 15 PROJEÇÕES REGIONALIZADAS pelo Modelo Eta dos cenários de mudanças climáticas globais de MIROC5 e HadGEM2-ES RCP4.5 e RCP 8.5 Chou et al., 2014 a,b, American Journal of Climate Change
  16. 16. 16 TEMPERATURA
  17. 17. PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 DJF 2071-2099 2041-2070 2011-2040 TEMP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  18. 18. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 MAM TEMP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  19. 19. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 JJA TEMP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  20. 20. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 SON TEMP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  21. 21. 21 RESUMO TEMPERATURA
  22. 22. Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 Projeta-se aquecimento para todo o continente, em todos cenários de emissão. MÍN Os máximos de aquecimento se localizam na região Centro-Oeste, em todas estações do ano. Este máximos de aquecimento se estendem para as regiões Norte, Nodeste e Sudeste até o final do século XXI. Estes máximos de aquecimento médio no final do século podem variar entre cerca de 2oC a 8oC. . VERÃO - DJF 2011-2040 MÁX 22 2041-2070 2071-2100
  23. 23. Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 OUTONO - MAM MÍN 2011-2040 MÁX 23 2041-2070 2071-2100 Conclusões semelhantes ao verão, com mudanças ligeiramente menores.
  24. 24. Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 INVERNO - JJA MÍN 2011-2040 MÁX 24 2041-2070 2071-2100 Aquecimento menos intenso nas latitudes médias devido a passagens das frentes frias ou frontogeneses mais frequente.
  25. 25. Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para TEMPERATURA em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 PRIMAVERA - SON MÍN 2011-2040 MÁX 25 2041-2070 2071-2100 Semelhanças com verão
  26. 26. Temperatura (°C) de 1961-2100 para os dois cenários de emissão e regionalização de dois modelos globais. 26 No verão na região NO, o aumento de temperatura projetado para até o final do século é de cerca 3 a 8 ° Celsius. O Nordeste apresenta menores taxas de aquecimento nestas projeções, de cerca de 2 a 6 °C. Na região Centro-Sul do país o aumento é de cerca de 1 grau a 8 °C O aumento da variabilidade interanual (amplitude da variação de um ano para outro) nas últimas décadas em relação à variabilidade do presente, em especial nas regiões Norte (Amazônia) e Centro-Sul . [A idéia é destacar que a diferença entre máximos e mínimos se amplificam. As setas verdes tentam mostrar o tamanho das amplitudes.] NO NEB CS VERÃO - DJF Temperatura (°C) Temperatura (°C) Temperatura (°C) 1961 2100
  27. 27. 27 PRECIPITAÇÃO
  28. 28. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 DJF PRECIP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  29. 29. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 MAM PRECIP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  30. 30. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 JJA PRECIP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  31. 31. 2071-2099 2041-2070 2011-2040 PROJEÇÕES FUTURAS de Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (RCP 4.5 e RCP 8.5) DIFERENÇA entre climas futuros e presente 1961-1990 SON PRECIP Eta HG2-ES RCP45 Eta HG2-ES RCP85 Eta MIROC5 RCP45 Eta MIROC5 RCP85
  32. 32. 32 RESUMO PRECIPITAÇÃO
  33. 33. MÍN VERÃO - DJF 2011-2040 MÁX 33 2041-2070 2071-2100 Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para PRECIPITAÇÃO em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 Projeta-se redução das chuvas no período chuvoso (verão) na maior parte do país, com máximos de redução nas regiões Centro-Oeste e Sudeste do País. A redução das chuvas em relação ao clima presente (1961-1990) é projetada para todos os timeslices futuros. A redução se apresenta mais intensa nos primeiros 30 anos, menos intensa de 2040-2070, e volta se tornar bastante intensa nos últimos 30 anos. A área de máxima redução se expande para Norte (Amazônia) até o final do século. No verão, projeta-se aumento das chuvas na parte nordeste do Nordeste Brasileiro.
  34. 34. OUTONO - MAM MÍN 2011-2040 MÁX 34 2041-2070 2071-2100 Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para PRECIPITAÇÃO em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 Projeta-se redução das chuvas na região Norte do país.
  35. 35. INVERNO - JJA MÍN 2011-2040 MÁX 35 2041-2070 2071-2100 Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para PRECIPITAÇÃO em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 As projeções indicam redução das chuvas no inverno (JJA) no litoral leste do Nordeste, onde costuma ocorrer inundação e deslizamento. Projeta-se redução das chuvas na parte norte da região Norte do país.
  36. 36. PRIMAVERA - SON MÍN 2011-2040 MÁX 36 2041-2070 2071-2100 Intervalos de MUDANÇAS MÁX e MÍN projetadas para PRECIPITAÇÃO em 3 timeslices futuros, extraídos de 4 membros: Eta-HadGEM2-ES 4.5 e 8.5, Eta-MIROC5 4.5 e 8.5 Projeta-se aumento das chuvas na região Sul do Brasil nos vários cenários. O aumento das chuvas ocorrem mais destacadamente no verão (DJF) e na primavera (SON), sobre a região Sul, chegando a alcançar a parte sul do Sudeste do Brasil. O aumento das chuvas ocorre desde 2011-2040 e se intensifica até o final do século. Máximo de redução das chuvas ocorre na região NO.
  37. 37. Precipitação (mm/dia) de 1961-2100 para os dois cenários de emissão e regionalização de dois modelos globais. Aumento da variabilidade interanual das chuvas no período chuvoso (DJF) nas três regiões: Norte, Nordeste e Centro-Sul. NO NEB CS 37 VERÃO - DJF Precipitação (mm/dia) Precipitação (mm/dia) Precipitação (mm/dia) Projeta-se longos períodos de redução e de aumento da precipitação na região Centro-Sul
  38. 38. A região Sudeste do país é uma região de transição, cujo regime de chuva depende fortemente da banda chuvosa, durante o verão. Se esta banda se posicionar mais ao norte ou mais ao sul, pode resultar em anomalias positivas ou negativas de chuva, gerando dificuldades na simulação para a região. A incerteza das projeções climáticas para essa região é grande. É conhecida como região de baixa previsibilidade climática. 38
  39. 39. 39 CICLO ANUAL
  40. 40. 40 PROJEÇÕES FUTURAS DO CICLO ANUAL DA TEMPERATURA Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO NE S/SE NO NE S/SE 4.5 8.5
  41. 41. 41 PROJEÇÕES FUTURAS DO CICLO ANUAL DA PRECIPITAÇÃO Eta-HadGEM2-ES e Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO S/SE NE NO S/SE NE RCP 4.5 RCP 8.5
  42. 42. 42 VENTOS a 100 metros de altitude 42
  43. 43. DJF MAM JJA SON V100m RCP 8.5 43 2011-2040 2041-2070 2071-2100 Intensificação dos ventos a 100m, principalmente no verão DJF
  44. 44. 44 EXTREMOS CLIMÁTICOS
  45. 45. 45 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS TEMPERATURAS Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO NE S/SE RCP 4.5 RCP 8.5 NO NE S/SE
  46. 46. 46 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS TEMPERATURAS Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO NE S/SE NO NE S/SE RCP 4.5 RCP 8.5 Destaque para os extremos
  47. 47. 47 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS CHUVAS Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO NE S/SE NO NE S/SE RCP 4.5 RCP 8.5
  48. 48. 48 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIA DAS CHUVAS Eta-HadGEM2-ES , Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO S/SE NO NE S/SE RCP 4.5 RCP 8.5 NE
  49. 49. 49 PROJEÇÕES FUTURAS 2011-2040 Eta/HadGEM2-ES – RCP 8.5 TENDÊNCIA DOS INDICADORES DE EXTREMOS CLIMÁTICOS PRCPTOT CDD RX5DAY TN10p TX90p WSDI 49
  50. 50. 50 ALTÍSSIMA RESOLUÇÃO Eta-5km
  51. 51. DOWNSCALING DINÂMICO COM O MODELO ETA EM ALTÍSSIMA RESOLUÇÃO (5 KM) : Second level nesting Eta – 20 km HadGEM2-ES, historical Eta – 20 km MAP of SE Eta – 5 km Modelo Eta desenvolvido no INPE Poucos países (Japão, GB e agora Brasil) têm modelo capaz de gerar projeções em altíssima resolução (modo não-hidrostático para integrações multidecadais). Higher resolution for local impact studies
  52. 52. TOPOGRAFIA (m) Região Metropolitana de São Paulo
  53. 53. CLIMA PRESENTE: Eta-5km – HadGEM2-ES Precipitação Mensal (mm/dia) JJA DJF Obs. CMORPH 8km Eta-HadGEM2ES 20km Eta-HadGEM2ES 5km Período: CMORPH - 1998 a 2013 Eta - 1990 a 2005 Detalhamento do padrão especial das chuvas Ausência de detalhes mesmo em alguns dados observacionais de alta resolução.
  54. 54. D1-001 mm de chuva DJF MAM F4-036 F4-034 E3-142 E3-040 E2-055 E2-116 D1-005 J.P.M Barbosa, 2008 mm de chuva D1-001 E2-055 E2-116 D1-005 0 10 20 40 60 80 Kilometers μ 202435 JJA SON 202435 303678 303678 404920 E3-040 404920 506163 506163 7450027 7227637 7338832 7227637 7450027 7338832 Elaboração cartográfica : João Paulo Macieira Barbosa - 2008. Fontes: mapa da malha muncipal do Estado de São Paulo - IBGE (1:500.000). Cartas Projeção Cartográfica UTM - SAD69 ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! E3-142 ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! F4-034 ! ! ! ! F4-036 ! ! F4-019 F4-005 F4-028 F4-029 F4-043 F4-030 F4-027 F3-002 E3-114 E3-041 F3-005 E3-038 E2-054 E2-009 E2-122 E1-006 D1-003 E2-046 277 - 299 299 - 316 316 - 339 339 - 369 369 - 408 408 - 461 461 - 530 530 - 622 622 - 743 743 - 903 F4-036 F4-034 E3-142 E3-040 E2-055 E2-116 D1-005 D1-001 mm de chuva E2-055 E2-116 D1-005 0 10 20 40 60 80 Kilometers μ 202435 202435 303678 303678 404920 E3-040 404920 506163 506163 7227637 7338832 7450027 Elaboração cartográfica : João Paulo Macieira Barbosa - 2008. Fontes: mapa da malha muncipal do Estado de São Paulo - IBGE (1:500.000). Cartas Projeção Cartográfica UTM - SAD69 ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! E3-142 ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! F4-034 ! ! ! ! F4-036 ! ! F4-019 F4-005 F4-028 F4-029 F4-043 F4-030 F4-027 F3-002 E3-114 E3-041 F3-005 E3-038 E2-054 E2-009 E2-122 E1-006 D1-003 E2-046 92 - 120 120 - 140 140 - 170 170 - 210 210 - 240 240 - 280 280 - 330 330 - 380 380 - 430 430 - 490 0 10 20 40 60 80 Kilometers μ 202435 202435 303678 303678 404920 404920 506163 506163 7450027 7227637 7338832 7227637 7450027 7338832 Elaboração cartográfica : João Paulo Macieira Barbosa - 2008. Fontes: mapa da malha muncipal do Estado de São Paulo - IBGE (1:500.000). Cartas Projeção Cartográfica UTM - SAD69 ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! F4-019 F4-005 F4-028 F4-029 F4-043 F4-030 F4-027 F3-002 E3-114 E3-041 F3-005 E3-038 E2-054 E2-009 E2-122 E1-006 D1-003 E2-046 276 - 316 316 - 352 352 - 392 392 - 439 439 - 493 493 - 555 555 - 626 626 - 708 708 - 802 802 - 910 0 10 20 40 60 80 Kilometers μ 202435 202435 303678 303678 404920 404920 506163 506163 7227637 7338832 7450027 Elaboração cartográfica : João Paulo Macieira Barbosa - 2008. Fontes: mapa da malha muncipal do Estado de São Paulo - IBGE (1:500.000). Cartas Projeção Cartográfica UTM - SAD69 ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! ! F4-019 F4-005 F4-028 F4-029 F4-043 F4-030 F4-027 F3-002 E3-114 E3-041 F3-005 E3-038 E2-054 E2-009 E2-122 E1-006 D1-003 E2-046 D1-001 mm de chuva 540 - 581 581 - 613 613 - 637 637 - 668 668 - 709 709 - 762 762 - 830 830 - 919 919 - 1.030 1.030 - 1.180 Figura 15d. Distribuição dos totais pluviométricos (mm) médios para o verão para o período de 30 anos. Figura 15c. Distribuição dos totais pluviométricos (mm) médios para o outono no período de 30 anos. Figura 15b. Distribuição dos totais pluviométricos (mm) médios para o inverno no período de 30 anos. Figura 15a. Distribuição dos totais pluviométricos (mm) médios para a primavera no período de 30 anos. Detalhes presents em alguns dados observacionais locais
  55. 55. JJA DJF Obs. CRU 50km Eta-HadGEM2ES 20km Eta-HadGEM2ES 5km Período: 1961 a 1990 CLIMA PRESENTE: Eta-5km – HadGEM2-ES Temperatura a 2 metros (oC) Mais detalhes, concorda melhor com observações
  56. 56. CLIMA FUTURO (2011-2040): Eta-5km – HadGEM2-ES - RCP 8.5 TEMPERATURA (oC) Clima Presente (1961- 1990) Clima Futuro(2011-2040) Diferença (Futuro-Presente) DJF JJA
  57. 57. CLIMA FUTURO (2011-2040): Eta-5km – HadGEM2-ES - RCP 8.5 Precipitação Mensal (mm/dia) Clima Presente (1961- 1990) Clima Futuro(2011-2040) Diferença (Futuro-Presente) DJF JJA
  58. 58. Exemplos de avaliação dos Impactos das mudanças climáticas em alguns 58 setores
  59. 59. ESTUDOS DE IMPACTOS EM PRODUÇÃO DE CAFÉ, EM MEGACIDADES Domínio Eta 20km -Café depende de altitude -Municípios têm escala de poucas dezenas de quilômetros Domínio Eta 5 km café
  60. 60. A1B Exemplo de Impacto na produtividade agrícola em cenário A1B. Cálculo de Graus Dias para identificar o estádio da planta. GD= (Tmax+Tmin)/2 - Tbase 60 Ex.: Remoção de erros sistemáticos baseado no período de 1986-1990 Campinas Mococa N° médio de dias da floração e maturação do café baseado no acúmulo de graus dias (GD) Ciclo do café de vida reduzido em relação ao presente. Resende et al. 2010
  61. 61. Viola et al., 2014, in IJOC 61 Avaliação dos recursos hídricos na bacia do Rio Grande Dados do modelo Eta: Variáveis de saída das simulações do Modelo Eta > Modelo hidrológico > projeção de vazões – avaliação de aumento ou redução em relação ao clima presnte.
  62. 62. CUIDADOS 1. 360 dias/ano; 365 dia/ano; 365-6 dias/ano; 2. Não há calendário, integrações iniciadas em cerca de 1800; 3. Tratar propriedades estatísticas das variáveis; 4. Necessidade de avaliação das simulações para cada aplicação; 5. Valores dos modelos não são pontuais; 6. Evaporação deve ser obtido a partir da variável CLSF (Fluxo de Calor Latente); 7. Fluxos de calor latente e calor sensível têm sinal negativo da superfície para atmosfera; 8. Fluxos (de radiação, de calor (latente, sensivel, etc) são valores médios no interval de tempo; 9. Evapotranspiração potencial não é evaporação; 62
  63. 63. 63 Obrigada! chou@cptec.inpe.br 12-3186-8424
  64. 64. Solicitação de Dados 64
  65. 65. RESUMO CONTATO SETOR STATUS Eduardo Martins Recursos Hídricos Finalizado André Lucena Energia Finalizado Giampaolo Pellegrino Agricultura Finalizado Wilson Cabral Infraestrutura Costeira e Urbana Finalizado José Feres Saúde Finalizado Denise de Souza Transportes Pendente* Paula Bennati CNI Finalizado Karen Cope MMA Finalizado Edson Domingues CEDEPLAR Finalizado Lineu Rodrigues Embrapa Finalizado Marcos Wrege Embrapa Finalizado * Solicitação não chegou a ser definida
  66. 66. CONTATO SETOR STATUS Eduardo Martins Recursos Hídricos / SAE - FUNCEME Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência 3h, diária e mensal Domínio América do Sul Formato Binário simples Variáveis (22) Pressão à Superfície, Temperatura a 2 m, Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Temperatura do Ponto de Orvalho, Componente Zonal e Meridional do Vento a 10 m, Precipitação Acumulada, Fluxo de Calor Latente à Superfície, Fluxo de Calor Sensível à Superfície, Fluxo de Calor no Solo, Temperatura à Superfície, Temperatura do Solo a 0.1 m e 0.4 m, Runoff e Runoff Subterrâneo, Evapotranspiração Potencial, Radiação de Onda Curta e Longa Incidente na Superfície, Radiação de Onda Curta e Longa Excedente e Albedo.
  67. 67. CONTATO SETOR STATUS André Lucena Energia / COPPE - UFRJ Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência 3h, diária e mensal Domínio Brasil e pontos isolados Formato Binário simples e textual Variáveis (7) Temperatura a 2 m, Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Componente Zonal e Meridional e Magnitude do Vento a 100 m e Precipitação Acumulada.
  68. 68. CONTATO SETOR STATUS Giampaolo Pellegrino Agricultura / Embrapa Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência diária e mensal Domínio América do Sul Formato Binário simples e textual Variáveis (9) Temperatura a 2 m, Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Temperatura do Ponto de Orvalho, Componente Zonal e Meridional do Vento a 10 m, Precipitação Acumulada, Radiação de Onda Curta e Longa Incidente na Superfície.
  69. 69. CONTATO SETOR STATUS Wilson Cabral Infraestrutura Costeira e Urbana / ITA Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência 3h e diária Domínio São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza e Salvador (+ 200km ao redor) Formato Textual Variáveis (2) Temperatura a 2 m e Precipitação Acumulada.
  70. 70. CONTATO SETOR STATUS José Feres Saúde / IPEA Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência 3h e diária Domínio América do Sul Formato Textual (CSV) Variáveis (5) Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Precipitação Acumulada, Umidade do Solo a 0.1 m e Umidade Relativa.
  71. 71. CONTATO SETOR STATUS Paula Bennati CNI Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência diária Domínio Brasil Formato Textual Variáveis (7) Temperatura a 2 m, Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Precipitação Acumulada, Temperatura à Superfície e Temperatura do Solo a 0.1 m e 0.4 m.
  72. 72. CONTATO SETOR STATUS Karen Cope MMA Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km e Eta Eta HadGEM2-ES (Historical e RCP8.5) 5 km Frequência mensal Domínio Brasil Formato Textual Variáveis (12) Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Componente Zonal e Meridional do Vento a 10 m, Precipitação Acumulada, Fluxo de Calor Latente à Superfície, Umidade do Solo a 0.1 e 0.4 m, Temperatura à Superfície, Temperatura do Solo a 0.1 e 0.4 m e Runoff.
  73. 73. CONTATO SETOR STATUS Edson Domingues CEDEPLAR / UFMG Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência mensal Domínio Brasil Formato Textual Variáveis (2) Temperatura a 2 m e Precipitação Acumulada.
  74. 74. CONTATO SETOR STATUS Marcos Wrege Embrapa Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência mensal Domínio Brasil Formato Textual Variáveis (22) Temperatura a 2 m, Temperatura do Ponto de Orvalho, Componente Zonal e Meridional do Vento a 10 m, Precipitação Acumulada, Fluxo de Calor Latente à Superfície, Fluxo de Calor Sensível à Superfície, Fluxo de Calor no Solo, Temperatura à Superfície, Temperatura e Umidade do Solo a 0.1 m e 0.4 m, Umidade Disponível no Solo, Runoff e Runoff Subterrâneo, Evapotranspiração Potencial, Umidade Relativa a 2 m, Radiação de Onda Curta e Longa Incidente na Superfície, Radiação de Onda Curta e Longa Emergente e Albedo.
  75. 75. CONTATO SETOR STATUS Lineu Rodrigues Embrapa Finalizado Solicitação: Modelo Eta HadGEM2-ES, Eta MIROC5 (Historical, RCP4.5 e RCP8.5) 20 km Frequência 3 h Domínio Brasil Formato Textual (CSV) Variáveis (6) Temperatura a 2 m, Temperatura Máxima, Temperatura Mínima, Precipitação Acumulada, Evapotranspiração Potencial e Umidade Relativa a 2 m.
  76. 76. NOVOS CENÁRIOS USADOS NO IPCC AR5 RCP - Representative Concentration Pathway Integrated Assessment Models ( IA Models ) Land use included 76
  77. 77. GRADE DOS MODELOS O espaço é dividido em CAIXAS definidas por grades horizontais e níveis verticais. Em cada caixa a atmosfera é homogênea e é suficiente conhecer o valor em 1 ponto da caixa. 77 Temperatura, vento, umidade, pressão, chuva, etc. 300 km ~ 200 km
  78. 78. Variáveis pós-processadas do Modelo Eta (34) USSL - Umidade do Solo Cont. 0.1 m 0-1 UZRS - Umidade do Solo Cont. 0.4 m 0-1 SMAV - Umidade do Solo Disponível 0-1 RNOF - Runoff a Superfície 3h kg/m²/s RNSG - Runoff subterraneo 3h kg/m²/s EVPP - Evapotransp potencial a spf m LWNV - Fração de Nuvens Baixas 0-1 MDNV - Fração de Nuvens Médias 0-1 HINV - Fração de Nuvens Altas 0-1 OCIS - Rad de onda curta inc a spf W/m² OLIS - Rad de onda longa inc a spf W/m² OCES - Rad de onda curta emerg a spf W/m² OLES - Rad de onda longa emerg a spf W/m² ROCE - Rad de onda curta emerg TOA W/m² ROLE - Rad de onda longa emerg TOA W/m² ALBE - Albedo de Superfície 0-1 CAPE - CAPE J/kg AGPL - Água Precipitável mm ZGEO 20 Altura Geopotencial m UVEL 20 Vento Zonal m/s VVEL 20 Vento Meridional m/s TEMP 20 Temperatura K UMRL 20 Umidade Relativa % OMEG 20 Omega hPa/s UMES 20 Umidade Específica kg/kg Variável Descrição Unid. PSLM - Pressão no Nível Médio do Mar hPa PSLC - Pressão a Superfície hPa TP2M - Temperatura do ar a 2m K MXTP - TemperaturaMáxima das 3h K MNTP - Temperatura Mínima das 3h K DP2M - Temperatura do ponto de orvalho a 2 m K U10M - U 10 m m/s V10M - V 10 m m/s U100 - U 100 m m/s V100 - V 100 m m/s PREC - Precipitação Total 3 h m PRCV - Precipitação Convectiva 3 h m PRGE - Precipitação de microfísica 3 h m NEVE - Neve acumulada em 3 h m CLSF - Fluxo de Calor Latente a spf W/m² CSSF - Fluxo de Calor Sensível a spf W/m² GHFL - Fluxo de Calor no solo W/m² TSFC - Temperatura da Superfície K TGSC - Temperatura do Solo 0.1 m K TGRZ - Temperatura do Solo 0.4 m K 78
  79. 79. Arquivos de saída em binario simples 3h/3h: Eta_HG2ES_Hist_20km1960010100+YYYYMMDDHH_2D: 132481 arquivos binários 2.6 TB 6h/6h: Eta_HG2ES_Hist_20km1960010100+YYYYMMDDHH_3D: 64241 arquivos binários 4.7 TB TOTAL cada conjunto de 30 anos : 7.3 TB Variável Arquivos Nº Arquivos Unidade PREC Eta_HG2ES_Hist_20km_Prec_1960010100_2D.bin … Eta_HG2ES_Hist_20km_Prec_2005010100_2D.bin 132481 69 GB mm/3 horas PREC Eta_HG2ES_Hist_20km_Prec_Diaria_19600101.bin … Eta_HG2ES_Hist_20km_Prec_Diaria_20051230.bin 16560 8,6 GB mm/dia TP2M MXTP MNTP Eta_HG2ES_Hist_20km_Temp_1960010100_2D.bin … Eta_HG2ES_Hist_20km_Temp_2005010100_2D.bin 132481 205 GB K TP2M MXTP MNTP Eta_HG2ES_Hist_20km_Temp_Diaria_19600101.bin … Eta_HG2ES_Hist_20km_Temp_Diaria_20051230.bin 16560 26 GB K 79
  80. 80. Arquivos de saída em TXT - precipitação 80
  81. 81. Projeções para América do Sul a partir de 42 modelos globais, RCP 4.5 (IPCC, 2013) DJF Temperatura AMZ NEB 2016-2035 2046-2065 2081-2100 25% 50% 75% 81
  82. 82. Projeções para América do Sul a partir de 42 modelos globais, RCP 4.5 (IPCC, 2013) ONDJFM Precipitação AMZ NEB 2016-2035 2046-2065 2081-2100 25% 50% 75% 82
  83. 83. 83 TEMPERATURA MÉDIA EM CADA REGIÃO DE 1961-2100 Eta-HadGEM2-ES e Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 NO NE S/SE 1961 2100 NO NE S/SE DJF JJA
  84. 84. 84 PRECIPITAÇÃO MÉDIA DE 1961-2100 Eta-HadGEM2-ES e Eta-MIROC5 – RCP 4.5 e RCP 8.5 DJF JJA NO NE S/SE NE S/SE NO

×