Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação TCC

2,100 views

Published on

Apresentação exibida durante a banca do TCC, ocorrida no dia 21 de novembro de 2012, no campus da UNESP em Bauru.

Published in: Education
  • Be the first to like this

Apresentação TCC

  1. 1. ANÁLISE DA COBERTURA DA REVISTA VEJASOBRE A ERA COLLORRelações Públicas e a imagemcollorida da democracia:Maíra MasieroOrientação: Prof. Dr. Jefferson Oliveira Goulart
  2. 2. RoteiroRoteiroObjetivosJustificativaMetodologiaDemocracia, Transição e CidadaniaMídia e PolíticaRelações Públicas: Construindo a DemocraciaRelações Públicas: (Re)Formando Imagens MidiáticasEstudo de Caso: A Era Collor Sob o Olhar da RevistaVejaConsiderações Finais2
  3. 3. ObjetivosObjetivosAnalisar a imagem construída, pela revista Veja, dopresidente Fernando Collor de Mello, durante seumandato e, especialmente, na época do processo deimpeachment;Verificar o papel das Relações Públicas nacomunicação política e na representação, construçãoe gerenciamento de imagens midiáticas.3
  4. 4. JustificativaJustificativaRelevância e complexidade do temaTema pouco explorado nas pesquisascientíficasConstrução da imagem de Collor sob a óticadas Relações Públicas4
  5. 5. MetodologiaMetodologiaAbordagem exploratório-descritivaMétodo de Estudo de CasoColeta de dados: pesquisa bibliográfica5
  6. 6. Democracia, Transição eDemocracia, Transição eCidadaniaCidadania6
  7. 7. DemocraciaDemocraciaDemocracia: conjunto de regras que estabelecem deque forma e quem está aprovado para tomar decisõescoletivas (BOBBIO, 2009)“Regra da maioria”Tipos de democracia (MIGUEL, 2005)7
  8. 8. Democracia no BrasilDemocracia no BrasilEvolução histórica dademocracia no BrasilTransição democrática:modificações políticas eeconômicasNova Constituição:força da sociedade civile dos meios decomunicação8
  9. 9. CidadaniaCidadaniaCidadania: direito à vida no seu sentido plenoTrês dimensões fundamentais: civil, política e socialDebate sobre a cidadania foi retomado com aredemocratização nacional9
  10. 10. Mídia e PolíticaMídia e Política10
  11. 11. MídiaMídiaMídia como um dos elementos centrais da vidahumana contemporâneaPapel de construir e destruir imagensTrês processos: acontecimentos verídicos apenasrepassados, manipulação direta e interpretaçãodirecionada de um fato verdadeiroRelação harmoniosa entre mídia e política?11
  12. 12. Cenários de Representação da Política (CR-P)Cenários de Representação da Política (CR-P)Decomposição de hegemonias em cenáriosHegemonias: sistemas específicos de valores esignificados que acontecem no campo dasrepresentaçõesPressupostos de identificação: sociedade comcentralidade de mídia, exercício da hegemonia etelevisão como meio dominante12
  13. 13. Hipóteses dos CR-PHipóteses dos CR-PO CR-P dominante estabelece os limites dentro dosquais ideias e conflitos acontecem e são resolvidos.Um candidato dificilmente vencerá as eleições se nãoajustar sua imagem ao cenário dominante.Alternativa: construção de um CR-P contra-hegemônico ou alternativo. (LIMA, 2001).13
  14. 14. Influência da mídia na políticaInfluência da mídia na políticaQuatro pontos fundamentais (MIGUEL & BIROLI,2005):Intermediação eficaz entre a elite política e oscidadãosDescaracterização do discurso políticoProdução da agenda públicaGestão da visibilidade14
  15. 15. No ponto de vista da mídia...No ponto de vista da mídia...Locuções do discurso políticoModelos de relação entre sistemas políticos e campomidiático (HALLIN & MANCINI, 2004, apudAZEVEDO, 2006): pluralista polarizado (Brasil),corporativista-democrático e liberal• Eleição de 1989: grandepolarização ideológica(esquerda x direita)15
  16. 16. Relações Públicas: ConstruindoRelações Públicas: Construindoa Democracia e (Re)Formandoa Democracia e (Re)FormandoImagens MidiáticasImagens Midiáticas16
  17. 17. Comunicação Pública x ComunicaçãoComunicação Pública x ComunicaçãoPolíticaPolíticaComunicação Pública:exercício da cidadania,discussão de temas eexpressão da opiniãopúblicaComunicação Política:muito além domarketing político...17
  18. 18. 18
  19. 19. Relações Públicas e DemocraciaRelações Públicas e DemocraciaComunicação Pública: contribuição para que umaparcela significativa da sociedade possa decidirquestões essenciais para a convivência coletiva –Orçamento ParticipativoComunicação Política: importância da construçãosimbólica da campanha das Diretas Já (1984): “vozesde autoridade”, carga emocional nos discursos eplanejamento adequado19
  20. 20. Relações Públicas: (Re)Formando ImagensRelações Públicas: (Re)Formando ImagensMidiáticasMidiáticasImagem x identidadePrincipais componentes de uma imagem, segundoVillafañe (1993, apud SOUSA, 2004): notoriedade,força e conteúdoImportância do relações-públicas: investigação docontexto atual, planejamento das ações, avaliação e, senecessário, aprimoramento da gestão.20
  21. 21. Imagem e ReconhecimentoImagem e ReconhecimentoVertentes de trabalho dorelações-públicas:identidade corporativa,construção da imagem,branding e propagandainstitucionalConstrução de imagem nocenário político: DilmaRousseff21
  22. 22. Estudo de Caso: A EraEstudo de Caso: A EraCollor Sob o Olhar daCollor Sob o Olhar daRevista VejaRevista Veja22
  23. 23. Biografia de CollorBiografia de CollorFamília de políticosVinculado aos negócios de comunicação de massaReconhecido nacionalmente a partir de 1986 (“Ocaçador de marajás”)Eleição de 1989: disputa ideológica e favorecimentoda mídia23
  24. 24. Particularidades do Governo CollorParticularidades do Governo CollorRelacionamentoinstável com oCongressoAplicação de medidaseconômicas drásticasDenúncias decorrupção24
  25. 25. RevistaRevista VejaVeja - Histórico- Histórico25Início em setembro de 1968Cobertura política: o ponto alto da RevistaAtualmente, é a revista de maior circulaçãonacional
  26. 26. Metodologia e Corpus de AnáliseMetodologia e Corpus de Análise26Estudo de Caso e análise de discurso (FIORIN, 2009)Semântica gerativa, sintagmática e geral (Greimas: textocomo uma unidade de análise)Discurso: fonte decisiva para consolidar (ou não) umaimagem – três fases de avaliação (DORNELLES, 2011)Corpus: sete matérias de Veja (seis reportagens e aedição extra “Caiu!” – 30 set. 1992)
  27. 27. Era Collor na RevistaEra Collor na Revista VejaVeja27749 menções de “Fernando Collor” entre 1990 e 1992Matérias anteriores ao período: “A onda do squash” (8 abr.1981), a “A guerra ao turbante” (23 mar. 1988) e “O dia docaçador” (24 dez. 1989).Imagem de Collor: político moderno, com ideiasinovadoras, contrário à corrupçãoComponentes de imagem positivosRiscos eminentes: pressão da opinião pública,relacionamento com o Governo e situação econômicabrasileira
  28. 28. Era Collor na RevistaEra Collor na Revista VejaVeja28Após as eleições, três matérias e uma edição extra (“grandereportagem”): “O presidente dispara sua bomba” (21 mar.1990), “O rosto da recessão” (5 dez. 1990), “Chegou aoPlanalto” (27 mai. 1992), além da edição “Caiu!” (30 set.1992).Modificação da imagem: da inovação à desconfiança,recessão e corrupçãoTemas abordados de maneira intensa e falta deesclarecimento de Collor à população
  29. 29. Fim da Era CollorFim da Era Collor29Relações entre Luís Costa Pinto, correspondente deVeja, e o irmão do Presidente, Pedro CollorUma das mais vendidas edições da épocaDestaques da edição extra após o impeachment (30set. 1992): caráter democrático do Brasil,repercussão e interferência popular, mudança deimagem de CollorO processo de impeachment foi válido?
  30. 30. Atuação do relações-públicas na crise deAtuação do relações-públicas na crise deimagem: uma hipóteseimagem: uma hipótese30Interação: 4 Rs das Relações Públicas (MACHADONETO, 2012) e análises de Dornelles (2011)Pesquisa e auditoriaIncentivo maior à formação de alianças no CongressoMediação de conflitos (fator Relacionamento)Reputação: ação pró-ativa nas crises de imagem
  31. 31. Considerações FinaisConsiderações Finais31
  32. 32. Considerações FinaisConsiderações Finais32Eleição de Collor: marco na transição entreum regime ditatorial e um períododemocráticoPapel da mídia é fundamental para a esferapolítica – Relações Públicas na gestão daimagem
  33. 33. Considerações FinaisConsiderações Finais33Mudança de atitudes entre o Collor candidato e oCollor presidenteImportância relativa das mobilizações populares noprocesso de impeachmentMudança na abordagem de Veja: de cortesã à críticae investigação dos fatos
  34. 34. ReferênciasReferências ACERVO Digital VEJA – Digital Pages. Disponível em:<http://veja.abril.com.br/acervodigital/>. Acesso em: 11. out. 2012. AZEVEDO, F. A. Democracia e Mídia no Brasil: um balanço dos anos recentes. In:GOULART, J. G. (Org.). Mídia e democracia. São Paulo: Annablume, 2006, v. 204, p. 23-46. BOBBIO, N. O Futuro da Democracia. Tradução de Marco Aurélio Nogueira. 11ª ed. SãoPaulo: Paz e Terra, 2009. DORNELLES, S. M. G. Pesquisas e auditorias em planos de comunicação nas crises deimagem com a opinião pública. In.: MOURA, C. P. de; FOSSATI, N. C. (orgs.). Práticasacadêmicas em Relações Públicas: processos, pesquisas, aplicações. Porto Alegre: Sulina,2011. FIORIN, J.L. Elementos de análise do discurso. 14. ed. São Paulo: Contexto, 2009. LIMA, V. A. Mídia: Teoria e Política. São Paulo: Editora Fundação Perseu. Abramo, 2001. MACHADO NETO, M. M. A transparência é a alma do negócio: o que os 4 Rs das RelaçõesPúblicas podem fazer por você. Rio de Janeiro, Conceito Editorial. 2012. MIGUEL, L.F.; BIROLI, F. Comunicação e Política: um campo de estudos e seusdesdobramentos no Brasil. In: ______. (orgs.) Mídia, representação e democracia. SãoPaulo: Hucitec, 2010. MIGUEL, L. F. Teoria Democrática Atual: Esboço de Mapeamento. In: Revista Brasileira deInformação Bibliográfica em Ciências Sociais. São Paulo, nº 59, 2005, p. 5-42. SOUSA, J. P. Planificando a comunicação em relações públicas. Florianópolis: LetrasContemporâneas, 2004.34
  35. 35. Links de imagensLinks de imagens35 Figura 1 (slide 8): Disponível em:<http://www.cdcc.usp.br/ciencia/artigos/art_24/demobrimagem/ulysses.jpg>. Acesso em:20 nov. 2012. Figura 2 (slide 15): Disponível em: <http://cariocadorio.files.wordpress.com/2010/09/1989-eleicoes.jpg>. Acesso em: 20 nov. 2012. Figura 3 (slide 17): Disponível em: <http://1.bp.blogspot.com/-mV04U76jL94/T2nsBQTFsiI/AAAAAAAABCc/eEBIRMzvVJs/s1600/comunica%C3%A7%C3%A3o+p%C3%BAblica.jpg>. Acesso em: 20 nov. 2012. Figura 4 (slide 17): Disponível em: <http://3.bp.blogspot.com/-aTt0sPrYEQ8/T06rTSXDyjI/AAAAAAAAA34/S_d004vci5c/s1600/marketing-politico-politica.jpg>. Acesso em: 20 nov. 2012. Figura 5 (slide 18): elaboração nossa. Figura 6 (slide 21): Disponível em: <http://www.zeno.com.br/media/12/20090115-5732329.jpg>. Acesso em: 20 nov. 2012. Figura 7 (slide 24): Disponível em:<http://www.jornaldelondrina.com.br/midia/tn_311_600_Collor_e_Itamar_no_dia_da_posse_160912.jpg>. Acesso em: 20 nov. 2012.
  36. 36. Obrigada!Obrigada!

×