Invertebrados parte iv artrópodos - Para ensino Fundamental

2,456 views

Published on

Aula de Artrópodos para ensino fundamental II.

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,456
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
69
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Invertebrados parte iv artrópodos - Para ensino Fundamental

  1. 1. Escola Municipal Coronel Joaquim José de Souza INVERTEBRADOS PARTE IV Artrópodes Professora Roxana Alhadas 7º ano 2013
  2. 2. FILO ARTROPODA CLASSES: INSECTA OU HEXAPODA ARACHNIDA CRUSTACEA
  3. 3. CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA INSETOS ARACNÍDEOS C RUSTÁCEOS
  4. 4. EVOLUÇÃO
  5. 5. • Os primeiros artrópodes surgiram a mais de um bilhão de anos, nos mares do PréCambriano .
  6. 6. • “Não se sabe se os artrópodos surgiram dos anelídeos ou se ambos têm um ancestral comum” (BARNES, 1996) Trilobita
  7. 7. Brontoscorpio – 1 metro e possui brânquias
  8. 8. DIVERSIDADE ADAPTATIVA http://biologonerd.blogspot.com.br/ http://biologonerd.blogspot.com.br/
  9. 9. É o filo mais numeroso e vivem em todos os ambientes. • Esta incomparável diversidade é indicada pelas mais de um milhão e duzentas mil espécies conhecidas para o grupo, representando cerca de 85% de toda a diversidade animal. Como comparação, todos os mamíferos não alcançam o número de cinco mil espécies conhecidas. MAZZAROLO, L. A. 2009. Os artrópodes. Disponível em: Museu de Zoologia Virtual, Universidade Federal da Bahia, (http://www.mzufba.ufba.br/artropodes.html). Capturado em 16, nov de 2013
  10. 10. Por que este “sucesso”? Exoesqueleto Este esqueleto externo é secretado pelo próprio corpo do anima, e é formado de quitina.
  11. 11. Um problema para o crescimento ... • Apesar de ser uma vantagem para a sua locomoção e de sustentação, o exoesqueleto é um problema para um animal em crescimento. • A saída é eliminar este esqueleto, num processo chamado muda ou ecdise.
  12. 12. As lagostas e a maioria dos caranguejos realizam a muda por toda a vida, mas insetos e aranhas têm um número de mudas mais ou menos fixo até a maturidade sexual. (BARNES, 1996)
  13. 13. Os apêndices articulados • É o principal meio de locomoção dos artrópodos. Funcionam como remos nas espécies aquáticas ou como pernas nas espécies terrestres.
  14. 14. Corpo segmentado: Esta segmentação não é uniforme. Observe:
  15. 15. Vocês receberam estas figuras, agora completeas em seu caderno.
  16. 16. OS INSETOS Mais de 70% dos artrópodes são insetos. • É o grupo que apresenta o maior número de espécies. • Habitat: basicamente terrestres. • Vôo: são os únicos invertebrados que voam, mas existem os que não voam e os que só voam na época do acasalamento. • Antenas: permitem a percepção de cheiros;
  17. 17. • Boca: as peças bucais são diferenciadas de acordo com o hábito alimentar do animal. • Olhos compostos: formam imagens. • Sist. Resp.: traqueal – a traquéia leva o oxigênio direto para as células, sem passar pelo sist. Circulatório. Olhos compostos dos insetos
  18. 18. Reprodução dos Insetos • Têm sexo separado e fecundação interna. • Quanto ao desenvolvimento pode ser de 3 tipos: • Direto: do ovo nasce um pequeno animal, cujo corpo tem forma semelhante à do adulto.
  19. 19. Indireto com metamorfose incompleta: do ovo eclode uma larva chamada ninfa, que é semelhante ao adulto, porém não tem asas. Indireto com metamorfose completa: do ovo eclode uma lagarta, que se alimenta e passa a secretar um casulo que a envolve (pupa). Dentro do casulo a pupa sofre metamorfose e se transforma em adulto.
  20. 20. As Ordens dos Insetos: Ordem Características Exemplos Himenópteros Formiga e Abelha Dípteros asas parecidas com membranas- aqui se incluem insetos sem asas asas duas Coleópteros asas formando estojo Besouro Ortópteros asas retas, formando angulo reto com o corpo Barata e Gafanhoto Lepidópteros asas com escamas Borboleta e Mariposa Mosca e Mosquito
  21. 21. OS CRUSTÁCEOS • Habitat: aquático, mas existem espécies terrestres. • Corpo: dividido em cefalotórax e abdome; • Antenas: dois pares; • Olhos pedunculados. • Respiração: brânquias
  22. 22. OS ARACNÍDEOS • Ex.: aranhas, escorpiões e ácaros. • Habitat: maioria terrestres; • Corpo: dividido em cefalotórax e abdome. Não possuem antenas
  23. 23. • No lugar das mandíbulas possuem quelíceras; • Os pedipalpos estão ao redor da boca. • Pedipalpos e quelíceras auxiliam na manipulação do alimento. • Possuem veneno para paralisar a presa, as aranhas inoculam através das quelíceras e os escorpiões o telson.
  24. 24. Quilópodos e Diplópodos • • • • • Ex.: lacraia e piolho de cobra. Habitat: terrestre; Corpo: alongado, dividido em cabeça e tronco; Antenas: um par. Respiração: por traquéia; Piolho-de-cobra Lacraia
  25. 25. Diplópodes: apresentam dois pares de pernas por segmento. Ex: piolho de cobra. Quilópodes: Apresentam um par de patas por segmento; No primeiro segmento há um par de garras venenosas para a captura de alimento. São carnívoros

×