Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Rotary Club de Vizela          D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia              ...
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013         Inicio da Reunião
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013       Saudação às Bandeiras
Rotary Club de Vizela    D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Momento do Protocolo com o C. Cipriano Alves
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013    Companheiros/as do Clube
Rotary Club de Vizela    D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. José Guimarães do Rotary Club de Guimarães
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013
Rotary Club de Vizela    D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Momento do Presidente com o C. Vítor Monteiro
Rotary Club de Vizela     D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Período de Actualidades e Comunicações com o C.        Manuel Pere...
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Belmiro Martins no uso da palavra
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Domingos Xavier no uso da palavra
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013 C. António Faria no uso da palavra
Rotary Club de Vizela  D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Augustinho Fernandes no uso da palavra
Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. José Guimarães no uso da palavra
Rotary Club de Vizela                D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Vítor Monteiro encerra a reunião satisfeito com o de...
Rotary Club de Vizela       D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013"Ser companheiro vale mais do que ser chefe.  É preciso que os h...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013

433 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2-01-2013

  1. 1. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Reunião nº 27 – Trabalho e Companheirismo – dia 2/01/2013
  2. 2. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013 Inicio da Reunião
  3. 3. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013 Saudação às Bandeiras
  4. 4. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Momento do Protocolo com o C. Cipriano Alves
  5. 5. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013 Companheiros/as do Clube
  6. 6. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. José Guimarães do Rotary Club de Guimarães
  7. 7. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013
  8. 8. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013
  9. 9. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013
  10. 10. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Momento do Presidente com o C. Vítor Monteiro
  11. 11. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013Período de Actualidades e Comunicações com o C. Manuel Pereira no uso da palavra
  12. 12. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Belmiro Martins no uso da palavra
  13. 13. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Domingos Xavier no uso da palavra
  14. 14. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013 C. António Faria no uso da palavra
  15. 15. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Augustinho Fernandes no uso da palavra
  16. 16. Rotary Club de VizelaD. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. José Guimarães no uso da palavra
  17. 17. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013C. Vítor Monteiro encerra a reunião satisfeito com o decorrer da mesma
  18. 18. Rotary Club de Vizela D. 1970 –Ano Rotário 2012/2013"Ser companheiro vale mais do que ser chefe. É preciso que os homens à sua volta nuncatenham nenhuma angústia, não sofram nunca por o sentirem a você superior a eles; a suasuperioridade, se existir, deve ser um bálsamo nas feridas, deve consolá-los, aliviar-lhes as dores. A sua grandeza, querido Amigo, deve servir para os tornar grandes, no que lhes épossível, não para os humilhar, para os lançar no desespero, no rancor, na inveja.“ Agostinho da Silva

×