Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Dinâmic apotencia

1,017 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Dinâmic apotencia

  1. 1. PARTE 2 Por Rosilene Dalmolin
  2. 2. TRABALHO É uma medida da energia transferida pela aplicação de uma força ao longo de um deslocamento. É uma grandeza escalar. O trabalho é um número real, que pode ser positivo ou negativo. Quando a força atua no sentido do deslocamento, o trabalho é positivo, isto é, existe energia sendo acrescentada ao corpo ou sistema. O contrário também é verdadeiro, uma força no sentido oposto ao deslocamento retira energia do corpo ou sistema.OBS: Caso θ = 0 , força e UNIDADE SI: W = F . D. cos θdeslocamento na mesma Joule (J) direção e sentido: W=F.d
  3. 3. TRABALHOTrabalho da força Peso Para realizar o cálculo do trabalho da força peso, devemos considerar a trajetória como a altura entre o corpo e o ponto de origem, e a força a ser empregada, a força Peso. Então:
  4. 4. TRABALHOTrabalho de uma força variável Para calcular o trabalho de uma força que varia devemos empregar técnicas de integração, que é uma técnica matemática estudada no nível superior, mas para simplificar este cálculo, podemos calcular este trabalho por meio do cálculo da área sob a curva no diagrama Calcular a área sob a curva é uma técnica válida para forças que não variam também.
  5. 5. POTÊNCIAÉ a rapidez com que um sistema realiza trabalho. É uma grandeza escalar. Potência Média Potência Instantânea P=F.V UNIDADE SI: Watt (W): J/s
  6. 6. RENDIMENTO Todas as vezes que uma máquina realiza um trabalho, parte de sua energia total édissipada, seja por motivos de falha ou até mesmo devido ao atrito. Lembrando que essaenergia dissipada não é perdida, ela é transformada em outros tipos de energia. Assim sendo,considera-se a seguinte relação para calcular o rendimento: η é o rendimento da máquina; Pu é a potência utilizada pela máquina; Pt é a potência total recebida pela máquina.A potência total é a soma das potências útil e dissipada.Pt= Pu + PdRendimento é uma grandeza adimensional, ou seja, ele não possui unidade. Rendimento éexpresso em porcentagem e ele é sempre menor que um e maior que zero 0< η<1.
  7. 7. ENERGIA A energia é uma medida da capacidade deinteracção de um Sistema. A Unidade SI da energia éo Joule. Um dos princípios mais importantes daciência é o da conservação da energia: a energia nãose cria nem se destrói, apenas se transforma. Há muitas formas de energia. A energia cinéticaestá associada ao movimento de um corpo. A energiapotencial é a energia armazenada num sistema eassociada à configuração do sistema, por exemplo, adistância entre um corpo e a terra.
  8. 8. ENERGIAENERGIA CINÉTICA A energia cinética é justamente a energia de movimento de um corpo. Ela é proporcional à massa e ao quadrado da velocidade, como na equação abaixo.Teorema do Trabalho e Energia Cinética O teorema do trabalho e energia cinética afirma que o trabalho realizado por uma força sobre um corpo é igual a variação da energia cinética desse corpo: W= ΔEc W = Ecf - Eci
  9. 9. ENERGIAENERGIA POTENCIAL Um objeto é capaz de armazenar energia devido à sua posição com relação a um outro objeto. Essa energia é chamada de energia potencial. Podemos ter diversas formas de energia potencial: energia potencial gravitacional, elástica, elétrica, química, etc.Energia Potencial Gravitacional É necessário realizar trabalho para erguer objetos contra a gravidade. A energia de um corpo devido à sua posição elevada é chamada de energia potencial gravitacional Epg = mgh
  10. 10. ENERGIAEnergia Potencial Elástica A energia potencial elástica é proporcional à constante da mola (k), e à variação do deslocamento com relação a posição de equilíbrio da mola (x), com isso temos a equação da energia potencial elástica:
  11. 11. ENERGIAENERGIA MECÂNICA Energia mecânica de um sistema é a soma de suas energias cinética epotencial; essa energia potencial por ser gravitacional ou elástica. Emec = Ec + Epot Na queda, a energia potencial de interação gravitacional se transforma em energia cinética. Em um sistema concervativo, Emec é constante.

×