Técnicas de e mails

152 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
152
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Técnicas de e mails

  1. 1. Você sabe utilizar oseu e-mail?Tem certeza?Então vejamos...Clicar
  2. 2. Regras importantes:
  3. 3. 1. Ao encaminhar suas mensagens, encaminhe amensagem que REALMENTE contém o anexo ou o textodesejado, e não aquela que está em sua"Caixa de Entrada".Fazendo isso, o seu destinatário NÃO terá que abrir 10anexos antes de chegar ao que realmente interessa.Além disso, aquele montão de endereços eletrônicos pelosquais a mensagem já passou também não aparecerá, paraque depois sejam "ROUBADOS" pelos senhoresspammers, que são os chatos que te mandam os e-mailsque você não solicitou e não sabe, sequer, de onde veio.Caso o texto de sua mensagem contenha endereçoseletrônicos, apague-os, antes de "re-encaminhar".
  4. 4. 2. Quando for mandar uma mensagem para mais de umapessoa, NÃO ENVIEcom o "Para"nem com o "Cc",ENVIE com o "CCO" (Com cópia oculta),que NÃO mostra o endereço eletrônico de nenhumdestinatário.A pessoa vai simplesmente recebê-la, mas não saberáquem são os demais destinatários.
  5. 5. .• .CLICAR AQUI
  6. 6. .• .ESTE É O ‘CCO’Aoclicarem CC”vai abrirestajanela eaparecerá o“CCO”
  7. 7. 3. Retire do título (Assunto) de sua mensagem os"En", "Enc", "Fwd", "Re", Res",e deixe somente o assunto, porque além dedeselegante, essa é uma das formas dos spammerssaberem que a mensagem tem muitos endereçosali dando sopa".E podem também reparar, que estas mensagenscontém, pelo menos, muitos endereços de e-mailsdiferentes. Quando todos fizermos isso, livraremosa Internet da maioria dos vírus e propagandasindesejadas.
  8. 8. Não acredite em tudoo que você lê:
  9. 9. 1. NÃO é porque alguém escreveuquatro degraus anteriores dapirâmide que é verdade(observe, é mais uma meramentira).
  10. 10. 2. NÃO existe uma organização deladrões de fígado.Ninguém está acordando numabanheira cheia de gelo, mesmo seum amigo jurar que isto aconteceuao primo do amigo dele.
  11. 11. 3. NUNCA abra anexos comsufixosufixo “.exe”“.exe”,delete-os mesmo que a piada possa sermuito boa(lembre-se que"A curiosidade matou o gato").Só abra esse arquivo se a pessoa que omandou é de sua inteira confiança,mesmo assim confirme se essa pessoarealmente te mandou este arquivo.
  12. 12. 4. NÃO existem os vírusGood Times,Bad Times,Sapinhos Budweiseretc.
  13. 13. Na verdade, você NUNCA, mas NUNCA mesmo,deve reenviar qualquer e-mail alertando sobrevírus, antes de primeiro confirmar se é um siteconfiável, de uma companhia real, o tenhaidentificado.Tente em: <http://www.symantec/> ou<http://www.antivirus.com,/>http://www.antivirus.com,e mesmo assim, pense duas vezes antes de passaradiante. Lembre-se, alguns vírus podem infectara máquina só depois de serem lidos no Outlook.É mais um terrível terrorismo on-line.
  14. 14. 5. Se você estiver realmente pensando empassar adiante aquela mensagem que já estáno décimo degrau da pirâmide(ou na décima geração), tenha pelo menos adelicadeza de cortar aqueles 8 quilômetros decabeçalhos, de todo mundo que a recebeu nosúltimos 6 meses. E você também NÃO vaificar doente se retirar todos os que começamas linhas. Além disso, seu amigoprovavelmente já a recebeu.
  15. 15. 6. Existem mulheres que estão realmente sofrendo noAfeganistão, e as finanças de diversas empresasfilantrópicas estão vulneráveis, mas reenviar ume-mailNÃOajudará esta causa. Se você quiser ajudar, procureseu deputado, a Anistia Internacional ou a CruzVermelha.E-mails de "abaixo-assinado geralmente são falsos,e nada significam para quem detém o poder de fazeralguma coisa sobre o que está sendo denunciado."São apenas meios de obterem endereçoseletrônicos".
  16. 16. 7. NÃO existe nenhum projeto para servotado no Congresso que reduzirá a área daFloresta Amazônica em 50%; e nem paradeixar de cobrar pedágio; portanto NÃO percatempo nem"pague mico“assinando e repassando aqueles furiososabaixo-assinados de protesto, oucomunicando este tipo de coisa.
  17. 17. 8. Você NÃO vai morrer nem ter másorte no amor ou algo semelhante, searrebentar"uma corrente".Isso não é questão religiosa.
  18. 18. 9. Escrever um e-mail ou enviar qualquercoisa pela Internet é tão fácil quantorabiscar os muros de uma área pública.NÃO acredite automaticamente em tudo.Observe o texto, reflita, analise, tudo istoantes de repassar aos seus amigos.
  19. 19. 10. Quando receber mensagens pedindo ajuda paraalguém, com alguma foto comovente, não repasseapenas "para fazer a sua parte", pode haver alguémcheio de má intenção por traz deste e-mail.Analise-o, se houverem dados do enfermo/aleijado,consulte o telefone, verifique a veracidade dasinformações. Se o telefone for um celular, mesmodepois de confirmar dados,não creia. Afinal, próximo de sua casa, há semprealguém carente que você poderá ajudar efetivamente,se esta for sua opção de vida, tão digna, porém,explorada por mal intencionados.
  20. 20. 11. Cuidado!Muito cuidado ao repassar mensagens-lista de dados de pessoas, que a cada umvai assinando, colocando seus endereçose telefones reais. Podem facilmenteserem utilizados por assaltantes,seqüestradores, meliantes mauselementos, etc. etc.
  21. 21. 12. Agora SIM, RE-ENVIE esta mensagem a seusamigos e conhecidos,e ajude-os a colocar ORDEM nessa imensa casachamada Internet. E lembre-se, cada dia chegammilhares de inexperientes na Internet, e quanto maispudermos ensinar será de grande valia a todos.Sempre repasse, ao máximo de pessoas possível estetipo de informação, afinal, estes detalhes não seaprendem em escolas, mas aqui, através da boavontade de uns para com os outros e ensinando-os aexercer este direito.
  22. 22. 13. E nunca se melindre por alguémestar lhe corrigindo algum destes errosaqui mencionados, você pode serapenas mais uma vítima"cheia de boas intenções"e nem seria preciso repetir aqueleprovérbio:"De boas intenções o inferno estácheio."
  23. 23. Este foi mais um serviço de utilidade públicapor uma internet (international network- redeinternacional) livre de criminalidade virtual

×