Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Obras póstumas Allan Kardec FEESP

883 views

Published on

22 aula - Breves Histórias do Livro Obras Póstumas e Revista Espírita - FEESP

Published in: Spiritual
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Obras póstumas Allan Kardec FEESP

  1. 1. FEESP – CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO – 2º ANO 22ª Aula BREVES HISTÓRIAS DO LIVRO OBRAS PÓSTUMAS E REVISTA ESPÍRITA Roselí Lemes roselilemes1@hotmail.com
  2. 2. Allan Kardec inicia, em 1855, seu trabalho de observações sobre fenômenos espíritas, as relações do mundo visível com o invisível, sua força, seu valor, o que resultou nas seguintes obras: 1. O Livro dos Espíritos (Abril/1857) Quem eu sou? 2. O Livro dos Médiuns (Janeiro/1861) O que sinto? 3. O Evangelho Segundo o Espiritismo (Abri1/1864) Por que sofro? 4. O Céu e o Inferno (Agosto/1865) Para onde vou? 5. A Gênese (Janeiro/1868) De onde vim? 6. A Revista Espírita (Janeiro/1858 a Junho/1869)
  3. 3. Responsável por codificar a terceira revelação, o paracleto anunciado por Jesus, trabalhou, exaustivamente, vindo a sucumbir em 31 de março de 1869. Dedicou-se com tamanha maestria que do material de estudos e análises deu origem ao livro Obras Póstumas, editado em 1890, tornando-se parte das obras complementares da codificação espírita.
  4. 4. O Livro Obras Póstumas apresenta biografia de Allan Kardec originalmente publicada na “Revista Espírita”, e uma sinopse do seu trabalho. Inicia-se com um discurso do astrônomo Camille Flammarion junto ao túmulo de Allan Kardec traçando num esboço rápido as linhas principais da sua carreira literária.
  5. 5. Dividida em duas partes, contém diversos artigos, ainda não publicados por Kardec, fosse por falta de tempo hábil ou por não representarem mais, com o passar dos anos, uma expressão fiel de seu pensamento. Possui a transcrição de várias comunicações mediúnicas ocorridas em reuniões em que Kardec tomou parte, inclusive a que se dá com seu mentor.
  6. 6. O conteúdo da obra elucida a respeito do ponto de vista do Codificador sobre temas de ordem filosófica, moral e religiosa. “Fé inabalável só o é a que pode encarar frente a frente a razão, em todas as épocas da Humanidade.” “Fora da caridade não há salvação.” Allan Kardec
  7. 7. Primeira Parte Dedicada a uma série de artigos escritos por Allan Kardec em épocas bastante diferentes. Compostas de análises acerca de: Deus, a Alma e a Criação; Profissão de fé espírita raciocinada; Manifestação dos Espíritos; Estudos sobre a natureza do Cristo; Influência perniciosa das ideias materialistas; A morte espiritual; A vida futura; O egoísmo e o orgulho, entre outros assuntos igualmente importantes.
  8. 8. Segunda Parte A segunda parte já apresenta um resumo do seu trabalho, desde a iniciação no Espiritismo, os livros da codificação, a missão, o futuro do Espiritismo e os princípios fundamentais da doutrina Espírita, reconhecidos como verdade inabalável. Consta uma série de transcrições de reuniões mediúnicas nas quais Kardec tomou parte, versando basicamente sobre o desenvolvimento das ideias espíritas, sua divulgação e sua influência nas sociedades européias.
  9. 9. Segunda Parte Há diversas notas de Kardec explicando o contexto em que se estabeleceram as comunicações, o que, somado ao ordenamento cronológico em que já se achavam organizados os textos, dá margem à ideia de que se tratava de uma nova obra que vinha sendo compilada pelo Codificador do Espiritismo.
  10. 10. Revista Espírita Devido ao êxito obtido pelo O Livro dos Espíritos e a escassez de periódicos que pudessem atender aos questionamentos do público interessado sobre o assunto Espiritismo e suas vertentes, surge, em 1º de janeiro de 1858, a Revista Espírita, onde Kardec comentava as notícias da imprensa diária sob a ótica espírita.
  11. 11. Revista Espírita A Revista Espírita torna-se, então, o complemento e o desenvolvimento da obra doutrinária.
  12. 12. Allan Kardec deixa-nos um legado para a eternidade. O Espiritismo ainda é combatido por muitas religiões. Contudo, quando a Humanidade se compenetrar de sua verdades incontestes a ele se renderá naturalmente. KARDEC, A. Obras Póstumas. 15. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1975
  13. 13. BIBLIOGRAFIA: Obras Póstumas – Allan Kardec; Revista Espírita - Jornal de Estudos Psicológicos - Índice Geral Remissivo; Revista Espírita - Jornal de Estudos Psicológicos - I Ano - 1858 - "Apresentação". Obras Póstumas: um Resumo Sérgio Biagi Gregório http://www.ceismael.com.br/tema/obras_postu mas_um-resumo.html https://pt.wikipedia.org/wiki/Obras_P%C3%B3 stumas

×