Apostila impacto

20,155 views

Published on

1 Comment
14 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
20,155
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
46
Actions
Shares
0
Downloads
2,114
Comments
1
Likes
14
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apostila impacto

  1. 1. ENCONTRO COM DEUS Max e Rose 1
  2. 2. O processo do Impacto O impacto é um retiro que temos que entendê-lo como um processo. Como temos dois dias e meio com os encontristas, as coisas devem ser feitas de acordo com esse tempo. A visão de Ezequiel dos vales de ossos secos se aplica bem à situação. Quando Deus disse a Ezequiel para que ele rodeasse o vale e olhasse bem, o que ele viu foi um monte de ossos muitíssimo secos. As pessoas que comparecem ao impacto quase que invariavelmente estão completamente secos. São vales de ossos secos. A primeira coisa que Deus disse foi: profetiza sobre o vale de ossos secos. Isso aponta para o tempo de preparação para o impacto. A equipe encarregada do impacto deve se preparar para essa guerra no mundo espiritual com jejuns e oração. No mínimo na semana que antecede ao impacto todos que estarão lá como equipe, deverão estar em jejum e se reunindo para orar pelo impacto. Nesse tempo de oração alguns alvos obrigatoriamente deverão fazer parte da intercessão: primeiro – a presença de Deus no ambiente, nos apelos e nas orações; segundo – que as palavras toquem as pessoas e gere fé em seus corações; terceiro – que cada um tenha uma experiência impactante com o Senhor. No mínimo esses três alvos devem, exaustivamente, serem buscados. Na sexta-feira quando começa o encontro é o tempo onde Deus restaurará os tendões, a carne e a pele sobre os ossos secos e colocará neles o espírito. Isso aponta para um processo. No impacto também é o primeiro momento onde nós ensinamos as primeiras doutrinas de nossa igreja às pessoas. Falamos de quebrantamento, arrependimento, novo nascimento, relacionamentos errados, perdão, fé para cura, o sacrifício substitutivo de Cristo em nosso lugar, o amor de Deus expresso na cruz, esperança na herança de Cristo, nova identidade, batismos e o corpo de Cristo. Evidentemente que de uma forma superficial. A cada palavra ministrada nossa intenção é abrir os olhos das pessoas, gerar fé em seus corações e prepará-la para que Deus faça a obra em sua vida. Isso acontecerá no momento do apelo. Se ela for receptiva ao apelo feito, isso mostrará que Deus agiu em seu coração e que agora, na oração, o Senhor consolidará esse momento em sua vida. Por isso cada palavra tem um objetivo específico. Esse objetivo específico está ligado ao objetivo maior do impacto que é levá-lo a ter uma mudança de vida a partir de uma experiência sobrenatural e viva com Cristo. Palavras e objetivos Peniel Essa palavra tem como objetivo levar as pessoas a se arrependerem de um estilo de vida errado, contrário à palavra de Deus. Não se enfoca pecados específicos, mas todo um estilo pecaminoso. Apelo – quem se arrepende do estilo de vida errado que tem e quer uma nova vida, recebendo um novo nome? Pecados e conseqüências Essa palavra tem como objetivo levar as pessoas a entenderem as conseqüências dos pecados em nossas vidas. A partir daí se arrependerem deles, confessando-os especificamente. Aqui já não aborda a questão como um estilo de vida e sim como algo que aconteceu. Por isso tem nome e dia onde foi praticado. 2
  3. 3. Apelo – quem se arrepende de pecados sabidos e praticados e que querem confessar diante do Senhor para ficarem livres deles e de suas conseqüências? Um encontro com Cristo (Evangelismo) Essa é palavra mais importante do impacto. As duas anteriores preparam o caminho para essa palavra. Esse momento é onde as pessoas devem ter um encontro pessoal e sobrenatural com Jesus. O objetivo é experimentar do Senhor e aceitá-lo como Salvador e Senhor sobre suas vidas. Apelo – Quem quer ter um encontro com Cristo e torná-lo Senhor e Salvador de sua vida? Libertação Essa palavra tem como objetivo levar as pessoas a romperem relacionamentos errados cuja base são demoníacas. Sejam relacionamentos com espíritos familiares, sejam relacionamentos com vínculos de alma produzidos por desvios sexuais, sejam relacionamentos com entidades malignas produzidos por práticas como pactos, trabalhos espirituais, consultas aos mortos e coisas do gênero. Apelo – quem quer romper, confessando e destruindo, relacionamentos errados oriundos de espíritos familiares, desvios sexuais ou pactos e coisas do gênero Conclusão do passado Nesse momento o objetivo é concluir coisas que nos prendem ao passado através de mágoas, ressentimento, amarguras, desapontamentos e assim por diante. Essas coisas serão concluídas a partir da hora que nós tivermos disposição de perdoar ou pedir perdão, restituir ou destruir objetos que nos ligam ao caso. Apelo – quem quer concluir seu passado desembaraçando-se dele através: do perdoar, do pedir perdão, do restituir ou destruição de coisas que liga ao passado? Grupos pequenos Nesse momento é hora de verificarmos o andamento do processo. Está conquistando o objetivo? Essa é a pergunta que deverá ser respondida. Apelo – quem quer receber oração para que as experiências que tem acontecido, aconteça também com ele? Fé para cura Esse momento é para orar por necessidades pessoais. Sejam curas físicas ou contexto adverso. Agora é hora de por em prática a fé. Apelo – quem tem problemas e que receber cura através da fé? O sacrifício substitutivo de Cristo Essa palavra é para que as pessoas entendam o porque de Cristo morrer numa cruz por nós. A lei do resgate deve ser explicada aqui. 3
  4. 4. Apelo – quem tem dívidas e crê que Cristo já as pagou por nós e quer lançá-las aos pés do Senhor? O amor de Deus Nesse momento o objetivo é mostrar que a cruz também demonstra o amor de Deus por nós. Só quem ama muito sofreria o que Cristo sofreu por nós. Apelo – quem entendeu o amor de Cristo e quer consagrar sua vida para que possa viver uma vida que valha o sacrifício de Cristo Nossa esperança, a herança de Cristo O objetivo dessa palavra é despertar nas pessoas a esperança. Mostrar onde ela pode colocar sua esperança, onde ela pode colocar seus sonhos. Apelo – quem quer renovar sua esperança e seus sonhos e reivindicar sua parte na herança do Senhor? Nossa identidade e nossos inimigos Nessa hora o objetivo é definir nossa nova identidade de vencedor e quem nós devemos vencer (nossos inimigos) e como vencê-los. Apelo – quem entendeu sua nova identidade e que se posicionar contra o inimigo que está te vencendo? Batismos O objetivo é levar as pessoas a se batizarem nas águas e no Espírito Santo explicando o que significa cada um deles. Apelo – quem entendeu que é nova criatura e quer se batizar nas águas? Quem quer ser cheio do poder de Deus para ser sua testemunha? O corpo de Cristo (Visão) Nessa hora falaremos de nossa visão. O porquê de todo esse processo (dar fruto, se multiplicar) e como estar integrado no corpo do Senhor. Conclusão No final do impacto o que esperamos que aconteça é exatamente o que aconteceu com o vale de ossos secos de Ezequiel – se tornou um exército numero. Dessa forma entendemos que concluímos com êxito esse momento. PROGRAMAÇÃO DO IMPACTO EVANGELÍSTICO 4
  5. 5. Sexta-Feira 21:00 – Saída da Igreja 22:30 – Chegada e recepção 22:30 – 23:00 – Orientações / Filme 23:00 – 23:30 – Lanche Sábado 07:30 – 08:30 – 1a Ministração – “Peniel, um encontro com Deus”. 08:30 – 09:00 – Café da manhã 09:00 – 10:10 – 2ª Ministração – “As conseqüências do pecado”. 10:20 – 11:10 – 3a Ministração – “Evangelismo ”. 11:10 – 12:40 – 4a Ministração – “Libertação”. 13:30 – 14:30 – Almoço 15:30 – 17:00 – 5a Ministração – “Conclusão passado”. 17:00 – 18:00 – Reunião em grupo ”O que nos impede de ter um encontro c/Deus ( Todos ) 18:00 – 19:00 – 6a Ministração – “Oração por necessidades”. 19:30 – 20:30 – Jantar 20:30 – 22:00 – 7ª Ministração – “O amor de Deus através da cruz”. 22:00 – 22:30 – 8a Ministração – “Quebrando as maldições através do resgate”. (Fogueira) Domingo 07:30 – 08:30 – 9a Ministração – “Nosso Sonho – A herança de Cristo”. 08:30 – 09:00 – Café da Manhã 09:00 – 10:00 – 10a Ministração – “Nossa Identidade e nossos inimigos”. 10:10 – 12:00 – 11a Ministração – “Renovação do Espírito Santo” / Batismo nas águas 13:00 – 14:00 – Almoço 14:30 – 15:30 – 12a Ministração – “Visão da Igreja / Unção da Conquista”. 15:30 – 16:30 – Testemunhos e Entrega de correspondências 17:30 – Encerramento Peniel um encontro com Deus Peniel 5
  6. 6. Essa palavra tem como objetivo levar as pessoas a se arrependerem de um estilo de vida errado, contrário à palavra de Deus. Não se enfoca pecados específicos, mas todo um estilo pecaminoso. Apelo Quem se arrepende do estilo de vida errado que tem e quer uma nova vida, recebendo um novo nome? Quebra gelo Introdução a) Qual seu objetivo aqui? Com certeza quando você foi convidado a estar aqui passou pela sua cabeça o porquê de vir nesse lugar. Às vezes pode ser para descansar. Aqui é um bom lugar para isso. Pode ser que é simplesmente para satisfazer alguém, afinal a pessoa que te convidou é seu amigo e você não gostaria de desapontá-lo. Às vezes veio por curiosidade, alguém disse que era muito bom e pronto, você veio. Pode ser ainda que você foi obrigado a vir ou por seus pais ou pelo seu cônjuge. Eu diria que ainda que pode ser que você veio aqui porque está cansado da vida e quer mudança de vida. Espero que seja esse o motivo. b) Qual o nosso objetivo com vocês? Talvez nós nunca vamos saber o porque de você estar aqui, porém nós falaremos claramente para vocês o nosso objetivo de tê-los aqui. O intuito é que vocês tenham um encontro com Deus. Faremos todo o possível para que isso aconteça. Nós não podemos encontrar Deus por você, mas podemos criar as condições para que isso aconteça. c) Você já experimentou de Deus? A bíblia diz para provarmos do Senhor e verificarmos o quanto Ele é bom. Isso é maravilhoso, pois demonstra que o Senhor é algo real e palpável e não uma teoria longe e distante. Você já experimentou do Senhor? Então experimente e veja o quanto o Senhor é maravilhoso. A bíblia também diz que quem tem sede venha a Jesus e beba. Você tem sede de alegria? Você tem sede de paz? Você tem sede de esperança? Então venha a Jesus e beba. Jesus sacia a todos os que tem sede inclusive você. Mas Ele aguarda que venha. Isso é real mesmo? Vamos ouvir alguns testemunhos (testemunhos da equipe). 1) A história de Jacó Vou contar a história de um homem que experimentou e viu que Deus era bom. Seu nome era Jacó. Era filho de Isaque e Rebeca, irmão de Esaú que era gêmeo com ele. Jacó nasceu alguns minutos depois de Esaú, por isso Esaú era o filho primogênito. Naquela época o filho primogênito herdava toda a herança dos pais. Por isso Jacó achou que ele foi prejudicado desde seu nascimento. E eu diria que ele começou a desenvolver um estilo de vida meio que não muito correto. Ele gostava de levar vantagem em tudo que fazia e sempre estava na espreita para tirar vantagem de alguma oportunidade. Talvez você também possa ter desenvolvido um estilo de vida assim. Às vezes por motivos semelhantes ou quem sabe por outros motivos. O que importa é que você chegou à conclusão que se você não cuidar do que é seu ninguém fará isso, e mais, para defender o que pode ser seu, vale qualquer coisa. 6
  7. 7. No caso de Jacó, esse tipo de vida trouxe a ele vários problemas. Um dia ele enganou o irmão, depois ele enganou o próprio pai, e por isso, o irmão dele disse que o mataria, fazendo com que ele fugisse da casa de seus pais e mudasse para uma terra distante. Quantos de nós não estamos como Jacó, fugindo de problemas? Às vezes é um casamento que não dá certo, uma família que nunca pode contar com ela, uma vida financeira que sempre está no buraco e assim por diante. Jacó fez isso por 20 anos. Um dia ele resolveu voltar e encarar sua família. Dessa forma voltou para a terra de seus pais. Quando ele estava já perto, ele mandou alguns mensageiros para irem à frente avisar que ele estava chegando. Esses mensageiros foram e voltaram até ele dizendo que o seu irmão, aquele que queria matá-lo a 20 anos atrás vinha ao encontro dele com 400 homens. Imagine o que passou pela cabeça dele naquele momento, pois é, é exatamente isso que passa agora pela sua. Jacó ficou desesperado com aquela notícia. Será que também não tem vindo ao seu encontro alguém com 400 problemas e você não sabe o que fazer e por isso está tão desesperado quanto Jacó ficou naquele dia? Jacó naquele dia ficou tão desesperado que ele buscou a Deus para que o livrasse daquela situação. Jacó não era um homem religioso. O seu pai era, ele, porém, conhecia Deus de ouvir falar. Nunca tinha tido uma experiência transformadora de vida com Deus o que ele tinha tido até então eram experiências de trocas com Deus. O Senhor me dá isso que eu te dou aquilo outro. Mais uma vez esse pode ser o seu caso. Ainda não teve uma experiência de um encontro real com Deus, mas apenas algumas graças recebidas Dele. 2) Como foi essa experiência de Jacó A bíblia diz que Deus não tem sombra de variação, ou seja, o que era ontem é hoje e o será eternamente. Então se Jacó teve um encontro com Deus que mudou a vida dele, caso nós façamos da mesma forma que ele, nós também teremos um encontro com Deus e seremos profundamente abençoados por Ele. Gn. 32: 22-31 Como foi esse encontro e quais as condições para que esse encontro acontecesse? a) Vs. 22-24a - Em Peniel Jacó ficou só (Solitude). A bíblia diz que Jacó passou tudo o que tinha, mulher, filhos, empregados, suas posses, para o outro lado do rio, porém ele ficou só onde estava. Essa é a primeira condição para que alguém tenha uma experiência com Deus. Ficar só. Isso aponta para esquecermos as coisas naturais, as pessoas à nossa volta e levar nossos pensamentos só a Deus. Se estivermos preocupados com as pessoas à nossa volta com certeza nunca encontraremos com Deus. O encontro com Deus é pessoal e individual. Eu não posso ter um encontro com o Senhor por você. Só você pode ter um encontro com Deus para você mesmo. Esqueça de tudo agora e busque o Senhor como Jacó fez. É só você e Ele. b) Vs. 24 - Em Peniel Jacó lutou com Deus até surgir o amanhecer (disposição/passividade) porque tinha objetivo A segunda condição é a firme disposição para que isso aconteça. A bíblia diz que Jacó lutou toda uma noite para que o Senhor o abençoasse. Isso aponta para uma disposição inarredável de buscar a Deus até que encontre. Jacó não desistiu no meio da noite, ele perseverou até ao amanhecer. A passividade nunca conquista nada em Deus. Você quer ser abençoado? Então lute para isso diante de Deus. Sabe qual é o tamanho de sua noite? Ela começa hoje e vai até 7
  8. 8. domingo esse é o tempo para que você conquiste seu encontro com Deus e seja abençoado. Não desista, o Senhor está aqui como estava ali na pessoa daquele anjo junto com Jacó. Mas porque Jacó teve tanta disposição? Porque ele sabia exatamente o que queria. Ele tinha objetivo. Ele queria Deus e a benção de Deus. Por isso ele foi tão perseverante. Você tem objetivo? Se não tinha agora deve ter. Se tem persevere nele até que alcance. Sem objetivo, sem encontro com Deus. c) Vs. 25 - Em Peniel Jacó foi desconjuntado por Deus (retirado a sua força). A bíblia diz que Jacó foi desconjuntado por Deus. Essa é terceira condição. Perder a força natural. Às vezes nos achegamos a Deus com muita força de luta, porém tudo humano e Deus em sua sabedoria tira isso para que possamos entrar no sobrenatural e encontrá-lo ali. Quantas vezes Deus dá um nó em nossa insensibilidade ou incredulidade ou ainda em nossa inteligência para que possamos nos quebrantar e fluir nas coisas que vem do Espírito? Se isso acontecer não tente resistir ao Senhor, simplesmente deixe que Ele o toque. Você nunca mais será o mesmo. Quantas coisas pré-concebidas nos afastam de Deus. Não deixe que isso aconteça. d) Vs. 27-28 - Em Peniel somos confrontados. Quando Deus viu que Jacó estava só, objetivo e muito bem disposto e ainda sem sua força natural, Deus resolveu conversar com Jacó para saber se ele poderia ser abençoado e perguntou para ele qual era o nome dele. Essa é a quarta condição. Jacó disse que era Jacó. “Eu me chamo Jacó”, foi a resposta dele. Alguém pode perguntar porque Deus queria saber o nome dele. Afinal Deus já não sabia? Deus sim, mas será que Jacó sabia? O nome Jacó significa “enganador”. Naquele tempo o nome da pessoa representava a personalidade da pessoa. E o que Deus na verdade estava perguntando para Jacó era se ele sabia quem ele era. Será que você sabe quem é você? Se pudéssemos te dar um nome que o representasse, qual seria esse nome? Será que “o mentiroso” te representa? Ou talvez “o esperto” ou “o cobiçoso” ou “o ignorante” ou “o infiel” ou “o sensual” ou “o adúltero” ou “o inconstante” ou “o independente” ou “rebelde” ou “o desobediente” ou “o não se mistura” qual nome representa você diante das pessoas? Como você é conhecido pelos que te conhecem? Quem é você? e) Em Peniel Jacó reconheceu quem era, e se arrependeu. A quinta condição e a mais importante foi o reconhecimento de Jacó naquilo que era. Jacó sem demora disse que ele era alguém que vivia enganando as pessoas e por isso ele precisava de Deus para desesperadamente mudar de vida. Ele reconhecia que o que vinha acontecendo com ele na maioria das vezes eram conseqüências de suas próprias atitudes erradas. Ele reconheceu quem era. E mais, se arrependeu do que era. Você reconhece quem é e se arrepende disso para que sua vida seja completamente mudada e você receba a benção do Senhor sobre sua vida? Só existe uma classe de pessoas que Deus ouve. Não são os ricos ou os pobres, não são os analfabetos ou os cultos, não são os negros ou os brancos, não são os empregados ou os desempregados, a única classe de pessoas que Deus ouve são os sinceros. Esses, Deus não só ouve, mas também os abençoa. Você quer ser sincero com você mesmo e se arrepender do estilo de vida que você leva e que sabidamente é contrário à palavra de Deus e por isso tem trazido tantas complicações para você e para os que te rodeiam? Esse é o ponto. Quando queremos ser transformados por não agüentarmos mais o estilo de vida que levamos, Deus está pronto para nos transformar, porém há necessidade de arrependimento. 8
  9. 9. Arrependimento não é remorso. Remorso produz tristeza que leva à morte. Arrependimento produz tristeza que leva à vida, pois é produzido pelo Espírito de Deus. Reconhecimento e arrependimento é a resposta certa diante de Deus. Deus está aqui para te abençoar, porém Ele quer ouvir tua resposta à pergunta Dele: quem é você? Seja sincero e responda a Ele. f) Em Peniel finalmente, somos abençoados (nosso caráter é mudado e a nossa vida é salva). Vs. 28 – Israel (nome mudado) uma nova história; Vs. 28-30 (salva) a vida foi salva. Quando Jacó deu a resposta certa, quando ele foi sincero diante de Deus, quando ele reconheceu quem era e se arrependeu, o que aconteceu ali foi algo espantador. A bíblia diz que Deus virou para ele e disse: seu nome não será mais Jacó e sim Israel. Jacó significa enganador. Israel significa príncipe de Deus. Essa foi a mudança radical de vida, em Jacó. O melhor é que a mudança não levou 30 anos para acontecer. Ela aconteceu ali mesmo. Só Deus pode operar algo tão rápido e tão maravilhoso na vida de uma pessoa. Deus está aqui e deseja fazer o mesmo com você. Só depende de sua resposta para Ele. Qual é seu nome? Quer falar bem aqui para Deus? Então venha. Apelo. Pecado e suas Conseqüências Objetivo dessa palavra Essa palavra tem como objetivo levar as pessoas a entenderem as conseqüências dos pecados em nossas vidas. A partir daí se arrependerem deles, confessando-os especificamente. Aqui já não aborda a questão como um estilo de vida e sim como algo que aconteceu. Por isso tem nome e dia onde foi praticado. 9
  10. 10. Apelo O apelo dessa palavra é para quem se arrepende de pecados sabidos e praticados e que querem confessar diante do Senhor para ficarem livres deles e de suas conseqüências. Introdução A bíblia não diz qual foi a origem do pecado. O pecado já existia antes do Éden. Nós só sabemos que o pecado, no homem, começou no Éden. 1) O que é o pecado? É transgressão, é erro, é iniquidade, é fracasso, é contravenção, é falta de lei, é injustiça e é um mal insolúvel. Além de ser a violação de uma certa ordem moral e social é, antes de tudo, uma ruptura de uma relação pessoal entre o homem e Deus. A característica mais notável do pecado, em todos os aspectos, é que é orientado contra Deus. Isso fica claro nos seguintes versículos (Rm 8:7; Sl 51:4). O 1º pecado do homem foi no Éden (Gn 3:6). Quando Adão e Eva desobedeceram ao Senhor tomando para si um conhecimento que Deus lhes tinha restringido. Deus tinha restringido porque o homem não estava preparado para aquele tipo de conhecimento. A prova disso é que depois do ocorrido o homem a cada dia que passa está moralmente e emocionalmente ficando pior. O conhecimento do bem e do mal revelou as mazelas e fragilidades do homem, entretanto não deu solução para elas. Porque eu peco contra Deus? Porque foi Ele quem estabeleceu as leis e os princípios de vida pelos quais nós vivemos e nos movemos. E quando infligimos esses princípios, além de ter conseqüências sobre as nossas próprias vidas, nós desobedecemos ao Senhor. Quando nós desobedecemos, de certa forma nós estamos dizendo que somos melhores que Deus ou no mínimo igual a Ele, pois desconsideramos o que Ele estabeleceu. 2) Conseqüências do Pecado. Inevitavelmente em todos os momentos que pecamos, isso acarretará conseqüências sobre as nossas vidas. Imagine você ver um fio desencapado, onde tem corrente elétrica, com uma placa dizendo: “não toque”. Caso você desrespeite a placa e pegue no fio, o que acontecerá? Choque. Isso é exatamente o que acontece quando desrespeitamos os princípios estabelecidos por Deus. Eles foram estabelecidos para o nosso bem e de nossos semelhantes. Caso nós os desprezarmos é certo que as conseqüências virão. E quais são elas? a) Nos afasta de Deus - (separação - Is 59:2); A pior conseqüência do pecado é que ela nos afasta de Deus. O único poder capaz de nos afastar de Deus é o pecado. Deus é santo e sua santidade destrói aquilo que não é santo. Quando a luz chega ela automaticamente destrói as trevas. Para que o homem não seja destruído pela santidade de Deus, Ele se afasta do homem quando este peca. Isso aconteceu com Adão. Sem sombra de dúvida essa é a pior consequência. b) Dá legalidade ao diabo para destruir sua vida Legalidade é a permissão dada ao diabo para prejudicar você. Aqueles que estão em Cristo, o diabo não pode tocá-los. Porém, se eles pecam, eles mesmos dão ao diabo as condições para atormentá-los. Muitos são oprimidos pelo diabo porque estão em completo pecado. Pior é que muitos ficam até possessos de demônios por causa de pecados cometidos de forma rotineira e voluntária. 10
  11. 11. Muitos estão com problemas terríveis no casamento, com filhos, com a saúde, financeiros, na empresa, no emprego, nos relacionamentos e a maior parte da causa disso são conseqüências de pecados. Quantos aqui dentro não vivem oprimidos por causa de acusação que o diabo faz sobre a sua vida por causa de pecados que você cometeu? Esse é o caminho mais usado pelo diabo para oprimir alguém. c) Traz insensibilidade. A lepra é um símbolo do pecado. E a lepra enquanto come o nosso corpo tira a sensibilidade. Se não fosse assim as pessoas leprosas morreriam de dor. O pecado é da mesma forma, ele nos destrói e ainda por cima tira nossa sensibilidade para o que está acontecendo. Quantos filhos destroem suas famílias por consumir drogas e nem sente o que fazem? Insensibilidade ao pecado. O nosso espírito tem capacidade para ouvir a voz de Deus, mas o pecado tira essa sensibilidade. De repente todos estão ouvindo o Senhor e nós não. Quando vamos ver o porque, descobrimos que estamos em pecado e isso nos tornou insensível à voz de Deus. - Passar Slides f) Incredulidade. Às vezes as pessoas pecam tanto que de um determinado momento para frente elas se tornam completamente incrédulas quanto as conseqüências de seus pecados e chegam ao ponto de até duvidar se o que estão fazendo é realmente pecado. g) Prisão Para alguns que sabem que pecaram, isso se torna em segredos para eles e isso os levam a ficarem presos neles mesmos com medo de que as pessoas descobrem o que fizeram. d) Leva a cometer outro pecado. A bíblia diz que um abismo chama outro abismo, ou seja, um pecado chama outro pecado. Alguém trai seu cônjuge e depois para encobrir o erro mente para o próprio cônjuge. Quantas histórias nós sabemos desse tipo. Um pecado tem o poder enorme de atrair outros pecados e assim por diante. e) Traz juízo de Deus Tanto no presente quanto no futuro o juízo de Deus sobre o pecado é certo e claro. Não adianta pensarmos ou tentarmos escapar de suas conseqüências. Um dia elas virão sobre nossas vidas. 3) Abra os olhos. Praticamente tudo que tem acontecido na sua vida de ruim é conseqüência de pecados. O intuito da carne, do diabo e o do mundo é de fazer você pecar. Essa é a única forma de te afastar de Deus. Por isso os seus inimigos investirão muito para que você peque. 4) O pecado escondido. Todos nós temos pecado, mesmo que ele esteja escondido lá no fundo e às vezes nem nós estamos vendo. O diabo faz tudo para que eu pense que não tenho pecado. Porque assim como a lepra mata as pessoas sem elas sentirem que estão morrendo, ele (o diabo) quer fazer a mesma coisa com você. Com certeza sua consciência te avisou que algo que você faz não é certo. No caso de você continuar a fazer, a sua consciência vai deixando de falar até que ela fica toda cauterizada e não fala mais, mas com certeza você sabe que um dia ela falou sobre o que você fez. 11
  12. 12. 5) Pecados Os pecados podem ser de diversas formas, desde os mais claros e óbvios quanto aos mais encobertos e difíceis de reconhecê-los. Pecados óbvios - Matar; - Adulterar; - Roubar; - Mentir e assim por diante. Pecados não tão óbvios a) Com os pais Tratar os pais de forma inadequada e desonrosa. Honrar pai e mãe é o primeiro mandamento com promessa. Quer viver muito? Honre seu pai e sua mãe. É pecado diante de Deus ter uma atitude de desrespeito aos pais, não importa quem sejam. Os Pais não devem ser criticados ou medidos, mas amados. b) Com os filhos Devem ser amados e ensinados e nunca largados como se não fossem responsabilidade nossa. Temos que ensinar e colocar os limites aos quais eles devem andar e viver. c) Com os Cônjuges Foi Deus quem criou o casamento. E eles devem ser respeitados como a palavra de Deus o diz. d) Pecados Sexuais Sexo fora do casamento Prostituição Homossexualismo / Lesbianismo e) Vícios Deus fez o homem para dominar e não ser dominado. Tudo aquilo que te domina você se torna escravo. (cigarro, bebidas, drogas...etc). 6) Como vencer o pecado? a) Arrependendo-se Arrependimento é reconhecimento de erro e disposição de não mais fazer o que vem sendo feito. Arrependimento não é remorso pelo que fez. O remorso gera culpa e leva a pessoa ao caminho da depressão. Arrependimento também não é bom senso de ver que o que fez é errado e que não deveria ter sido feito. Arrependimento é a convicção interior produzida pelo Espírito Santo de erro e de que o que foi feito afrontou o Deus vivo. O arrependimento gera inicialmente tristeza e posteriormente uma firme disposição de mudança de vida. O arrependimento vem quando a luz de Deus chega às nossas vidas e nós passamos a nos enxergar de tal forma que a única coisa que nos resta é nos quebrantarmos diante de nosso Deus. A grande conseqüência imediata do arrependimento é nosso quebrantamento. b) Sendo radical Depois do arrependimento a próxima atitude a ser tomada é ser radical com aquilo que te fazia pecar diante de Deus. Deixe completamente aquela atitude. A bíblia diz que se teu olho te faz pecar arranca ele e joga fora. Se tua mão te faz pecar corta ela. Isso fala de radicalidade contra o pecado. O pecado acaba matando sua vida, seus sonhos e sua família, então mate em sua vida aquilo que está te matando. Seja radical contra o pecado. 12
  13. 13. c) Salmo 51 O salmo 51 é um ótimo exemplo de alguém que pecou, mas entendeu que esse pecado o afastava de Deus e trazia terríveis conseqüências sobre sua vida. Por isso o salmista (que era o rei Davi) se arrependeu, e mais, escreveu seu arrependimento para nos servir de exemplo. Conclusão 1) Arrependa-se; 2) Abra o coração para o Senhor; 3) A luz Dele está aqui, aproveite e se enxergue; 4) Confesse para Deus cada um dos seus pecados que o Espírito Santo te fará lembrar agora; 5) Confesse com choro e quebrantamento, e o Senhor restaurará a alegria da salvação e lhe dará um espírito inabalável. Apelo UM ENCONTRO COM DEUS - Oração contra todo raciocínio contra o conhecimento de Deus. - Essa palavra é, principalmente, para todo aquele: - Ainda não teve um encontro com Jesus; - Já teve e andou desviando de direção; - Está na vida cristã, mas não entende porque alguém larga tudo para 13
  14. 14. seguir Jesus. 1) Introdução a) O assunto é algo comum. • Falar de Jesus hoje se tornou algo comum; • O mundo ocidental foi estabelecido em cima de seus ensinamentos; • Será que alguém nunca ouviu falar de Jesus? • Apesar de ouvir falar será que quantos conhecem verdadeiramente Jesus? • Eu quero falar para aqueles que querem conhecer Jesus de forma verdadeira. • Ex.: A explicação de Deus (laranja). b) A situação inicial. • Deus não nos criou assim. • Não era assim no início - tínhamos comunhão com Deus. • Queda do homem: • Entrou o pecado no homem; • Perdemos a comunhão - houve uma cisão; • Jesus manifestou para restabelecer a comunhão com o Pai. • E ser morto pelos nossos pecados – o salário do pecado é a morte. 2) Hoje o pecado é questão de natureza. • A criança já nasce egoísta (Ex. picolé); • Ensinar um cachorro a ser gente; • Pé de laranja (somos o pecadeiro); • Não adianta ser bonzinho (boas obras, caridade); • Novo nascimento Nicodemos (Jo 3:1 a 7); • Então não tem jeito para nós? • João 1:12(não nascemos filho e sim criatura). 3) O que é o receber e crer no seu nome? • O diabo também crê e treme; • É ter um encontro; • Aceitá-lo como Senhor e Salvador; • Senhor dos meus desejos, sonhos ... • Quem é o Senhor, eu ou Ele (me da isso, faça isso). • Só quem tem um encontro com Jesus pode chamá-lo Senhor, com alegria. Repita. 4) Como acontece um encontro com Deus? a) Jesus pode estar te esperando (a mulher) Jo 4:5-10 • A história daquela mulher; • Quem era ela. Estava acostumada com a vida que levava; • Estava vivendo normalmente, fazendo o que sempre fazia; • Jesus estava esperando por ela; 1) “Ah se você soubesse quem está aqui”. • Pediria; • Receberia da água viva; • Nunca mais teria sede; • “Ah! Se você soubesse quem está aqui?”. Fale para seu irmão. 14
  15. 15. 2) “Vá chamar seu marido”. • Resposta fundamental; • Pessoa problemática; • Só os sinceros recebem algo de Deus; • Quem é seu marido? Qual é seu problema? 3) “Eu sou O Messias, O Cristo , O Todo. • Ele nos ensinaria tudo; • Nele nunca mais teremos sede; • Você tem procurado em muitos lugares? • Sua sede interior não tem fim? 4) Vir sem expectativa. • Sua história pode ser a da mulher; • Você pode ter vindo aqui sem expectativa; • As vezes já acostumou e se ajeitou com sua forma de viver; • Mas Jesus está te esperando; • Não vá embora sem beber da água viva. • Às vezes você não se acha digno de o encontrar (como sendo tu judeu pede água a...). • Largou a cântaro porque recebeu a água viva. b) Você pode estar esperando Jesus (Bartimeu) Mc.10:46-52 b1) A história de Bartimeu: • Cego; • Sentado • Á beira do caminho; • Pedindo esmolas. • As vezes esse não se parece com você? b2) Jesus o Nazareno. • Havia uma multidão junto a Jesus; • O que essa multidão disse a Bartimeu? Jesus o nazareno; • O que Bartimeu enxergou? Jesus o filho de Davi; • Aquela era sua esperança; • Nada poderia detê-lo. b3) Lançando sua capa • Expor-se; • Ele, somente ele sabia que tipo de vida ele levava; • Não dava mais para agüentar; • A capa ficou para trás; • Quanto tempo você ainda vai agüentar? • Lance sua capa fora. b4) Que queres que eu te faça? • Que eu veja; • Reconheceu que era cego; • Só os sinceros alcançam algo em Deus. • Às vezes você está só esperando sua oportunidade; 15
  16. 16. • Eu quero te dizer: Ele está aqui. • Jesus de Nazaré está aqui. 5) Qual a coisa em comum entre Bartimeu e a Mulher? • Os dois reconheceram que tinham um problema, que eram pecadores; • Os dois viram Jesus de forma diferente do restante; • Por isso nasceram de novo e suas vidas foram mudadas; • Se não mudou não teve um encontro. 6) Como ver Jesus de forma de diferente? • Só por revelação (dada pelo Espírito Santo). • O que é revelação. • A história da cascavel. 7) Conclusão • Jesus perguntou aos discípulos Mt 16:13-17 • E você o que diz sobre Jesus? Mestre, bom exemplo, boa pessoa, um iluminado? • Pedro respondeu (Mt 16:16) “... tu és o Cristo, o filho do Deus vivo ...”; • Deus se revelou a Pedro (“... não foi carne e nem ...”); • O Espírito está aqui para revelar-se a você também. • Colocar musica (Deus cuida de mim); • Tem que ver Jesus de forma diferente é a única saída; Apelo. • Você está acostumado a levar sua vida como aquela mulher? • Ou está desesperado como Bartimeu? • Três formas de levantar as mãos: 1. Diante de uma autoridade 2. Diante de um ladrão 3. Diante do pai como uma criança • Houve uma cisão tem que haver uma decisão sua para ter um encontro c/ Deus. • Levante a mão e diga: • “Pai eu me arrependo de andar tanto tempo longe”. • Dá-me da água viva; • Eu quero ver de novo. LIBERTAÇÃO 16
  17. 17. O objetivo dessa palavra é Levar as pessoas a romperem relacionamentos errados cuja base são demoníacas. Sejam relacionamentos com espíritos familiares, sejam relacionamentos com vínculos de alma produzidos por desvios sexuais, sejam relacionamentos com entidades malignas produzidos por práticas como pactos, trabalhos espirituais, consultas aos mortos e coisas do gênero. Apelo Quem quer romper, confessando e destruindo, relacionamentos errados oriundos de espíritos familiares, desvios sexuais ou pactos e coisas do gênero Introdução. Em relação ao diabo há muitas e controvérsias teorias. O que por sinal é muito bom para ele. Ou há exagero no poder que ele tem ou se diz que ele nem existe. Dessa forma ele vai cada dia mais se apropriando das pessoas e suas mentes. Normalmente o mundo diz que ele não existe, entretanto dentro de algumas igrejas ou religiões espiritualistas malignas atribuem a ele um poder que jamais ele teve. Muitos dizem que ele é o causador de tudo quanto é coisa ruim. Ele pode até pegar carona em tudo que é coisa ruim, no entanto ele não faz tudo sozinho. Ele tem um aliado em nossas vidas que permite a ele, por diversas vezes, nos controlar, esse aliado é a nossa natureza caída. Essa natureza é usada e em muitas oportunidades subjugada por ele. Se tirasse o diabo do mundo evidente que melhoraria muito, mas ainda assim seríamos seres caídos. 1) Mas quem é o diabo? O diabo segundo as teorias mais aceitas é um anjo caído. Num determinado momento na eternidade ele se rebelou contra Deus e foi expulso da presença do Senhor (Ez 28:11-19) e jogado na terra (Lc 10:17-18 e Ap 12:9b). Nessa rebelião ele arrastou consigo um terço dos anjos (Ap 12:4ª, 7-9). Como ele conseguiu isso não se sabe. Por essa rebelião ele foi julgado e condenado por Deus. O problema é que ele arrastou o homem junto com ele para longe de Deus. Mas Deus sendo rico em misericórdia para com o homem, o trouxe de volta. Jesus triunfou sobre o diabo na cruz e retomou a liberdade do homem para retornar a Deus. Como ele já está julgado por Deus, na verdade o que ele quer é companhia no inferno. Você quer ser companheiro dele? 2) Qual o poder que ele tem? Hoje ele não tem poder nenhum sobre nossas vidas (Ap 12:10). Houve um dia que ele tinha, mas hoje ele não tem. Jesus recuperou na cruz a liberdade que o homem tinha antes do diabo enganá-lo (Mt 28:18). Por isso o poder que o diabo hoje tem sobre você é somente aquele que você der a ele (Ef 4:27). 3) Como eu dou poder ao diabo? 17
  18. 18. Tudo começa com o pecado. Foi por Adão pecar contra Deus que o diabo se apropriou da vida do homem. Todo pecado atrai maldição. Maldição é a permissão dada a ele para causar dano a vida do homem. Quando você peca, o seu pecado produz algo que chamamos de morte. Deus estabeleceu que o salário do pecado é a morte. Por isso todo pecado gera morte. A morte na bíblia é separação de Deus, não é perda da existência. É uma existência sem a presença de Deus. Isso é a pior coisa que pode acontecer a alguém. Então quando você peca diante de Deus e não se arrepende, esse pecado te separa de Deus. Caso haja arrependimento o sangue de Jesus derramado na cruz é o suficientemente poderoso para limpar esse seu pecado. E ele (pecado) é completamente retirado de diante de Deus restabelecendo novamente sua comunhão com o Pai. 4) Quais são os sintomas de operação demoníaca na sua vida? a) Prisões ou Amarras Prisão é a incapacidade de fazer aquilo que se deveria ser capaz de fazer. Ex. Medo, Pânico, Depressão, Perdoar, Pedir perdão. Isso é derivado do controle de demônios. Em Lucas 13:16, Jesus expulsa um espírito de enfermidade que impedia uma senhora de andar direito por 18 anos. Tão logo esse espírito foi expulso, ela se endireitou. Jesus disse que aquilo era uma prisão. Do mesmo modo, uma incapacidade para perdoar, para amar alguém, enfim, uma incapacidade para se fazer o que se deve fazer. b) Compulsão Ex.: Roubar, Prostituir, Comprar, Xingar, etc. Quando alguém se sente compelido a fazer alguma coisa que não quer fazer, a despeito de todos os esforços para resistir, pode estar certo de que há algum espírito imundo em operação. A compulsão é um impulso forte, incontrolável ou só controlável com muito esforço (Lc 8:29). c) Comportamento irracional QUALQUER FORMA DE COMPORTAMENTO IRRACIONAL é uma indicação de forças sobrenaturais em operação. Ex.:Suicídio. Uma tendência para o suicídio é irracional. Não desejar ter amigos e recusar-se a comunicar-se com alguém são condutas irracionais. d) Doenças Inexplicáveis Uma doença repentina, para a qual não há explicação médica, é obra de forças malignas. Isso é particularmente real quando a enfermidade vem logo após envolvimento com qualquer forma de ocultismo. 18
  19. 19. e) Manifestação É a forma mais clara de operação demoníaca. Os demônios quando confrontados com o poder de Deus não podem suportar. 5) Formas mais comuns de pecados por onde o diabo entra Todo pecado enquanto não é lavado pelo sangue de Jesus, é oportunidade do diabo entrar ou causar dano em nossas vidas. No entanto, existem alguns tipos de pecados, que vemos que o diabo os usam mais comumente para tomar conta de nossas vidas. a) Maldições hereditárias. Muitas vezes nós achamos que a única coisa que afeta nossas vidas são os nossos próprios atos. Isso depende. Se nós recebemos de nossos pais herança material porque isso não existiria também no mundo espiritual? Assim como recebemos herança material também recebemos herança espiritual de nossos pais. Os nossos pais morrem, mas os espíritos malignos que os acompanharam não. Caso nossos pais fizeram algum pacto com forças espirituais do mal, elas continuam influenciando nossas vidas. Às vezes eles não fizeram nenhum pacto, mas se deixaram dominar por eles agindo de forma errada diante de Deus. É comum você ver em uma família o avô ser dominado pelo álcool, o pai se rendendo também ao álcool e conseqüentemente o filho também se transformando em um alcoólatra. Porque o mesmo vício na família? Influência demoníaca. O mesmo espírito maligno que venceu o avô, venceu o pai e também vem vencendo o filho. É necessário acabar com o domínio do diabo em sua vida vencendo-o. É necessário reconhecer a supremacia dele em sua família até então, pedir perdão pelos seus antepassados e por sua vida, e resisti-lo hoje. Se houveram pactos devem ser quebrados. Se há derrota em alguma área deve ser vencida para que os seus descendentes não sofram da mesma influência maligna que você vem sofrendo. Quantas pessoas foram oferecidas a alguma entidade pelos seus antepassados? Isso deve ser completamente quebrado, desfeito em nome de Jesus e dessa forma a pessoa ficará livre de toda influência maligna em sua vida. b) Desvios sexuais. Definitivamente a prática de tais atos, é inspirada por demônios e os trazem as nossas vidas. Primeiro é importante salientar que o sexo foi criado por Deus e, portanto, é abençoado pelo Senhor desde que seja praticado de acordo com os princípios Dele. O sexo nunca foi criado para ser objetivo de um relacionamento. Ele é uma conseqüência de um relacionamento ligado em amor entre um homem e uma mulher. Todas as vezes que colocamos o sexo como objetivo e passamos a explorá-lo de qualquer forma e em qualquer oportunidade, na verdade nós estamos chamando para cima de nossas vidas toda sorte de castas de demônios. Alguns exemplos de sexo contrário aos princípios de Deus: Masturbação compulsiva, Auto- erotismo ou coito psicológico, Narcisismo (adoração por si mesmo), Exibicionismo, Fetichismo (prazer em ver peças como calcinhas, olhos, pernas, etc), Bestialismo (sexo com animais), Sado-masoquismo (sexo com sofrimento), Pedofilia (sexo com crianças), Homossexualismo (sexo com pessoas do mesmo sexo), Transexualismo, Travestismo, Prostituição, Fornicação, etc. 19
  20. 20. Quando praticamos isso, se já não estamos diretamente sob influência maligna, com certeza se não pararmos vamos ficar completamente possessos. Como sair disso se essa é nossa situação? Reconhecer que isso é pecado, se arrepender e confessar diante do Senhor pedindo perdão pelo que cometemos. c) Pactos, oferecimentos, trabalhos, macumba ... A forma mais rápida de estarmos completamente debaixo do poder do diabo é pactuando com ele. Como normalmente fazemos isso? Através de contato direto com ele, fazendo trabalhos de macumba, feitiçarias, ocultismos, e coisas do gênero. Muitos não fazem, mas pedem que alguém faça por ele, é a mesma coisa. Se você acha que existe alguma coisa neutra no mundo espiritual você está muito enganado. Tudo tem seu preço e sua contrapartida. Se você pede alguma ajuda ao diabo ele vai te ajudar e cobrar depois a fatura. Às vezes você pode pensar que determinadas práticas não tem nada a ver com o diabo. Por exemplo: espiritismo (consulta aos mortos), candomblé, umbanda, quimbanda, esoterismo, parapsicologia, simpatias, idolatria e coisas do gênero. Quanto engano. Também fazer preces a quem já morreu não importa o quanto ele tenha sido santo nessa vida é consultar mortos. Está escrito isso em Dt 18:09-14 onde Deus relata estas práticas que Ele abomina e certamente serão completamente desprezados por Ele os que tais atos praticam. Se você quer perder a companhia de Deus e envolver-se com o diabo, nada pode ser feito pela sua vida. No entanto faça-o com conhecimento de causa. Se você pratica essas coisas relacionadas em Deuteronômio saiba que Deus não está nisso e que você se ligou ao diabo de uma vez por todas. Caso você tenha praticado isso, seja por ignorância ou não, há necessidade de reconhecimento de erro, arrependimento e pedido de perdão a Deus e o sangue de Jesus te lavará desses pecados e você será livre da maldição que está sobre quem pratica tais coisas. Essas coisas, é envolver-se com o próprio diabo. 6) Processo de libertação. Para que você seja livre dessas coisas é necessário que você escolha entre benção e maldição. O que você quer de sua vida? Companhia de Deus ou do diabo? Tem que haver sinceridade em sua decisão. Não adianta falar só por falar. Você tem que sentir necessidade de ser liberto, arrepender-se do que você fez ou seus antepassados fizeram, não ter medo da libertação, muito pelo contrário lutar por ela. Lembre-se de todos os atos praticados relacionados a esse assunto. Jesus venceu toda maldição na cruz. Não há nada que não possa ser desfeito pelo poder do sangue de Jesus. Conclusão Se você quer ser liberto, você o será agora. Só depende de você. O poder de Deus está aqui para te libertar, tão somente creia. O Processo de Libertação 1º Passo – ORAÇÃO para romper com espíritos familiares (fazê-la logo após o ensino) Senhor Deus todo poderoso, eu creio que Jesus é o Teu Santo Filho e o único caminho para o Senhor; que Ele morreu na cruz pelos meus pecados e venceu a morte. 20
  21. 21. Eu desisto e renuncio a todo envolvimento com espíritos malignos de forma consciente ou hereditária. Eu me arrependo de toda rebelião e todo meu pecado, e me submeto a Jesus como meu Senhor. Por uma decisão da minha vontade, eu peço perdão por todo vínculo feito pelos meus antepassados com espíritos malignos e desta forma rompo todo vínculo com esses espíritos que tem acompanhado a minha vida e a minha família. Reconheço que o sangue de Jesus tem poder para me purificar de toda injustiça e libertar-me de todo poder das trevas. Eu invoco o nome poderoso de Jesus e declaro que sou livre de todos os grilhões que me prendem. Comprometo-me a destruir todos os objetos de contato que porventura tenha. Cancelo todas as reivindicações de Satanás contra mim. Senhor Deus, pela fé eu recebo agora minha libertação completa. Em nome de Jesus, Amém. 2º Passo – Orar por quebra de ligações espirituais - Pessoas que fizeram pactos, pediram para fazer, freqüentaram reuniões, eram simpatizantes, etc. 3º Passo – Orar por quebra de ligações sexuais - Pessoas que praticaram qualquer desvio sexual. - Quebrar os laços de alma. Às vezes pararam a prática, mas ainda continuam ligados. 4º Passo – Orar por todos que passaram mal durante as orações Conclusão do passado (Cura da Alma) Objetivo da palavra Concluir coisas que nos prendem ao passado através de mágoas, ressentimento, amarguras, desapontamentos e assim por diante. Essas coisas serão concluídas a partir da hora que nós tivermos disposição de perdoar ou pedir perdão, restituir ou destruir objetos que nos ligam ao caso. 21
  22. 22. Apelo – quem quer concluir seu passado desembaraçando-se dele através: do perdoar, do pedir perdão, do restituir ou destruição de coisas que liga ao passado? Introdução Muitos de nós não andamos por que estamos presos ao nosso passado. Se estamos presos lá, isso demonstra que ainda não é passado, é presente, por isso devemos resolvê-los rapidamente. Antes vamos entender como ficamos presos ao nosso passado. a) Somos um ser triúno (I Ts 5:23) A palavra de Deus diz que nós somos formados por espírito, alma e corpo. O nosso Deus é trino e nós somos a imagem e semelhança Dele. Por isso também somos trinos. Só podemos ser inteiros para Deus quando essas três áreas são edificadas. Como Deus criou foi mais ou menos assim: nós somos um espírito, que temos uma alma e moramos num corpo. É como numa casa onde há o dono da casa, a governanta e os demais empregados. O espírito é o dono da casa, a alma é a governanta e os empregados são o corpo. O dono da casa chama a governanta passa a ela o que deve ser feito e a governanta comanda os empregados. Isso é como deveria funcionar em nossas vidas. Deus é espírito e se comunica com nosso espírito. Em nosso espírito é onde Ele mora. Porém com o advento do pecado a bíblia diz que nosso espírito morreu (morte na bíblia não é deixar de existir, mas sim separar-se de Deus). Por isso não podemos entender as coisas de Deus, pois Deus se comunica com nosso espírito. Quando você aceita Jesus como Senhor e Salvador de sua vida o seu espírito é vivificado e novamente se restabelece sua comunhão com Deus. O nosso espírito, a palavra de Deus diz que ele está pronto. Só temos que desenvolvê-lo, ou seja, colocá-lo para ser exercitado. É mais ou menos como uma criança que tem boca ao nascer, mas ainda não a exercitou para falar. O nosso corpo a bíblia diz que será completamente outro. O que temos hoje será destruído e até lá, deve viver debaixo de disciplina. Temos que ser radical co ele não permitindo de forma alguma que ele domine sobre nós. A nossa alma é eterna, não receberemos outra como o corpo. Porém ela não está pronta como nosso espírito está. Ela deve ser aperfeiçoada e transformada pelo poder do Espírito Santo. b) A nossa alma precisa ser restaurada e transformada; O diabo já conseguiu destruir nosso corpo trazendo a morte para ele e o pior é que agora ele trabalha insistentemente para destruir sua alma. Se ele destrói sua alma ele trava sua vida. Uma alma saudável é o que você precisa para desenvolver sua vida cristã. Muitos estão completamente parados na vida porque sua alma está praticamente destruída. Mas o Senhor veio não só para te tirar do inferno, mas para que sua alma também fosse completamente restaurada e transformada. Muitos vivem como se sua vida fosse uma locomotiva cheia de vagões completamente carregados de entulhos, a tal ponto que chega um momento que pesa tanto, que a locomotiva trava por não ter mais forças para prosseguir. Não é isso que o Senhor tem para sua vida. A sua alma deve ser livre para viver a vida cristã normal. 22
  23. 23. 1) Sintomas das feridas da alma e comportamentos limitadores Às vezes nós nem percebemos que temos uma alma que clama por saúde. No entanto é fácil perceber pelos sintomas os problemas de nossa alma. Da mesma forma que nosso corpo tem febre quando nós temos alguma infecção, a alma também tem sintomas quando está enferma. Quando alguém é estuprado e a partir daí essa pessoa não consegue mais ter relação sexual porque tem nojo da relação, isso aponta para uma alma doente. Quando alguém tem um irmão mais amado do que ele e por isso ele não consegue conversar com o irmão “queridinho” porque tem raiva do irmão, isso aponta para uma alma doente. Às vezes a doença é tão crônica e há tanto tempo, que os sintomas já são mascarados e muitos deles já se incorporaram na rotina das pessoas a tal ponto delas pensarem que eles são absolutamente normais. Pegando os mesmos exemplos anteriores vamos supor que a pessoa estuprada consegue agora ter relações, porém não estabelece mais nenhum relacionamento duradouro, todos são temporários e ela acha que isso é absolutamente normal, não é. A pessoa que tem um irmão “queridinho” até que conversa com o irmão, no entanto a conversa não passa de cinco minutos e acaba. Ela pensa que é tudo normal, não é. Nós chamamos isso de comportamentos limitadores. São comportamentos que limitam nossas vidas e são desenvolvidos a partir de uma doença na alma. Se não curarmos a doença jamais esses comportamentos irão embora. Exemplos de comportamentos limitadores - Viver mau-humorado; - Sentir prazer no infortúnio do outro; - Desqualificar o sucesso do outro; - Não ter sonhos, aspirações (é estar morto em pé); - Desconfiar sempre e de todos; - Ser triste; - Comparar compulsivamente (carro, casa, perfil); - Ter dificuldade para confrontar; - Sentir-se sem mérito diante dos desafios; - Viver sob angústia; - Ter vontade enfraquecida; - Pensar que o mundo arquiteta contra si; - Masturbar-se compulsivamente; - Inconstância no que faz; - Hipocondríaco; - Não gastar o que tem ou gastar o que não tem e assim por diante. Todos esses comportamentos são conseqüências de uma alma ferida e doente. Nem sempre conhecemos a causa, mas os sintomas estão aí para que todos nós possamos vê- los. Se você tem essas atitudes ou coisas parecidas com isso, você precisa que sua alma seja curada. 2) Onde são produzidas tantas doenças e feridas? Isso pode ser sua pergunta agora. Talvez você se surpreenda com a resposta. A maioria desses problemas acontecem em nossas famílias, ou melhor, onde fomos criados. As doenças da alma, 23
  24. 24. em quase sua totalidade são geradas a partir de relacionamentos. Onde existir relacionamentos a probabilidade de sermos “infectados” é muito grande. Além da família, temos o trabalho, a escola, a igreja e por aí afora. Alguém diz: então é melhor não nos relacionarmos mais. Não seja apressado, pois para que a alma seja curada são necessários os relacionamentos. 3) Por onde essas doenças entram em nossas vidas? Essas doenças entram em nossas vidas por várias formas, mas a grande maioria entra por fatos que aconteceram e geraram sentimentos mal resolvidos. Dentre esses sentimentos quero falar sobre três. a) Rejeição Rejeição é um sentimento natural do homem. É um sentimento de que não somos amados, aceitos ou bem-vindos; antes, somos rejeitados e ignorados por aqueles que nos rodeiam. Normalmente sempre interpreta mal a atitude dos outros. O problema na verdade não é o sentimento de rejeição, mas como lidamos quando sentimos que somos rejeitados. A nossa resposta à rejeição é que vai definir se ficaremos doentes ou não. Quase sempre respondemos de forma errada e por isso ficamos doentes. Exemplos de coisas que quando acontece, nos sentimos rejeitados: - Apelidos; - Divórcio dos pais; - Abandono da mãe (deixa o filho para trabalhar ou se casar); - Carência afetiva (o pai ou a mãe nunca lhe disseram que o amava, nunca lhe fizeram carinho); - Desinteresse do pai ou da mãe (através de “morte”, excesso de trabalho, cansaço); - Vícios dos pais (drogados, prostitutos, alcoólatras, isso trás vergonha); - O nome próprio (Geni - A música do Chico); - A morte do pai, da mãe ou de ambos e a pessoa toma como rejeição a si; - Problemas familiares (pais e irmãos - preferência dos pais por outro irmão, brutalidade dos pais, desinteresse, opressão, assédio do pai ou padrasto); - Quebra de relacionamentos (por atitudes que você fez, por atitudes que o outro fez, não houve tolerância, às vezes não houve amor); - Oportunidades dadas a outros (eu achava que deveria ser minha e foi dada a outros); - Honras dadas aos outros e não a mim; - Profecias auto-realizadoras - pastor, líder, pai e mãe lançam sobre os filhos – coisas como: eu desisto de você; será que não aprende, já falei 1000 vezes; ah! você nunca vai prestar para nada; - Você é um burro, nunca vai conseguir nada; - Ensino sem disciplina ou disciplinado demais (fruto de lar sem liderança; sem controle; autoritário demais; sem equilíbrio); - Discriminação racial, sexual, cultural e financeiro; - Rejeição no casamento (falta de cuidado para com a esposa; abstinência sexual por parte do cônjuge; expectativas frustradas; ejaculação precoce; frieza masculina ou feminina; corpo masculino ou feminino); - Rejeição do marido quando soube que a esposa estava grávida. O que a rejeição quase sempre produz em nossas vidas quando não damos as respostas certas a esse sentimento? Ressentimentos, mágoas, amarguras e DESAPONTAMENTOS (Pais, amigos ou namorados(as)). 24
  25. 25. b) Auto-rejeição; A auto-rejeição é a mesma coisa da rejeição, porém feita por nós mesmos. Nós é que sentimos que somos diferentes e não aceitamos aquilo em nossas vidas e por isso nós mesmos nos rejeitamos. Exemplos de coisas que auto-rejeitamos em nós: a) Deficiência física; b) Magreza excessiva; c) Obesidade; e) Órgãos genitais aparentemente inadequados; e) Deformação do corpo; f) Cor (Mike Jackson), falta de dinheiro, falta de cultura; d) Forma diferente de adorar, ser retardado espiritual. O que a auto-rejeição quase sempre produz em nossas vidas quando não damos as respostas certas a esse sentimento? Ressentimentos, mágoas, amarguras e DESAPONTAMENTOS (Pais, amigos ou namorados(as)). c) Culpa; Todas as vezes que fazemos algo que sabíamos que não deveria ser feito, a primeira coisa que vem sobre nós é culpa. Culpa é conseqüência de remorso. Quando nos sentimos culpados é como se carregássemos uns 500 quilos sobre nossas costas. Com certeza alguém que anda carregando culpa não vai chegar a lugar algum. É peso demais para carregar. Exemplos de coisas que geram culpa em nós: -Aborto (feito ou que mandou fazer); -Homicídio (feito ou que mandou fazer); -Roubo; -Enganar; -Ter usado alguém sexualmente; -Espancar os irmãos mais novos; -Ter sido alguém de programa; -Ter estuprado; -Ter sido homossexual; -Ter prostituído; -Ter traído seu pastor ou líder ou a igreja; d) O que esses sentimentos mal resolvidos produzem em você? Eles produzem doenças e as conseqüências dessas doenças te deixam: inseguro, medroso, birrento, rancoroso, magoado, melindroso, assustado, odioso, tímido, inconstante e solitário. Isso para falar só por cima. Caso você tem algum desse sintoma é fato que alguma doença da alma você tem. 4) Graças a Deus por Jesus Cristo, Ele é a nossa cura. Na cruz, Ele nos deu vida e vida em abundância. É Ele quem nos cura, nos renova, nos restaura, nos ama. O amor do Senhor é suficientemente grande para nos sarar e nos transformar em pessoas curadas não só do corpo, mas também da alma. 5) Como receber a cura de nossas doenças e feridas? 25
  26. 26. a) Primeiro – crer que Jesus já nos curou de todas as nossas enfermidades, inclusive as emocionais, em Seu sacrifício na cruz; então qualquer comportamento limitador pode ser modificado; b) Segundo – admitir que precisa de cura. Por isso deve externar os fatos acontecidos e que geraram sentimentos mal resolvidos que por sua vez geraram comportamentos limitadores. Esses comportamentos devem ser confessados. Às vezes, não queremos nos lembrar e nem voltar, foi tão doloroso que não queremos voltar. Só que um dia, guardamos tanto que não cabe mais nada e explodimos. Hoje, Jesus está com você, não tenha medo. Ele vai te curar. Alguns problemas são claros nós sabemos a origem deles, outros só sentimos as conseqüências. Feche os seus olhos e nós vamos orar. Enquanto oramos o Senhor te ajudará a entender porque você tem certos comportamentos limitadores. c) Terceiro – tomar uma atitude em relação aos fatos e as pessoas envolvidas em suas doenças. Que atitudes são essas? Primeira atitude: perdoar – “Perdoar a Deus”, a nós mesmos e aos outros. Parece absurdo, mas tem pessoas que tem mágoa de Deus como se Ele fosse responsável por coisas que passamos. Deus nos deu o livre-arbítrio e o uso inadequado dele por nós e pelos outros é que faz com que sofremos. Então se há mágoa de Deus o que devemos fazer é pedir perdão ao Senhor por isso. No tocante aos outros nós devemos liberar perdão O que é perdoar? - Perdão é uma decisão. - Não depende do arrependimento do outro. - Eu perdôo porque entendo que tanto ele quanto eu fomos perdoados por Deus; - Eu perdôo porque entendo que tanto ele quanto eu somos iguais. Passíveis de errar. - Eu perdôo porque é um mandamento de Deus. Segunda atitude: pedir perdão – se você cometeu algum pecado contra alguém deve pedir perdão a esta pessoa, não importando quem seja. Terceira atitude: restituir – qualquer coisa que você tenha feito que é possível restituição, você deve fazê-lo, se por ventura você não tem como fazê-lo agora, avise a pessoa que assim que tiver condições irá fazê-lo. Quarta atitude: destruir – qualquer coisa que te ligue ao passado (objetos, fotos, livros, imagens, etc), deverá ser destruído. Conclusão A conseqüência de concluir o passado chama-se paz. Paz só tem quem não tem passado para ser resolvido. Você quer paz em sua vida? Então faremos alguns apelos para orar por você. 1) Liberar perdão – Ressentimentos, mágoas, desapontamentos gerados pela rejeição, auto- rejeição ou pecados contra nós; 2) Quem não consegue perdoar; 26
  27. 27. 3) Pedir perdão pelo que fez, restituir e destruir. 4) Culpa – a igreja, representada pelos irmãos irá perdoá-los. Jesus nos perdoou. 5) Trauma – orar por libertação. GRUPOS PEQUENOS O GRUPO PEQUENO É UMA CÉLULA, COMPARTILHAR COM O SEU GRUPO O ANDAMENTO DO IMPACTO. 1- PERGUNTAR COMO ELES ESTÃO SE ESTÃO GOSTANDO DO IMPACTO? 2- PERGUNTAR, QUEM TEVE EXPERIÊNCIA COM DEUS? ALGUÉM TOCOU OU FOI TOCADO POR DEUS? ALGUÉM TEVE UM ENCONTRO COM DEUS? ACONTECEU ALGO? ESTE MOMENTO DEIXAR FALAREM, NÃO TER MEDO DO SILÊNCIO, AGUARDAR O ESPIRITO SANTO FAZER. 3- PERGUNTAR SE ELES ENTENDERAM O PROCESSO DO IMPACTO: TEM QUE ESTAR SÓ; LUTAR; AGARRAR OS PÉS DE DEUS E PEDIR A BENÇÃO, NÃO DESISTIR. PASSAR AS PALAVRAS: PENIEL, PECADO, EVANGELISMO, LIBERTAÇÃO E CONCLUSÃO DO PASSADO. 27
  28. 28. 4- PERGUNTAR SE ALGÉM TEM ALGUMA DÚVIDA OU CASO TENHA ALGO QUE ESTÁ IMPEDINDO DE TER O ENCONTRO. 5- ORAR POR AQUELES QUE NÃO TIVERAM ENCONTRO COM DEUS. TERMINAR ORANDO TODOS JUNTOS. NO FINAL PERGUNTAR SE GOSTARAM DO GRUPO PEQUENO E DIZER QUE É ASSIM UMA CÉLULA, UM AMBIENTE DE DESCONTRAÇÃO. O Peniel - Mudança de Vida – RECONHECER QUEM VOCÊ É DIANTE DE DEUS. É como se Deus, colocasse um espelho sobre sua vida. Quem é você?Qual o seu estilo de vida? Qual é o seu nome? Quando chegamos diante da poderosa luz de Jesus, Ele revela o que está errado... e mais, te mostram caminhos, restaura sonhos, dá uma nova esperança de vida...Arrependa-se do seu velho estilo de vida. O pecado e suas conseqüências - Leva a morte - O PECADO NOS AFASTA DE DEUS, trás incredulidade, insensibilidade, endurece o coração, cega nossa visão, destrói nossas vidas... O pecado tem conseqüências amargas. O pecado tem nome , dia e hora...Confesse-o ao senhor.... ARREPENDA-SE... Seja Radical! Um encontro com Deus - Eternidade só com Jesus - Todo mundo já ouviu falar de Jesus, Porém, VOCÊ CONHECE JESUS? Ele é o seu Senhor, seu Pai, seu amigo, sua luz , seu socorro....Jesus vive... só por revelação se conhece o Senhor . Entregue-se, busque-O ... e você será salvo, e terá a vida eterna. Libertação - quebrar todo jugo lançado - SEJA LIVRE, rompa com o pecado, com relacionamentos errados cuja as base são contrárias a palavra de Deus: maldições familiares, desvios sexuais,e pactos e ações demoníacas. Só Jesus tem poder para destruir todo mal e todas as fortalezas: te fazer LIVRE Concluindo o passado - Perdoar - Sua vida está parada, seus projetos estão frustrados? Você foi rejeitado, sente culpa? Sua alma pode estar ferida!!! Qual é o seu comportamento limitador? (que te limita) Isso gera mágoas, ressentimentos, e amarguras. Perdão é o que o Senhor Jesus nos ensina. A falta de perdão amarra sua vida , impede o cumprimento das promessas de Deus. PERDOAR É UM MANDAMENTO... É UMA DECISÃO. ( não é um sentimento) O AMOR DE DEUS - Lc. 15:11-32 (Dar ênfase no amor do Pai e não no arrependimento do filho). 1 – Nascemos para sermos filhos (vs.11). 2 – Não quisemos ser filhos em Adão (vs.12). 3 – Vivemos no pecado longe de Deus (vs.13). 4 – Resultado de estar longe – vida miserável (vs.14-16). 5 – Hoje é dia de cair em si (vs.17). 6 – Postura de arrependimento (vs.18-19). 28
  29. 29. 7 – Ir ao encontro e abrir o coração (vs.20). 8 – Conseqüências de ir para Deus (vs.22-24). Correu, Abraçou e Beijou - Perdão, Alegria e Herança. A – uma melhor roupa (obras); B – Um anel (aliança); C – Sandália (caminho reto); D – Novilho cevado (satisfação e prazer – vida que vale a pena viver); Toda maldição foi quebrada. (Fogueira) Introdução - Todas as coisas escritas na Bíblia não importando quanto tempo tenham sido escritas, serve para nos ensinar. Deus não está sujeito ao tempo por isso Sua palavra é sempre atual. - Muitos princípios foram estabelecidos por Deus há muito tempo (para nós). - Podemos citar alguns: não mataras, não roubarás, não mentirás ... - Entre esses princípios podemos citar mais um, talvez dos mais importantes, que é a “lei do resgate”. 1) Lei do Resgate - O que é lei do resgate? - Para que ela se cumprisse teria que: - O Remidor ser parente próximo. - O Remidor ser capaz de pagar o valor do resgate O Redimido receberia de volta tudo o que perdeu 2) O que aconteceu conosco Adão e Eva negociaram com o diabo e perderam. - Perdemos tudo: - A comunhão; - A vida eterna; - Saúde; - Prosperidade e - A terra foi amaldiçoada. 3) Cristo o nosso Remidor - Jesus veio em carne – parente próximo - Era remidor capaz – Sangue sem pecado - Recebemos a herança de volta 4) Onde isso aconteceu? Na Cruz - A humanidade tem uma história antes e uma história depois - Toda a humanidade depende da Cruz: - Governos; - Saúde; - Moralidade; 29
  30. 30. - Liberdade; - Paz; - Segurança; - Prosperidade; - Santidade e qualquer outra coisa. - E o mais importante é que a sua vida depende da Cruz. 5) O propósito da cruz é: - Pagar as nossas dívidas; - Trazer-nos reconhecimento de pecados; - Trazer-nos arrependimento genuíno; - Anular a maldição; - Dar-nos a remissão dos pecados pelo sangue; - Receber a vida eterna com Deus. 6) Significado a) Mundo – loucura; b) Para nós – morte, liberdade e vida. b1) Morte – do velho homem. b2) Liberdade – todo escrito de dívida contra nós foi cravado na Cruz. - Não há mais legalidade, reivindicação, condenação ou escravidão. - Tudo é passado. O diabo foi vencido ali na Cruz. b3) Vida – Poder de Deus para a salvação, vida eterna. 7) Toda maldição foi quebrada a) Deus – separação, juízo e morte b) Nós – culpa, depravação, degradação, solidão, perversidade c) diabo – acusação, escravidão, reivindicação. 8) Nova vida - Eu recebo perdão e capacidade de perdoar. - Deixo tudo na Cruz. - O que eu fiz e o que fizeram comigo. Confissões Deus – Eu declaro que através do sacrifício de Jesus na cruz, a minha comunhão com o Pai foi totalmente restabelecida. Já não existe separação, já não existe morte. O Senhor está sempre comigo. O meu espírito é a Sua casa. Nunca mais posso dizer que estou sozinho, porque Ele me tem dito: “nunca te deixarei, sim jamais te abandonarei. Eis que estarei convosco todos os dias de sua vida”. Pois estou bem certo que nem morte, nem vida, nem anjos, nem principados, nem coisas do presente, nem coisas do 30
  31. 31. porvir, nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá me separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus o Senhor. Nós - Eu declaro que através do sacrifício de Jesus na cruz, eu sou nova criatura, as coisas velhas já passaram eis que tudo se fez novo. Sou feitura Dele criado em Cristo Jesus para toda boa obra. Eu vejo a mim mesmo como Deus me vê. Eu rejeito todo complexo, toda culpa, toda perversidade. Nunca mais direi que não tenho valor, pois, o meu valor é o preço que foi pago por mim, o preço do sangue de Jesus. Eu não me pertenço mais, pertenço ao Senhor Jesus. Diabo - Eu declaro que o sacrifício de Jesus na cruz pagou todo escrito de dívida que havia sobre mim e desta forma eu estou livre de toda acusação, escravidão ou reivindicação do diabo, pois ele foi derrotado na cruz. Quem me acusará? É Deus quem me justifica. Quem me condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus, e também intercede por mim. Nosso sonho, a herança em Cristo O objetivo dessa palavra é: Despertar nas pessoas a virtude da esperança. Esperança essa que o diabo fez tudo para destruir. Deixar claro onde podemos colocar nossa esperança, o que é que nos está proposto pelo Senhor, agora nessa nova vida. Apelo Primeiro para aqueles que não se consideram filhos e querem tornar-se agora. Segundo é para aqueles que querem renovar sua esperança e seus sonhos e reivindicar sua parte na herança do Senhor. Foque em algo da herança que você não tem e venha buscar agora em o Nome de Jesus. Introdução Quando Deus criou o homem, deu tudo a ele. Sem doenças, bem alimentados, em perfeita comunhão com a família e com o próprio Deus. A mentalidade era viver e ter comunhão com 31
  32. 32. Deus. O pecado deu legalidade ao diabo para matar, roubar e destruir o que Deus preparou para nós. Depois do pecado a mentalidade era sobreviver, acumular para se ter segurança, pois perdeu-se a comunhão com Deus, que era a nossa segurança. Desta forma passamos gerações após gerações só enxergando o que aconteceu depois do pecado: miséria, fadiga, e por causa da perda de comunhão com Deus, insegurança e ansiedade. 1) A esperança morreu Como o homem passou a tentar viver com suas próprias forças para ter o que lhe era necessário, o que aconteceu com essa tentativa foi frustração em cima de frustração. As frustrações são tantas que não há mais espaço para a esperança. Quem aqui não é frustrado com algo que você deseja muito e não tem condições de alcançar? E não estou falando aqui de coisas absurdas, mas sim de coisas que são necessárias às nossas vidas como casamento, filhos, subsistência, alegria, paz e coisas do gênero. Esse é o grande trabalho do diabo em nossas vidas, matar a esperança. Sem esperança, sem futuro. Sem esperança sem motivação. Sem esperança nos envolvemos com qualquer coisa e aceitamos qualquer proposta. Sabe qual é fim do poço da falta de esperança? Depressão. A depressão é simplesmente falta de esperança. Coloca esperança na vida de alguém e ele jamais ficará deprimido. Tirar a esperança é sentenciar a pessoa à morte em vida. Mas eu te pergunto ter esperança em que? 2) Papel redentor de Cristo É exatamente isso que significa o evangelho de Deus, ou seja, são as boas novas de Deus. Quais são essas boas novas? Cristo Jesus em seu papel redentor trouxe de volta as nossas bênçãos, tomou das mãos do diabo a nossa herança feita e preparada para nós desde a fundação do mundo. Agora em Cristo Jesus eu posso desfrutar de tudo aquilo que Deus fez para nós. Por isso podemos dizer que a esperança está de volta. Jesus é a esperança para as nossas vidas. Não só aqui nessa terra, mas para toda a eternidade afora, pois a promessa Dele é a vida eterna. Isso sim é motivo de alegria e esperança. 3) Conseqüências da nova vida em Cristo. O sacrifício de Jesus nos resgatou à condição de filhos de Deus. Nos tornamos filhos e por isso nos tornamos herdeiros da herança de Deus que está em Cristo Jesus Jo 1:12-13 Rm 8:16-17 3.1) O que é Herança? Herança são os bens que uma pessoa tem e que quando ela morre fica para seus herdeiros. Normalmente os herdeiros nunca trabalharam por ela e às vezes nem sabem o tamanho dela. Não importa se o herdeiro é merecedor ou não da herança, importa se ele é herdeiro ou não. Mas a herança só se recebe se a pessoa morrer. Jesus morreu na cruz por nós. Então nós podemos usufruir aqui na terra de sua herança e na eternidade, a vida eterna. Nós como filhos de Deus e discípulos de Jesus temos o direito legal de tomar posse dessa herança. 3.2) O que é Herdeiro? 32
  33. 33. Ser herdeiro não é questão de andar ou não com a família, não é questão de fazer algo para a família. Ser herdeiro é questão de nascimento. Nasceu na família é herdeiro. Você que aceitou Jesus, nasceu na família de Deus, portanto é herdeiro. Não importa o que o diabo diga, você é filho de Deus e como conseqüência seu herdeiro legítimo. 3.3) Para tomar posse o herdeiro tem que fazer o que? Para tomar posse o herdeiro tem que fazer o que? Se posicionar e reivindicar o que é seu por herança. Como é esse posicionamento? Em fé. A nossa fé é o nosso posicionamento diante do mundo espiritual. Diante do mundo natural você apresenta a certidão de nascimento ou exame de DNA. Diante do mundo espiritual você apresenta sua fé em Cristo Jesus. E como é a reivindicação? Oração diante de Deus que é o Juiz de todas as coisas. Dobre seu joelho e reivindique em nome de Jesus aquilo que é seu por herança e te será dado. 4) O que é essa Herança? 4.1) Vitória sobre o pecado, o diabo e o mundo. Veremos isso especificamente daqui a pouco. 4.2) Prosperidade Prosperidade material Prosperidade faz parte de nossa herança em Cristo Jesus. Não estamos falando de ficar rico para esbanjar por aí os recursos que Deus dá. Estamos falando de ter o necessário para cumprir o propósito de Deus em nossas vidas e ter uma vida confortável de acordo com as nossas necessidades. Você tem passado necessidade financeira? Falta o necessário para que você possa viver em paz com sua família? Então reivindique sua herança. Prosperidade espiritual Todo poder espiritual que você necessita para cumprir a obra de Deus está a sua disposição. Sejam dons espirituais ou sejam os atributos do Senhor como Paz, alegria, descanso, perseverança e assim por diante. 4.3) Saúde. Saúde faz parte de nossa herança em Cristo Jesus. Você é alguém doente? Reivindique sua parte da herança e você ficará curado. Basta que você se posicione em fé e reivindique em oração diante do Deus todo poderoso, o Juiz de todas as coisas. 4.4) Comunhão com nossos irmãos e Deus. Comunhão com nossos irmãos e com Deus faz parte de nossa herança. Poder se arrepender de algo que fizemos e pedir perdão a Deus e a nossos irmãos faz parte de nossa herança. Poder ser curado de coisas que fazem parte de nossos passados e que nos prejudica até hoje também faz parte de nossa herança. Poder ser livre da rejeição a qual nós fomos objetos. Ser livre do diabo nos oprimindo e até nos possuindo também faz parte de nossa herança em Jesus. Finalmente ser cheio do Espírito Santo faz parte de nossa herança em Cristo Jesus. Porque ser vazio se Deus tem para nós ser cheios? 4.5) Família 33
  34. 34. Faz parte de nossa herança ter uma família. Viver bem com nosso cônjuge e filhos. Faz parte ter uma vida digna com nossos pais os honrando e vivendo em harmonia com eles. 4.6) Relacionamentos Faz parte de nossa herança sermos capazes de nos relacionar com as pessoas sem pressões e sem cobranças porque fomos libertos em Jesus Cristo de todo jugo. Agora somos livres para relacionarmos em liberdade e não mais ficarmos dentro das cavernas com medo das pessoas e receosos de cobranças e mais cobranças. Somos livres para amar e sermos espontâneos. 4.5) Poder para multiplicar-se. Faz parte de nossa herança o poder para compartilhar o que recebemos para outras pessoas. Pode ser nossos familiares, pode ser nossos amigos ou pode ser qualquer um que esteja próximo a nós. Quando cremos em Jesus, automaticamente uma parte da herança, que é o poder comunicador, se instala em nós e a partir daí podemos transmitir a outros, o que recebemos. Conclusão Ex.: Quadro na parede com testamento. O pecado subjugou nossa mentalidade, mas em Cristo nós somos livres da opressão maligna do diabo. Devemos agora renovar a nossa mente para podermos tomar posse de nossa herança pela fé. Fé é a moeda de troca no mundo espiritual. Nós fomos criados para dominar e não para sermos dominados. Por isso qual parte da herança que você ainda não tomou posse? Qual parte da herança que faz muita falta a você? Saúde? Prosperidade? Paz? Constância? Alegria? Comunhão? Família? O que você precisa urgentemente tomar posse? Não podemos descansar até que tenhamos uma vida completamente plena no Senhor. Não cesse de falar e procurar estar vivendo uma vida que vale a pena ser chamada de vida. Apelo NOSSA HERANÇA EM CRISTO - 2 Texto: Hebreus 9:16-17 INTRODUÇÃO: Deus ao criar o homem deu tudo a ele. Com saúde, em perfeita harmonia com a família, prosperidade, alegria e o viver em comunhão com Ele. Após o pecado, o homem perdeu a comunhão com o seu Criador, por isso perdeu a esperança, caminha sem futuro, sem direção, sem propósito, em depressão, solidão, brigas, divisões, miséria, etc. 1) O PAPEL REDENTOR DE JESUS É exatamente isso que significa o evangelho de Deus, ou seja, são as boas novas (boas noticias) de Deus para nós. Quais são essas boas novas? Cristo Jesus em seu papel redentor trouxe de volta as nossas bênçãos, tomou das mãos do diabo a NOSSA HERANÇA que Deus nos deu desde a fundação do mundo. 2) O QUE É HERANÇA? 34
  35. 35. Vocês sabem o que é herança ? Herança são os bens que uma pessoa tem e que quando ela morre fica para seus herdeiros. Não importa se o herdeiro é merecedor dessa herança, importa se ele é herdeiro ou não. Como foi lido no texto da bíblia: a) um testamento só tem valor quando o testador morre. Exemplo: Você tem um avô com muitas propriedades, e ele resolve dividir essa herança e vai até o juiz e escreve um testamento (documento legal que determina quem ficará com toda a sua herança). E determina que será entregue a você e seu irmão. b) enquanto o seu avô estiver vivo, o testamento não tem nenhum valor, ainda que você chegue direto no juiz, não vai adiantar. c) porém, no dia que seu avô morrer, esse testamento passa a ter valor legal diante do juiz, e você se dirige ao juiz e reivindica o seu direito na herança, o juiz vai olhar o testamento e te entregar toda herança que o seu avô deixou. FOI ISSO QUE JESUS FEZ POR VOCÊ... - JESUS VEIO RESGATAR TUDO AQUILO QUE O DIABO ROUBOU DE VOCÊ. - COMO TESTADOR, ELE DEIXOU UM TESTAMENTO (mostrar a bíblia), ONDE TODOS OS NOSSOS DIREITOS E HERANÇAS ESTÃO ESCRITOS. - UMA VEZ QUE O TESTADOR, JESUS MORREU NA CRUZ, SIGNIFICA AGORA QUE EU TENHO DIREITO A TUDO O QUE ESTÁ ESCRITO NO TESTAMENTO, É MEU, POSSO CHEGAR NO JUIZ DE TODA TERRA (DEUS) E REIVINDICAR A MINHA HERANÇA. 3) PARA TOMAR POSSE O HERDEIRO TEM QUE FAZER DUAS COISAS: a) Se posicionar em fé – a nossa fé é o nosso posicionamento no mundo espiritual. b) Reivindicar – orar diante de Deus que é o Juiz e clamar por tudo aquilo que é direito seu, sua herança 4) O QUE É ESSA HERANÇA? a) SOMOS FILHOS DE DEUS – antes não éramos filhos, e sim criaturas, mas através da Cruz Deus nos deu o poder de sermos os seus filhos. (João 1:12) b) VITÓRIA SOBRE O PECADO (Romanos 6:14) c) PROSPERIDADE - financeira - material - profissional – porta de emprego - espiritual 35
  36. 36. d) SAÚDE – Jesus levou na cruz todas as nossas enfermidades (está escrito na palavra de Deus) e) RESTAURAÇÃO DOS RELACIONAMENTOS - familiares - amizades e) PODER PARA SE MULTIPLICAR - compartilhar o que recebemos para outras pessoas. Falarmos de Jesus para outras pessoas e levá-las a conhecê-lo. APELO Você que deseja tomar posse da sua herança, venha aqui na frente, tenha uma atitude, reivindique diante de Deus tudo o que Jesus conquistou na Cruz por você. Nossa identidade e nossos inimigos O objetivo dessa palavra é: Definir nossa nova identidade de vencedor e quem nós devemos vencer (nossos inimigos) e como vencê-los. Apelo Quem entendeu sua nova identidade e quer se posicionar contra o inimigo que está te vencendo? Não importa o que seja: ou o diabo ou a carne ou o mundo. Introdução Quando nós nos convertemos, a palavra de Deus diz que nós nos tornamos filhos de Deus Jo 1:12. Como filhos de Deus, o que caracteriza essa nova identidade? Ser vencedor. Porque? Deus é vencedor em tudo. Não há nada que Deus não possa vencer. Da mesma forma, nós como filhos Dele, nada poderá nos vencer. Nós também somos vencedores, aliás, a bíblia diz que somos mais que vencedores Rm 8:37. Ex.: a esposa do boxeador 1) A nossa maior característica 36
  37. 37. Qual é a característica mais marcante de um vencedor? Com certeza é a vitória, é a conquista. Você sempre foi um vencedor? Pois a partir de agora é. Com certeza não estamos falando de um vencedor nos moldes do que vemos no mundo. O vencedor no mundo vence nas coisas materiais e quase sempre perde nas questões emocionais e espirituais. Os filhos de Deus são vencedores tanto nas coisas materiais, quanto nas emocionais e espirituais. Nosso objetivo não é ficar rico de dinheiro, mas rico da graça de Deus. Nosso objetivo é sermos cheios da presença de Deus. O que queremos é fazer a vontade de Deus tanto para as nossas vidas quanto para as vidas das pessoas que nos rodeiam. 2) Todo vencedor tem um propósito Qual é a maior vitória que um crente pode alcançar? Cumprir o propósito que Deus tem para nós. Todos nós temos um propósito a ser cumprido. Quando nascemos, nascemos para fazer algo. Esse algo foi definido por Deus antes de nascermos. Um dia estaremos diante do Senhor para prestarmos contas do propósito que ele nos deu para cumprir. Ser um vencedor significa que cumpriremos completamente esse propósito. Muitas pessoas que conhecemos são muito vitoriosos aqui nessa terra. No entanto não estão construindo nada na eternidade. Como será quando ele chegar lá? Não pense que esse problema será resolvido lá. A eternidade nós a construímos aqui e agora. Você foi chamado para frutificar. A única coisa que levamos desse mundo são nossos frutos. Esses frutos consistem em nossa alma transformada pelo poder de Deus e as pessoas com as quais nós compartilharemos o que temos recebido de Deus. 3) Os inimigos do propósito Para cumprirmos esse propósito de vida nós temos alguns inimigos que se levantam contra nós. Quais sejam: o primeiro deles é o diabo, o segundo é a nossa carne e por último o mundo. Como vencer cada um deles? a) Como eu venço o diabo? Eu venço o diabo resistindo-o com a palavra de Deus. Não é possível vencer o diabo usando as mesmas armas que ele usa. Na arena dele ele é invencível. Temos que trazê-lo para os princípios de Deus e aí é impossível ele nos vencer. Jesus já venceu o diabo na cruz, o que temos que fazer é seguir o caminho do Senhor. Não há necessidade de medo do diabo, ele é um derrotado. Nós como vencedores não corremos dele, muito pelo contrário, nós o enfrentamos e ele com certeza fugirá de nós. Jesus quando foi tentado pelo diabo Ele o venceu declarando a palavra de Deus às propostas erradas do diabo. O diabo disse a Ele que se o adorasse, ele (diabo) daria todos os reinos da terra para o Senhor. Jesus respondeu que a palavra de Deus diz que: “só ao Senhor teu Deus adorarás”. E imediatamente o Senhor disse a ele: “vai-te embora”. E o que o diabo fez? Saiu imediatamente. Isso é o que temos que fazer sempre que formos tentados pelo diabo. Tendo isso em mente é muito importante que tenhamos a palavra de Deus em nossas cabeças para sabermos os princípios do Senhor e assim resistirmos o diabo em todas as suas mentiras. Como eu conheço a palavra de Deus? Em primeiro lugar lendo a bíblia. Essa é a forma mais fácil e rápida de conhecer os princípios de Deus. Depois, ouvindo as ministrações tanto na igreja quanto em programações como essa. Encha sua cabeça com a palavra de Deus para resistir o diabo no dia mau e ele fugirá de vós. 37
  38. 38. Tem algo em você como: opressão, medos, pavores, pânicos ... isso é maligno. Resista e isso te deixará. Você nasceu para vencer. Não tenha medo do diabo. b) Como eu venço a carne? A forma de vencer a carne é enchendo-me do Espírito Santo. Não a outra forma de vencer a carne. Quando estou cheio do Espírito eu fujo das coisas da carne. O diabo, a bíblia diz para eu resistir, mas a carne, a palavra diz para eu fugir. Normalmente nós fazemos o contrário. Fugimos do diabo e tentamos resistir à carne. E o que acontece? O diabo nos domina e sempre caímos nas coisas da carne. O que devemos fazer é sermos cheios do Espírito, dessa forma eu conseguirei tanto fugir das paixões da carne quanto resistir o diabo. A bíblia diz que há duas leis. Primeiro a lei da carne, que gera morte. Segundo a lei do Espírito, que gera vida. Se andarmos na lei do pecado (carne) morreremos. Se andarmos na lei da vida (Espírito) ainda que morra viveremos. Se estamos nessa lei (da vida) a lei da carne não tem efeito sobre nós. É mais ou menos como a lei da gravidade e a lei da aerodinâmica. Todos os que moram na terra estão debaixo da lei da gravidade. Pulou, vai para o chão. Porque? Existe uma lei que nos atrai para baixo. Todos estão debaixo dela. No entanto existe uma outra lei superior à lei da gravidade, é a lei da aerodinâmica. Porque o avião consegue voar e não cair? Porque está debaixo de uma outra lei mais poderosa que a lei da gravidade. É uma lei muito superior. Entretanto se o avião deixar de andar na lei da aerodinâmica o que acontece? A lei da gravidade o atinge e ele cai. Da mesma forma somos nós. A lei da carne está sobre todos. Nós, porém, conhecemos a lei do Espírito que é uma lei muito superior a lei da carne. Enquanto estivermos sob o domínio dessa lei (lei da vida) a carne não tem poder sobre nós. De onde vem os vícios? Da lei da carne. De onde vem os pecados? Da lei da carne. A carne para se satisfazer precisa dessas coisas. Nós como filhos de Deus não precisamos disso para nos satisfazer. O Senhor nos satisfaz completamente. “Enchei-vos do Espírito e jamais satisfareis os desejos da carne”, isso é o que a palavra de Deus diz para fazermos. Tem algo em sua carne que domina você? Vícios, hábitos errados ou desejos desenfreados? Encha-se do Espírito e com certeza você o vencerá. Não se esqueça, você nasceu para vencer. c) Como eu venço o mundo? O mundo é o mais sutil de todos os nossos inimigos e talvez o mais difícil de dominar. Como eu o venço? Amando a Deus. Quanto mais eu amo o Senhor mais longe do mundo eu estou. O mundo é a grande falsificação das coisas de Deus. Deus inventou a paz. O mundo também. Só que a paz de Deus não depende de contexto, mas a paz do mundo sim. No mundo só se está em paz se houver saúde e prosperidade. A paz de Deus não depende de circunstâncias, ela é um estado de espírito. Deus é amor, o mundo criou a sensualidade para substituir o amor. O amor une pessoas para sempre. A sensualidade une pessoas em cima de um interesse chamado sexo. Quando ele acaba as pessoas se separam, esse é o mundo. Fidelidade é um atributo de Deus e é incondicional. No entanto a fidelidade do mundo depende do interesse da pessoa. Se você ama o mundo, jamais amará a Deus. Se você ama a Deus jamais amará o mundo. São excludentes. A amizade do mundo é inimizade contra Deus, pois, os dois são de naturezas e propósitos distintos. Os princípios dos dois são completamente diferentes. Veja alguns exemplos: no tocante as roupas qual é o princípio do mundo? Mostrar. Qual é o princípio de Deus? Cobrir. Os programas de diversões no mundo tem como princípio diversão a qualquer custo. Os de Deus tem como 38
  39. 39. princípio a edificação das pessoas. No mundo você vale o que você tem. Para Deus você vale o que você é. No mundo a premissa é cada um por si. Em Deus a premissa é amar o próximo como a ti mesmo. O mundo ensina que devemos ser independentes. Deus ensina que devemos ser inter-dependentes. Não é possível amar os dois. Ou vamos aborrecer um ou vamos aborrecer o outro. É infinitamente melhor amar a Deus. O problema é que nós nascemos no mundo, aprendemos com o mundo e estamos no mundo. Tudo o que fazemos é no mundo e isso torna difícil apartamos do mundo. Todos os conceitos que aprendemos, aprendemos no mundo. Seja na escola, seja no trabalho, sejam nos meios de comunicação. Por isso só o amor a Deus em primeiro lugar nos deixará livres do mundo. Você tem problema com o mundo? O mundo te seduz, te atrai? Você vira e mexe está completamente envolvido com o mundo? Ame Deus e você terá total domínio sobre ele. Conclusão Nós fomos chamados para vencer. Tanto o diabo, quanto a carne, quanto o mundo. Faz parte de nossa identidade vencer. Por isso não aceite derrotas. Algum desses inimigos tem te vencido? É o diabo? Então resista com a palavra de Deus. É a carne? Encha-se do Espírito e você dará conta de fugir dela. É o mundo? Então ame a Deus e você terá total controle sobre o mundo. Apelo. O ESPÍRITO SANTO Introdução / O homem da corda 1o . Quem é o Espírito Santo? - Uma pessoa. - Entristece e se alegra; - Geme por nós. 2o . É impossível ter uma experiência com o Senhor sem Ele. - Ele é quem nos convence do pecado, do juízo, do inferno; - Quem te convenceu na transparência, no perdão, te animou, na libertação, etc. 3O Jesus é a Palavra Viva. - O Espírito Santo é a palavra operando, em movimento. 4o O Espírito é o poder de Deus - Quando expulsa demônio é em nome de Jesus, mas pelo poder do Espírito. - Quando alguém é curado é em nome de Jesus, mas pelo poder do Espírito. - Quando alguém se converte é em nome de Jesus, mas pelo poder do Espírito. 1) Qual o papel do Espírito Santo - Então o papel do Espírito Santo é glorificar Jesus. - O Espírito Santo me convence a aceitar Jesus, Jesus batiza com o Espírito, eu me encho mais do Senhor. Recebo mais do Senhor e assim vai. . - Se alguém falar “eu tenho tanto poder do Espírito que acho que nem preciso mais de Jesus”. C u i d a d o. 39
  40. 40. - Então todos temos o Espírito Santo; - Numa certa medida; - É a garantia da palavra de Deus; - É o selo dos que crêem. Ex. Carimbo; 2) Qual à medida que eu tenho do Espírito Santo. - Então o problema é quanto eu tenho do Espírito. - Como eu sei? Pela resposta que você dá. - Mentira entre filho e pais; - Infidelidade no casamento; - Perseverança nas provações; - Fé em situações adversas. 3) O que o Espírito Santo produz na vida das pessoas. Vidas que tinham o Espírito Santo Antes Depois Davi Jovem/Gentil aspecto Matador de leão, urso e Golias. Sansão Homem comum O mais forte entre os homens Estevão Homem simples Ninguém podia suplantá-lo Apóstolos Homens iletrados Sabedoria Homens comuns Distintos Homens medrosos Privilégio de sofrer H. intempestivos Ousados segundo a direção do Espírito H. traidores Entregaram suas próprias vidas H. confundiam Jesus Pregavam Jesus glorificado com fantasma Homens tristes Alegres mesmo nas piores tribulações O que mudou aconteceu depois de serem cheios do espírito. O que faltava antes? - Palavra ? não - Jesus era a palavra viva. - Desejo não – largaram tudo. 40
  41. 41. - Crer não – Pedro confessou. - Direção não – Jesus disse : “eu sou o caminho ...”. - Objetivo não – Jesus disse : “ide e fazei ...”. - O Espírito não – Jesus soprou o Espírito. 4) O que o Espírito Santo pode fazer na sua vida. - Às vezes você está na mesma situação dos Apóstolos antes do pentecostes. - É fraco, instável, doente? - Falta poder, falta ser cheio; - Temos que encher até derramar; - Você quer ser um vencedor, então tem que ser cheio; - Se você diz que já foi cheio e não lembra, então não foi. - Além de tudo é um mandamento – At 1 : 4-8 - A questão é: que tipo de vida você quer? - Fraqueza ou poder? Falta alegria indizível - falta o Espírito Falta mudança - falta o Espírito Não consegue ficar livre de vícios - falta o Espírito Não consegue ficar livre do pecado – adultério, masturbar, prostituir - falta o Espírito Santo. Não consegue perdoar - falta o Espírito Falta paz - falta o Espírito 5) Como receber o Espírito Santo. - O enchimento do Espírito é algo sobrenatural, feito por Jesus! - Quem não tem Jesus não pode ser cheio - Estar cheio é uma posição - Sempre cheio – Ex.: Tanque de combustível - Estar cheio é algo sobrenatural - Não se entende com a mente é Fé: - Sua vida é uma mesmice? - Você precisa estar cheio do Espírito. - Você precisa de cura (depressão, cura no corpo)? 41
  42. 42. - Então tenha um pentecostes. Como se recebe? Fé – ex.: Do copo. Conclusão - Se você já teve uma primeira vez então deve ter uma segunda, uma terceira, uma quarta... - Estar cheio é uma posição em que sempre devemos andar. - Minha esposa só tem uma segurança em mim. Não é meu caráter, não é meu amor por ela... - É estar cheio do Espírito Santo. - Será que ao sair daqui eu continuarei assim? - Cheio do Espírito sim. Vazio não sei. Orientações A VISÃO O Anjo da guarda Introdução Certa vez Jesus ao chegar a uma cidade chamada Gadara, veio ao encontro dele um homem possesso de demônios. Por isso ele não se vestia, não morava em casa e vivia nos sepulcros Lc 8: 26-39. É exatamente isso que o diabo faz em nossas vidas. Rouba, mata e destrói. Não se vestia (vs 27) Além daquele homem, literalmente não se vestir, isso também aponta para algo em nossas vidas. Quando a bíblia fala de roupas ela está falando de atitudes e comportamentos. Então isso quer dizer que as atitudes e comportamentos daquele homem eram as piores possíveis. Não habitava em casa (vs27) Além daquele homem, literalmente não morar em sua casa, isso também aponta para algo em nossas vidas. A casa fala de relacionamentos sadios e convivência harmoniosa e pacífica com os nossos. Isso significa que aquele homem não conseguia se relacionar bem com ninguém, muito menos ainda, com os seus familiares. Vivia nos sepulcros (vs 27) Além daquele homem viver literalmente nos sepulcros, isso também é um símbolo para nós hoje, ou seja, aquele homem se alimentava de morte. Não é isso que o mundo nos dá para alimentar? Drogas, bebidas, cigarro e coisa do gênero. Isso não é morte? Prostituição, jogos e adultérios, isso não é morte? Brigas, rixas e confusões, isso não é morte? Inculcar em nós um padrão de vida que não é o nosso, isso não é morte? 42
  43. 43. Preso com cadeias e grilhões (vs29) As pessoas tentavam prender o endemoninhado e não conseguia, pois ele, a tudo arrebentava. Não é assim em nossas vidas? Quantas vezes as pessoas tentam nos ajudar a ficarmos livres de toda morte que nos rodeia e não conseguem isso. Quantas vezes nós mesmos tentamos nos libertar de certas atitudes e comportamentos e não conseguimos, por mais que queiramos. Isso são as cadeias colocadas pelo diabo para nos prender e só o nome de Jesus, só o poder de Deus pode destruí-las. Quantos como aquele homem estão por aí perdidos? Com certeza você deve conhecer muitos. Você mesmo estava assim e Jesus te libertou. Volta para casa (vs 39) Aquele homem ficou tão satisfeito com a libertação que Jesus fez na vida dele, devolvendo-lhe novamente a vida, que quis abandonar a vida que tinha antes. O que Jesus disse a ele? Volta para a sua casa e conta aos teus o que Deus fez por ti. Essa é a mesma orientação que Jesus nos dá hoje, ou seja, volta para a tua casa. Retome os seus relacionamentos, ande em harmonia com sua família. Restaure os relacionamentos quebrados e destruídos. Porém Jesus não disse só isso. Ele foi além e disse: conta aos teus, o que Deus fez por você. Quem são os nossos “teus”? São todos aqueles que nos cercam e que nós nos relacionamos. Sejam pais, cônjuges, parentes, amigos, vizinhos, colegas de serviços e assim por diante. Você conhece alguém que precisa daquilo que você recebeu aqui? Na verdade o que Jesus comissionou aquele homem para fazer foi transformá-lo em “anjo da guarda” dessas pessoas. O que é o anjo da guarda? É aquele enviado da parte de Deus para nos ajudar a completar o caminho que Deus nos deu para seguir. Alguém foi seu anjo da guarda para que você estivesse aqui e recebesse o que recebeu da parte de Deus. Jesus enviou aquele homem para ajudar outros a serem tirados das mãos do diabo e de seus demônios. O que a bíblia diz que ele fez? Ele fez exatamente aquilo que Jesus disse para que ele fizesse. Tornou-se o anjo da guarda de alguém. Você conhece alguém que precisa receber o que você recebeu aqui? Então Deus te desafia a ser o anjo da guarda dessa pessoa. Daqui a um mês, teremos outro Impacto e queremos que essas pessoas que você conhece e que precisam, estejam aqui para também receberem de Deus o que você recebeu. Por isso queremos fazer agora um apelo, não mais pensando somente em você, mas pensando nos seus conhecidos. Aqueles que querem se tornar o anjo da guarda de alguém, falando daquilo que Jesus fez por você, venham até aqui à frente, que nós queremos orar por você. Às vezes você pode dizer que não sabe como fazer e que ainda que não tem tempo para ajudar alguém. Pode ficar tranqüilo que nós vamos te ajudar. Temos uma equipe só para te orientar como ajudar os outros. São os nossos Ananias. Venha que queremos orar por você. Agora pensando em você Temos muito ainda que aprender de Jesus. Temos que dar continuidade à obra que o Senhor começou aqui em nossas vidas. Por isso, a nossa Igreja, se organizou para isso. 43
  44. 44. Na nossa igreja, nós temos culto de celebração aos domingos e reuniões de células durante a semana. Essas reuniões de células são reuniões mais intimistas onde nós aprendemos a dar continuidade em nosso relacionamento com Deus. Aprendemos a orar, a ler a bíblia, a louvar a Deus, conhecer o propósito de Deus para nossas vidas, estabelecer relacionamentos, compartilhar nossas dificuldade e receber ajuda, tirar dúvidas e ajudar outras pessoas. Não podemos deixar que essas experiências que tivemos aqui sejam somente mais uma das muitas que tivemos em nossas vidas. Há necessidade de consolidarmos o que começamos aqui com o Senhor. A célula é o lugar para fazermos isso. Na célula tem um líder que também já passou por essas experiências que você está passando e que está apto a te ajudar a dar continuidade nesse processo de edificação de sua vida em Deus. Nós temos células de jovens, de adultos e de crianças e células heterogêneas onde temos todas as idades. Em vários pontos da cidade temos células. Você deve estar ligado a alguma célula para que você tenha um perfeito crescimento espiritual. 44

×