Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Movimentos sociais e ciberativismo: apropriações do movimento feminista no Brasil

2,561 views

Published on

Faz parte de uma pesquisa maior que investiga o uso e apropriação que o movimento feminista faz da internet nos diversos espaços das mídias sociais: blogs, microblogs e redes sociais, com foco nas práticas informacionais e colaborativas e conteúdos de discussão.

Estudo preliminar: Redes sociais e movimento feminista: estudo exploratório a partir de comunidades do Orkut

Published in: Technology, Design
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Movimentos sociais e ciberativismo: apropriações do movimento feminista no Brasil

  1. 1. MOVIMENTOS SOCIAIS E CIBERTATIVISMO: APROPRI(AÇÕES) DO MOVIMENTO FEMINISTA NO BRASIL In: Fórum da Cultura Digital, Cinamateca, São Paulo, nov. 2010.RONALDO FERREIRA DE ARAUJO (ICHCA/UFAL) @ronaldfar
  2. 2. PONTOS• Considerações Iniciais• Movimentos sociais (Feminista)• Redes Sociais e internet• Orkut e Estudos Similares• Pesquisa
  3. 3. CONSIDERAÇÕES INICIAIS• Movimentos Sociais e Ciberativismo: apropri(ações)do movimento feminista no Brasil investigar o uso e apropriação que o movimento faz da internet nos diversos espaços das mídias sociais: blogs, microblogs e redes sociais, com foco nas práticas informacionais e colaborativas e conteúdos de discussão. Estudo preliminar: Redes sociais e movimento feminista: estudo exploratório a partir de comunidades do Orkut
  4. 4. MOVIMENTOS SOCIAIS“ações coletivas de caráter sociopolítico, construídas por atoressociais pertencentes a diferentes classes e camadas sociais. Asações desenvolvem um processo social e político-cultural quecria uma identidade coletiva ao movimento, a partir deinteresses em comum” (Gohn, 1995, p.44). “se constituem em torno de uma identidade ou identificação, da definição de adversários ou opositores e de um projeto ou programa, num contínuo processo em construção e resulta das múltiplas articulações acima mencionadas” (Scherer-Warren, 2006, p.113)
  5. 5. MOVIMENTOS SOCIAIS (FEMINISTA)• Remonta mais propriamente a Revolução Francesa;• Movimento feminista - defende os interesses degênero das mulheres, questiona os sistemas culturais epolíticos construídos a partir dos papéis de gênerohistoricamente atribuídos às mulheres (ÁLVAREZ, 1990)• Automomia em termos organizativos,ideológicos, jurídicos, políticos, etc.• Igualdade de gênero, condições de trabalho,combate à violência contra mulher, etc
  6. 6. REDES SOCIAIS E INTERNET• Formas de representação da interação entre indivíduosagrupados por interesses mútuos, identidadessemelhantes e também valores a serem compartilhados.• Internet - principal espaço para os movimentos sociaisem rede por possibilitar uma acelerada e ampla difusãode idéias além de possibilitar uma absorção de novoselementos em busca de algo em comum, em qualquertempo-espaço• Os movimentos sociais se fazem valer cada vez mais da“democracia informacional” (CASTELLS, 1999), da“ciberdemocracia ” (LÉVY, 2002) e figuram neste último aprática do “ciberativismo” (VEGH, 2003).
  7. 7. ORKUT, ESTUDOS SIMILARES• Rede Social, criada em Jan. 2004• Lana & Milini (2009) representação capixaba nacomunidade “Vitória” do Orkut;• Lisboa, Junior & Coutinho (2009) analise decomunidades sobre web 2.0;• Pinho Neto (2009) Informação e sociabilidade nascomunidades virtuais: um estudo sobre comunidade“João pessoa”do Orkut.
  8. 8. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS• Levantamento do material: coleta de dados: Orkut em26 de março 2010. termos “movimento feminista” (82) e“feminismo”(197) = 279 comunidades;• Análises: quantitativa (comunidades, membros,incidência de tópicos e postagens em fóruns); qualitativa(categorização dos tópicos por meio da análise deconteúdo e análise das enquetes);• Universo de análise: as 10 comunidades mais populosas;
  9. 9. RESULTADOSGráfico 1. Comunidade por número de membros Fonte: dados da pesquisa
  10. 10. CRIADAS ENTRE TIPO PÚBLICA (5) ABERTA (9) 2004 A 2007 TIPO MODERADA (5) FECHADA (1) Gráfico 2. Comunidades por categoria Fonte: dados da pesquisa
  11. 11. Para a análise dos tópicos nos fóruns e dasenquetes foram considerados os que tiverammaior participação, a saber:• 66 tópicos com 5.165 postagens (posts);• 7 enquetes com 7.604 respostas.Na análise dos tópicos foi realizada umacategorização temática por tipo deconteúdo/assunto predominante
  12. 12. Tabela 1 – Tópicos e postagens por categorização temáticaCategorias Top. (%) Post. (%)Posicionamentos frente a determinadas situações, temáticas 16 24,24 1847 35,76Discussão Geral sobre tema específico 11 16,67 591 11,44Notícias 8 12,12 289 5,60Relato de experiência 6 9,09 203 3,93Orientações 3 4,55 234 4,53Convite à mobilizações 3 4,55 139 2,69Mulher e política 3 4,55 187 3,62Mulher e religião 3 4,55 164 3,18Informativo 3 4,55 232 4,49Biografia (ícones, exemplos, personagens) 2 3,03 179 3,47Outras questões 2 3,03 797 15,43Mulher e Literatura 2 3,03 48 0,93Mulher e Música 2 3,03 70 1,36Conquistas (espaços, atuação, direito, prêmio) 1 1,52 129 2,50Denúncias 1 1,52 56 1,08Total 66 100 5165 100 Fonte: dados da pesquisa Legenda: Top: Tópicos; Post: Postagens
  13. 13. Na categorização dos tópicos destaca-se a categoria “posicionamento frente a determinadas situações/temáticas” que indicou a maior frequência (24,24%) com 1847 posts. Nessa categoria é discutido, por exemplo, se você é Contra ou à favor do aborto[1],[2] ,[3]; se Homens deveriam participar das discussões”[4], [5] e outras questões sobre o Feminismo e o movimento feminista[6].[1] http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=7906523&tid=2580812624460889454[2] http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=19412891&tid=2579188375269080222[3] http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=1889413&tid=2423304330334560813[4] http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=26646467&tid=5451120415876250709[5] http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=26646467&tid=5430998459614387794[6] http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=412404&tid=5429519633584750267
  14. 14. A enquete com mais votos (4.079) foi “SE VC VISSE OU SOUBESSE DE ALGUEM AGREDINDO ALGUMA MULHER O Q VC FARIA?”[7] tendo como opções: Separava os dois (2%); Partiria pra cima do agressor (5%); Chamaria ajuda(6%); Ligava para a policia(15%); Fingia que nada estava acontecendo(69%). De todos os votos postados apenas um registrou ter votado na opção ‘Fingia que nada estava acontecendo’ e com o seguinte argumento: “eu não me metia porque não se deve interferir diretamente com o agressor e você não sabe qual é a sua reação.”[7] http://orkut.com.br/Main#CommPollResults?cmm=1126591&pid=1741837358&pct=1176968972
  15. 15. CONSIDERAÇÕES FINAIS• Esperava-se maior participação nos fóruns e enquetes.• Confirmação - a escolha de comunidades não tem comoobjetivo prioritário a colaboração ou discussão de temasde importância para a vida social e política, mas apenas aevidência de hábitos, atitudes, preferências e traços deidentidade.• Observou-se como esperado uma baixa participação dehomens nas discussões.• As enquetes conseguem maior participação do que osfóruns no que tange aos números absolutos de votos.
  16. 16. CONSIDERAÇÕES FINAIS• Outras categorias apresentadas: “discussão sobre tema específico” (dia da mulher, parto, violência, mulher e política, mulher e religião); “relatos de experiência/denúncia (vítima de agressão, abuso)”, “divulgação e convite a eventos/mobilizações”; “orientações” (procedimentos após uma agressão ou abuso)• Indica os fóruns como ricos espaços para a interaçãoentre os membros na discussão de assuntos deimportância para o movimento
  17. 17. CONSIDERAÇÕES FINAIS• Na análise em redes sociais foi possível elaborar umtraço metodológico (recorte - ainda que pelo viésquantitativo);• Para microblogs a partir das metrias e ferramentas deanálise das midias sociais (Topsy Social Media Search =Google Alerts; Social Mention; Tweetreach; TwitterAnalyzer; outros);• Como iniciar uma análise sobre Blogs sobre assuntosespecíficos (movimentos sociais)? Como determinar qualblog deve ou não fazer parte da análise?
  18. 18. OBRIGADO! @ronaldfar Ronald Rajronaldfa@ronaldfa@ http://www.flickr.com/photos/ronaldfa/ RONALDO FERREIRA DE ARAUJO (ICHCA/UFAL)

×