Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Educação financeira para corretores de imoveis

1,169 views

Published on

Educação financeira para corretores de imoveis

  1. 1. PALESTRA DO PROGRAMA “QUARTA NOBRE” CRECI-SP Prof . Rogério Annanias Pires DEZEMBRO 201225/12/2012 1
  2. 2.  A realidade financeira do corretor de imóveis  As necessidades humanas  Porque gastamos tanto dinheiro?  Planilhas pessoais e profissionais  Os 10 mandamentos da Educação Financeira do corretor de imóveis  Conclusão25/12/2012 2
  3. 3. O ramo imobiliário é sujeito a situações variáveis , tanto para o corretor autônomo como para o empresário ( imobiliária ).Ambos enfrentam: Queda nas vendas de imóveis e demais serviços do ramo; Imprevistos financeiros operacionais e pessoais;25/12/2012 3
  4. 4. Os altos ganhos recebidos no setor,devem ser provisionados para evitar o desequilíbrio pessoal. Os corretores são seres humanos,portanto, tem necessidades de consumo. Não é racional satisfazer necessidades pessoais, deixando para trás as obrigações legais.11/2/2013 4
  5. 5. O estudioso americano Abraham Maslow, nos anos 50, mostrou através de uma figura geométrica(pirâmide) a chamada hierarquia das necessidades humanas ou Pirâmide de Maslow.11/2/2013 5
  6. 6. 11/2/2013 6
  7. 7. Os valores citados podem demandar estes bens de consumo:  Fisiológicos:alimentos,higiene e remédios;  Segurança:seguro de vida,casa e poupança;  Amor/Relacionamento:vida social;  Estima:carro do ano,casa montada e luxo;  Realização Pessoal:fazenda, lancha,avião. De uma maneira racional, podemos viver muito bem tendo reservas para dias difíceis e alcançando nossos objetivos pessoais.11/2/2013 7
  8. 8. Case Study: Lean Management pessoalNome:Pepe MujicaSalário – US$ 12.500,00Ocupação: Presidente do UruguaiEstilo de vida:90% da renda constrói casas populares,o restante cultiva flores em uma pequena chácara.11/2/2013 8
  9. 9. Esta é uma prática utilizada em grandes corporações que pode ser aplicada a nossa vida pessoal visando conquistas futuras.O custo daquilo que precisamos pode ter um custo menor que o valor real.O que nos desequilibra financeiramente, são nossas paixões pessoais e o grupo social ao qual pertencemos.11/2/2013 9
  10. 10. Exemplo:Corretor autônomo Renda –R$ 4000,00 CONTAS R$ VALORES R$ Redução (%) Receitas 4000,00 100% Moradia (Prestação/Aluguel) (750,00) 25 Necessidades Fisiológicas (600,00) 20 Lazer (300,00) 10 Carro (450,00) 15 Educação (300,00) 10 Luxo (300,00) 10 Poupança (300,00) 10 Total das Despesas (4000,00) 100 Total Geral 0,00 0,0011/2/2013 10
  11. 11. O corretor de imóveis não é um assalariado,ganhando de somas das mais modestas as mais astronômicas.Estas somas podem aparecer de imediato ou demorar meses,para serem recebidas.11/2/2013 11
  12. 12. Temos um simples artifício:imaginemos que o corretor é uma empresa,ele poderia ter um capital de giro oriundo de uma “gorda” comissão, que poderia ser o valor mínimo da renda mensal do corretor em 6 meses (R$ 24.000,00).Se o caso o corretor “quebrar”, foi porquê dilapidou o valor da reserva.11/2/2013 12
  13. 13.  As porcentagens propostas podem variar para cada pessoa;  Lembrete:As despesas correm independente do volume de vendas de cada corretor.11/2/2013 13
  14. 14. Exemplo:Imobiliária X CONTAS - R$ VALORES - R$ REDUÇÃO - % VENDAS 30.882,40 100 CUSTO VARIÁVEL (19.919,16) 64,6 DESPESAS COMERCIAIS (3.150,00) 9,9 DESPESAS FIXAS (4.725,00) 15,0 Total de Despesas (27.794,16) 90,0 Lucro Bruto 3.088,24 1011/2/2013 14
  15. 15. A renda pessoal do empresário não deve ser confundida com a renda da empresa na planilha as reduções das vendas são: Custo Variável : Pró –labore ,fornecedores,salários e comissões; Despesas Comerciais : Impostos,documentação legal,CPMF,etc. Despesas Fixas:Aluguel, àgua ,luz e telefone.O lucro conseguido no exemplo, corresponde a 10% de lucro mensal que deve ser reinvestido na empresa.11/2/2013 15
  16. 16. Digamos que os sócios , querem carros novos,viagens e outros luxos.De certo que irão disponibilizar do rendimento mensal deixando em atraso as obrigações legais gerando dívidas. A empresa tem vida própria e é co- responsável pelas vidas e famílias dos seus integrantes.11/2/2013 16
  17. 17. As entradas e saídas de dinheiro podem ser medidas pelo dono de uma imobiliária pelo fluxo de caixa. O empresário não deve só confiar nas planilhas,disponíveis no mercado e sim controlar de maneira ostensiva.11/2/2013 17
  18. 18. 11/2/2013 18
  19. 19. 11/2/2013 19
  20. 20. 11/2/2013 20
  21. 21. Baseado no exemplo dado, de um lucro bruto mensal de R$ 3.088,24 , o empresário poderia provisionar para a imobiliária um fundo de reserva baseado em 6 meses deste lucro bruto. Esta provisão mínima para dar sobrevivência a empresa em tempos ruins.11/2/2013 21
  22. 22. I. Todo Corretor é uma empresa com deveres e direitos; II. Ter noção que seus ganhos são variáveis; III. Viver dentro de sua renda mensal; IV. Não confundir o dinheiro pessoal com o operacional; V. Manter seu automóvel em ordem ,em todos os sentidos; VI. Contabilizar gastos pessoais e operacionais; VII. Poupar sempre,reduzir custos e investir; VIII. Aumentar as vendas,porém com os “pés no chão”; IX. Ter objetivos pessoais a médio e longo prazo; X. Ler sempre!Jornais ,revistas, visitar sites,sobretudo focando o cenário econômico e imobiliário.11/2/2013 22
  23. 23. Espero que tenham aproveitado esta palestra,para aqueles ouvintes que tem filhos na adolescência,tenho um curso de educação financeira sob medida para orientá-los. Para os interessados acessem: rogerioannaniaspires@hotmail.comhttp://www.icursosead.com.br/cursos-ead/016.html11/2/2013 23
  24. 24. AGRADEÇO A ATENÇÃO DE TODOS BONS NEGÓCIOS !!11/2/2013 24

×