Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Gestão de Projectos de SW OO Métricas Estimações e Planificações

4,420 views

Published on

Gestão de Projectos de SW OO Métricas Estimações e Planificações

Published in: Education
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Gestão de Projectos de SW OO Métricas Estimações e Planificações

  1. 1. Gestão de Projectos de SW OO: Métricas, Estimações e Planificações Aula 6
  2. 2. Sumário <ul><li>Gestão de Projectos de SW OO </li></ul><ul><ul><li>Processos de SW OO </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>já vimos o Modelo Recursivo-Paralelo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>veremos técnicas e heurísticas de uso na próxima aula teórica.. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Métricas e Estimação/Planificação para Projectos de SW OO </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>na literatura.. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>para a Lacertae Software </li></ul></ul></ul><ul><li>Estimação e Planificação em Geral </li></ul><ul><ul><ul><li>observações finais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>opções </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>exemplos de Modelos Empíricos </li></ul></ul></ul>
  3. 3. Gestão de Projecto de SW OO <ul><ul><li>determinar quanto dinheiro , </li></ul></ul><ul><ul><li>esforço , </li></ul></ul><ul><ul><li>recursos e </li></ul></ul><ul><ul><li>tempo requer a construção de um Produto de SW OO </li></ul></ul><ul><li>Quem faz? </li></ul><ul><ul><li>Gestores de Projectos de SW </li></ul></ul><ul><ul><li>Engenheiros de SW (Analistas e Arquitectos) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>compilam as medidas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>auxiliam nas medições </li></ul></ul></ul>
  4. 4. Métricas OO na literatura.. <ul><li>definem e quantidade de um conjunto padrão de elementos de UML, nomeadamente: </li></ul><ul><ul><li>use cases </li></ul></ul><ul><ul><li>classes </li></ul></ul><ul><ul><li>subsistemas </li></ul></ul><ul><ul><li>componentes </li></ul></ul><ul><ul><li>interfaces </li></ul></ul><ul><ul><li>páginas Web </li></ul></ul><ul><ul><li>scripts </li></ul></ul>são medidas (ou classificadores) que usamos para medir o esforço requerido ao desenvolvimento do Produto de SW
  5. 5. Tipos de Métricas OO - encontradas na literatura <ul><li>Métricas para o Modelo de Desenho OO </li></ul><ul><li>Métricas Orientadas a Classes </li></ul><ul><ul><li>métricas de Lorenz & Kidd </li></ul></ul><ul><ul><li>métricas de CK (Chidamber & Kemerer) </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Métodos ponderados por Classe </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Árvore de profundidade de Herança </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Número de Descendentes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acoplamento entre Classes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Respostas para uma Classe </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Carência de Coesão do Métodos </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>MDOO – Métricas para o Desenho OO </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Factor de Herança de Métodos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Factor de Acoplamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Factor de Polimorfismo </li></ul></ul></ul><ul><li>Métricas orientadas a operações, métodos ou serviços </li></ul><ul><li>Métricas para Testes OO </li></ul>
  6. 6. Métricas de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW <ul><li>número de classes-chave </li></ul><ul><ul><li>é uma indicação do esforço necessário para desenvolver o SW </li></ul></ul><ul><ul><li>… e da quantidade (potencial) de classes reutilizáveis </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>durante o desenvolvimento do sistema </li></ul></ul></ul><ul><li>Também chamadas de “Componentes Altamente Independentes” </li></ul>
  7. 7. <ul><li>número de classes de suporte </li></ul><ul><ul><li>não fazem parte do domínio do problema </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>mas são necessárias para implementá-lo </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>exemplos: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Interfaces Gráficas dos Usuários (GUI) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>janelas, botões, caixas de diálogos, etc. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acesso às bases de dados e sua manipulação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acesso a outros programas ou aplicações legadas </li></ul></ul></ul>Métricas de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW Estas classes são definidas interactivamente durante o Processo Recursivo-Paralelo
  8. 8. <ul><li>número de subsistemas </li></ul><ul><ul><li>facilita uma planificação razoável na divisão do trabalho entre os membros da equipa de desenvolvimento </li></ul></ul>Consiste numa agregação de Classes que dão suporte a uma função visível ao usuário final do Sistema Métricas de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW
  9. 9. <ul><li>número de cenários </li></ul><ul><li>(ou casos de utilização) </li></ul><ul><ul><li>a quantidade de cenários está directamente relacionada ao tamanho da aplicação </li></ul></ul><ul><ul><li>podem ser gerados automaticamente a partir de uma ferramenta CASE </li></ul></ul>será a quantidade de testes que devem ser realizados quando o sistema estiver pronto Métricas de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW Iniciador Acção Participante <objecto que solicita o serviço> <resultado da solicitação> <objecto servidor que cumpre a petição> … …
  10. 10. Estimações e Planificações OO de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW <ul><li>primeiros passos para esta Estimação OO: </li></ul><ul><ul><li>decomposição de esforços usando </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Classes-chave </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Classes de Suporte </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>determinar a quantidade de classes-chave </li></ul></ul><ul><li>A Estimação é mais uma arte do que uma ciência – o que não exclui o uso de um enfoque sistemático! </li></ul>
  11. 11. Estimações e Planificações OO de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW <ul><li>classificar o tipo de Interface do Produto e desenvolver um Multiplicador para as Classes de Suporte </li></ul><ul><ul><li>multiplicar a quantidade de classes-chave pelo Multiplicador para obter uma estimação do número de classes de suporte </li></ul></ul>Interface Multiplicador não gráfica 2 baseada em texto 2,25 GUI 2,5 GUI complexa 3,0
  12. 12. Estimações e Planificações OO de Lorenz & Kidd - adoptadas pela Lacertae SW <ul><ul><li>multiplicar a quantidade total de Classes (classes-chave + classes de suporte) pelo “número médio de unidades de trabalho ( dias-pessoa ) por classe” </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lorenz & Kidd sugere entre 15 e 20 dias-pessoa por classe </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>determinar a quantidade de esforço estimada </li></ul></ul><ul><li>exemplo </li></ul><ul><li>:: se modelarmos 10 classes-chave </li></ul><ul><li>:: e utilizarmos GUI, então teremos 25 classes de suporte </li></ul><ul><li>:: 35 classes * 20 dias-pessoa (máximo) = 750 dias-pessoa </li></ul>
  13. 13. Estimação em Geral - observações <ul><li>Estimação requer </li></ul><ul><ul><li>Experiência </li></ul></ul><ul><ul><li>Boa informação histórica </li></ul></ul><ul><ul><li>Coragem para confiar em prognósticos </li></ul></ul><ul><li>Riscos inerentes </li></ul><ul><ul><li>Complexidade do projecto </li></ul></ul><ul><ul><li>Tamanho do projecto </li></ul></ul><ul><ul><li>Grau de definição dos requisitos </li></ul></ul><ul><ul><li>Maturidade do Processo de Software </li></ul></ul><ul><li>Agregação de projectos por </li></ul><ul><ul><li>Tamanho de equipa </li></ul></ul><ul><ul><li>Área de aplicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Complexidade </li></ul></ul>
  14. 14. Estimação do Projecto de SW - opções <ul><li>Má ideia deixar a estimação para depois </li></ul><ul><li>Deve-se basear as estimações em projectos similares já terminados </li></ul><ul><li>Algumas ferramentas automáticas podem ser muito úteis </li></ul><ul><li>Utilizar técnicas de decomposição para gerar estimativas de custo e esforço </li></ul><ul><li>Utilizar modelos empíricos </li></ul>
  15. 15. Estimação do Projecto de SW - exemplos de Modelos Empíricos <ul><li>COCOMO (1981) e COCOMO II (1996) </li></ul><ul><li>Modelo de Walston-Felix E=5.2 x KLDC 0.91 </li></ul><ul><li>Análise de regressão E = A + B x (ev) c </li></ul><ul><li>Modelo de Matson, Barnett e Mellichamp </li></ul><ul><ul><li>E = 585,7 + 15,12 PF </li></ul></ul><ul><li>Métricas de línea base = [LDC/pontos de função]/pessoa-mês </li></ul><ul><li>Métricas de línea base x variáveis de estimação = projecções de custo e esforço </li></ul><ul><li>VE= (Sopt+4Sm + Spess)/6 </li></ul>Lorenz & Kidd: Métricas de SW OO orientadas a Classes que usaremos para a Lacertae SW
  16. 16. próximas aulas teóricas
  17. 17. <ul><li>Ferramentas CASE </li></ul><ul><ul><li>Noções teórico-práticas.. </li></ul></ul><ul><li>Processos de SW OO </li></ul><ul><ul><li>quando concluir as iterações AOO, DOO e Testes OO.. </li></ul></ul>

×