Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
www.aspercom.com.br
Auto-organização
e Gestão por Metas Flexíveis
        Rodrigo Yoshima e José Paulo Papo
野中 郁次郎        Ikujiro Nonaka



           The new new product development game



Hirotaka Takeuchi   遶ケ蜀蠑倬ォ
De c nfo
  s o rto
Autonomia
Transcendência
inter fertilização
Aprendizado
Auto rg niza ã
    -o a ç o
Pensar de maneira nova em vez de
só usar ferramentas
   “In matters of principle, stand like a rock; in
    matters of ta...
“Antes de construir software,
devemos construir pessoas!”
Taylorismo e Pós-taylorismo


   Taylorismo gera sistema empurrado. Dentro
    para fora. Desperdício por causa da
    hi...
Você é X ou Y?
   X é o estilo de gestão autoritário e top-down.
    Pressupõe que as pessoas só se motivam
    por valor...
Metas flexíveis e Beyond
Budgeting
   Definir metas aspiracionais e móveis
   Recompensar sucesso obtido em equipe, nunc...
Liderança devolvida
   Focar o esforço para melhor resultados dos clientes
   Criar rede de pequenas equipes multifuncio...
Pioneiros
   “Deveríamos supor que adultos responsáveis simplesmente não
    vão aparecer no local de trabalho mesmo quan...
Bibliografia

   Ikujiro Nonaka, Hirotaka Takeuchi – The new new product
    development game

   Pflaeging, Niels - Lid...
Auto OrganizaçãO E Gestão Por Metas Flexíveis
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Auto OrganizaçãO E Gestão Por Metas Flexíveis

0 views

Published on

Apresentação feita no Encontro Agile / Mingle Day em parceria Aspercom/ThoughtWorks,
com presença de Rodrigo Yoshima, José Paulo Papo, Paulo Caroli e Adam Monago.

  • Be the first to comment

Auto OrganizaçãO E Gestão Por Metas Flexíveis

  1. 1. www.aspercom.com.br
  2. 2. Auto-organização e Gestão por Metas Flexíveis Rodrigo Yoshima e José Paulo Papo
  3. 3. 野中 郁次郎 Ikujiro Nonaka The new new product development game Hirotaka Takeuchi 遶ケ蜀蠑倬ォ
  4. 4. De c nfo s o rto
  5. 5. Autonomia
  6. 6. Transcendência
  7. 7. inter fertilização
  8. 8. Aprendizado
  9. 9. Auto rg niza ã -o a ç o
  10. 10. Pensar de maneira nova em vez de só usar ferramentas  “In matters of principle, stand like a rock; in matters of taste, swim witg the current.” -- Thomas Jefferson
  11. 11. “Antes de construir software, devemos construir pessoas!”
  12. 12. Taylorismo e Pós-taylorismo  Taylorismo gera sistema empurrado. Dentro para fora. Desperdício por causa da hierarquia e burocracia  Pós-taylorismo gera sistema puxado. Fora para dentro. Melhoria numa rede autogerenciada.
  13. 13. Você é X ou Y?  X é o estilo de gestão autoritário e top-down. Pressupõe que as pessoas só se motivam por valores externos e tendem a evitar o trabalho quando possível.  Y é o estilo de liderança servidora. Pressupõe que as pessoas são auto- motivadas e podem cumprir por conta própria metas da organização.
  14. 14. Metas flexíveis e Beyond Budgeting  Definir metas aspiracionais e móveis  Recompensar sucesso obtido em equipe, nunca metas fixas individuais  Tornar o planejamento algo contínuo  Criar métricas e controles baseados em indicadores relativos de mercado  Organizar a alocação de recursos de forma iterativa e ad hoc  Coordenar estratégia através de mecanismos de mercado
  15. 15. Liderança devolvida  Focar o esforço para melhor resultados dos clientes  Criar rede de pequenas equipes multifuncionais e autônomas  Promover sucesso em equipe, comparando com mercado  Ceder às equipes liberdade, capacidade e autoridade para agir  Basear governança em metas flexíveis claras e em princípios  Promover informação compartilhada e aberta
  16. 16. Pioneiros  “Deveríamos supor que adultos responsáveis simplesmente não vão aparecer no local de trabalho mesmo quando prometeram fazer isso? Essa seria uma imagem lamentável da humanidade” – Ricardo Semler, Semco  “Somos mais rápidos, somos melhores do que o padrão externo?” – Jack Welch, GE  “Adotar uma rota prefixada em águas desconhecidas é o procedimento perfeito para navegar diretamente de encontro a um iceberg! Muitas vezes é melhor seguir incrementalmente, sem uma estratégia fixa que acaba se tornando uma camisa de força” – Henry Mintzberg, guru de teorias de estratégia empresarial  “Existe aqui a crença sólida de que pessoas espertas e motivadas tem a capacidade de fazer o que é certo. Tudo o que impede isso, como uma hierarquia rígida, é ruim” – Wayne Rosing, Google
  17. 17. Bibliografia  Ikujiro Nonaka, Hirotaka Takeuchi – The new new product development game  Pflaeging, Niels - Liderando com Metas Flexíveis  Liker, Jeffrey -O Modelo Toyota: 14 Princípios de Gestão  Semler, Ricardo - Virando a própria mesa  Zanini, Marco Túlio - Confiança: Ativo intangível de inestimável valor econômico  Seddon, John - Freedom from Command and Control: The Toyota System for Service Organizations

×