VIAGENS CORPORAIVAS 1
VIAGENS CORPORAIVAS 2
Redução e Controle
do Custo Viagem
Meios de Pagamento
VIAGENS CORPORAIVAS 3
Introdução
 A indústria de viagens corporativas tem evoluído de
forma vertiginosa a partir dos anos...
VIAGENS CORPORAIVAS 4
Introdução
 O papel do Gestor de Viagens (individuais) e Eventos
(grupos) das empresas se consolido...
VIAGENS CORPORAIVAS 5
Introdução
 Os desafios do Gestor de Viagens e Eventos são:
 Atualizar-se constantemente sobre os ...
VIAGENS CORPORAIVAS 6
Introdução
 Os desafios do Gestor de Viagens e Eventos são:
 Garantir a adesão das normas pelo púb...
VIAGENS CORPORAIVAS 7
A Redução e Controle
do Custo Viagem
VIAGENS CORPORAIVAS 8
Já existe a tendência das empresas terem políticas mandatórias
para viagens corporativas principalme...
VIAGENS CORPORAIVAS 9
Estratégias para reduzir o custo
viagem da Empresa
 Comunicar e fornecer treinamento interno em Pol...
VIAGENS CORPORAIVAS 10
 Aplicação da ferramenta de SLA periodicamente
 Estabelecendo medidas de performance pré definida...
VIAGENS CORPORAIVAS 11
 Implementação de cartões de créditos/débito - cashless
para maior e melhor controle de gastos e o...
VIAGENS CORPORAIVAS 12
 Ter e disponibilizar uma boa estrutura de informação:
 Intranet
 Portal da TMC / Agência de Via...
VIAGENS CORPORAIVAS 13
Prioridade no Gerenciamento de
Viagens Corporativas TMC Global
1 Economia de transportes aéreos e t...
VIAGENS CORPORAIVAS 14
Principais itens de viagens
Na utilização e controle pela empresa
 Serviços aéreos
 Hospedagem
 ...
VIAGENS CORPORAIVAS 15
Sua TMC atuando
efetivamente na
Redução e Controle
do Custo Viagem
VIAGENS CORPORAIVAS 16
Comprometimento e garantia da TMC
Sistema de Reserva e Gestão de
Viagens
Tecnologia Aplicada e In...
VIAGENS CORPORAIVAS 17
Por que empresas necessitam de
uma TMC?
 Cada vez mais, as empresas buscam prestadores de
serviços...
VIAGENS CORPORAIVAS 18
A empresa compra um sonho em
viagens
 Qualidade nos serviços (no mais amplo sentido)
 SLA
 Prazo...
VIAGENS CORPORAIVAS 19
 Controle de budget (orçamento) e do fluxo de viagens
 Criação, desenvolvimento, implantação e cu...
VIAGENS CORPORAIVAS 20
 Seminários informativos para solicitantes, viajantes e
gestores de viagens
 Cumprimento do SLA
...
VIAGENS CORPORAIVAS 21
Atributos relevantes para a
TMC ideal
Franceschini
VIAGENS CORPORAIVAS 22
Atendimento
Atributos mais
valorizados
Ser de confiança
Consultores entendem necessidades
Excelente...
VIAGENS CORPORAIVAS 23
O papel estratégico do
Gestor de Viagens
e Eventos
VIAGENS CORPORAIVAS 24
Estratégias de relacionamento
 Possuir excelente relacionamento com todos os níveis
da empresa:
 ...
VIAGENS CORPORAIVAS 25
O trabalho do Gestor de Viagens
especializado e dedicado
 Lidera trabalhosos processos de RFP’s
 ...
VIAGENS CORPORAIVAS 26
O trabalho do Gestor de Viagens
especializado e dedicado
 Avalia cartão de crédito com divergência...
VIAGENS CORPORAIVAS 27
Resumo da gestão
de viagens nos
últimos anos
VIAGENS CORPORAIVAS 28
O que as empresas buscavam
em
2004
Gestão de Viagens
VIAGENS CORPORAIVAS 29
O que as empresas buscavam
em
2006
Gestão para controlar custos
de Viagens
VIAGENS CORPORAIVAS 30
O que as empresas buscavam
em
2008
Gestão para reduzir custos
em Viagens
VIAGENS CORPORAIVAS 31
O que as empresas buscavam
em
2010
Gestão para reduzir Viagens
VIAGENS CORPORAIVAS 32
2012
Gestão para viajar mais e fazer
mais negócios pelas Viagens
O que as empresas buscavam
em
VIAGENS CORPORAIVAS 33
O que as empresas
buscarão
2014
Gestão para tornar as Viagens
uma experiência em negócios
para
VIAGENS CORPORAIVAS 34
“Utilize sempre a
força e a
expertise da sua
TMC"
VIAGENS CORPORAIVAS 35
Muito Obrigado
pela Oportunidade
Julio Verna
Qualitas
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação - Redução e controle do custo viagem e meios de pagamento | Júlio Verna

269 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentação - Redução e controle do custo viagem e meios de pagamento | Júlio Verna

  1. 1. VIAGENS CORPORAIVAS 1
  2. 2. VIAGENS CORPORAIVAS 2 Redução e Controle do Custo Viagem Meios de Pagamento
  3. 3. VIAGENS CORPORAIVAS 3 Introdução  A indústria de viagens corporativas tem evoluído de forma vertiginosa a partir dos anos 2000  Houve um incremento da ferramentas de:  Reserva (booking tools)  Controle de gastos (gestão de viagens)  Meios de pagamento eletrônicos (cartão de crédito)  Há duas macro tendências em viagens corporativas:  1º - Segurança (da informação, de pessoal, de serviços) • Da empresa • Do viajante  2º - Integração dos serviços dentro de uma mesma plataforma • Tecnologia da informação e de conteúdo
  4. 4. VIAGENS CORPORAIVAS 4 Introdução  O papel do Gestor de Viagens (individuais) e Eventos (grupos) das empresas se consolidou em fator chave para a geração de economia sem afetar:  A qualidade do serviço  A satisfação de todos os players da empresa • Solicitantes, viajantes e pagantes  A comodidade do usuário final (viajantes) • A experiência em viagens  O Gestor de Viagens e Eventos deve ser o facilitador dos objetivos institucionais da empresa  Visão, Missão, Valores, Filosofia, etc
  5. 5. VIAGENS CORPORAIVAS 5 Introdução  Os desafios do Gestor de Viagens e Eventos são:  Atualizar-se constantemente sobre os temas da função  Desenvolver programas de viagens conforme a cultura e a política da sua empresa  Possuir um processo de concorrência adequado • Resquest for Proposal adequado (RFP)  Manter excelentes acordos com os provedores* de viagens  Definir formas de pagamentos vantajosas  Decidir por ferramentas tecnológicas ágeis e confiáveis • Pelo Sistema de Gestão da Agência de Viagens – Ter controles on-line (relatórios e Dashboard) • Reservas em tempo real (on-line booking tools)
  6. 6. VIAGENS CORPORAIVAS 6 Introdução  Os desafios do Gestor de Viagens e Eventos são:  Garantir a adesão das normas pelo público interno • Utilização da Política de Viagens  Engajamento e comprometimento da TMC / Agência de Viagens em seus vários níveis  Rever o próprio papel estratégico do Gestor de Viagens dentro da empresa • Considerações do Facilities Management TMC – Travel Management Company
  7. 7. VIAGENS CORPORAIVAS 7 A Redução e Controle do Custo Viagem
  8. 8. VIAGENS CORPORAIVAS 8 Já existe a tendência das empresas terem políticas mandatórias para viagens corporativas principalmente as indústrias e as empresas multinacionais Política de viagens Franceschini
  9. 9. VIAGENS CORPORAIVAS 9 Estratégias para reduzir o custo viagem da Empresa  Comunicar e fornecer treinamento interno em Política de Viagens  Exigir o cumprimento da Política de Viagens  Aumentar o conhecimento sobre a Política de Viagens  Elevar a exigência do cumprimento da Política de Viagens  Enrijecer a Política de Viagens  Engajar a gerência da empresa – função estratégica  Fornecer aos viajantes, manuais claros e compreensivos  Lembrar automaticamente / eletronicamente os viajantes sobre a Política de Viagens
  10. 10. VIAGENS CORPORAIVAS 10  Aplicação da ferramenta de SLA periodicamente  Estabelecendo medidas de performance pré definidas com a TMC / Agência de Viagens  Acompanhar todos os processos e tomar medidas corretivas  Reservar aéreo com antecedência  Pesquisar, reservar e comprar eletronicamente  Usar tarifas promocionais (maiores restrições)  Concentrar reservas nos fornecedores preferenciais  Autorização do nível correto de conforto ao viajante  Definição dos canais de reservas preferenciais  Reservas on-line  Reservas off-line Estratégias para reduzir o custo viagem da Empresa
  11. 11. VIAGENS CORPORAIVAS 11  Implementação de cartões de créditos/débito - cashless para maior e melhor controle de gastos e otimização do fluxo de caixa da empresa  Cartão de crédito da empresa • Individual ou corporativo empresarial • Virtuais de viagens – aéreo, hospedagem, eventos  Cartões de débito internacional (VTM e GTC)  Cartão de crédito pessoal (despesas reembolsadas) Estratégias para reduzir o custo viagem da Empresa
  12. 12. VIAGENS CORPORAIVAS 12  Ter e disponibilizar uma boa estrutura de informação:  Intranet  Portal da TMC / Agência de Viagens (sistemas)  Links de sites informativos com conteúdo  Garantir controle, segurança e conformidade de tudo  Evitar o gasto com viagens corporativas antes de ocorrer  Pró-atividade total do Gestor de Viagens  Gerar ganhos melhorando a eficiência da empresa Estratégias para reduzir o custo viagem da Empresa
  13. 13. VIAGENS CORPORAIVAS 13 Prioridade no Gerenciamento de Viagens Corporativas TMC Global 1 Economia de transportes aéreos e terrestre 2 Aumento no cumprimento das viagens 3 Otimização do gasto com hotéis 4 Aumento na utilização de ferramentas on-line 5 Otimização das políticas de viagens 6 Melhoramento da experiência do viajante 7 Desenvolvimento de indicadores de performance 8 Consolidação maior dos programas de segurança Ranking Prioridade 2012
  14. 14. VIAGENS CORPORAIVAS 14 Principais itens de viagens Na utilização e controle pela empresa  Serviços aéreos  Hospedagem  Transporte terrestre e despesa com combustível  Despesas de representação  Documentação de viagem  Despesa com comunicação e de tecnologia específica  Programa de milhagem / fidelização  Assistência viagem  Seguro de vida  Alimentação e Gorjetas  Bagagens e Câmbio
  15. 15. VIAGENS CORPORAIVAS 15 Sua TMC atuando efetivamente na Redução e Controle do Custo Viagem
  16. 16. VIAGENS CORPORAIVAS 16 Comprometimento e garantia da TMC Sistema de Reserva e Gestão de Viagens Tecnologia Aplicada e Integrada Especialistas em Viagens Corporativas Gestor de Clientes ou Executivo de Contas Sistema de Reserva e Gestão de Viagens Tecnologia Aplicada e Integrada Especialistas em Viagens Corporativas Gestor de Clientes ou Executivo de Contas
  17. 17. VIAGENS CORPORAIVAS 17 Por que empresas necessitam de uma TMC?  Cada vez mais, as empresas buscam prestadores de serviços na área de viagens corporativas que possam lhes oferecer benefícios claros de gestão como:  Economia de custos • Redução do custo viagem dos fornecedores finais (saving) • Redução do custo da TMC (Fee)  Maximização do aproveitamento dos serviços da TMC e dos fornecedores finais (acordos comerciais)  Gerenciamento de todas as despesas de viagens • Travel and Expense (T&E) • Expense Management
  18. 18. VIAGENS CORPORAIVAS 18 A empresa compra um sonho em viagens  Qualidade nos serviços (no mais amplo sentido)  SLA  Prazo de pagamento adequado  Fluxo de caixa do cliente (cartão de crédito / débito)  Produtos e serviços diferenciados, sob medida (on- demand) mas que gere vantagens para a empresa  Resultados reais que a empresa espera - descrito na Política de Viagens  A entrega do prometido pela TMC e fornecedores finais
  19. 19. VIAGENS CORPORAIVAS 19  Controle de budget (orçamento) e do fluxo de viagens  Criação, desenvolvimento, implantação e cumprimento da Política de Viagens  Resolução de situações especiais  Gestão de acordos e negociação com fornecedores finais  Relatórios sob medida e customizados  Controle de reembolsos pendentes  Controle de e-tkts não voados  Análises críticas e recomendações  Apresentação de cenários e tendências Serviços disponibilizados pela TMC para gerar economia
  20. 20. VIAGENS CORPORAIVAS 20  Seminários informativos para solicitantes, viajantes e gestores de viagens  Cumprimento do SLA  Remuneração por metas atingidas (SLA) – Success Fee  Plano de transição e implantação  Segurança da informação  Medidas de contingência, gerenciamento de risco e ações rápidas  Pós-venda consistente  Controle e redução de custo viagem Serviços disponibilizados pela TMC para gerar economia
  21. 21. VIAGENS CORPORAIVAS 21 Atributos relevantes para a TMC ideal Franceschini
  22. 22. VIAGENS CORPORAIVAS 22 Atendimento Atributos mais valorizados Ser de confiança Consultores entendem necessidades Excelente equipe de consultores Melhores ofertas de tarifas Avaliação das TMCs Franceschini
  23. 23. VIAGENS CORPORAIVAS 23 O papel estratégico do Gestor de Viagens e Eventos
  24. 24. VIAGENS CORPORAIVAS 24 Estratégias de relacionamento  Possuir excelente relacionamento com todos os níveis da empresa:  Presidência e Diretorias  Comitês diretivos  Viajantes (usuários)  Secretárias (solicitantes)  Deve agir estrategicamente:  Mostrar resultados em todos os níveis da empresa  Ser comunicativo e utilizar os meios de comunicação para compartilhar informações importantes  Conhecer bem as pessoas, o negócio, e o mercado  Buscar atualização constantemente
  25. 25. VIAGENS CORPORAIVAS 25 O trabalho do Gestor de Viagens especializado e dedicado  Lidera trabalhosos processos de RFP’s  Elabora questionários, matrizes de avaliação com pesos e métricas diferentes  Visita empresas analisadas, compara resultados e apresenta os números para comitês internos  Atura passageiros e secretárias insatisfeitos, apressados e estressados  Tem rotina com prazos curtos para quase tudo  Resolve vistos necessários de última hora
  26. 26. VIAGENS CORPORAIVAS 26 O trabalho do Gestor de Viagens especializado e dedicado  Avalia cartão de crédito com divergências  Periodicamente analisa savings, reembolsos, e-tkts não voados e pendentes  Recebe visitas externas  Controla volumes por: segmento, centro de custo, e room nights  Avalia cumprimento de políticas, metas e share  Faz todo tipo de negociações e pesquisas internas  Acompanha SLAs de tudo e constantemente  Etc, etc, etc
  27. 27. VIAGENS CORPORAIVAS 27 Resumo da gestão de viagens nos últimos anos
  28. 28. VIAGENS CORPORAIVAS 28 O que as empresas buscavam em 2004 Gestão de Viagens
  29. 29. VIAGENS CORPORAIVAS 29 O que as empresas buscavam em 2006 Gestão para controlar custos de Viagens
  30. 30. VIAGENS CORPORAIVAS 30 O que as empresas buscavam em 2008 Gestão para reduzir custos em Viagens
  31. 31. VIAGENS CORPORAIVAS 31 O que as empresas buscavam em 2010 Gestão para reduzir Viagens
  32. 32. VIAGENS CORPORAIVAS 32 2012 Gestão para viajar mais e fazer mais negócios pelas Viagens O que as empresas buscavam em
  33. 33. VIAGENS CORPORAIVAS 33 O que as empresas buscarão 2014 Gestão para tornar as Viagens uma experiência em negócios para
  34. 34. VIAGENS CORPORAIVAS 34 “Utilize sempre a força e a expertise da sua TMC"
  35. 35. VIAGENS CORPORAIVAS 35 Muito Obrigado pela Oportunidade Julio Verna Qualitas

×