Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Estudos de Viabilidade para captação de recursos_Rodrigo Alvarez_Festival ABCR

442 views

Published on

Muito comuns nos EUA e na Europa, os estudos de viabilidade são poderosas ferramentas de estudo do mercado sobre o potencial que uma organização ou causa tem para mobilizar recursos entre seus parceiros. Nessa sessão, Rodrigo Alvarez, um dos fundadores da ABCR, profissional da captação de recursos há 19 anos e pioneiro na realização de estudos de viabilidade no Brasil, irá explicar o que são os estudos de viabilidade e compartilhar seus aprendizados sobre a experiência prática de ter realizado diversos estudos de viabilidade nos últimos 4 anos, para organizações de saúde, educação e ambientais.

Published in: Government & Nonprofit
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Estudos de Viabilidade para captação de recursos_Rodrigo Alvarez_Festival ABCR

  1. 1. Estudos de Viabilidade para Captação de Recursos Rodrigo Alvarez
  2. 2. Objetivo dessa sessão Conceituar o que são os estudos de viabilidade, quando eles devem ser realizados e quais os aprendizados práticos da realização de estudos dessa natureza nos últimos 4 anos no Brasil.
  3. 3. O que é um Estudo de Viabilidade? O Estudo de potencial de CR é uma ferramenta usada por organizações da sociedade civil para determinar se o esforço de captação de recursos planejado tem os elementos necessários e a chance de ser bem sucedido. Ele identifica quanto a organização tem potencial de arrecadar, quanto de tempo o esforço levaria, com que custo e forma de abordagem. Também identifica potenciais doadores, pontos forte e fracos da iniciativa e traz recomendações de como readequar a iniciativa frente aos achados do estudo.
  4. 4. Por que realizar um Estudo de Viabilidade? • Para testar suas premissas de captação junto a doadores; • Dimensionar o potencial a ser captado, e conseqüentemente ter a oportunidade de readequar seu esforços, investimentos e metas de captação; • Identificar potenciais doadores e apoiadores para a campanha de captação; • Determinar as estratégias da campanha; • Desenvolver planos específicos para determinados doadores.
  5. 5. Etapas de um Estudo de Viabilidade
  6. 6. Preparação do CASO O CASO tem o objetivo de apresentar as necessidades de uma causa e a solução para esse problema de maneira articulada e convincente de forma a estimular/convencer o leitor a investir em sua iniciativa. Necessidade • Estabelecer a necessidade de forma clara; • Apresentar o problema de forma adequada ao contexto do doador; PropostadeValor • Mostrar que somos a organização adequada para enfrentar o problema exposto; • Explicar nossa Teoria de Mudança. Conviteàparceria • Explicar o que será feito, qual o plano; • Identificar a participação possível do parceiiro;
  7. 7. Entrevistas Exploratórias As entrevistas têm como objetivo: • Avaliar a imagem que a organização têm perante o público alvo da Campanha; • Checar a compreensão e relevância do caso, se a sua estruturação é forte o suficiente e como podemos melhorá-lo; • Avaliar se o público alvo está disposto a investir na campanha, a viabilidade dos planos de investimento x retorno e o montante aproximado que os entrevistados investiriam; • Gerar potenciais parceiros que seriam visitados durante a campanha. O estudo não pode ser confundido com solicitação, mas é uma importante oportunidade de cultivo de um doador futuro; • Indica se a organização tem a equipe suficiente e habilitada (staff e conselho) para implementar a campanha com sucesso.
  8. 8. Entrevistas Exploratórias montagem da lista Atuais Parceiros Parceiros do passado Parceiros de organizações Congêneres no BrasilEmpresas de ramos congruentes com a causa Empresas com políticas de RS alinhadas com a causa Lista final de entrevistas
  9. 9. Aprendizados • Brasileiros têm dificuldade de se posicionar claramente. Entrevistador precisa de muita habilidade para extrair o que seria um provável posicionamento do entrevistado; • Necessário senioridade do entrevistador; • Grandes planos trazem grandes doadores; • CASO deve ter apelo visual; • Estudo acaba sendo também um espaço para aquecer a relação com o potencial parceiro;
  10. 10. Rodrigo Alvarez rodrigo@mobilizaconsultoria.org.br (13) 99715-7973

×