Termoterapia e Crioterapia
Termoterapia(Calor) e Crioterapia(Frio)  Aplicação de calor e frio numa região   lesionada.  Pode ser terapêutica. Compe...
Fisiologia O calor e o frio podem causar respostas sistêmicas e locais.Sistêmicas:  Através dos mecanismos de perda de  ca...
Locais:  Através da estimulação das terminações  nervosas sensíveis a temperatura dentro da  pele. Estimulação envia impul...
Calor Excessivo: Início com queimação seguido de dor;Frio Excessivo: Início com dormência  seguido de dor; A     capacidad...
Efeitos da Aplicação do CalorAlerta: O Calor melhora o fluxo sanguíneo,  entretanto, quando aplicado por mais de uma  hor...
Efeitos da aplicação do FrioAlerta:A exposição prolongada ao Frio resulta em vasodilatação reflexa. A ausência de fluxo s...
Fatores de Risco na aplicação do           Calor ou Frio Crianças e Idosos Feridas abertas, pele rompida, estomas Doenç...
Pré-requisito                    ÁreaPrescrição médica   Frequência                    TempoForma     Úmida           Seca
Finalidade do Calor Vasodilatação periférica Facilitar trocas líquidas Aumentar      liberação   de leucócitos   e  ant...
Finalidades do Frio Vasoconstrição periférica Anestesia local – Diminui dor localizada  Tensão muscular  Metabolismo...
Indicações de Calor Área edemaciada Área inflamada Ferida infectada Artrite Doença degenerativa da articulação Tensã...
Indicações de Frio Trauma direto (deslocamentos, fraturas,  espasmos muscular) Laceração superficial Ferida com um furo...
Medidas de SegurançaExplicar as sensações previstasdurante o procedimento;Orientar         para     avisarimediatamente ...
Obrigado!
Aula 10  termoterapia e crioterapia
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula 10 termoterapia e crioterapia

35,233 views

Published on

  • Be the first to comment

Aula 10 termoterapia e crioterapia

  1. 1. Termoterapia e Crioterapia
  2. 2. Termoterapia(Calor) e Crioterapia(Frio)  Aplicação de calor e frio numa região lesionada.  Pode ser terapêutica. Competência: Enfermeiro e Técnico de Enfermagem (Garantir a aplicação segura de calor e frio). Observar:  Integridade da região;  Capacidade de sentir variações de temperatura;
  3. 3. Fisiologia O calor e o frio podem causar respostas sistêmicas e locais.Sistêmicas: Através dos mecanismos de perda de calor (sudorese e vasodilatação), conservação do calor (vasoconstricção) e produção de calor (tremor).
  4. 4. Locais: Através da estimulação das terminações nervosas sensíveis a temperatura dentro da pele. Estimulação envia impulsos da periferia para o hipotálamo, este deflagra resposta adaptativas para manter a temperatura corporal. Os receptores se adaptam a temperatura local em torno de 15 a 45º C. A dor surge quando estes limites são ultrapassados.
  5. 5. Calor Excessivo: Início com queimação seguido de dor;Frio Excessivo: Início com dormência seguido de dor; A capacidade adaptativa causa problemas como lesões resultantes dos extremos de temperatura, lesões tissulares.
  6. 6. Efeitos da Aplicação do CalorAlerta: O Calor melhora o fluxo sanguíneo, entretanto, quando aplicado por mais de uma hora se dá redução deste fluxo por vasoconstricção reflexa, a medida que o corpo tenta controlar a perda de calor da área. A exposição contínua ao Calor também lesionam células epiteliais, provocando rubor, hipersensibilidade localizada e flictenas.
  7. 7. Efeitos da aplicação do FrioAlerta:A exposição prolongada ao Frio resulta em vasodilatação reflexa. A ausência de fluxo sanguíneo adequado pode resultar em isquemia tissular.No excesso de Frio a pele inicialmente fica avermelhada seguida por mosqueamento azul-púrpureo.
  8. 8. Fatores de Risco na aplicação do Calor ou Frio Crianças e Idosos Feridas abertas, pele rompida, estomas Doença vascular periférica (diabetes, arteriosclerose) – Frio Inconsciência – Calor e Frio Lesão Raquimedular – Calor e Frio Área de edema e formação de cicatriz Abscesso dentário ou do apêndice – Calor
  9. 9. Pré-requisito ÁreaPrescrição médica Frequência TempoForma Úmida Seca
  10. 10. Finalidade do Calor Vasodilatação periférica Facilitar trocas líquidas Aumentar liberação de leucócitos e antibióticos na área Promove relaxamento muscular Diminui dor Congestão venosa em tecidos lesados. AUMENTA permeabilidade capilar
  11. 11. Finalidades do Frio Vasoconstrição periférica Anestesia local – Diminui dor localizada  Tensão muscular  Metabolismo celular Reduzir inflamação Prevenir formação de edema  Necessidade 02 dos tecidos Aumentar coagulação sanguínea
  12. 12. Indicações de Calor Área edemaciada Área inflamada Ferida infectada Artrite Doença degenerativa da articulação Tensão muscular Dor de coluna Cólica menstrual Abscessos locais
  13. 13. Indicações de Frio Trauma direto (deslocamentos, fraturas, espasmos muscular) Laceração superficial Ferida com um furo Pequena queimadura Dor localizada Injeções Artrite Trauma articular
  14. 14. Medidas de SegurançaExplicar as sensações previstasdurante o procedimento;Orientar para avisarimediatamente sobre sensações dedesconforto;Ficar atenta e observar reaçõeslocais;
  15. 15. Obrigado!

×