20090819cibrainstorm

676 views

Published on

Published in: Technology, Business
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

20090819cibrainstorm

  1. 1. Colaboração para a Economia da Criatividade Brainstorm 19 de agosto
  2. 2. Início: julho de 2004 Visão: dois conceitos iriam se impor de forma vinculada na sociedade. Inova ção sustent abilidade
  3. 3. Estratégia Motiva ção Net working Happy hour da Inovação
  4. 4. <ul><li>35 eventos realizados </li></ul><ul><li>Pioneirismo </li></ul>
  5. 5. <ul><li>50 anos: destruição criativa </li></ul><ul><li>Eco de eventos históricos (1959, 1968/69, 1989/91 e 2008) – cultura, comportamento, economia </li></ul><ul><li>Globalização (países e empresas) – interdependência e outsourcing </li></ul><ul><li>Era Tatcher/Reagan e Busch - valores </li></ul><ul><li>Novas tecnologias e Web 2.0 – mídias sociais </li></ul>
  6. 6. Ameaças climáticas Crise e conômico-financeira Desigualdade social Pandemias Era da verdade ( ações, marca e reputação podem ser destruídas real time )
  7. 7. A emergência do novo Consumo no Brasil , 12% compram de olho nos apelos socioambientais da marcas (pesquisa GFK); nos EUA, já são mais de 40% (Reputation Intitute). Demanda crescente de comida e combustíveis limpos, advindos de fontes renováveis Novo consumo Nova matriz energética Novos valores Novo pensamento (sistêmico ou holístico)
  8. 8. Nova matriz energética D escentralização da geração energética com fontes Solar eólica etanol da cana-de-açúcar mobilidade humana. Novo consumo Nova matriz energética Novos valores Novo pensamento (sistêmico ou holístico)
  9. 9. Valores “ O princípio fundamental da organização do mercado está sempre acima de qualquer valor humano, seja a proteção do ambiente, dos direitos humanos, da saúde ou da democracia.” Fritjov Capra, criticando ... O dinheiro não pode prevalecer sempre. Novo consumo Nova matriz energética Novos valores Novo pensamento (sistêmico ou holístico)
  10. 10. Mercado “ Fire. Fire. Fire” Philip Kotler
  11. 11. N ova economia deve internalizar os custos ambientais e sociais como se fossem custos de depreciação (Stef van Dongen e Enviu). http://www.meiofiltrante.com.br/noticias.asp?action=detalhe&id=3114 Novo consumo Nova matriz energética Novos valores Novo pensamento (sistêmico ou holístico)
  12. 12. A economista Hazel Henderson entende, por exemplo, que “o padrão da riqueza das nações deve incluir, além dos recursos financeiros, ativos da natureza e os capitais social e intelectual dos povos.” Fonte: Compêndio de Sustentabilidade
  13. 13. N ovos indicadores de riqueza “ Se quisermos orientar a economia, canalizando racionalmente os nossos esfoços produtivos para resultados que nos interessem, devemos construir os instrumentos de avaliação desses resultados.” Ladislau Dowbor Fonte: Compêndio de Sustentabilidade
  14. 14. Limitações do PIB como medida de progresso Incluir formatos de avaliação da qualidade de vida . Adicionar formatos de avaliação da sustentabilidade do desenvolvimento e do meio ambiente. Fontes: Washington Novaes, Compêndio de indicadores, Comissão Stigilitz-Sen-Fitoussi, liderada pelos Prêmio Nobel Joseph Stiglitz e Amartya Sen
  15. 15. Correções do PIB Na agenda da ONU , desde 1990. Na Agenda 21 (Rio 92), 178 países concordaram em corrigir as distorções (França e Inglaterra lideram) www.compendiodeindicadores.com.br Idealizado e organizado por Anne Louette
  16. 16. Novo pensamento olhar holístico transdisiciplinaridade Novo homem singularidade autonomia
  17. 17. Sustentabilidade Consumir apenas o que é necessário Produzir com absorção do impacto no no meio ambiente Ética e ecossistema em equilíbrio
  18. 18. Economia da criatividade Idéias que trazem dinheiro John Howkins , autor do livro “The creative economy”
  19. 19. Economia da criatividade US$ 8 trilhões anuais 8,7% de crescimento anual entre 2000 e 2005 Revitalização: serviços, cultura, manufatura, varejo, entretenimento Fonte: valor econômico
  20. 20. Colaboração para a Economia da Criatividade Central de conexão e de convergência de redes para a geração de oportunidades de renda, trabalho e negócio, com inovação e sustentabilidade. www.comunidadedainovacao.com.br
  21. 21. Obrigada! Participe. Bárbara Hartz

×