Buzz & Viral Marketing

1,240 views

Published on

Como utilizar a internet para divulgação da sua marca, serviços ou produtos.
Diferenças entre Buzz Marketing e Puvlicidade Viral.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,240
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
9
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Buzz & Viral Marketing

  1. 1. Buzz & Viral Marketing<br />Pós-graduação em Mídias Digitais e Interativas<br />
  2. 2. VIRAL MARKETING<br />Marketing Viral ou Publicidade Viral<br />Criar uma epidemia através das redes sociais para aumentar exponencialmente o conhecimento de marca.<br />
  3. 3. VIRAL MARKETING<br />Métodos<br />Campanhas baseadas na Internet: blogues, sites (aparentemente) amadores, Orkut, Facebook, YouTube, Twitter, E-mail Marketing, etc.<br />Formas de ASTROTURFING para criar o rumor de um novo produto ou serviço.<br />
  4. 4. BUZZ MARKETING<br />“Trata-se de uma das novas estratégias de marketing que encoraja indivíduos da sociedade a repassar uma mensagem de marketing para outros, criando potencial para o crescimento exponencial tanto na exposição como na influência da mensagem. Como os vírus reais, tais estratégias aproveitam o fenômeno da rápida multiplicação para levar uma mensagem a milhares e até milhões de pessoas”. (Arthur D. Little)<br />
  5. 5. BUZZ MARKETING<br />“Idéias que se espalham nos e pelos próprios segmentos interessados, espontaneamente ou planejada por um agente externo”. <br />(Rodrigo Carneiro - BuzzNow)<br />
  6. 6. VIRAL x BUZZ<br />A epidemia se espalha sem controle. Depende exclusivamente do contexto. A idéia certa no momento certo.<br />A campanha inicia com os EXPERTS, que dão credibilidade a idéia. Os COMUNICADORES disseminam a idéia para o público interessado.<br />VIRAL MARKETING<br />BUZZ MARKETING<br />
  7. 7.
  8. 8. BUZZ MKT - Modelo Atual<br />A Causa<br />O Contexto<br />Os Eleitos<br />A Fixação da Idéia<br />Divulgação<br />O Desequilíbrio<br />
  9. 9. O CONTEXTO<br />É a idéia certa, no momento certo, no lugar certo e com as pessoas corretas.<br />
  10. 10. OS ELEITOS<br />Lei de Pareto<br />20% das pessoas são responsáveis por 80% das transmissões.<br />Identificação dos eleitos<br />Experts<br />Comunicadores<br />
  11. 11. FIXAÇÃO DA IDÉIA<br />“Existe uma forma simples de embalar uma informação que, nas devidas circunstâncias, a torna irresistível. Basta descobrir qual é”. (O Ponto de Desequilibro, pág. 127)<br />Impacto da Idéia<br />
  12. 12. DIVULGAÇÃO<br />Networking<br />Como eles se comunicam?<br />Telefones, celulares, e-mails, IM, blogs, redes sociais...<br />
  13. 13. DESEQUILÍBRIO<br />Concentração de recursos em áreas assenciais<br />O mundo não corresponde as nossas intuições, nem as pessoas.<br />Manipular o tamanho do grupo melhora a receptividade<br />Jogar com as formas de apresentar informações melhora a fixação<br />
  14. 14. DESEQUILÍBRIO<br />Basta um empurrãozinho na pessoa certa, num determinado momento e no lugar correto, desequilibraremos tudo o que parece ser eternamente imóvel.<br />
  15. 15. EXEMPLOS<br />O clipe da música “Music is My Hot HotSex“, da banda paulista Cansei de Ser Sexy (CSS), com 90 milhões de acessos no YouTube.<br />As letras de suas músicas são todas em inglês<br />Os gêneros tocados são os mais populares do mundo: rock, pop, indie, eletro<br />Tem um espírito independente, sem muita produção em seus videos, fotos e blog<br />Sabe utilizar os recursos da internet para se promover<br />
  16. 16. EXEMPLOS<br />AC/DC faz o primeiro clipe do mundo em Excel.<br />

×